1. Spirit Fanfics >
  2. A herdeira de sangue >
  3. Acontecimento estranho

História A herdeira de sangue - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente, tudo nem ? Espero que sim, bem já vou pedindo desculpas pelos erros
Boa leitura 😘😘😘

Capítulo 2 - Acontecimento estranho


Fanfic / Fanfiction A herdeira de sangue - Capítulo 2 - Acontecimento estranho

POV’s Katy

Depois daquele maldito sonho, eu não consegui dormir mais toda vez que fechava os olhos eu aqueles grandes olhos laranjas. Logo o dia finalmente amanheceu então me arrumei para ir a escola, chego na cozinha e encontro minha tia mexendo em uma panela espero de coração que não aja biscoitos estranhos preparados

Tia - Bom dia minha flor

- Bom dia tia

Me sento na cadeira em silêncio rezando para hoje não ter biscoitos, mas logo esse pensamento é substituído pelo maldito pesadelo, acho que minha tia percebe que algo não está certo pois ela para de mexer o seu preparado e ela nunca para as suas receitas pela metade a não ser que seja algo sério

Tia - Katy aconteceu alguma coisa ? Você está um pouco calda hoje, eu também escutei alguns gritos a noite ainda tendo pesadelos ?

- Não tia não aconteceu nada não precisa se preocupar – Suspiro – São apenas sonhos novos e logo tudo voltará ao normal

Tia - Se você diz acreditarei, eu fiz mais biscoitos para você levar hoje como eu percebi que você e seus amigos comerão tudo da última vez, desta vez fiz se fígado você vai adorar

- Tudo bem – Estou aterrorizada fígado como biscoitos –

Antes de sair de casa eu tentei o máximo possível para ela não me ver e desistir desta história de biscoito, mas como na vida nada é perfeito tive que trazer, e o pior é que tive que vim sozinha pois, a Lisa tinha que chegar cedo para resolver assuntos relacionado a trabalho de química, a sim que chego na entrada da escola encontro o Léo, ele me cumprimenta e fala ao realmente estranho

Léo - Ei o que você tem aí está com um cheiro tão bom ?

- Esta falando de cheiro de fígado ?

Léo - Sim esse cheiro mesmo

- Eu não sei como você sabia que eu estava com algo, está bem guardado não dá nem para sentir, você deve ter o olfato muito bom !

Léo - há...bem ...foi só ... intuição mesmo

Katy - Você tem uma intuição boa então, eu estou com um monte de biscoitos de fígado você quer um pouco ?

Léo - Se você não se importar de dividir comigo?

Katy - claro que não

Então o sinal bate e fomos para nossas salas, sem antes combinar de nós encontrar no intervalo, encontro a Lisa na sala e quando falo que existe biscoitos de fígado ela quase chora, mas o professor entra na sala interrompendo o seu show de drama, fora isso as aulas correram normal até o mas temido intervalo

Daniel - É sério como ela faz esses biscoitos ?

- Eu não sei mas admiro que tenho medo de perguntar

Lisa - Gente mudando de assunto para algo realmente bom, vocês irão a festa de hoje a noite ?

Daniel – A Katy vai sim pois, ela prometeu faz um tempo, infelizmente não poder ir tenho pois, tenho teste de matemática amanhã.

Eu estava realmente relutante em ir para a festa, pois não gosto de multidão reunida em um lugar pequeno, mas perdi completamente essa disputa, então o momento mas temido pelas humanidade chega, teríamos que abrir a caixa com biscoitos, por sorte o Léo aparece, ele nos cumprimenta eu e a Lisa ficamos felizes mas parece que o Daniel não ficou

- Léo senta aí você chegou na hora certa, iriamos comer biscoitos e também estávamos falando sobre a festa que vai acontecer hoje a noite, o que me faz pensar se você irá ?

Léo - Acho que não, pois tenho um compromisso mas se sair logo eu darei uma passada lá

Percebo que todos ficam tenso com a abertura da lata de biscoitos, ninguém quer ser o primeiro a comer até que o Léo da o primeiro passo e parece gostar muito que é estranho, pois é fígado

Lisa - Você gosta mesmo desses biscoitos ? Sabe que é fígado né ?

Léo - Sim não sei por que vocês humanos não gostão é delicioso é divino

Assim que Léo fala isso a expressão do Daniel muda para algo sombrio devo admitir nunca tinha o visto assim

Daniel - Você falou humanos ?

Lisa - Eu também escutei

Léo - E...u ... fa...lei... humanos eu quis ... dizer ... adolescentes, pera eu quis dizer ... Eu tenho que ir até depois

Lisa - Espera Léo, não vá ainda tem muito biscoitos ainda

Daniel - Ele se enrolou todo, o que diabos foi isso de “humanos” – Fez expressão de aspas com a mão –

- Não sei lá, até parece que não se considera humano, só sei de uma coisa teremos que terminar isso aqui sozinhos

E infelizmente comemos todos, passei o restante das aulas com uma dor na barriga, malditos biscoitos ao chegando em casa encontrei um bilhete da minha tia me dizendo que um primo ficou doente e ela teve que ir visitar, mas já já voltava então, sem nada para fazer subo para meu quanto me arrumar para a maldita fera, ao chegar na festa por sorte encontro Lisa

Lisa - Katy até que fim você veio

– Sim, isso é o que dar prometer fazer as coisas

Lisa - Fica aqui eu vou pegar uns sucos para nós

- Tudo bem vai lá, mas já vou avisando irei sair cedo

Vou para uma das cadeiras postas para os convidados, estava sozinha e a Lisa estava demorando muito, então começo a percorrer meu olhar pelo local, como todos festas de adolescentes tinha muitas pessoas dançando como louças e bebendo loucamente, adolescentes sendo adolescente olho um pouco mais que encontrar Léo, ficou feliz por encontrar alguém conhecido aceno e o mesmo vem ao meu encontro

- Léo você veio !!

Léo - Sim deu tempo de resolver tudo, você está sozinha aqui ? Cadê a Lisa ?

- Que bom que veio estava aqui sozinha, vim com a Lisa ela foi pegar suco mas parece que esqueceu de que existo

Léo – hummm, si quiser eu posso fazer companhia...

Mas por algum motivo ele não termina sua frase, pois o seu rosto fica com uma expressão de choque e surpresa e um pouco de raiva, olho para a direção que ele está olhando e vejo uma garota

Léo - Eu tenho que ir falar com um amiga, faz muito tempo que não o via podemos nos ver depois né ?

- Ok sem problemas , pode ir

Assim que ele sai em disparada para seu destino, a Lisa aparece

Lisa - Aqui está o suco

- Nossa já estava indo até a delegacia dar queixa do sei sumiço

Lisa - Um simples obrigada resolveria sabia ?

A festa acontece sem sumidas, a Lisa vai embora com um carinha, decido ir sozinha pois não queria estragar o clima , quando estava indo embora alguém esbarra em mim fazendo-me perde o equilíbrio bem na hora que iria bater minha cabeça no chão a pessoa me pega

Garota - Desculpa, eu não tinha a intenção de bate em você muito menos te derrubar

- Não tem problemas ,obrigada por não me deixar cair

Garota - Não foi nada, eu que devia esta pedindo desculpas e não você

- Ei você é a amiga do Léo né ? ele disse que iria falar com você assim que chegou, mas não o vi mais você sabe para aonde ele foi ?

Garota - Não ele falou comigo sim, mais depois disso eu não o vi, a propósito meu nome é Jasmim

- Oi Jasmim, é um prazer te conhecer eu sou a Katherine mas pode me chamar de katy

Jasmim - O prazer é meu

- Eu tenho que ir agora até depois

Jasmim - Não quer que eu te acompanhe ?

- Não é preciso, obrigada mesmo assim

Eu só posso ser azaradas só pode, começou a chover forte então começo a corre mas no final da rua eu ver algo inesperado, há uma pessoa encapuzada como nos seus sonhos com uma espada em mãos tento me esconde atrás de uma árvore e percebo que atrás do homem tinha um cachorro gigante, de repente o home ataca e a lutar começa bem a li, carros passam mas parece que ninguém vê a situação, logo o cachorro gigante está coberto de sangue, o homem olha para trás onde eu estou tremendo, não consigo manter contato visual com começo a correr como nunca o homem parece não querer me acompanha, logo chego em minha casa toda encharcada e tremendo, demoro algum tempo e percebo que minha tia havia chegado e estava dormindo no sofá, subo sem fazer barulho para não a acorda-la, já está tarde e não quero acordar ela e falar que vi um cachorro gigante se morto por um homem que usava uma espada ela me chamaria de louca, subo para meu quarto assim que chego tranco a porta em seguida me pergunto o que acabo de ver ou melhor o que acabou de acontecer, será realmente estou ficando doida ? Ou eu imaginei isso tudo ?

- Não aconteceu nada, deveria ter algo de ilícito naquele suco por que essas coisas não existe

Desistindo de tentar entender ela toma um banho troca de roupa e vai para cama dormir e mas uma vez começa a sonhar mas dessa vez o sonho é diferente ela sonha com um homem ele está de costas para ela de repente ele se vira e passa ao seu lado como se ela não estivesse ali, Katy ver que o homem é muito pálido quando ela se aproxima para ver melhor o rosto do homem ele abre a boca dando um sorriso para a mulher que está pressa mostrando ter pressas de vampiros em um piscar de olhos ele está em cima da mulher sugando tudo o seu sangue ao lado dela tem um corpo de um homem já sem vida mas Katy pode ver que na mão direita do homem tinha um símbolo igual ao da mulher que tem um na mesma mão que o homem mas de repente o vampiro se vira e sorri para Katy , quando ela acorda já é de manhã

- Que merda está acontecendo aqui ? Acho que enlouqueci de vez só pode 


Notas Finais


O que vocês acham que vai acontecer ?
Eu tive muitoooooo tempo hoje por está no hospital, então resolvi escrever para passar o tempo, estou curiosa para saber se estão gostando ou não ? Até o próximo capítulo beijinhos 🥰


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...