História A história começa no verão - Billdip - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Billdip, Billdipper, Romance
Visualizações 32
Palavras 667
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - A chegada


Chegar de viagem nunca foi tarefa fácil. A sensação de sair do ônibus ou do carro e pisar em seu destino é, sem dúvida, muito gratificante,e é ainda melhor ao reconhecer a sua hospedagem. Quando não se tem uma reserva ou uma casa em seu destino, encontrar o lugar perfeito se torna ainda mais especial, mas colocar as malas e roupas em seus devidos lugares também é uma parte obrigatória, e obviamente todos queremos, ao fazer algo, chegar ao seu final sem passar por seu "durante", mas até agora isso é impossível e muito preguiçoso. É preciso trabalhar duro para relaxar depois.

Sem muita enrolação, posso dizer que quando chegamos em Gravity Falls tudo o que disse anteriormente aconteceu. Quandi chegamos, respiramos fundo, recolhemos a bagagem e descemos do onibus. Quando fizemos isso vimos todos os nossos velhos amigos, e todos os cumprimentos foram calorosos e amigáveis.

Wendy veio até mim de uma maneira elegante, todos os seus passos pareciam ensaiados. Parecia diferente do habitual. Ela sorriu de lado e me abraçou por um tempo longo. Parecia calma, mas ao mesmo tempo ansiosa. Alguma coisa em seu olhar me dizia que me aproximar demais era uma ideia ruim, então agi naturalmente, mas com certa distância.

Todos entramos em casa e Soos e Wendy nos ajudaram a arrumar nossas coisas.

Finalmente, ao acabar, percebi que estar ali novamente era pura magia. Sentir o cheiro da grama, da madeira da cabana, o calor que a cidade trazia, a calma e a paz da floresta... Estar junto da família era incrível! Tudo era perfeito. Parecia que todo o mundo havia ensaiado cada uma das cenas que vivi quando cheguei, para que fosse impecável do começo ao fim.

À noite, saímos para nos divertir com Wendy, Soos, Melody e os Tivôs. Foi uma das melhores noites da minha vida! Bebemos e comemos, cantamos, dançamos e conversamos para caramba. Estávamos fortalecendo os laços! Ver o quanto cada um cresceu nesses 4 anos foi espetacular e muito gratificante!

Ao final da noite voltamos para casa exaustos e satisfeitos.

Mabel_ Finalmente em casa._ Ela disse._ A noite foi agitada.

_Concordo. _ Dissemos eu e Ford. Eu sorri. Os Tivôs entraram primeito e então corri para o meu quarto, caindo na cama imediatamente.

Apreciei o momento. Virei de um lado para o outro. Observei o teto e dei um último suspiro e um sorriso antes de me entregar completamente ao sono e ao cansaço.

    >Sonhos estranhos depois <

Mabel_ BOM DIA BROBRO!_ Gritou ao entrar no quarto.

Confuso, esfreguei o rosto com uma das mãos, me apoiando na cama com a outra.

_Bom dia Mabel._ Eu disse, sorrindo.

Ela me arrastou para fora do quarto, me fez me arrumar e sorriu como se fosse normal.

_Mabel, hoje é sábado! Não precisava disso!

Ela explicou que os tivôs estavam fora, é que deveríamos sair para comer. Decidimos tomar um café na Lazy Susan, chamando Wendy, Soos e Melody para nos acompanhar.

Nos sentamos em uma mesa perto da porta de entrada. Mabel pediu o famoso bolo de abacaxi da Lazy Susan e o resto de nós pediu panquecas e xícaras de café.

Comemos e ficamos satisfeitos. Susan tinha evoluído muito, e com isso, o restaurante também. Até mesmo alguns gnomos trabalhavam por ali, e alguns híbridos se tornaram clientes e até fizeram amizades!

Como quem não quer nada, roubei uma garfada da fatia do bolo que Mabel pediu, me deliciando com ele. 

Passei os olhos pelo estabelecimento, distraido, mas me arrependi. Meus olhos encontraram os de um outro homem. Cor de âmbar. Olhos profundos e diferentes, que me lembravam os de Bill. Eu engasguei.

Mabel_ DIPPER! VOCÊ É ALÉRGICO?

_NÃO! Eu só engasguei._ Disse, ainda tossindo.

Depois de um tempo, tudo ficou bem.

Eu precisaria de um tempo para digerir a situação, e pelo visto Wendy tinha visto o garoto também. O dia seria longo.


OI GENTE! ESSA FANFIC É UM TESTE! :) VOU POSTAR NORMALMENTE AOS SÁBADOS OU DOMINGOS SE FOR BEM SUCEDIDA! :))



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...