1. Spirit Fanfics >
  2. A guerra entre as sombras; Mitw >
  3. 1. O ataque na floresta.

História A guerra entre as sombras; Mitw - Capítulo 1


Escrita por: Coelha_Lee_

Notas do Autor


Olá, licença.. não sei se você me conhece mas meu nome é Coelha e eu sou do spirit deis de 2017 mas eu havia saído lá por 2018 e agora decidi voltar depois de um tempo apenas por que eu quis mesmo.

Caso você se lembre da minha existência, só quero avisar que não vou repostar nenhuma fanfic antiga minha por que eu não me lembro de nenhuma.. desculpa, mas prometo trazer histórias novas.

Essa história saiu do nada da minha cabeça então aproveitem, eu acho que mudei bastante meu estilo de escrita.

Só quero avisar que; Pac e Cellbit são meio irmãos, não sei por que gosto de fazer eles irmãos em todas as minhas histórias mas vai ser assim mesmo.

Idade de todos:
1. Pac - 20 anos.
2. Cellbit - 25 anos.
3. Batista - 19 anos.
4. Coelha - 19 anos.
5. Mike - 22 anos.
6. Jv - 21 anos.
7. Felps - 26 anos.

Acho que é apenas isso, lembrando.. É SÓ UMA FANFIC.

Boa leitira a todos vocês.

Capítulo 1 - 1. O ataque na floresta.


Fanfic / Fanfiction A guerra entre as sombras; Mitw - Capítulo 1 - 1. O ataque na floresta.

Era verão, como de costume quatro amigos ficavam em uma casa de campo que ficava quase no meio da floresta mas também perto de uma trilha para campistas. esses amigos eram Rafael Lange com o apelido de Cellbit, seu irmão mais novo Tarik Pacagnan ou então Pac, Felipe batista chamado apenas de Batista e Jeanette Lee ou então Coelha.

Todo ano os quatro amigos alugavam aquela casa e ficavam lá nas férias de verão e por agora estavam de férias de suas faculdades. Cellbit cortava um pouco de lenha e logo levava pelo menos umas sete para dentro da casa, Pac estava olhando algumas fotos que tirou com sua câmera que ganhou de aniversário, Coelha e Batista faziam a comida e logo iria anoitecer.

- o fogo agora vai durar até a hora de ir pra cama. - fala Cellbit.

- você ainda não concertou o aquecedor. - fala Coelha. - vai ser uma noite congelante.

- eu acabei esquecendo, mas não era para essa merda está quebrada. - fala o loiro e a garota da de ombros.

- depois de comer será que podemos ir pescar? - pergunta Batista.

- eu acho melhor não, logo vai escurecer. - fala Pac. - acabamos de chegar, podemos ir pescar amanhã.

- adoro mergulhar naquele lago. - fala Coelha.

Pac deixa sua câmera no sofá e vai se sentar nos bancos da cozinha, Cellbit após colocar as lenhas no lugar vai se sentar ao lado de seu irmão e os dois observam seus amigos terminando de cozinhar.

- mais um ano e a gente acaba a faculdade. - fala Coelha.

- eu gosto da minha faculdade de fotografia, eu vou sentir saudade. - fala Pac.

- eu não vou sentir falta da minha. - fala Cellbit.

- ninguém mandou você querer fazer faculdade de medicina. - fala Batista e Coelha rir.

- eu gosto da minha faculdade, espero conseguir ser uma escritora de sucesso. - fala Coelha.

- e eu abrir meu próprio restaurante. - fala Batista sorrindo de uma forma fofa.

Ele escutam o barulho do forno e logo Batista coloca as luvas e tira uma deliciosa lasanha de queijo, Coelha pega os pratos e colheres enquanto Cellbit vai buscar os copos e o suco, eles já começam a colocar um pedaço de lasanha em seus pratos.

- é meio estranho ficar sem Internet por aqui, eu estou acostumado a ficar online o tempo todo. - fala Pac.

- eu já não tenho tempo pra isso. - fala Cellbit.

- a culpa disso é sua vadia. - fala Coelha sorrindo.

- eu estou animado para pegar algumas maças amanhã, podemos fazer torta. - fala Pac.

- adoro torta de maça. - fala Batista.

Os quatro logo escutam um pequeno barulho de pingos de água até se transformar em algo bem forte.

- nossa, está escuro e com chuva agora, será que os campistas que andam pela trilha estão bem? - pergunta Coelha.

- devem está, eles tem barracas bem resistentes. - fala Cellbit.

- a noite vai ficar ainda mais fria, eu posso dormir na sala ao lado da lareira? - pergunta Pac.

- você sabe que não, temos que apagar o fogo para não ter nenhum icidente.. é só por hoje, amanhã eu concerto o aquecedor. - fala Cellbit.

- será uma longa noite. - fala Batista.

Os quatro continuam a comer a lasanha e o que sobrou é guardado na geladeira, cada um toma um rápido banho e colocam seus pijamas.

- certo, quem vai arrumar as coisas aqui em baixo? - pergunta Cellbit.

- vamos cara ou coroa, eu vou com o Batista enquanto você vai com o Pac, quem sobrar continua. - fala Coelha.

Coelha escolhe cara enquanto Batista escolhe coroa e a garota ganha, Cellbit escolhe cara enquanto Pac coroa e quem ganha é Cellbit, por fim sobra Batista e Pac.. Batista escolhe cara enquanto Pac escolhe coroa e quem ganha é Batista.

- parece que você vai ter que arrumar as coisas por aqui irmãozinho. - fala Cellbit.

- odeio cara ou coroa, da próxima vez vamos de par ou ímpar. - fala Pac emburrado.

Alguém bate na porta deixando os quatro confusos, Batista vai atender e logo vê três garotos ensopados e pelas coisas que carregavam eram campistas.

- podemos entrar por favor? estamos congelando.

Batista os deixa entrarem e eles colocam suas mochilas no chão.

- desculpem a bagunça, meu nome é Mikhael Linnyker mas podem me chamar apenas de Mike.. esses são meus amigos João Victor mas ele abrevia apenas para Jv e esse também é Felipe Zaghetti mas podem chama-lo apenas de Felps.

- estavamos acampando aqui perto, queremos seguir a trilha da montanha para irmos a pousada mas a chuva realmente não ajudou muito pois nossas barracas estão em péssimo estado. - fala Jv.

- a gente não ligou por que não imaginamos que iria chover. - fala Felps.

- tem problema a gente ficar aqui até pelo menos amanhã para voltarmos para nossa trilha? - pergunta Mike.

- claro que não, tem um quarto reserva mas a cama é pequena e provavelmente dois vão ter que dormir no chão. - fala Cellbit.

- não tem problema, vamos cara ou coroa. - fala Jv.

- isso não é uma boa idéia. - fala Pac.

- eu vou mostrar o quarto de vocês. - fala Cellbit.

- eu vou arrumar as coisas aqui em baixo. - fala Pac.

Os três campistas seguem Cellbit enquanto Coelha e Batista vão para seus quartos. Tarik começa a arrumar as coisas como apagar a lareira, apagar as luzes e secar o chão molhado mas então o moreno vê uma luz vindo do lado de fora como se fosse uma lanterna.

- será que tem mais campistas perdidos?

Pac pega um guarda chuva e sai da casa para vê o que era aquela luz.

- 10 minutos depois. -

Cellbit desce para o andar de baixo.

- Pac você sabe cadê aquelas roupas que não cabem em você mas você insistir em usar? é grande o suficiente para eles.

Cellbit olha em volta mas estava tudo silencioso.

- Pac? cadê você? Pac? TARIK?

Logo os outros começam a descer para vê que barulho todo era aquele.

- Cell por que você tá gritando igual um maluco? - pergunta Coelha.

- Pac sumiu! - fala o loiro.

- sumiu? como assim sumiu? - pergunta Batista.

- quem é Pac? - pergunta Mike.

- o irmão dele, Tarik. - fala Batista.

- ele estava aqui arrumando as coisas mas quando eu desci ele não estava mais aqui. - diz Cellbit.

- calma Rafael, vamos encontra-lo.. é impossível ele ter ido muito longe. - fala Batista.

Logo a porta da casa é aberta e Pac cai no chão tremendo e o mesmo estava ensopado.

- PAC!!

Cellbit correu até o seu irmão e o virou para ficar de barriga pra cima e então o loiro arregalou os olhos ao vê muito sangue saindo do pescoço de Pac.

- ELE ESTÁ MACHUCADO, PEGUEM O KIT DE PRIMEIROS SOCORROS!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...