1. Spirit Fanfics >
  2. A Guerreira do Futuro >
  3. A união dos dois mundos

História A Guerreira do Futuro - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - A união dos dois mundos


Enquanto estava cercada por guardas a jovem ficava com um pouco de medo e tentava achar uma rota de fuga porem sabia que não conseguiria por conta de não saber lutar em baixo d'água.

-O que uma intrusa como voce faz em Atlántida?

Um dos guardas apontava a lança contra o pescoço da mesma até que uma voz mais jovem era ouvida por todos.

-O que esta aconteçendo aqui?

A garota se virava enquanto arregalava os olhos bastante surpresa e piscava mais uma vez enquanto olhava o garoto a sua frente até que um dos guardas respondia a pergunta do garoto.

-Vossa alteza,nos interceptamos essa intrusa e pelo que dar para ver ela não é daqui.

-Eu não sou de Atlantida,porem quero proteger esse mundo e o da superficie da destruição.

-MENTIRA!VOCE VEIO DESTRUIR ATLANTIDA.

-É VERDADE.

Os guardas concordavam com os seu superior até que o garoto interrompia a conversa.

-CHEGA!

Todos os guardas se calavam e o principe de atlantida continuava a falar.

-Meu pai,o rei decidira isso.

-Então soltem essa garota e eu a levarei até o meu pai para aquele ouça o que essa garota tem a dizer e ele decidira tudo.

Os guardas abaixavam a cabeça e abaixavam a lança e o garoto se aproximava da jovem e estendia a mão para a mesma.

-Vem,vou leva-lá até o meu pai.

A garota segurava a mão do garoto e sorria bastante feliz enquanto o acompanhava porem a garota não deixava de admirar o lugar até que o garoto se apresentava.

-Sou o principe de Atlantida,me chamo Arthur II.

A garota começava a rir divertida e depois parava e seu olhar se tornava inigmatico e um pouco romantico e a mesma olhava para ele com ternura escondendo seu sentimento.

-Me chamo-

Era interrompida quando o principe a chamava mostrando o castelo e a mesma soltava a mão dele e nadava atras do garoto e ambos paravam enfrente as grandes portas que eram abertas e os dois entravam na sala do trono e a mesma observava o homem sentado no trono e ao seu lado se encontrava uma mulher de cabelos ruivos que parava o que estava fazendo e olhava para o garoto e se aproximava do mesmo e o abraçava.

-Filho voce esta bem?

-Estou mãe e não consigo respirar.

A mulher percebia que estava abraçando forte o filho e o soltava e acariciava sua cabeça e depois olhava para a garota que estava a 1 metro de distancia do mesmo.

-E quem é essa jovem?

-Essa garota é a intrusa que os guardas interceptaram antes,mais pareçe que ela não é nenhuma ameaça.

-Mesmo assim não podemos abaixar a guarda em nenhum momento.

O rei se levantava e aproximava deles porem passava pelo filho e a esposa e ficava diante da garota.

-Quem é voce?O que qué em Atlantida.

A jovem sentia seu corpo tremer porem se acalmava e respirava fundo e depois voltava a olhar para o rei.

-Eu vim para pedir que se una novamente com a liga da justiça e nos ajude na nova batalha que ira decidir o mundo todo seja a superficie ou os mares.

-E por que acha que acreditariamos em voce?

A garota deixava escapar um suspiro e nadava para mais alto e ficava na mesma altura que o rei.

-Por que o futuro que eu vim foi destruido e seu filho Arthur o futuro Aquamen foi morto nessa batalha e mesmo que eu tenha perdido minhas memórias ao retornar ao passado pois estavam trancafiadas,não deixava de remoer a culpa de não poder proteger alguem importante para mim.

A rei ficava surpreso pela aldacia da jovem ao levantar a voz diante do mesmo e sorria achando graça daquilo e tocava na cabeça da garota.

-Então nos conte tudo.

Depois daquilo a garota revelou que se chamava "Selena''e tudo que ela contou para os outros ela contou para o rei e sua familia,porem o rei não conseguia acreditar e pediu para a garota um tempo para pemsar e entender tudo que ela tinha falado.

A jovem Selena depois de contar ao rei tudo que sabia,tinha saido do castelo e sentada sobre o precipicio que tinha perto dos corais observava o reino de atlantida e sorria ao ver novamente aquele reino.

-Eu já vir esse reino muitas vezes no futuro e nunca deixava de me surpreender,principalmente quando o conhecir por acaso.

A garota começava a rir e flashs de imagens apareçem em sua mente fazendo seu coração se aqueçer.

Enquanto Selena estava nas profundesas,na superficie ou melhor na casa dos Kents a Lois não conseguia parar de andar de um lado para o outro enquanto surtava e Clark observava apenas sua esposa surtar sem saber o que fazer até que o celular tocava e Jon atendia e um sorriso aparecia em seus labios e o mesmo desligava a chamada.

-Ela esta bem só que ela esta em atlantida pelo que o chip localizador que o Damian coloco nela aponta.

Lois olhava surpresa para o filho e por causa do desespero e ansiedade a mesma desmaiava fazendo com que fosse levada para o hospital.

De volta ao fundo do mar....

Enquanto esperava ser chamada pelo rei,a garota continuava a observar a cidade atlantida até que sentia uma mão tocar seu ombro e a garota levantava a cabeça e olhava para o principe e sorria baatante feliz e o observava se sentar ao seu lado e o rapaz tanbem olhava atlántida.

-É lindo né?

-Sim,eu adorava vim para cá apenas para contemplar esse lindo paraiso sub-áquatico.

O jovem Arthur olhava para a Selena bastante surpreso e sentia seu coração acelerar até que Selena se virava na direção do mesmo e sorria e levantava e estendia a mão para o mesmo que aceitava e se levantava e ambos começavam a nadar observando o reino e em meio as risadas e brincadeiras,Selena acabava por tropeçar e antes que choca-se com um pilar ela sentia algo fofo e ouvia um gemido de dor e quando olhava para cima via sangue saindo das costas do garoto e entrava em desespero.

-Voce esta sangrando.

-Não se preeuculpe isso não é nada.

-Espera,irei te curar.

Segurando fortemente sua arma um circulo com uma meia lua no meio aparecia abaixo da mesma e estendia o baculo na direção do mesmo e uma chuva de estrelas cósmicas caia sobre o mesmo e o ferimento nas costa do rapaz se curava fazendo o mesmo ficar surpreso,porem naquele instante Selena soltava a arma e caia para traz porem antes que caisse no chão era segurada pelo principe que a ajudava a ficar em pé até que ambos eram jogados contra o chão,porem Selena conseguiase equilibrar e segurava o Arthur e olhava para o garoto que recobrava a conciencia após o ataque.

-O que aconteçeu?

-Nós fomos atacados e pareçe que ela é a culpada.

Selena apontava na direção da garota que ria divertida até que a garota de cabelos verdeados pronunciava enquanto levantava a mão para cima e chamas azuis caiam sobre o reino.

-Eu Sirena,a filha da grande rainha do caos irei destruir esse reino e tanbem voce junto pirralha maldita.

Selena se posicionava na frente do garoto e impedia que as bolas de chamas azuis ataca-se o jovem porem sentia suas mãos queimarem pois as chamas azuladas não era um poder comum.

-Essas chamas vem alem do que os humanos podem compreender,elas não são chamas comuns e sim infernais ou melhor vindo de outro mundo.

Enquanto pensava e tentava achar um jeito de impedir a garota,ela jogava as chamas contra um pequeno monte de pedra porem aquilo causava uma explosão e as pedras voava mais antes que atacassem algum civil ela via um polvo enorme feito de água e a mesma virava para a garita a sua frente e cortava o ar de forma verdical e um raio de luz saia jogando a Sirena dando a chance dela segurar a mão do garoto e fujir,mais ela via um raio de luz acertar o peito do rapaz e um cristal azul saia do seu peito e seus olhos se arregalavam e quando Sirena iria pegar o cristal as longas asas da Selena apareciam mais eram transparente e menor.

A garota voava mais rapido que a Sirena e pegava o cristal e depois pegava o corpo do garoto e voava para longe até que ela descia perto da mulher que controlava o polvo feito de água.

Mera se virava e via seu filho desfalecido e se desesperava porem não perdia o foco enquanto tentava deter os animais metamorfos.

-O que fizeram com o meu filho?

Selena não conseguia falar até que o rei se aproximava e segurava o corpo do garoto e se desesperava e seu olhar gentil que tinha sobre a Selena era de puro ódio.

-O QUE VOCE FEZ COM ELE?

-Eu não fiz nada.

Abrindo sua mão Selena mostrava o cristal azul e se aproximava do garoto.

-Não o deixarei morrer,não como aconteçeu.

Ao aproximar o cristal do peito do garoto,o cristal não entrava fazendo a mesma ficar confusa e se desesperar enquanto lagrimas formavam em seus olhos.

-Não é possivel,por favor aceite seu cristal de alma de volta.

Mesmo tentando o cristal não funcionava até que ela ouvia a risada da Sirena enquanto a garota falava sorrindo.

-Ele aceitou esse destino,essa criança tem medo de seu próprio futuro e isso é muito bom.

-Não!

Sirena parava de rir e Selena se levantava enquanto segurava o cristal em sua mão e o estendia para frente e depois soltava seu baculo que ficava tanbem em pé e fechava os seus olhos e começava a proferir as palavras.

-Deus dos mares e deusa da terra,eu Selena a guerreira banhada pelo poder supremo da criação peço que me levem até o mundo da alma desse garoto e me mostre o que seu coração esconder.

A garota se calava ao proferir as palavras e a estrela em sua testa brilhava e Selena ao abrir os olhos via varias imagens refletidos no cridtal e começava a correr até que encontrava um garotinho chorando em meio aos cristais e a mesma se aproximava enquanto ouvia atentamente o garotinho que chorava e se encolhia no chão.

-Não vou voltar,não quero voltar para aqueoe mundo de dor.

-Não vai voltar?

O garotinho se assustava e parava de chorar e se virava e olhava surpreso para Selena que sorria e se agachava ficando na mesma altura que o garoto.

-Quem é voce?

-Sou Selena,a sua estrela guardiã e protetora dos milhares mundos.

Sua voz saia suave e gentil e a garota abraçava a criança que parava de chorar.

-Voce não esta sózinha e não precisa ter medo,eu sempre estarei com voce por que somos pareceiros e melhores amigos.

Desfazendo de vagar o abraço ela tocava no rosto da criança e depois beijava sua testa fazendo os olhos da criança brilharem como estrelas e o local ficava todo branco.

Abrindo os olhos,o garoto olhava surpreso para o pai que o abraçava feliz e se virava e via a jovem os olhando bastante feliz.

-Agora vamos acabar com isso.

Mera falava enquanto desfazia o polvo de água e Selena entrava na frente impedindo a mulher de atacar.

-Ela é meu problema,eu devo impedir ela a todo custo.

-Não!

Selena se virava e via o garoto se aproximar e tocar em seu ombro enquanto segurava uma espada em sua mão direita.

-Voce não esta sózinha,vamos derrotar ela juntos.

-Certo.

Banhando a espada que o rapaz segurava com o seu poder eles avançavam contra a Sirena que repelia e contra-atacava até que naquele embate todos estavam cansados e exausto já que a Sirena era poderosa,porem Selena avançava e cobria a Sirena com uma esfera de luz e nadava para superficie sendo acompanhada pelo garoto e naquele instante a esfera era jogada para acima do mar indo parar no alto e assim que Selena saia da água,suas vestesestavam secas e a mesma ficava sobre a água enquanto sua beleza resplandescia sobre o por do sol fazendo os olhos do Arthur brilharem de admiração e amor enquanto Selena derrotava o inimigo.

-Que a luz dos deuses purofiquem sua alma e que um dia renasça como algo bom.

Apontava a arma na direção da mulher e o corpo da Selena brilhava numa luz branca dazendo seus cabelos flutuarem e um raio de luz reto se forma e ser visto a quilometros do local e apontava o baculo na direção da Sirena e um raio de luz saia da pequena esfera que tinha a estrela dourada e o raio acertava desintegrando a Sirena e uma chuva de estrelas caia sobre o local e a mesma sorria.

Depois de ajudar a restaurar o reino de Atlantida e curar as pessoas,Selena conseguia do rei Arthur a aliança de ajudar na guerra que estava para aconteçer.

-Voce conseguil.

Selena se assustava enquanto se virava e via o principe a olhando bastante feliz e a garota sorria e aproximava e o abraçava bastante feliz e encostava a cabeça do garoto em meio ais seus seios pois a sua forma que se encontrava era de uma jovem adulta.

-Estou feliz de ve-lo novamente.

O garoto ficava com as bochechas vermelhas porem retribuia o abraço e sorria tanbem feliz até que Selena o afastava e pelo impulso e calor do momento o beijava e depois se afastava.

-Preciso voltar,estão me esperando.

-Quando nos encontrarmos sera no campo de batalha.

-Sim.

Selena acenava para o garoto enquanto nadava até a praia,mais não deixava de admirar o local e a beleza que o oceano proporcionava a todos que viviam naquele lugar.

Continua...


Notas Finais


Oi gente,queria pedir desculpa por algum erro principalmente pelos nomes reais do Aquaman e do filho dele pois fiz o que me lembrei que lir nos hqs e assistir nas séries e filmes e por isso venho humildemente pedir desculpa.

Se me ajudarem comentem aqui em baixo sobre o que gostaram e não gostaram nesse capitulos e até a próxima bye bye.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...