História A Golpista - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Demi Lovato, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Visualizações 29
Palavras 1.609
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, FemmeSlash, Festa, LGBT, Romance e Novela, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 6 - Capítulo 6


                          Camila Pov

Não sabia ao certo quanto tempo eu estava parada olhando para a Jauregui sem saber o que dizer a ela

_Mila, fala algo para ela -Fui despertada por Shawn me chamando através do ponto

_É.... Você é bem curiosa né? -Falei tentando descobrir e ela sorrir sem graça, que fofa 

_Me desculpe senhorita Cabello, eu fiquei curiosa ao seu respeito visto que a senhorita parece estar tão entediada quanto a mim -Fala sorrindo largo, vou morrer com esse sorriso, Deus.

_Sim, você está certa, essa festa está bem desanimada mesmo -Falo sorrindo também

_Boa Mila, se saiu muito bem - Comemorou Shawn

_O que você acha de irmos em um lugar mais reservado senhorita Jauregui -Falo me aproximando dela

_Acredito que aqui já esteja reservado o suficiente senhorita Cabello -Falou confusa. O que? Isso foi um fora? Eu entendi certo?

Não, ela só pode ter entendido errado, vou ser mais clara.

_Acho que a senhorita não entendeu, eu quis dizer para irmos a algum lugar onde possamos ficar mais a vontade, nos conhecermos melhor -Falei maliciosa e ela sorriu complice, bingo, agora sim ela entendeu, sorri internamente, se é que isso é possível

_Senhorita Cabello, tenho certeza que todos nesta festa me conhecem muito bem, inclusive a senhorita -Fala calma e eu abro e fecho a boca várias vezes não acreditando que ela realmente havia dito aquilo

_Além do mais, sou muito bem casada, mais sei que a senhorita já sabe disso -Continuou e eu apenas a olhava indignada, depois da época do colégio, com meus 18 anos, nunca mais nenhum homem ou mulher havia dito não a mim, eu me tornei uma mulher totalmente sedutora, eu havia prometido a mim mesma que ninguém diria não a mim, ninguém iria resistir a mim, fui muito humilhada na escola, me apaixonei por pessoas que só me disseram não, me esnobaram, e quando eu saí do colégio fiz isso mudar completamente.

Eu não poderia deixar aquela mulher me tratar daquela maneira, e não deixaria barato só porque ela é uma mulher milionária, eu não iria puxar o saco dela por isso

_E quem disse que eu conheço você? -Perguntei irônica, ela me olhou confusa

_Mila, fica calma, não coloca tudo a perder. Shawn me conhecia o suficiente pra saber que eu não iria aceitar ouvir aquelas coisas e ficar quieta

_Tenho certeza que conhece sim, impossível alguém nessa festa não me conhecer senhorita Cabello -Falou se gabando

_Sinto muito em te dizer Jauregui, mais o mundo não gira ao seu redor -Falei sorrindo largo, na mesma hora ela fechou a cara e me olhou irritada, sorri ainda mais por ter conseguido atingir ela

_Quem vc pensa que é garota? Meça suas palavras -Falou se aproximando, ela já estava vermelha e eu adorando aquilo

_Mila pelo amor de Deus, se controla que você vai estragar tudo sua idiota -Shawn falou irritado e eu me irritei com ele gritando no meu ouvido

_Ahh cala a boca -Falei com o Shawn porém me esqueci que ele não estava presente. A Jauregui abriu a boca desacreditada, me chinguei mentalmente por aquilo

_Como é que é, garota petulante, quem você pensa que é para falar dessa maneira comigo, pode ter certeza que nessa cidade você não irá trabalhar mais, eu vou acabar com sua carreira -Falou pegando no meu braço e se aproximando ainda mais de mim

_Acha mesmo que eu tenho medo de você Jauregui, faça me o favor, se você está acostumada a ter bajulação, comigo não terá -Falei chegando ainda mais perto do seu rosto, eu podia sentir sua respiração batendo no meu rosto, ela olhava dentro do meu rosto, e parecia que iria explodir de raiva, até seus olhos haviam mudado de cor. Ficamos nos encarando por um tempo e sem perceber eu olhei para a sua, ela podia ser uma babaca mais a boca dela era maravilhosa.

_O que está olhando? -Perguntou irritada e eu sorri irônica

_Eu? Nada, estou esperando você soltar o meu braço, ou está gostando de me ter assim tão perto -Falei me aproximando ainda mais, na mesma hora ela soltou o meu braço e saiu, indo para longe de mim. Merda, Merda, Merda.

Não acredito que essa imbeciu realmente me deu um fora, eu não estou acreditando nisso, e para piorar eu havia estragado tudo.

                          Lauren Pov

Garota atrevida, não acredito que aquela garota havia me desafiado daquela forma, quem ela pensa que é para me tratar daquela forma, e eu achando que ela era uma garota legal, quando na verdade só queria o seu momento de fama se envolvendo comigo, até parece que eu iria trair a minha mulher com aquela garota imbecil, aff, maldita hora que eu vim a esta festa.

Fui até o salão principal e pequei uma bebida bebendo tudo de uma vez só.

_Ou Jauregui, aonde você estava, eu estava te procurando a horas -Vero se aproximou pegando uma bebida também

_Não enxe Vero -Falei pegando outro copo

_Ei o que houve com você? -Vero me olhando preocupada

_Estou irritada -Falei pegando outra bebida bebendo mais devagar desta vez

_Eu sei, eu te conheço, mais o que houve? -Perguntou me encarando

_Uma garota, me tirou do sério -Falei a olhando

_Olha, mais quem diria, a fiel Jauregui se engraçando com outra mulher -Falou maliciosa e eu a olhei irritada

_Vero não tem nada a vê, a garota era uma abusada, uma garota muito da petulante -Falei terminando de beber o meu drink e pegando outro

_Ei vai com calma aí -Falou e pegou o drink da minha mão

_Vero me da isso aqui -Falei estendendo a mão e ela negou

_Você precisa parar de beber e me explicar, porque essa garota te irritou tanto? -Perguntou devolvendo minha bebida para o garçom

_Ela simplesmente me colocou para baixo, me enfrentou, me mandou até calar a boca Vero -Falei revoltada

_Tá falando sério? -Perguntou e eu assenti. Vero caiu na risada na mesma hora e eu a olhei indignada

_Posso saber o motivo da graça Verônica? - Perguntei ainda a olhando e ela levantou as mãos em rendição

_Eu achei que não viveria para ver uma garota tão corajosa assim -Falou ainda rindo

_Ela não foi corajosa, foi burra, vou acabar com a carreira desta mulher -Falei convicta e ela negou com a cabeça

_Laur nem todo mundo terá medo de você pra sempre, já estava na hora de alguém te enfrentar

_Tá falando sério Verônica? Você está dando razão a ela? -Perguntei não acreditando que fui traída pela minha própria amiga

_Não estou dando razão a ela, mais de certa forma você precisa entender que nem todo mundo precisa ter medo de você -Falou tocando em meu ombro e eu revirei os olhos

_Mais me diz, quem é a garota, fiquei curiosa para conhecer ela -Fala olhando em volta

_Você só pode estar brincando Verônica -Falo desacreditada e pego outra bebida

_Estou falando bem sério, mostra aí quem é ela

Reviro os olhos e olho para o salão procurando aquela abusada

_È aquela Verônica, de vestido bege do lado daquele homem -Falo disfarçando e ela olha na mesma direção

_Nossa, ela é gostosa -Fala maliciosa ainda olhando para a Cabello

_Me poupe Vero -Falo bebido meu drink

_Se você não quer, já tem um querendo, olha o cara conversando com ela -Fala e eu nem me dou o trabalho de olhar novamente

_Que faça bom proveito -Falo agora mais calma

_E que proveito em, olha aquela bunda Laur -Fala me cutucando e eu bufo perdendo minha paciência com aqueles comentários

 _Já chega Vero, não preciso saber de outra mulher ok -Falo a encarando séria, me controlando para não olhá-la 

_Tabom, não está mais aqui quem falou -Fala fazendo sinal de rendição 

_Você acha que eu tenho chance? -Pergunta e eu abro a boca surpresa 

_Você quer ficar com ela? -Perguntei sem acreditar, de certa forma aquilo me encomodou, e eu não sei o porquê 

_Se eu tiver chance lógico, aquela mulher é linda demais -Fala sem tirar os olhos da Cabello, sem me conter eu também a olho, ela realmente é uma mulher muito linda, com um corpo maravilhoso também. Que droga, eu não posso a olhar desta forma, eu sou casada, não posso me deixar levar desta maneira 

_Ou Laur, eu estou falando com você -Vero diz estralando os dedos na frente dos meus olhos, eu a olho e ela continua falando 

_Não fica com raiva, esquece isso ok -Fala compreensiva e eu concordo relaxando. 

_Vero acho que vou embora, está festa já deu o que tinha que dar 

_Mais você não tinha que esperar a festa acabar para resolver uns assuntos com o Júlio? -Pergunta e eu bufo, Julio era um dos sócios da filial aqui na minha cidade, na filial que eu costumo me dedicar mais, visto que nas outras em outros países minha família e eu temos representantes de confiança, fora que meus pais sempre estão viajando para acompanhar de perto as outras filiais dos hotéis. 

_Vero eu não aguento mais essa festa, eu vou procurar o Júlio e avisar que preciso embora, já até briguei com a Demi por ter que ficar mais tempo aqui -Falei desanimada, esse não era o meu plano para hoje 

_Laur ela precisa ser mais compreensiva, afinal de contas é o futuro de vocês e depois da Meg também -Fala e eu concordo 

_Já conversamos sobre isso, mais não adianta. Eu vou procurar o Júlio Vero, depois conversamos -Falei me afastando

_Vai lá Laur, qualquer coisa me liga tá -Falou e eu assenti 

Fui andando pelo salão enorme a procura do Júlio, espero encontrar ele logo, já estou cansada demais. 


Notas Finais


Eita kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...