1. Spirit Fanfics >
  2. A Grande Jogada - Leitora x Akashi Seijuro. >
  3. Voltando ao meu verdadeiro Eu

História A Grande Jogada - Leitora x Akashi Seijuro. - Capítulo 18


Escrita por: e bamaraka


Capítulo 18 - Voltando ao meu verdadeiro Eu


S/n

O carro estava estacionado e eu pude escutar o barulho do cinto dele se abrindo.

- Vamos para o banco de trás, que é melhor. - disse Kise já passando para o banco de trás.

- Ok. - apenas concordei e fui logo atrás.

Passamos para o banco de trás e começamos a nos beijar e caramba, que beijo é esse ?! Quero mais.

Nossas línguas começaram a brigar por espaço, as mãos dele vieram para a minha cintura apertando levemente. Ele parou o beijo de repente.

- O que foi ? - perguntei ainda tentando recuperar o fôlego que havia perdido.

- Não farei nada que você não queira. - sua voz estava rouca.

- Tá bem. - voltei a beijá-lo.

- Me diga seus limites ! - sua voz soou novamente entre os beijos.

- Só não quero transar. Mas podemos dar mais que beijos. - sussurrei enquanto aproximava nossas bocas novamente.

- Perfeito. Só não podemos demorar muito. - essa foi sua última palavra.

Os beijos estavam começando a esquentar, eu já estava me sentindo um pouco excitada. Tudo bem eu sou virgem mais não santa. Suas mãos apertaram minhas coxas enquanto as minhas estavam em suas pernas. Acabei levando uma delas até o seu peitoral.
De repente eu senti ele se jogando atrás assim me levando junto, praticamente deitamos no banco de trás. Sua mãos agora estavam na minha cintura novamente, eu sabia que ele não queria as deixar ali, então as peguei e levei para baixo do meu vestido assim sentindo suas mãos quentes tocarem minha pele.

- S/n...não faça isso. - ele cortou o nosso beijo.

- Aproveita. - roubei um selinho dele.

- Os vidros do carro são fumê.- porque ele estava me alertando disso ? Não sei mais, acabei ficando tranquila com isso.

Suas mãos davam leves apertadas, queria fazer algo por ele também então comecei a me esfregar nele.

- Hum...- ele acabou gemendo entre os beijos.

Pude sentir algo duro embaixo de mim, eu estava me sentindo mais quente. Porém não queria passar dali. E ele já sabia disso, mas me perguntou se ele iria se aliviar quando voltarmos ? Não pode voltar desse jeito.

- Kise ? - o chamei ao parar o beijo.

- hum ? Me desculpa...- ele se referiu ao volume.

- Não é isso... sei que não dá para evitar esse tipo de coisa.- levei minha mão até seu rosto. - me pergunto... como irá se aliviar ?

- Depois eu penso nisso, vem cá. - ele me puxou para mais um beijo.

Não sei, mas acho que o ajudarei. Apesar de nunca ter feito isso, é culpa minha ele estar assim. Não é ?

Parei de beijá-lo e fui indo para trás com o corpo assim ficando um pouco distante do volume.

- O que houve ? - sua voz estava rouca e grossa.

- Preciso que você fique sentado novamente. - pedi.

O vi se sentar sem entender nada, com a pouca luz que havia ali pude ver seu rosto. Levei minha mão até o volume e voltei a beijá-lo.

- S/n..ah, não precisa. - dizia ele.

- Eu quero. - mordi seu lábio, não sei o que está havendo comigo mas estou gostando disso.

- Na-não. - ele estava começando a gaguejar.

Abri a sua calça e levei minha mão até lá...é quente... grande, grosso e molhado. Ele acabou suspirando alto jogando sua cabeça para trás. O tirei para fora e comecei a mover minha mão em um sobe e desce. Como eu sei fazer isso ?! Porque já tive vários tipos de conversar na rodinha das meninas, então Lisa e as outras me contaram muitas coisas.

Não sei se estava fazendo o certo, mas ele estava gemendo então acho que está gostando não ? Senti suas mãos pegar na minha e mover mais rápido. Com a outra mão livre ele me puxou e me deixou novamente, desta vez o beijo era com mais precisão. O ambiente estava quente demais, nos beijávamos entre gemidos.

- Pa-pare. - pediu ele forçando minha mão a parar.

Não parei, não conseguia eu queria fazê-lo chegar lá... continuei os movimentos e o beijo não parava. O ar já estava nos faltando, mas mesmo assim continuamos. Quando eu senti que ele ficou ainda maior na minha mão.

- e-Eu..vou gozar...- ah, então ele chegou no seu limite. - Pare s/n...

Não disse mais nada, apenas continuei fazendo até sentir algo quente molhar minha mão. A respiração dele estava um pouco alta, sua testa encostou na minha e logo depois um selinho foi roubado.

- Porque fez isso ? - perguntou ele.

- Porque eu queria. - respondi ao dar mais um selinho nele. Tirei minha não dali que estava suja.

- Espera, vou pegar algo para você se limpar. - Ele foi para frente com o corpo e abriu o portão de luvas. Pegou algo e voltou para trás. - Aqui. - ele estendeu um pacote de lenço.

Peguei alguns e limpei minha mão e ele fez o mesmo com vocês sabem o que. Logo ele ligou a luz para ajudar com a limpeza até que vi que a sua blusa estava suja.

- Vou pegar uma blusa aqui atrás. - ele saiu do carro já com a calça fechada. Abriu o portão malas e pegou uma sacola, voltou para dentro do carro já no banco do motorista e trocou de camiseta na minha frente.

- Já quer voltar ? - perguntou ele olhando para mim através do espelho do carro.

- você quem sabe, acho que o Taiga ainda está distraindo Aomine. - passei para o bando do passageiro.

- Então vamos. - ele ligou o carro e deu a partida dali...

POV Akashi.

Vi s/n sair junto sou Kise depois de um tempo sobre a nossa conversa onde deu fiquei um bom tempo lá fora pensando no que havia dito a ela. Talvez eu tenha cometido um erro ? Ah, eu nem sei mais o que está acontecendo comigo e isso está me deixando louco.

Ao retornar para festa me juntei ao time, tiramos algumas fotos para recordação até que decidi ir ao banheiro.

- Akashi ? Vai aonde ? - perguntou Takao.

- No toalete. - falei já dando as costas.

Entrei no banheiro e usei, quando sai vi que Kise já não estava mais ali no meio do pessoal e sim com a s/n.

- Tcs...- caminhei até o pessoal.

- O que acham ? - Kagami olhava para os rapazes.

- Sobre o que ? - me intrometi na conversa.

- Iremos dar uma festa surpresa para a s/n. - Aomine me explicou.

- Hum, entendi. - peguei uma bebida no balde que havia em nossa mesa.

- Cadê ela ? - perguntou Riko.

- Sei lá. - disse Midorima.

- Deve ter ido ao banheiro ! - Kagami olhou para os cantos.

Ficamos um tempo lá até que ela surgiu e depois de alguns minutos Kise também apareceu. Fiquei de saco cheio só de tentar imaginar que havia algo entre eles, porque isso ficou muito na cara.

Uma mulher acabou chegando perto de nós e começou a puxar assunto com todos, até que seu olhar caiu sobre mim. Olhei para ela e a mesma acabou corando.

- O que eu perdi ? - A voz da s/n se fez presente.

- Onde estava ? - Aomine olhava para a garota que felizmente estava ao meu lado.

- Fui respirar, tinha muita gente aqui. - disse a mesma.

- Será que podemos conversar ? - A mulher que estava perto de Takao se aproximou de mim.

- Porque não poderíamos ? - lancei um vago sorriso para ela.

Deixamos todos ali e fomos para uma mesa um pouco distante, ficamos conversando até que ela disse que uma garota não parava de olhar para nós. Então eu a puxei e beijei, estava sendo imprudente ?! Claro, fiquei com um puta ciúmes de ver a s/n com o Kise, tenho certeza que ele irá se gabar mais tarde quando ela for embora. Passei metade da noite com a mulher e depois me juntei a eles novamente.

- Olha só ! - Aomine olhava para mim.

- Não começa. - Taiga segurou em seu braço.

- TKS....- olhei para o canto e notei que ela já não estava mais ali.

- Cadê a s/n ? - Kise olhou para os cantos.

- Disse que ia lá para fora novamente. - Midorima me encarou.

- Vou lá falar com ela. - Vi Kise passar por mim.

Taiga ficou me olhando e negou com a cabeça, me sentei em um banco e fiquei olhando todas aquelas pessoas, até que chamei um garçom e pedi um copo de Whisky. Ao levar meu olhar para fora, vi que Kise estava conversando com a s/n e a mesma estava dando risada.

- TKS....- voltei meu olhar para as pessoas.

Alguns minutos depois eles voltaram e ela agiu como se nada tivesse acontecido, mas eu sei que ela ficou com ele. Fiquei mais um tempo lá até que decidi ir embora, me despedi de todos e saí para fora do bar. Estava a caminho do meu carro até escutar alguém gritar por mim, olhei para trás e notei que era Kise. Continuei parado ali esperando ele caminhar até mim, já próximos ele me olhava sorrindo.

- Está indo embora cedo ! Ainda são 02h00. - ele me encarou.

- Estou cansado ! - voltei a caminhar.

- Que desculpa, hein ! Poderia ter arrumado uma melhor. Você está indo embora por causa da S/N não é ? - sua voz agora ficou um pouco mais alta.

- Não, eu realmente estou indo embora porque quero ! - parei de caminhar e olhei para ele. - Até o treino ! - voltei a minha caminhada até o carro.

Entrei no veículo e liguei o carro já dando a partida dali, realmente houve algo entre eles e Kise queria fazer questão de me dizer. Acabei dando um soco no volante.
Meu celular começou a tocar e quando olhei era o Murasakibara.

- Onde você foi ? - sua voz grossa se fez presente do outro lado da linha.

- Estou indo para casa porque ? - Respirei fundo.

- Ah, íamos lhe chamar para ir em outro lugar, mas deixa quieto. - respondeu.

- Ok.. eu estou muito cansado, deixe para uma próxima. - me concentrei na estrada.

- Ok, até o treino ! - rapidamente ele desligou.

Que merda eu estou fazendo ?! Na verdade, que merda eu fiz ? Eu sou tão burro que não consigo nem dizer que estou começando a ter sentimentos por essa garota e agora estou com ciúmes dela com outro cara ?! O que está acontecendo comigo ?!

Você vai deixar ela escapar ? - meu subconsciente... não isso não...


- Não, você não vai me dominar... não vai me fazer sair de perto deles e muito menos forçá-los a ficar ao meu lado. - falei comigo mesmo.

- Senhor, faltam alguns minutos para pegar em casa. - disse meu sistema.

- ok...- Suspirei, pois já estava começando a soar frio.

Em poucos minutos cheguei na minha casa, me senti ser sufocado por alguém, isso não pode acontecer, eu não passei anos tomando remédios para isso voltar... não... não... Entrei em casa e fui direto para o chuveiro de roupa e tudo, liguei na água fria e deixei cair sobre meu corpo.

- Senhor irei preparar seu quarto ! - a voz do sistema me fez despertar e me encostar na parede.

- Ok...- meus lábios começaram a tremer.

O ódio começou a me dominar, a raiva se misturando... o verdadeiro inferno estava se fazendo presente. Não posso me deixar ser dominado por isso... não posso ser dominado pela minha raiva. Não posso deixar isso acontecer. Não irei me tornar um monstro, não irei...

Tirei minha roupa molhada e as joguei no chão, continuei o banho gelado e logo depois saí, fui para cama e me joguei nela, depois me levantei e fui atrás de meus antigos remédios, tomei e me joguei na cama do jeito que estava e acabei apagando.

Continua.....



Notas Finais


Voltei gente, com esse pequeno capítulo !!!! O próximo será um pouco maior, estou tendo muitos bloqueios com essa fic, mas mesmo assim darei o meu melhor para trazer ela de volta como estava planejado em minha mente. Tentarei arrumar mais tempo para trabalhar nela, estou trabalhando em outras fanfics que ainda não foram postadas aqui ! Então juntando tudo isso, fica tenso para mim. Espero que vocês entendam 💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...