História A Happy Start For Us - Capítulo 65


Escrita por:

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, David Nolan (Príncipe Encantado), Emma Swan, Henry Mills, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Regina Mills (Rainha Malvada), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Emma, Emma Swan, Fantasia, Jennifer Morrison, Lana Parrilla, Lesbicas, Lgbt, Magia, Morrilla, Once Upon A Time, Ouat, Regina, Regina Mills, Romance, Swanqueen, Swen, Swens
Visualizações 388
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, Swens! Turu bom? Como muitas pediram, trouxe hoje um hot um pouco... Diferente, se é que me entendem.
Muito obrigada MESMO pelos favoritos e comentários da semana!
Boa leitura :3

Capítulo 65 - Se entregue totalmente a mim


Fanfic / Fanfiction A Happy Start For Us - Capítulo 65 - Se entregue totalmente a mim

 Em um ato de desejo, Zelena puxa Belle pela nuca e a beija de modo molhado, erótico e principalmente sedento.

 Seus corpos pediam aquilo e naquela noite, nada poderia pará-las.

Suas línguas tomavam ritmo em uma linda dança. Seus corpos eram guiados pelos sons de seus corações como uma bailarina é guiada por suas sapatilhas.

Ambas nervosas, nunca haviam feito isso antes. Porém, Zelena resolveu tomar uma iniciativa e levantou Belle em seu colo, com as pernas envolvendo sua cintura.

 A ruiva tentava subir a escada sem ver onde pisava. Não pararia todo aquele momento para apenas subir uma escada. Sabia que ela ou Belle poderiam acabar dando para trás e vendo a “loucura” que estavam prestes a fazer.

 Abrindo a porta do quarto com um chute, Zelena joga de modo delicado a amada na cama, se deitando por cima da morena.

 Por um segundo, seus olhos se encontraram. Em ambas podia-se ver o extremo desejo que as tomava e ao mesmo tempo, um receio enorme de ser a primeira vez de ambas com uma mulher.

 Zelena distribuía beijos molhados por toda a extensão do pescoço de Belle que tentava conter os gemidos em ato de extrema timidez.

 As mãos da ruiva passeavam por cada curva do corpo da princesa, descendo lentamente de modo provocante e maldoso o zíper de seu vestido.

 Em alguns segundos, a curta peça de Belle, que agora dava lugar para uma lingerie de renda branca, se encontrava no chão do quarto escuro, iluminado apenas pela luz do poste e da Lua que atravessava a janela e sua longa cortina.

Zelena desce lentamente sua mão até o seu seio esquerdo ainda coberto pelo tecido fino do sutiã de Belle, o acariciando suavemente. Ainda era novata nisso tudo, não sabia exatamente como dar prazer a uma mulher que não fosse ela mesma. Por alguns segundos estava entendendo exatamente o que sua irmã havia passado com Emma.

 Em um ato de audácia, retira a peça da bibliotecária, fixando seus olhos naqueles seios redondos e pequenos que cabiam perfeitamente em suas mãos. A morena por outro lado, corava como uma pimenta por receber tal olhar da bruxa.

 Zelena aperta o seio direito da mulher,  acariciando-o e o chupando, o que a faz ganhar um gemido tímido, entretanto delicioso vindo de Belle.

A morena por sua vez, passava suas mãos nas costas da parceira procurando também seu zíper. Ao encontrá-lo, retira o vestido de Zelena. Revelando um corpo que suas roupas nunca deixaram transparecer.

Os olhos de Belle fixaram naquele corpo esculpido pelos deuses e a verdinha ao sentir seu olhar, lhe lança um sorriso malicioso.

- Algum problema, querida?

- Não... Você apenas é mais gostosa do que eu imaginava.

- Imaginava?... – A ruiva pergunta, recebendo uma cara de espanto quando Belle percebe o que havia dito.

 Zelena sorri descendo seus beijos pela barriga de Belle, causando arrepios na morena que a desejava como nunca havia desejado qualquer um em toda sua vida. Enquanto as carícias aconteciam, o sutiã da bruxa era retirado e seus seios, eram acariciados pela bibliotecária fazendo-a abdicar por alguns segundos dos beijos e lançar um gemido baixo o qual faz Belle se embriagar com tal som tão agradável e satisfatório sendo solto da ruiva. Estava gostando de ouvir uma mulher gemer ao prazer que ela a estava causando.

Zelena chega até sua intimidade apertando-a por cima da calcinha, fazendo Belle soltar mais um gemido dessa vez um pouco menos tímido.

 Em um sorriso convencido, abaixa a calcinha da mesma um pouco apreensiva. Nunca havia feito isso em uma mulher. Não gostaria de machucá-la ou não fazê-la gozar.

Com um momento de loucura ou talvez coragem, acaricia o clitóris há estimulando um pouco mais.

 Belle por sua vez fechava seus olhos com certa força e segura no travesseiro ao sentir um dedo de Zelena entrar em seu sexo já encharcado.

 A ruiva sobe até seu ouvido, sussurrando de modo leve. – Me avise se eu fizer algo errado. – Dizia causando um sorriso na parceira que apenas sorri e concorda com a cabeça, sentindo os movimentos de vai e vem começarem.

Naquele momento, Zelena e Belle agradeceram por Robin ser apenas um bebê. Pois se fosse uma criança de no mínimo quatro anos, já estaria com a infância arruinada depois de ouvir tantos gemidos longos e altos vindos da morena.

 Após alguns minutos com um dedo e com o segundo estimulando o clitóris da morena com alguns movimentos circulares, Zelena sente a intimidade da parceira apertar, ela chegaria ao auge em pouco tempo.

  Percebe estar certa quando o segundo dedo adentra o sexo de Belle a mesma goza em seus dedos.

 Dentre seus últimos espasmos, a mesma a puxa para cima para mais um beijo, mas a solta rápido, pois precisava urgentemente respirar.  Havia acabado de ter o melhor orgasmo de sua vida nas mãos de Zelena Mills.

 Ao abrir seus olhos após seu curto descanso, a morena olha para o lado. – Minha vez...

 Na manhã seguinte, 7horas. Segunda-feira, ruas de Storybrooke.

- Sim, eu já agendei e avisei todos os locais. Não, estou indo até lá agora. Rosas? Que?... Aah sim. Já foram encomendadas. Vou passar lá para pegar. Ok, obrigada, mãe.

 Emma dizia ao celular com Snow enquanto esperava os carros passarem e o sinal abrir na rua. Estava sem seu carro, pois o mesmo estaria na oficina e o transito em Storybrooke em plena segunda feira poderia ser facilmente confundido com o trânsito de uma cidade grande.

 Andar a pé com sacolas em suas mãos e falando ao celular, poderia não ser uma tarefa tão simples enquanto se tentava segurar seu cachecol para o mesmo não voar, sobre um salto preto.

  Atravessando a rua, Emma vê um caminhão de rosas vermelhas estacionando em frente a Game of Thorns. A floricultura da cidade.

- Olá, por acaso essas são as rosas que encomendei? – Emma pergunta para os homens que descarregavam o caminhão.

- Bom... Na verdade boa quantia delas é.

- Ótimo! – A loira sorri animada, pegando os buquês que o homem lhe entregava após colocar em várias sacolas. – Quanto fica?

- Cento e noventa.

 A xerife engole em seco. Como flores poderiam ser tão caras? Com certa dó, dava as notas para o homem, indo para a joalheria.

 Mas tudo valeria a pena. Naquela noite, nada poderia falhar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...