História A história de Bella Lastrange - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Aberforth Dumbledore, Abraxas Malfoy, Alastor Moody, Alecto Carrow, Alice Longbottom, Alvo Dumbledore, Alvo Potter, Amycus Carrow, Andromeda Tonks, Angelina Johnson, Antíoco Peverell, Antonin Dolohov, Arabella Figg, Argo Filch, Ariana Dumbledore, Armando Dippet, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Augusta Longbottom, Augustus Rookwood, Avery (Marauder-era), Avery (Riddle-era), Barão Sangrento, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Cadmo Peverell, Caradoc Dearborn, Carlinhos Weasley, Cassandra Trelawney, Cassandra Vablatsky, Cedrico Diggory, Charlus Potter, Cho Chang, Colin Creevey, Córmaco Mclaggen, Cornélio Fudge, Cuthbert Binns, Dama Cinzenta, Daphne Greengrass, Dênis Creevey, Dino Thomas, Dobby, Dolores Umbridge, Dominique Weasley, Dorcas Meadowes, Dorea Black, Draco Malfoy, Duda Dursley, Edgar Bones, Eduaphora Mergus, Emmeline Vance, Ernesto Macmillan, Euphemia Potter, Evan Rosier, Fabian Prewett, Fenrir Greyback, Fílio Flitwick, Fineus Nigellus, Fleamont Potter, Fleur Delacour, Franco Longbottom, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Frei Gorducho, Galatea Merrythought, Gellert Grindelwald, Gideon Prewett, Gilderoy Lockhart, Gina Weasley, Glenda Chittock, Godric Gryffindor, Gregory Goyle, Grope, Gui Weasley, Gwenog Jones, Harold Minchum, Harry Potter, Heberty Beery, Helena Ravenclaw, Helga Hufflepuff, Hermione Granger, Hestia Carrow, Horácio Slughorn, Hugo Weasley, Ignoto Peverell, Jorge Weasley, Katie Bell, Kingsley Shacklebolt, Lilá Brown, Lílian Evans, Lílian L. Potter, Lino Jordan, Lorcan Scamander, Lord Voldemort, Louis Weasley, Lucius Malfoy, Lucretia Prewett (Lucretia Black), Lucy Weasley, Lukas Karuzos, Luna Lovegood, Lysander Scamander, Marcus Flint, Marlene Mckinnon, Merlin, Merope Gaunt, Mila Bulstrode, Minerva Mcgonagall, Ministro Milicent Bagnold, Miranda Goshawk, Molly Weasley, Molly Weasley II, Mulciber, Mundungo Fletcher, Murta Que Geme, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Newton Scamander, Nick Quase Sem-Cabeça, Nymphadora Tonks, Olive Hornby, Olívio Wood, Órion Black, Padma Patil, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Pedro Pettigrew, Penélope Clearwater, Percy Weasley, Personagens Originais, Petunia Dursley, Pirraça, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Quirinus Quirrell, Rabastan Lestrange, Regulus Black, Remo Lupin, Rita Skeeter, Rodolfo Lestrange, Rolanda Hooch, Rolf Scamander, Ronald Weasley, Rose Weasley, Rosier, Rowena Ravenclaw, Roxanne Weasley, Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Scorpius Malfoy, Severo Snape, Sibila Trelawney, Simas Finnigan, Sirius Black, Sra. Cole, Ted Lupin, Theodore Nott, Thorfinn Rowle, Tiago Potter, Tiago S. Potter, Tom Riddle Jr., Tom Riddle Sr., Tracey Davis, Valter Dursley, Victoire Weasley, Viktor Krum, Vincent Crabbe, Walburga Black, Walden Macnair, Wilhelm Wigworthy, Wilhelmina Grubbly-Plank, Yaxley, Zacharias Smith
Tags Harry Potter
Visualizações 42
Palavras 2.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui vai mais um



❤️

Capítulo 2 - Novos amigos


Fanfic / Fanfiction A história de Bella Lastrange - Capítulo 2 - Novos amigos

Tonks me acordou mais cedo que o normal, eu estava exausta, mas eu tinha que me levantar para comprar meus materiais. Estávamos tomando café da manhã, Tonks já estava preparando tudo para nós irmos até o beco diagonal comprar meus materiais.

– Já esta com sua lista em mãos ?– Revirei os olhos.

– Já é a milésima vez que pergunta isso, e como todas as vezes eu respondo... Sim, eu estou – Ela deu uma risada. Papai apareceu na cozinha logo em seguida.

– Bom dia sobrinha.

– Bom dia tio – Tonks deu um beijo em sua bochecha.

– Bom dia filha.

– Bom dia papai – Abracei ele.

– Come rápido tio... Estamos meio que atrasados pois essa dorminhoca dormiu mais que o normal.

– Eu estava com sono.

– Ok... Vai pegar suas coisas – Fui até meu quarto e peguei tudo o que precisava, depois fui até a sala – Ótimo... Hoje vamos passar no banco Gringotes para pegar alguns galeões de ouro no cofre da sua mãe.

– Ok... Mas lá ela colocou muito feitiço, não toca em nada.

– Já estou acostumada Bella.

– Ok – Papai veio até nós já satisfeito.

– Bom... Vou até lá com vocês.

– É muito arriscado tio... Melhor não.

– Eu vou em forma de cachorro... Quero comprar uma coisa pra Bella – Sorri alegremente.

– Isso... Mima mais ela.

– Estou reconstruindo os momentos que não passamos juntos.

– Sei... Vamos, Bella segura na minha mão, vamos aparatar é mais rápido – Segurei na mão dela é logo nós aparatamos no beco diagonal – Nossa tá cheio.

– Cadê o papai ?– Olhei para o lado e vi um cão enorme e negro ao meu lado, percebi que era meu pai. Fomos andando até a Floreios e Borrões para comprar meus livros e tudo mais.

– Deixa eu ver... Esse ano você vai continuar com o Estudo das Runas. Aritmancia... Não vai fazer estudo dos Trouxas ?

– Não... Cansativo demais.

– Ok...

– Ano passado eu estudei e não gostei, então eu não vou estudar esse ano – Eu disse entrando na Floreios e Borrões.

– Hogwarts ?

– Sim... Aqui está a lista do que ela precisa – Ele olhou e sorriu.

– Oh... Graças aos céus você não estuda na terceira série... Eles tem que ter o livro Monstruoso dos Monstros... É horrível, já fui mordido cinco vezes só essa manhã.

– Estudei esse livro ano passado, é só fazer carinho nele – Ele arregalou os olhos.

– Carinho ? É o único jeito ?

– Sim.

– Ok... Bom, o Estudo das Runas, aqui... Trato das criaturas mágicas, aqui, poções quarta série, Aqui...

– Você vai querer uma pena que já venha com tinta ou não ?– Tonks me perguntou.

– Uma que já venha... Odeio ficar colocando tinta toda hora.

– Ok... Onde está o Titio ?– Olhamos ao redor e não vimos ele.

– Não faço ideia – Voltamos a prestar atenção ao gerente da Floreios e Borrões.

– Bom, estão todos aqui.

– Ok... Muito obrigado. Agora vamos comprar suas penas e tudo mais.

– Onde está o papai ?

– Ele deve está andando por aí. Vem – Compramos todo o resto das coisas e ainda compramos uns uniformes de torcida da Grifinoria, esse ano com toda certeza terá torneio de quadribol. Entramos em uma loja de animais e fomos até a gerente – Sirius mandou eu comprar um bichinho pra você.

– Jura ?– Ela assentiu.

– Escolhe o que quer – Assenti e fiquei vendo os bichinhos. O sininho tocou avisando que agia entrado pessoas.

– É o meu rato – Disse um menino estranho – Ele tem andado meio indisposto desde que voltamos do Egito – Vi um cachorrinho que era uma gracinha, peguei ele no colo e levei até Tonks.

– Olha que fofura Tonks – Ela sorriu e acariciou o pelo dele.

– Põe ele aqui no balcão – Disse a gerente da loja de Animais Mágicos.

– Vai levar ele ?– Perguntou Tonks.

– Sim... Ele é um fofo... Pronto, o nome dele vai ser “fofinho”.

– Lindo nome.

– Hum... Que idade esse rato tem ?– Perguntou a gerente ao menino.

– Não sei... Ele é bem velho. Foi do meu irmão.

– Que poderes ele tem ?

– Ah...

– Este aqui já sofreu muito na vida – Eu e Tonks fomos até a gerente, ficamos esperando até ela terminar. O menino de cabelos ruivos virou, vi que era o melhor amigo do Harry, Rony. O rato que ele estava segurando era o Pedro, e de verdade, tinha uma pata que faltava um dedo. Harry é sua melhor amiga estavam ao lado do Rony.

– Com licença moça... Vou querer levar esse cachorrinho aqui – Os três me olharam junto com a gerente.

– Oh, fez uma ótima escolha, ele é um fofo não é ?

– É sim... Seu rato me parece um pouco magro – Rony me olhou com os olhos arregalados.

– A-Ah... É s-sim...

– Sou Bella Lestrange, prazer – Ele relutou um pouco mas apertou minha mão.

– Rony Weasley.

– E vocês ?

– Hermione Granger

– Harry Potter – Sorri pra ele, ele fez o mesmo.

– Você tem os olhos da sua mãe...

– Como... ?

– Quem não conhece os Potter ?– Tonks disse rindo.

– Ah... Você tem a aparência da sua mãe..– Sorri. Todos dizem isso. Vi que ele segurava o jornal em que meu pai estava na capa.

– Posso ?– Ele assentiu e me deu o jornal. Tonks chegou mais perto e olhou pro jornal.

– Seu pai não tem jeito – Todos arregalaram os olhos.

– Você é filha de Sirius Black ?– A gerente pergunto

– Sim – Sorri olhando a foto de meu pai, ele estava gritando enquanto segurava uma placa dizendo seu nome e alguns números estranhos.

– Aqui está o dinheiro do cachorrinho – Tonks estendeu os galeões.

– Não precisa –. A gerente disse sorrindo amarelo.

– Ah... Para, eu sou filha de Sirius Black e Bellatrix Lestrange... Não sou igual a eles, a não ser a aparência... E a propósito, sou da Grifinoria... Nos vemos no trem meninos, quem sabe não nos conheçamos melhor ?– Eles assentiram e eu e Tonks saímos da loja.

– Adoro quando eles ficam com medo quando falamos quem são seus pais – Tonks disse sorrindo.

– É Ilário – Começamos a rir. Um pouco mais a frente avistamos o papai vindo em nossa direção com uma cesta na boca – O que é isso ?

– Pega antes que desconfiem – Tonks disse e eu logo peguei.

– Ok... Vamos ?

– Sim, você ainda precisa arrumar suas malas – Fomos para casa, jantamos e fomos dormir.

Uma semana já havia passado e amanhã já seria 1° de setembro, minhas malas já estavam prontas e eu já havia colocado coleira no fofinho. Eu estava agora arrumando meu uniforme e ajeitando tudo pra amanhã não esquecer de nada. Ouvi Tonks me chamar para jantar e logo fui, jantamos e fomos logo dormir pois amanhã era o dia de eu voltar para Hogwarts.

Eu estava me arrumando enquanto Tonks preparava o café da manhã, ela iria me deixar na plataforma nove e meia. Meu pai disse que não pode se despedir pois seria muito arriscado mais disse que sempre estará pelas ruas de Hogsmeade. Por falar em Hogsmeade, esse ano iremos de novo para lá, lá é o máximo, principalmente a Dedosdemel, lá as coisas são uma delícia, que da vontade de comer tudo de uma vez só.

– Já está pronta ?– Tonks entrou no meu quarto.

– Sim.. vou passar o natal aqui ?

– Só se quiser... Mande uma carta via coruja caso queira... Se vier eu vou fazer o possível para o Sirius vim para cá, ok ?

– Ok.

– Vamos... Já está quase na hora – Saímos de casa e fomos para King's Cross. Chegando lá, passamos pela barreira entre as plataformas nove e dez, Tonks foi empurrando o carrinho até que vimos o trem vermelho fumegante, fomos até mais pra perto e Tonks me ajudou a guardar minhas malas. Depois que guardamos minhas malas ela me olhou e me abraçou bem apertado – É tão difícil deixar você ir para Hogwarts.

– Eu sei... Também é difícil deixar você..

– Tenho que dizer uma coisa... As pessoas estão dizendo que Sirius está procurando Harry para mata-lo.

– Que horror.

– Sim... Você sabe da história mas por favor, não se meta em confusoes em nome do Sirius ok ?

– Sim...

– Ótimo... Arranjei um jeito de mandar cartas para a Tia Bellatrix. Se quiser escrever me manda que eu mesma mando para ela ok ?

– Entendido.

– Ótimo.. não se arrisque em nada – Ouvimos o primeiro apito do trem.

– Ok... Eu te amo Ninf.

– Também te amo Bella – Dei um beijo em seu rosto e entrei no trem. Quando eu ia até meu bloco fui parada no meio do caminho pelo Draco, meu primo.

– Oi prima..

– Oi Draco – Ele sorriu de orelha a orelha, digamos que o Draco sempre gostou de mim, mas nunca gostou de saber que eu fui pra Grifinoria e não pra Sonserina. Ele me deu um beijo na bochecha e me olhou.

– Como foi seu verão ?

– Nada mal... Você nem foi me visitar.

– Sinto muito... Meu verão esse ano foi corrido.

– Não tem problema... Seu pai não está em Azkaban ?– Ele me olhou desconfiado.

– Por que ?

– Achei injusto minha mãe e meu pai terem sido os únicos a irem para lá.

– Sua mãe que usou a maldição impérios nos Longbottom – Dei de ombros.

– Não faz diferença nenhuma. Oi Crabbe, Oi Goyle !– Eles ficaram felizes por terem sido notados.

– Draco... Vamos para o nosso lugar – Pancy Parkinson apareceu ao lado deles – Credo... O que estão fazendo com uma Grifinoriana ?

– Ela pode ser da Grifinoria... Mas tem o sangue de uma Sonseriana – Draco disse ríspido para ela.

– De qualquer forma... Vamos ?

– É Draco... Sua esposa tá chamando – Ele ficou vermelho.

– Jamais – Ele me deu um beijo na bochecha – Se cuida.

– Você também – Eu disse e fui andando até a minha cabine. Quando eu ia abrir a porta ouvi uma conversa dos três amigos, Harry, Rony e Hermione.

– ... É, imagino que é o que McGonagall vai dizer quando pedir autorização – Harry com tom de amargura.

– Mas se nós estivermos com ele – Rony disse animado – Black não ousaria...

– Ah, Rony, não diz besteira – Hermione disse meio com raiva – Black matou um monte de gente bem no meio de uma rua movimentada. Você acha mesmo que ele vai se preocupar se vai ou não atacar Harry só porque nós estamos presentes ?

– Eu não diria isso se fosse você !– Eu disse entrando na cabine fazendo eles se assustarem. Sentei ao lado do Rony fazendo ele recuar um pouco, olhei para o lado e vi uma pessoa que não via a anos. Virei pra eles com um olhar de sensura e repreensão – Não podem ficar falando coisas de uma pessoa que não conhecem.

– Mas é o que todos dizem – Hermione disse pálida.

– Todos dizem... Vocês não são todos. Além do mais, ninguém estava presente em tal acontecimento.

– Então vai dizer que sua mãe também não é culpada pelo crime que ela cometeu ?– Harry perguntou com raiva.

– Você sabe quem é minha mãe Harry ?– Ele pareceu ligeiramente constrangido e corado.

– Não mas...

– Sabe o crime que ela cometeu ?

– Não mas...

– Poiser... Não fale coisas que pode se arrepender depois – Eu disse tudo em tom ameno.

– Ora, vejam só quem está aqui – Draco apareceu na porta – Potinho e Fuinha.

– Draco... Da o fora daqui – Rony disse alterado.

– E se eu não quiser ?

– Draco ?– Ele se virou pra mim e corou.

– O que você está fazendo com essa gentalha ?

– São meus novos amigos neh meninos ?– Eles assentiram meio desconfiados.

– Impossível... Não vou deixar isso acontecer.

– Por que não ?

– Você é minha prima e eu tenho que te proteger de pessoas ruins – Vi os meninos arregalaram os olhos.

– PRIMO !?

– Sim... Primo. Por que ? Algum problema ?– Draco perguntou ríspido.

– Não...

– Ótimo.

– Draco... Pare de ficar se fazendo de Valentão – Eu disse revirando os olhos – Daqui a pouco nos falamos. Com licença.

– Mas...– Ele ia falar mas eu fechei a porta na cara deles – Enfim... Harry, seja menos uma pessoa que juga as outras pelo que os outros dizem. Conheça ela primeiro é ai você saberá se é verdade ou não.

– Sim mas... Ele matou muitas pessoas e ainda matou um bruxo – Olhei para Hermione.

– Isso é o que falam... Nunca saiu da boca do meu pai isso... Você é uma menina muito inteligente Hermione mas as vezes deixa a desejar – Ela corou fortemente.

– Você está em que ano ?

– Estou no meu quarto ano em Hogwarts... Estou feliz pois está bem perto do meu sonho se realizar... Serei auror – Eles me olharam assustados.

– Nossa... Isso é que é uma reviravolta na família – Ri da fala do Rony.

– Sim... Nem me fale.


Notas Finais


Até daqui a pouco


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...