História A graduação dos cavaleiros de Atena.... - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Afrodite de Peixes, Aiolia de Leão, Aioros de Sagitário, Aldebaran de Touro, Camus de Aquário, Dohko de Libra, Hades, Hyoga de Cisne, Ikki de Fênix, Jabu de Unicórnio, Kanon de Gêmeos, Mascára da Morte de Câncer, Miro de Escorpião, Mu de Áries, Pandora, Saga de Gêmeos, Saori Kido (Athena), Seiya de Pégaso, Shaka de Virgem, Shion de Áries, Shun de Andrômeda, Shura de Capricórnio
Tags Amizade, Amor, Cavaleiros De Atena, Cumplicidade
Visualizações 47
Palavras 3.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoinhas!!
Espero que gostem!!
Mais uma vez um amigo está em perigo o que acontecerá!?

Capítulo 32 - A doença de Milo


Fanfic / Fanfiction A graduação dos cavaleiros de Atena.... - Capítulo 32 - A doença de Milo

Ao chegarem no santuário Milo é levando imediatamente até o hospital para uma análise clínica.. Camus e Shaka foram com ele.. e lá encontraram com Atena e Shion.Camus andava de um lado para o outro.... e o loiro só observava.. foi quando ele sentou e resmungou:  - Não acredito que isso está acontecendo.. parece que a leitura desses diários só trouxeram sofrimento...Por que o Milo e não comigo? ( Camus desesperado)

- Calma, Camus! Não acredito que trouxeram sofrimento e sim um alerta...sem ele não saberiamos o que o Milo tem? ( O loiro indagou)

- E por um acaso você sabe o que ele tem? ( Camus perguntou)

- Sei... Asmita escreveu sobre isso no seu diário...mas antes de mais nada preciso que os médicos confirmem. ( O loiro fechou os olhos e a partir daí não disse mais nada).

 Quando Camus ia  fazer com que o loiro falasse, o médico apareceu e explicou a situação que o Milo tinha uma má formação no coração e isso estava fazendo com que a medida que esforce demais lhe desse febre alta e seu coração acelerasse muito rápido, podendo morrer se a febre não for controlada imediatamente. Ao ouvir aquilo Camus não acreditava no que estava acontecendo e indagou ao médico o porquê disso agora...se ele é super ativo e nunca apresentou isso... o médico lhe respondeu que isso variava de caso pra caso..alguns apresentam quando criancas,  outros adolescentes, outros adultos ou ja idosos... é que isse tipo de doença não há cura, ele terá que aprender a viver com isso. .Camus o queria ver de qualquer jeito e pede aos amigos que não contém nada a ele ainda...ele mesmo queria contar. Camus entrou no quarto e o viu deitado la naquela cama fria dormindo.. tão frágil...que não resistiu e uma lágrimas escorreu pelo seu rosto sem que ele percebesse...se aproximou da cama e começou a fazer carinho naqueles cabelos azuis e só de imaginar que poderia perde-lo sentia seu coração acelerar... Milhares de coisas se passavam em seus pensamentos foi quando o grego acordou agitado...

- Amor, o que é isso? Onde estou? ( Milo agitado)

- Calma amor...você está no hospital...mas agora está tudo bem! ( Camus o abraçou e ao sentir o toque da pele do outro foi um alívio)

- O que? Como assim hospital? O que eu tenho? ( Milo querendo entender toda aquela situação)

- Você teve uma febre muito alta que não abaixava por nada...foi quando resolvemos te trazer pra cá!? Mas já foi medicado e agora vamos embora...( Camus o beijou). No beijo Milo sentiu algo estranho... Conhecia seu amado como a si mesmo...

- Amor, está tudo bem mesmo? ( Milo perguntou)

- Claro! Vamos...Atena, Shaka e Shion estão nos esperando para irmos pra casa...( Camus o ajuda a levantar).Os dois caminham até a porta e Milo e cumpre mandado por eles...e vão para o santuário...

Já no santuário, Camus leva seu amado para oitava casa e ficaria lá com ele...e Atena, Shaka e Shion entram em reunião com as portas fechadas...Nessa reunião o loiro conta todos a história para a Atena sobre essa doença de Milo... Atena fica triste mas tinha uma importante decisão a se tomar... e cogitou a possibilidade de  ter que afastar Milo das suas funções.. pois seria um alvo vuneravel e o santuário não poderia ficar desfalcado...precisava que todos os seus cavaleiros estivessem 100% caso aparecesse uma grande guerra.. o loiro achou aquilo um absurdo mas tentou ponderar...dizendo que estavamos num período de paz e que Milo conseguirá reverter essa situação e fora que isso lhe dar essa notícia não seria bom pra ele...afinal Milo é um cavaleiro de ouro e competente... O loiro se compromete a tentar ajudar o amigo e encontrar uma possível cura e Atena permite mas não garantirá nada e Shion já está encarregado de escolher um guerreiro e o treinar... O loiro sai dessa reunião sem acreditar no que estava acontecendo... Entendia a preocupação de sua deusa mais descartar um guerreiro como Milo... assim como descarta um brinquedo que não se quer ou que não se tenha mais validade era um absurdo.. e não sabia mais o que fazer...estava muito chateado mas não tinha tempo a perder...

Na casa de  escorpião...

Milo já estava bem...parecia que não tinha acontecido nada foi quando Camus colou seu corpo no do outro e olhando nos seus olhos começou a tirar a blusa do outro...suas mãos foram tirando a calça e sucessivamente a cueca...

- Humm...safadinho hei...adoro!! ( Milo pensando safadesas...)

- Deixa eu cuidar de você!( Camus sorriu)

O pegou pela mão e o levou até o banheiro o colocou na banheira que estava preparada com água fria... E Camus se despiu também...iam tomar um banho juntos...Camus sentiu também na banheira ...e começou a passar esponja nas costas do amado... pescoço e começou a cuidar dele e Milo estava adorando... Isso não poderia acabar de outra forma...não resistiram e fizeram amor...foi um amor de entrega total..onde seus puldores, medos e vergonhas, se entregaram um ao outro como nunca fizeram...Milo sentiu Camus dentro de si e foi maravilhoso.. Milo se sentia o homem mais feliz...depois do ato...já estavam recuperados e Camus tomou uma importante decisão..tomou o seu amado pelos braços e foi até o quarto é o colocou na cama.. começou a beijar o outro...quando num olhar enviado ao grego era como se fizesse um pedido e Milo entendeu... Camus queria sentir Milo dentro dele...e estava disposto a tudo.. Milo que não é bobo nem nada atendeu prontamente...e assim fizeram amor de novo.. 

Os dias foram se passando.. Milo não teve mais nada...mas Camus sempre de olho nele...por mais que Milo gostasse desse cuidado de Camus já estava ficando chato...ele não podia ir ao campo correr que Camus ia com ele.. e fora que ele estranhou deles não voltarem para a faculdade... Quando ele olhou para arena e viu Shion treinando um cavaleiro que era meio parecido com ele ( Milo) só mudava a cor dos cabelos que eram loiros.. A agilidade era a mesma...a perspicácia.. e ficou olhando. Shion viu que ambos estavam olhando decidiu parar o treinamento...ainda não era hora de Milo saber...afinal Camus nem tinha lhe contado sobre a sua doença ainda...

Na casa de virgem...

Shaka estava uma pilha..o tempo estava passeando e não conseguia achar nada...e além disso não teve mais notícias do Fênix a dias..sabia que ele estava bem por causa do seu cosmo...e fora que tinha os trabalhos da faculdade pra fazer...era tudo na sua cabeça que não estava mais aguentando...

Na casa de escorpião...

Milo aproveitando que Camus estava dormindo foi ler o diário de Kardia... Passou algumas páginas...

" Dégel me tirava do sério depois que virou minha babá...estava um saco conviver com ele..."

- Como assim? ( Milo percebeu que estava na mesma situação... E voltou alguma páginas...)

" Hoje acordei com Dégel ao lado da minha cama me olhando, estava no hospital...não entendi o porquê estava ali...quando Dégel chegou e disse que me amava e que não queria me perder... Era um local estranho para uma declaração de amor...mas enfim...eu também disse que o amava e nos beijamos...pela primeira vez eu não precisei investir...estava feliz por ter conseguido descongelar aquele coração de gelo...depois do beijo o indaguei sobre o que estava acontecendo..."

-  O que Kardia tem? (Milo sentia que a resposta que queria estava nesse diário...Camus estava muito cuidadoso com ele e isso não era normal). Continuou lendo...

" Depois de algum tempo Atena é mais dois cavaleiros entraram para me visitar até então ninguém tinha me falado nada... Foi quando o médico entrou e me explicou tudo... Eu tinha uma doença incurável..meu coração tinha um defeito e se eu me esforçasse muito ele poderia explodir com o calor que meu corpo iria produzir...ao receber essa notícia ...eu não conseguia acreditar...meus sonhos de cavaleiros estavam indo água a baixo.. quem iria querer um cavaleiro com defeito? Fiquei desesperado...mas tentei manter a tranquilidade...para que não demonstrasse meu desespero..."

Milo se assustou...pois estava vivendo aquilo tudo...Camus assim como Dégel estava muito cuidadoso e tirando o fato de ter ido parar no hospital.. ele continua lendo... avançou algumas páginas...

" Quando cheguei no santuário..Dégel ficou comigo e pela primeira vez fizemos amor...no outro dia, antes que ele acordasse eu me levantei sem sentir nada que me ligasse a essa maldita doença... Fui conversar com Asmita de virgem sobre ela..."

- Se ele foi conversar com Asmita...o Shaka sabe o que eu tenho...Vou lá falar com ele...( Milo sai em direção a casa de virgem)

Quando Camus acorda leva um susto ao ver que seu amado não estava ali...e com o seu Cosme sente que ele estava se caminhando para a casa de virgem e ficou torcendo para que Shaka não contasse nada...

Na casa de virgem...

O loiro estava preso nos seus livros... Quando ouviu a campanhia tocar...quando abriu era Milo e com seu Cosme percebeu o que ele tinha vindo fazer...como o grego era teimoso tinha ser convincente...

- Entra Milo...aceita uma água...commesse calor que está fazendo? ( O loiro tentando ser simpático)

- Sim, meu amigo...eu aceito! ( Milo entrou)

O grego sentou na sala enquanto o loiro foi pegar a água na cozinha...Milo percebe que no meio dos papéis em cima da mesa estava o diário de Asmita...pensou em ir lá dá uma olhada...mas o loiro voltaria rápido.. Nisso o loiro volta com uma garrafa de água e uma de suco..

- Estava indo aonde nesse sol infernal! ( O loiro perguntou). O loiro serve a água a ele...

- Estava indo na arena...Shion está treinando um rapaz . Ele é parecido comigo sabia? ( Milo bebendo a água)

- É mesmo? Não estou sabendo de nada não...aliás estou tão atarefado que nem coloquei os pés pra fora de casa! ( O loiro sendo seguro ao falar)

- Entendi...falando nisso...cadê o Fênix? Está na faculdade? ( Milo estranhou a ausência dele...onde o loiro estava ele sempre estava por perto)

- Eu não sei, Milo...tem dias que não o vejo...( O loiro respira fundo)

- Isso é estranho...ele deve estar em alguma missão...( O grego tentando consolar o amigo)

- Pois é...e o que me mata é não saber como ele está! ( O loiro triste)

- Porque você não está na faculdade? ( Milo questionou)

- Porque Atena precisou de mim aqui...( O loiro firme na resposta). Ele fazia muitas perguntas...

- E ai... Lendo muito o Diário? ( Milo querendo entrar no assunto)

- Acredita que ainda não.. estou meio enrolado com as coisas da faculdade e outros assuntos...como o submisso de Fênix...não tenho cabeça pra mais nada! ( O loiro respondeu friamente)

- Bom...obrigado pela água...agora tenho que ir...( Milo sabia que o loiro não falaria nada mesmo se soubesse de algo). Só restava ao grego sondar o Camus... Ele sai e Shaka respira aliviado e Milo desce até a arena...e fica observando o treino do rapaz loiro...que decidiu trinar sozinho.... Quando o loiro seu nome era Mali e foi beber agua conversou com dos cavaleiros de bronze que estava treinando do outro lado e  puxou assunto com ele...querendo saber quem era aquele que os estava observando...e o cavaleiro na sua inocência disse que era o cavaleiro de ouro de escorpião... Mali gostou de saber..." Então é esse que eu vou substituir" e sorriu...todas as informações foram passadas por Atena a ele, porém a mesma não tinha certeza se haveria a substituição... Ambicioso como era...sempre tinha o desejo de se tornar um cavaleiro de ouro e fazer parte da elite dos guerreiros..sabendo da condição que Milo se encontrava e que  se ele ficasse bom, consequente Mali perderia a sua chance de ouro e resolveu dar uma ajuda ao destino...ia infernizar a vida do Milo e assim ele morreria logo e tomaria o seu lugar... Foi aí que resolveu puxar assunto...

- E aí, Milo tudo bem? Está melhor? ( Mali perguntou)

- Tudo ótimo e vc?( Milo respondeu amigável mente)

- Bem, só um pouco cansado...Shion está pegando pesado comigo...( Respondeu ofegante)

- Ele sempre pega pesado...mas ele está te treinando pra que? (Milo curioso)

- Vou substituir um cavaleiro de ouro...ele está muito doente e Atena não precisará mais dos seus serviços...( Mali estava disposto a dizer...)

- Estranho...não estou sabendo de nada... Poderia me dizer quem é? ( Milo achando essa conversa muito estranha...não sabia de ninguém que estivesse doente)

- É vo....( Quando Mali ia dizer eis que Camus chega e abraça o amado....)

- Você está aí é? Te procurei no santuário inteiro...( Camus o beijou)

- Amor esse aqui é o Mali... Mali esse é meu namorado...o cavaleiro de aquário ( Milo todo feliz)

-Prazer! ( Respondeu Mali)..."Não é que esse quase defunto tem.bom.gosto...alem de tomar seu lugar como cavaleiro de ouro...tomarei também lugar no coração desse lindo "( pensou Mali)

- Vamos amor...temos coisas pra fazer lá em cima...( Camus puxa Milo dali...pois percebeu que esse cavaleiro estava mal intencionado)...

Tomaram um certa distância do Mali, Camus olhou para Milo e disse...- Não quero que se aproxime mais dele...entendeu? ( Camus daquele jeito frio e mandão)

- Que lindo...meu amor está com ciúmes é...( Milo agarrando e beijando Camus)

- Vamos subir...( Camus o puxa)

O grude foi tanto que Milo até esqueceu o que o Mali tinha dito...

Enquanto isso no Brasil...

Na floresta amazônica...

Ikki estava em missão...foi se encontrar com Shina e Marin que estavam tento dificuldades..

- O que você está fazendo aqui? ( Shina perguntou)

- Vocês que são incompetentes...estão demorando demais...( Ikki debochadamente)

- Parem vocês dois...prestem atenção...( Marin reclama)

Eles ficam observando uma tribo indígena.. Ikki sentiu de muito longe que o cosmo de Shaka estava instável e algo estava lhe deixando assim... Ficou preocupado mas não podia deixar a sua missão é nem visitá-lo pois estava muito longe.

Na Universidade...

Todos estavam preocupados com Milo.... Através de seu cosmo Shaka os tranqüilizou....dizendo que estava tudo bem...

Na casa de virgem...

Shaka está imerso nos livros, no diário e tudo que descobriu era que a doença de Milo era incurável..mas ele não ia desistir...nisso Camus toca a campainha para ajudar ele a procurar...

- Shaka e ai...alguma coisa? ( Camus pergunta assim que o loiro abriu a porta)

- Nada ainda.. e você encontrou algo? Vamos entre... ( o loiro pergunta é o convida para entrar). Já sentados na sala Camus responde...- Nada ainda!

- Você já contou pra ele? ( O loiro indagou)

- Animada não! ( Camus respondeu)

- Então conta logo porque ele esteve aqui querendo saber...eu quase não consegui...ele é muito curioso. ( O loiro respondeu). - Outra coisa...acho melhor você se sentar.. porque tenho uma coisa muito importante é chata pra te contar! 

Camus sentou e o loiro começou..

- Sabe, aquele rapaz que o Shion está treinando... então Atena está cogitando a possibilidade de substituir o Milo por aquele garoto..( o loiro muito chateado)

- Não pode ser... Como ela é capaz disso? Nós somos o que? Bonecos ? Ele não vai aguentar isso! ( Camus revoltado)

- Eu sei, meu amigo...temos que achar a cura para ele...e não temos muito tempo...( O loiro olhando para o outro a fim de passar uma confiança para ele de que vão encontrar)

Ambos começam a procurar, ler... Nada os faziam desistir...até que Camus acha algo sobre um deus capaz de curar todo o tipo de doença... Seu nome era.. Esculápio filho de Apollo e da mortal Coronéis. Mas tinham um problema... Como chegariam a ele... Atena jamais permitirá e fora que Apolo muito menos...jamais deixariam alguém se aproximar dele... Mas Shaka tinha uma ideia é pra isso precisava ir ao inferno conversar com seu pai... É pediu que ficasse de olho no Milo... Camus deseja boa sorte ao virginiano que parte para o inferno...

No inferno....

Shaka foi recebido pelos deuses Thanatos e Hypnos e enquanto aguardava seu pai acordar conversaram bastante... 

Na sala de reunião...

Hades abraça e beija seu filho.. quer saber de tudo..como ele estava e tal...

- Que bons ventos te trazem aqui meu filho? ( Hades perguntou)

- Pai eu preciso da sua ajuda...preciso muito entrar entrar em contato com Esculápio, filho de Apolo...( O loiro estava com um semblante triste)

- E por qual motivo...o que está acontecendo? Você está bem? ( Hades preocupado)

- Estou sim...não se preocupe.. ( o loiro sorriu)

-Esculápio e o deus da cura... O único capaz de curar todas as doenças e você sabe disso não é mesmo? ( Hades franziu a testa)

- Sei sim.. um amigo meu está muito doente é preciso da ajuda dele para curá-lo. ( O loiro com uma voz de preocupação)

- Eu vou falar com Apolo ainda hoje...mas Apolo é cheio de graça.. não sei se vai aceitar... qualquer aproximação...ele é muito chato com esse filho...( Hades vendo a preocupação do filho).. Filho, mantenha a calma e não faça nada que te prejudique...prometo que falarei com ele hoje...

- Obrigado pai!!( O loiro abraça o pai). Hades ficou surpreso com o abraço...seu filho estava diferente... mas humano...

- Está tudo bem com você? ( Hades sorriu)

- Pai eu estou....( Antes que terminasse seu pai interrompeu)

- Está o que? ( Hades perguntou)

- Estou namorando...( O loiro sem graça)

- O que? E quem essa pessoa...quero conversar muito sério com ela...( Hades surpreso pelo loiro estar contando...mas já sabia...)

- É o Fênix! ( O loiro respondeu)

- Aquele cavaleiro que até os deuses tem medo dele? ( Hades num tom de voz bravo) - Não quero meu filho namorando com aquele homem, entendeu? ( Hades querendo pregar uma peça no loiro)

- Não adianta o senhor proibir pq eu não me separarem dele...( O loiro respondeu a altura)

- Calma filho...estou brincando...eu já sabia que ele te amava a muito tempo...era só ver o carinho e a preocupação que ele teve com você...Não é o genro que eu tinha pensado pra você...mas admito que ele daria a própria vida por você...e se ama meu filho a esse ponto eu não tenho como me opor.. ( Hades o abraça e o beija)

- Pai, agora tenho que ir...se cuida aí. ( O loiro se despedindo do pai)

- Mas já? Almoça comigo!?( Hades o convida)

- Não posso...Atena nem sabe que vim aqui e ela pode sentir minha falta.. Agora tenho que ir mesmo..  aguardo seu contato...( O loiro abraça o pai e vai embora... Voltando ao santuário...

Camus foi até sua casa resolver alguns problemas e logo em seguida desceria para a oitava casa ficar com Milo... Milo estava deitado na sala quando de repente a porta da sua casa é aberta e um homem loiro entra porta a dentro e começa a olhar a casa quando Milo se levanta revoltado...

- Quem lhe deu autorização para entrar na minha casa assim? ( Milo revoltado)

- Sua casa em breve será minha....eu estou sendo treinado para te substituir...seu cavaleiro inútil ( Mali sorriu)

- Você deve estar louco...Vai embora agora...( Milo em pé na porta)

-Nao estou com pressa! Assumirei tudo que for seu...inclusive o coração daquele belo aquariano...com o tempo ninguém mais lembrará de você! ( Mali sorrir)

- Fora daqui agora! ( Milo pronto pra atacar)

- Em breve você morrerá e eu ficarei com tudo...não se preocupe eu cuidarei direitinho de tudo...( Mali sorrir maquiavélico)

Mali sente o cosmo do aquariano se aproximando e responde... - Eu vou porque eu quero...aproveite o tempo que ainda tem..e outra coisa não deveria confiar muito nos seus amigos não...eles estão te escondendo tudo...você tem uma doença grave e vai morrer. ..

Mali sai e Milo fica em estado de choque.. e começa a ligar os pontos.. a preocupação sem medida de Camus, o hospital, a febre, a sua volta ao santuário...Shion treinando outro cavaleiro e também o que havia lido no diario e descobre que tem a mesma doença de Kardia... É que todos mentiram pra ele, principalmente seu namorado.  Milo se trancou no banheiro e chorou... Não queria ver ninguém... Quando Camus chegou estranhou não ter ninguém... Milo ocultou seu cosmo para que ele fosse embora..  Camus se preocupou e viu que seu cosmo não estava ali foi procurá-lo no santuário...








Notas Finais


Como Milo vai reagir a essa notícia?
Conseguirá perdoar seus amigos que não lhe disseram a verdade?
Perdoará Camus?
Que mente maldosa essa do Mali


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...