1. Spirit Fanfics >
  2. A híbrida - Eldarya >
  3. Amor Na Lareira Quente. (HOT)

História A híbrida - Eldarya - Capítulo 46


Escrita por:


Notas do Autor


Parece que tivemos mais um cap hoje! Será que ficaram supreso por Emiliane ser a MÃE do nosso elfo?

Espero que gostem e deixando claro este cap e HOT 🔞 leia por conta e risco!

Capítulo 46 - Amor Na Lareira Quente. (HOT)


Fanfic / Fanfiction A híbrida - Eldarya - Capítulo 46 - Amor Na Lareira Quente. (HOT)

- Ela é minha mãe -a garota virou olhando o elfo com as bochechas vermelhas e seu rosto em uma expressão nova em seu rosto.

- Ela é sua mãe? - concordou com a cabeça. - Esta dizendo que aquela carta toda "romântica" foi sua mãe?- mordeu a boca por dentro.

- Sim, você só leu o começo da carta... se tivesse lido tudo teria visto o sermão... Eu nunca tinha te falado o nome dela...por favor acredita em mim.- star olhava cada centímetro do rosto dele, seus olhos amodos em conflitos, seus labios aroxados.

- Ezarel....você. - ele entregou papel de carta a moça que abriu todo, lendo enquanto a chuva caia molhando o papel.- Me desculpa... Eu fiqui com muito ciúmes... - mordeu os lábios sentindo os polegares do elfo em seu rosto.

- Vamos para o quarto... não quero que fiquei doente.- tocou os lábios no testa dela e foi a pegou pela mão guiando para o quarto.- Posso ligar a lareira para nos aquecer?- a moça sorriu sentando na em no chão enquato, via ele colocar fogo na lenha.

- Ezarel..?- O elfo sentou ao lado dela.- Como é sua mãe?- perguntou com o rosto rosado.

- Bem...Faz um tempo que não vejo ela, porém ela é incrível, sempre passávamos na minha cidade natal. Ela me ensinou muito sobre alquimia, sabe ela é uma mãe incrível. - deu um sorriso tão doce ele passou a mão sobre as dela.

- Ela parece com você, fisicamente?- concordou sentido seus dedo serem entrelaçado.

- Bem nos temos os cabelos da mesma cor, mais diria que não... pareço com meu pai... e você?

- Eu não me pareço com meus pais... eu já tinha lhe dito...- sorriu passando as mão nos panos da blusa dele.

- Sei... Star deveria tirar sua roupa molhada. - beijo os lábios dela com delicadeza, Star puxou a blusa dele deixando o peito de a mostra. O elfo a enpurrou contra o tapete.

- Ezarel...- começou a dar vários beijos no rosto da moça.

- Posso? - As mãos do azulado passou por dentro da camisa dela que gemeu ao sentir a mão dele sobre seu seio. Ele voltou a beijar os lábios dela pedindo passagem exploração cada parte da boca dela, Star respondia na mesma intensidade até se separar por falta de ar. O elfo soltou o fecho do sutiã dela e puxando toda a parte de cima da roupa da moça.

-Ezarel... eu quero você....- susurou contra ouvido do elfo que sorriu com malícia.

- Eu também...- arrancou a parte de cima da blusa dele se curvando depositando beijos na ponta da orelha dela até o pescoço da moça que arfava baixo, se precisando contra ela. Star deu leves mordidas no ombro do azulado que soltou um suspiro.

Ele começou a dar leve chupãos no pescoço da moça que gemeu alto ao sentir a o azulado morder ela.

- Ez....- o elfo desceu seus beijos para a barriga dela,  coloco as mãos na calça dela e a tirou. Desceu seus lábios até a intimide da moça que arfou pegando nos cabelos do rapaz.

- Que tal nos divertimos?- a chuva fria caia lá fora mais, lá dentro com o calor da lareira e de dois corpos que se amavam o cheiro luxúria se instalava naquele local.

Star sentiu o elfo incentivava em seu ponto mais sensível, ela arquiva as costa e puxava os fios azuis dele com certa força ao sentir o prazer que o elfo dava a ela. O elfo sentia seu corpo quente ao ver a moça com seu rosto escarlata gemendo seu nome saindo pelos lábios que ela mordia com força. Ezarel sentia cada vez mais seu corpo reagindo as carícias que a moça dava ao corpo dele... ele perdeu toda sua compostura ao sentir ela se derreter na boca dele.

- E....z...snnnh- sentiu seus lábios serem invadidos pelo beijo dele, com um gosto doce. Ele mordeu os lábios dela puxando.

- Você é tão doce....- sorriu lambendo os lábios.

- Quero te dar o mesmo prazer que senti...- o elfo viu as bochechas dela rosada, ele negou engolido em seco não iria mentir dizendo que desejava isso de corpo e alma .

- Não...precisa...- foi nesta hora que ele sentiu as mãos da moça em seu mebro fazendo ele respirar forte.

- Porfavor...- o elfo apenas acenou com a cabeça e sentiu o corpo de star trocar de lugar com ele.- C-Como faço...- mordeu os lábios colocando alguns fios de cabelos para trás.

- Massageia...- o elfo posicionou as mãos dela em seu membro que arfou só com o toque dos dedos dela. Ele guiu o caminho das mãos dela até notar que ela estava fazendo certo, ela ia e vinha deixando o membro do dele cada vez maior. Star ouviu os gemidos contidos do rapaz que acariciava a cintura da jovem. A morena apertou o membro dele fazendo ele levantar a cabeça. - T-Tome cuidado...ssshhhnnnn Não precisa apertar tão forte... m-meu bem...- star concordou voltando a massagem o rapaz mordia os lábios com força. A jovem sentiu o membro do rapaz criar mais veias. Em sua cabeça via o estado do homem que estaba com sua franja grudada na testa e seu corpo tenção com o rosto vermelho, foi nesta hora que colocou o membro do rapaz na boca, fazendo ele notar supreso. - Star...- gemeu ao sentir os lábios da menina sobre seu mebro, ela ia e vinha com ele, até o azulado pegar os cabelos dela ajundado com os movimentos que estavam ficando mais difíceis. - Eu passei tantas noites imaginado você fazendo isto...- susurou ao sentir ela aperta levante suas mãos a como ela era delicada, apesar de não ter tanta experiência, para ele aquilo era o paraíso. 


- Então tava pensamentos impróprios comigo?- deu um sorriso malicioso e voltou a incentivado ele que gemia a cada incentivo que a moça dava. claro que o elfo imaginou isto e muito mais coisa com a moça, mais não ousou contar, Não demorou muito para o elfo seu corpo se contrarir.


- Star...sssnnnhhh...para... eu.- a menina continuou com as carícias.- Star não... precisa.... para eu vou...- falou respirando nervoso, foi nesta hora que star sentiu sua boca ser preenchida com o líquido do homem que gemeu. A moça engoliu sentindo o gosto salgado do rapaz em sua boca.

- Você é salgado...- apertou os lábios vendo o elfo de olhos fechados respirando com os lábios abertos .

- Falei para não fazer isto....- apertou o tapete com as mãos.- não precisava....- tentava normalizar seu estado.


- Mais eu quis...- o elfo abriu os olhos e viu cara de manhosa que ela fazia para ele que riu pegando ela no colo. Ela quis brincar com o fogo, pois agora havia conseguido .


- O que ta fazendo?? Ficou doido?- star perguntou olhando os olhos verdede cheio de luxúria e buscando mais prazer carnal.

- Aproveitado a noite meu amor....- a colocou sentada na beira da cama e deu um sorriso cafajeste.- quero te fazer minha de novo....

- Então faça....- mordeu os lábios de forma provocativa ser sua de de novo se entregar ao prazer carnal e amor deles séria incrível. 

- Vire de costa e apoia-se na cama...- a menina inclinou a cabeça entendendo o que o elfo queria.

- Certo...- fez exatamente o que ele mandou se apoiando na cama. O elfo se curvou contra as ela.

- Eu te amo sabia...?- começou a distribuir beijos nas costas da morena. Ela sabia que ele estava com seu típico sorriu de mandão.


- E-eu também...- arfou sentido o chupão do homem. Ele começou apertar os seios da moça que estava duros, apalpava com certa força ouvido os gemidos abastados da moça.

"Tenho a impressão dos seios dela estar maior..." pensou brincando com o bico, dela que agarrou os lenços.

- Quero te sentir... porfavor....shnnn- choramingou sentindo a pressão do membro do azulado.

- Claro...- mordeu o lóbulo da orelha dela, logo se inserindo dentros dela que gritou ao sentir ser invadida de forma intenção.

- AH! EZAREL. - O elfo arfou sentido seu corpo se conectar com o corpo de sua amada. Se movitou fazendo a menina gemer enquanto outro grunia ao sentir seu amor se fundir de maneira carnal e sexual.

Eles gemia o nome um do outro o elfo se movimentava com rapidez enquanto ouvia os gemidos sôfregos da mulher.

"Esta doendo?" - o azulado pensou enquato apertava os seios da moça que suava mordendo os lábios.

- Ez... mais forte! Eu quero mais....- mesmo preculpado fez o que a moça pedia porque queria dar todo prazer do mundo para ela. Ele chocava seu quadril contra o dela com força que gemia alto o nome do elfo. Em um ato involuntário deu um tapa contra as nadegas da mulher que apertou puxado os lenços .- Ah! EZAREL...shsssnnn mais quero mais... me de mais prazer...- o elfo sorriu olhando ela que agarrava o travesseiro da cama


- Quem manda?- sorriu mordendo as costas dela.


- Você....ah...- A menina apertou os panos da cama.


- Eu o que?- sorriu contra ouvido dela.


- Você....ah... manda... hum... Você que manda.- Gemeu contra gostou sentido o elfo parar de se movimentar.- EZAREL! Porfavor se mexa....ahg...- gruniu.


- Não... meu bem sou eu que mando... quero ouvir você...- susurou no ouvido dela.


-Ah...ahg...Ez... PORFAVOR! Eu quero te....sentir...hum...- gemeu abafado...


- O que você quer?- perguntou contra ouvido  dela mordiscando de leve.


- Ahhh... não me torturar... quero que você me penetre... ahg... com força, rápido... me falassa gemer seu nome.... mais não me tortura...- o elfo sorriu contara o pescoço dele.


- Eu te tortura?- chupou o pescoço dela com força e soltou um suspiro, logo sentindo ele se mexer lentamente 


- Sim, esta me torturando... mais forte.... mais muito mais forte... porfavor não me tortur- gemeu  quando sentiu o elfo dar um tapa na nadega esquerda dela, e soltou um grito de dor quando sentiu quadril  dele se chocar contra o dela de forma violenta e forte, fazendo ela ir para frente,ela gemeu de dor mais não deixou o incodo tomar conta de seu corpo e sua noite de prazer.


- Agora esta melhor....?- perguntou notando a gemido de star  sofido que não passo despercebido.- Sua tortura....hum...a...- viu star concordar com a cabeça e aperta os lençóis com força sentido o azulado se chocar contra sua intimidade, logo sentiu o corpo da moça contair fazendo ele notar que ela estava no limite. Ele a virou de frente para olhar a moça que estava com o rosto vermelho respirando forte com os lábios abertos com o peito subindo e descendo aquilo sim era um visão dos deuses. Os olhos semi-aberto e mordendo descaradamente os lábios. Não demorou para o elfo sentir as unhas da moça suas costas arranhado com força. 



- Ezarel... eu vou..-gemeu se derretendo, as pernas da jovem tremiam de tão mole que estava.

O elfo sabia que não aguentaria mais então se movimento mais um pouco sentindo uma tensão sobre seu corpo.

- Meu amor... Eu vou gozar...- susurou contra ouvido dela.

-Hum...ahhhh...EZAREL! Gritou ao sentir seu interior ser preenchida pelo elfo que esquentou seu ventre. Ele dentou entre os seios dela respirando forte.- Ahh... Ez isto foi.... muito intenso...- beijo a ponta das orelhas dele que se mexeu discretamente. 

- Você sentiu, dor não é?- a moça acariciou os fios dele em silêncio.  - Não é?- perguntou se levantando olhado nos olhos dela que desviou 

- Sim... doeu muito.... mais não tem problema....- levatou seu olhos para o do elfo que olhava com um expressão brava ela não metira aprecia que havia algo furando seu ventre de tanta dor que sentiu... mais não queria perder aquela noite de amor.

- Deveria ter me dito... eu teria sido mais delicado. - suspirou irritado.- eu vou me retirar de dentro de você. - a menina segurou a cintura dele com as pernas.

- Esta bravo?... eu gostei da noite de hoje ..- o elfo passou as mãos no rosto dela, olhado com um sorriso sem graça. 

- Estou sim!... fazer sexo para termos prezer é uma coisa... para sentir dor é outra... porfavor... me fala quando eu estiver te machucando. Eu não sei, quanta força eu uso sabe... se não me falar que esta sentido dor...eu não vou saber se estou te machucando, e quero que você sinta prazer, não dor....porfavor se não me falar, eu não vou saber, e últimamente você anda sensível....- star mordeu os lábios ao ver a preocupação nos olhos dele.

- Eu prometo... que foi falar... mais não fica bravo... eu te amo... e amo fazer amor com você...- o elfo sorriu de canto encostado o nariz no pescoço da moça.- esta certo eu ando mesmo sensível... mais gostei da nossa noite hoje...- beijo os lábios do elfo que  sorriu.

- certo... Eu relmente sou louco por você... agora posso sair? Ou vai me prender?-a menina deu uma gargalhada tirando as penas que o aprendia. Ele se jogou contra a cama puxando a moça.

- Aliás... o que porque veio aqui...?- perguntou fazendo desenhos no peito nu dele.

- Miiko pediu para te buscar.... parece que teve uma alteração séria no seu exame. - menina levantou surpresa olhando ele.

- Como assim? O que deu? - perguntou nervosa segurando o pequeno lençol que o rapaz jogou nela.

- Eu não... sei... não me falaram... porém não vamos nos preocupar antes de chegar lá...- puxou ela fazendo carinho no braço.

- Será que tem haver com o meu enjoo e a tontura que tive hoje...?- olhou preculpada o elfo.

- Eu não sei... mais espero que não... Mais vou estar aqui para tudo...- beijo o topo da testa dela.- Vamos dormir... estou exato...- apertou a menina contra ele.

- Você vai cuidar de mim?- ele concordou.

- Até se Eldarya acabar... vou cuidar de vocês para sempre meu bem...- a moça sorriu.

- Vocês?- inclinou a cabeça.

- Ahhh...É o sono falando mais alto...vamos dormir porque vamos voltar amanhã cedo..- fechos os olhos enquato fazia cafuné do elfo.



Notas Finais


O que acha deste cap? Em foi quente né!

E nosso Ez preculpado com Star? Junto cuidar dela para sempre... ai que amor...

Dor de cabeça enjoo, tonturas? Oque será? Palpites?

Star sensível ? Hummmmm

Vocês? Um erro de frase ou será que não?

Deixe seus comentários, curta e indiquem... e e falem o que acham! #Jabastabeemoov não desista da luta! Eles tem que nos ouvir, somo uma voz!

Beijos de estrelas 💫☺️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...