História A história de Bella Lastrange - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Aberforth Dumbledore, Abraxas Malfoy, Alastor Moody, Alecto Carrow, Alice Longbottom, Alvo Dumbledore, Alvo Potter, Amycus Carrow, Andromeda Tonks, Angelina Johnson, Antíoco Peverell, Antonin Dolohov, Arabella Figg, Argo Filch, Ariana Dumbledore, Armando Dippet, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Augusta Longbottom, Augustus Rookwood, Avery (Marauder-era), Avery (Riddle-era), Barão Sangrento, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Cadmo Peverell, Caradoc Dearborn, Carlinhos Weasley, Cassandra Trelawney, Cassandra Vablatsky, Cedrico Diggory, Charlus Potter, Cho Chang, Colin Creevey, Córmaco Mclaggen, Cornélio Fudge, Cuthbert Binns, Dama Cinzenta, Daphne Greengrass, Dênis Creevey, Dino Thomas, Dobby, Dolores Umbridge, Dominique Weasley, Dorcas Meadowes, Dorea Black, Draco Malfoy, Duda Dursley, Edgar Bones, Eduaphora Mergus, Emmeline Vance, Ernesto Macmillan, Euphemia Potter, Evan Rosier, Fabian Prewett, Fenrir Greyback, Fílio Flitwick, Fineus Nigellus, Fleamont Potter, Fleur Delacour, Franco Longbottom, Fred Weasley, Fred Weasley Ii, Frei Gorducho, Galatea Merrythought, Gellert Grindelwald, Gideon Prewett, Gilderoy Lockhart, Gina Weasley, Glenda Chittock, Godric Gryffindor, Gregory Goyle, Grope, Gui Weasley, Gwenog Jones, Harold Minchum, Harry Potter, Heberty Beery, Helena Ravenclaw, Helga Hufflepuff, Hermione Granger, Hestia Carrow, Horácio Slughorn, Hugo Weasley, Ignoto Peverell, Jorge Weasley, Katie Bell, Kingsley Shacklebolt, Lilá Brown, Lílian Evans, Lílian L. Potter, Lino Jordan, Lorcan Scamander, Lord Voldemort, Louis Weasley, Lucius Malfoy, Lucretia Prewett (Lucretia Black), Lucy Weasley, Lukas Karuzos, Luna Lovegood, Lysander Scamander, Marcus Flint, Marlene Mckinnon, Merlin, Merope Gaunt, Mila Bulstrode, Minerva Mcgonagall, Ministro Milicent Bagnold, Miranda Goshawk, Molly Weasley, Molly Weasley II, Mulciber, Mundungo Fletcher, Murta Que Geme, Narcissa Black Malfoy, Neville Longbottom, Newton Scamander, Nick Quase Sem-Cabeça, Nymphadora Tonks, Olive Hornby, Olívio Wood, Órion Black, Padma Patil, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Pedro Pettigrew, Penélope Clearwater, Percy Weasley, Personagens Originais, Petunia Dursley, Pirraça, Pomona Sprout, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Quirinus Quirrell, Rabastan Lestrange, Regulus Black, Remo Lupin, Rita Skeeter, Rodolfo Lestrange, Rolanda Hooch, Rolf Scamander, Ronald Weasley, Rose Weasley, Rosier, Rowena Ravenclaw, Roxanne Weasley, Rúbeo Hagrid, Salazar Slytherin, Scorpius Malfoy, Severo Snape, Sibila Trelawney, Simas Finnigan, Sirius Black, Sra. Cole, Ted Lupin, Theodore Nott, Thorfinn Rowle, Tiago Potter, Tiago S. Potter, Tom Riddle Jr., Tom Riddle Sr., Tracey Davis, Valter Dursley, Victoire Weasley, Viktor Krum, Vincent Crabbe, Walburga Black, Walden Macnair, Wilhelm Wigworthy, Wilhelmina Grubbly-Plank, Yaxley, Zacharias Smith
Tags Harry Potter
Visualizações 39
Palavras 2.160
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹



🌹🌹🌹🌹🌹🌹🌹

Capítulo 3 - O dementador


Fanfic / Fanfiction A história de Bella Lastrange - Capítulo 3 - O dementador

Ficamos um bom tempo conversando, a velhinha do carrinho de comida passou, comprei várias coisas e comi pois estava morrendo de fome, uma coisa em que eu gosto mesmo é chocolate com caramelo, eu amo de paixão. Os meninos até que são legais, percebo que de vez em quando eles vão tocar no assunto do meu pai mas param logo pois sabem que vou falar alguma coisa, melhor assim. Percebi que o Prof. Lupin estava acordando, ele se mecheu um pouco e nos olhou, parecia que estava em outro mundo, ele olhou para mim e arregalou os olhos.

– Céus... Bella é você ?

– Sim professor... Como vai ?

– Vou bem... E sua mãe ?– Olhei pra baixo por um tempo.

– Ainda em Azkaban professor.

– Poxa que pena... Está com quem ?

– Ninphadora Tonks... Conhece ?– Ele pareceu ligeiramente constrangido ao ouvir esse nome.

– Sim, Sim, eu sei. Vou ali no carrinho de doces comprar alguma coisa... Estou com muita fome – Ele se levantou e saiu da cabine.

– Vocês se conhecem ?– Harry perguntou.

– Sim...– Nessa hora o trem foi diminuindo a velocidade, estranhei completamente.

– Devemos estar quase chegado – Rony terminou de dizer é o trem parou. Olhei pra a janela e vi que não tínhamos chegado – Legal... Estou louco para comer...

– Ainda não chegamos – Hermione disse desconfiada.

– Deve ter enguiçado – Harry disse. Senti um frio familiar se chocar contra meu corpo.

– Não... Coisa pior vem aí... Bem pior – Eles me olharam sem entender. Do nada as luzes se apagaram, ficou completamente escuro.

– Aí Rony... Esse aí é meu pé.

– Desculpa Mione – Hermione se levantou mas parou no meio do caminho.

– Aí

– Aí

– Quem é ?

– Quem é ?

– Gina ?

– Mione ?

– O que está fazendo aqui ?

– Procurando o Rony e você ?

– Essa é a nossa cabine

– Mione e Gina entrem logo – Falei pois as coisas estavam meio estranha.

– Quem é ?

– Sou Bella Lestrange.

– Uau... Que top – Gina disse.

– Tem alguém embarcando – Rony disse.

– Não pode ser – Fechei a porta da cabine mas uma coisa me impediu de fechar todo. Uma mão podre cheia de feridas segurou a porta e a abriu, dei alguns passos para trás, eu não tava conseguindo ver nada.

– O QUE É ISSO ?– Rony gritou se escondendo. Percebi na hora. Um dementador, ele olhou para o Harry e começou a sugar a alma dele, busquei minha varinha mas eu não a encontrava. Finalmente eu tinha achado, apontei para o dementador.

Expecto Patronum – A ponta da minha varinha brilhou em uma luz prateada e dela saiu um lobo extra enorme. O dementador começou a recoar, mas quando eu vi o Harry já tinha desmaiado – Cuide para que aquele dementador não volte – Eu disse para o lobo, ele assentiu e foi embora.

– O que.... Era..... Aquilo ?– Rony perguntou sem fôlego.

– É melhor vocês comerem chocolate – O Prof. Lupin apareceu na porta com o semblante assustado.

– De quem é aquele patrono ?

– Meu – Eu disse mexendo no Harry.

– Parabéns Bella... Lembrei-me de dar cinquenta pontos a mais para a Grifinoria – Sorri alegre.

– Obrigado professor... Mas o Harry não acorda.

– Ele vai acordar daqui a pouco – Ele estendeu um chocolate para mim. Desfiz meu patrono, logo em seguida Harry começou a acordar.

– O que aconteceu ?

– Harry ? Aí... Graças aos céus você está bem ?

– O...que era aquela coisa ?

– Um dementador – O professor estendeu um chocolate para o Harry que logo pegou – Eles sugam toda a energia da pessoa, a alegria, esperança, felicidade, lembranças ruins vem e vão na cabeça da pessoa.

– Quem era que estava gritando ?– Harry perguntou fazendo todos se entreolharam.

– Ninguém estava gritando Harry – Hermione respondeu comendo o chocolate com a maior voracidade, Rony não estava diferente.

– Mas eu...– Ele parou de falar – Mais alguém desmaiou ?

– Não cara... Só você – Rony respondeu. Percebi que Harry ficou meio sem jeito.

– O maquinista disse que estamos quase chegando e, sabe Harry – Harry o olhou – Eu não envenenei o chocolate. Coma, chocolate faz bem depois de uma aparição de um dementador.

– Obrigado – Harry disse ao professor. Ele só acenou com a cabeça e saiu de novo da cabine.

– Como fez aquilo ?– Hermione me perguntou.

– Na verdade o que era aquilo ?– Rony perguntou.

– Um Patrono – Hermione arregalou os olhos.

– Mas isso é magia avançadissima – Ela disse de boca aberta.

– Eu sei... Tonks me ensinou, eu disse a ela que vi um pouco como se faz em um livro e pedi para que ela me ensinasse, então lá em casa ela me ensinou.

– Mas... Menores não podem usar magia fora de Hogwarts.

– Eu sei... Mas eles só rastreiam a magia e onde aconteceu, não sabem o nome da pessoa. Se esse menor fizer esse feitiço na casa de vários bruxos, o ministério não vai saber quem usou a magia especificamente, pois existem vários bruxos lá. Mas se um menor usar magia na casa de trouxas, ele com certeza é pego. Por isso que pensaram que fora o Harry que usara a magia sendo que tinha sido o Dobby ano passado – Eles arregalaram os olhos.

– Como sabe disso ?– Harry perguntou.

– Dobby era o elfo doméstico do meu primo Harry, eu sempre conversava com ele e ele me falava o que fazia. Eu que livrava ele de algumas punições.

– Uau... Acho que ninguém nunca soube que o Draco Malfoy tinha uma prima em Hogwarts – Rony disse.

– Haram... Só os da Sonserina, sempre nos falávamos nos corredores mas nada que chamasse a atenção de alguém... Até por que, qual pessoa em sã consciência na Grifinoria teria uma amizade com alguém da Sonserina ?

– Ninguém – Eles responderam juntos.

– Exatamente, ninguém – Olhei para fora e vi que estávamos quase chegando – Acho melhor nos arrumarmos. Já estamos quase chegando.

– Verdade – Todos nós fomos nos arrumar.


O trem finalmente estava parando nas estações de Hogsmeade, eu estava feliz pois tinha feito novos amigos e pelo que vejo, eles gostaram de mim. Agora estávamos saindo do trem, fiquei curiosa em saber uma coisa da Hermione, já que ela é bastante inteligente, com certeza ela já deve ter lido Hogwarts: Uma história.

– Mione – Chamei ela fazendo ela virar pra mim – Você já leu Hogwarts: Uma história ?

– Claro... Já sei, você nunca leu.

– Pelo contrário... Li várias vezes – Ela arregalou os olhos.

– Finalmente achei uma amiga que leu Hogwarts: Uma história.

– Hermione... Pare de ser tão escandalosa – Rony disse fazendo ela corar.

– Alunos do primeiro ano, aqui – Ouvimos Hagrid gritar para os alunos do primeiro ano.

– Olá Hagrid – Acenei para ele.

– Ah... Olá pequena Bella... Como vai você ?

– Estou bem e você ?

– Muito feliz por você ter escolhido Harry, Rony e Hermione para serem seus amigos.

– Também estou feliz.

– E Olá vocês três, como vão ?

– Bem Hagrid – Os três responderam em uníssono. Fomos para as carruagens que nos levavam para Hogwarts, sempre sem cavalos, me pareciam encantadas.

– Estou com muita fome... Espero que a comida seja realmente boa – Rony disse.

– A comida sempre é boa.


Desembarcamos das carruagens e fomos subindo as grandes escadas de pedra de Hogwarts. O grande portão se abriu e todos os alunos de Hogwarts foram entrando, alguns feito brutos, outros mais calmos e tranquilos como nós. Vimos a professora Minerva vindo até nós com o rosto aflito.

– Sr. Potter e Srta. Granger... Preciso falar com vocês. Não se preocupem não é nada grave, Sr. Weasley e Srta. Lestrange podem seguir o seu caminho... Não, na verdade venha também Srta. Lestrange – Assenti e segui ela para a sua sala. Entramos e nos sentamos nas cadeiras – O Prof. Lupin mandou a frente uma coruja para avisar que você tinha passado mal no trem, Potter.

– Eu estou bem – Disse – Não preciso de nada...

– Ah, então foi você ?– Exclamou Madame Pomfrey, ignorando o comentário de Harry e se curvando para examiná-lo mais de perto – Suponho que tenha feito outra vez alguma coisa perigosa.

– Foi um dementador Papoula – Informou McGonagall. Madame Pomfrey insistiu um pouco mas Harry não quis ir para a ala hospitalar – Muito bem. Por favor esperem aí fora enquanto dou uma palavrinha com a Srta. Granger e a Srta. Lestrange sobre a programação para o ano letivo, depois podemos descer juntos para a festa – Harry e Madame Pomfrey saíram da sala.

– Minha programação está errada Prof. McGonagall? – Perguntei preocupada.

– Lembra que ano passado você fez a mesma coisa que a Srta. Granger de fazer muitas matérias ao mesmo tempo ?

– Sim..

– Lembra do que você usou ?

– Sim... Um Vira-Tempo – Ela me olhou com um olhar de sensura.

– Ainda está com ele ?

– Sim... Eu sempre ando com ele – Tirei o Vira-Tempo de dentro da camisa e mostrei para ela.

– Ótimo... Srta. Granger, terá que usar este Vira-Tempo para assistir todas as suas aulas pois são muitas e quase todas estão no mesmo horário. Mas lhe dou um aviso, ninguém além de mim, do Prof. Dumbledore e da Srta. Lestrange sabem sobre este Vira-Tempo, nunca conte sobre ele a ninguém, mesmo que perguntem, nem para o Sr. Potter ou Sr. Weasley está me entendendo ?

– Sim Prof. McGonagall.

– Ótimo... Bella irá mostrar como se usa para você, mas quando não estiver usando, dê o Vira-Tempo a ela.

– Sim senhora.

– Ótimo... Agora vamos para o banquete – Saímos da sala e fomos para a mesa da Grifinoria, Harry nos acompanhou até lá. Vimos Rony já sentado e com cara de tédio na mesa.

– Que história foi essa? – Harry começou a explicar tudo para o Rony aos cochichos mas, nessa hora o Prof. Dumbledore apareceu e pigarreou fazendo todos se calarem.

– Sejam bem-vindos! – Saldou Prof. Dumbledore – Sejam bem-vindos para mais um ano em Hogwarts! Tenho algumas coisas a dizer a todos, é uma delas é muito séria. Acho que é melhor tirá-la do caminho antes que vocês fiquem tontos com esse excelente banquete...

“Como vocês todos perceberam, depois de uma busca que houve no Expresso de Hogwarts, a nossa escola passou a hospedar alguns dementadores de Azkaban, que vieram cumprir ordens do Ministério da Magia.

“Eles estão postados em cada entrada da propriedade e, enquanto estiverem conosco, é preciso deixar muito claro que ninguém deve sair da escola sem permissão. Os dementadores não se deixam enganar por truques nem disfarces, nem mesmo por capas de invisibilidade – Harry e Rony se entreolharam”

“Não faz parte da natureza deles entender súplicas nem desculpas. Portanto, aviso a todos e a cada um em particular, para não darem a esses guardas razão para lhes fazerem mal. Apelo aos monitores, e ao nosso monitor e monitora-chefes, para que se certifiquem de que nenhum aluno entre em conflito com os dementadores.”

Eu ainda não conseguia acreditar que o Ministério da Magia mandou os dementadores para guardarem Hogwarts. E agora ? Como meu pai vai conseguir entrar em Hogwarts sem ser visto pelos dementadores ? Fiquei bem preocupada e parece que os meninos notaram isso, percebi que o Prof. Dumbledore não parava de me olhar com um olhar de sensura, ele sabia de alguma coisa é com certeza me chamaria em seu escritório.

Depois disso, ele só avisou que teríamos novos professores, Hagrid era agora o novo Professor de Trato das Criaturas Mágicas. E o Prof. Lupin era o novo Professor de Defesa Contra as Artes das Trevas, fiquei bem feliz, infelizmente não terei aula com o Hagrid pois a Profa. Grubbly-Plank era a professora do quarto ano em diante de Trato das Criaturas Mágicas. Mas do mesmo jeito eu fiquei bem feliz por ele ter conquistado esse sonho de ser professor. Depois dos avisos nós comemos aquele banquete que estava fenomenal, comemos as sobremesas. Depois de tudo vazio fomos para as nossas casas, eu e Hermione não iríamos dormir no mesmo quarto pois não éramos da mesma série.

– A senha? – A mulher Gorda perguntou.

– Calma, eu já estou indo, calma – Percy veio correndo até nós – A senha ? Fortuna major.

– Ah não... – Disse Neville Longbottom, ele meio que tinha uma mente devagar e não decorava todas as senhas. Eu e ele nos falávamos mas quando ele soube que eu era filha da Bellatrix Lestrange ele se afastou ao máximo de mim, não gosto quando as pessoas me tratam assim por que minha mãe usou a maldição impérios nos pais do Neville.

Mas em todo o caso, passamos pelo retrato da Mulher Gorda e fomos para nossos quartos. Fiz tudo o que tinha que fazer e vesti meu pijama, deitei em minha cama e fiquei pensando em minha mãe, como eu disse, não tenho orgulho dela ser uma comensal da morte, tenho orgulho por ela ser uma bruxa guerreira e não precisar de bruxo nenhum para sustentar ela, mesmo depois de tudo o que ela fez, ela é minha mãe, e eu amo muito ela. Muitas pessoas me perguntam por que eu ainda chamo ela de mãe, sinceramente, por que ela é, ela não é o que todos pensam, ela é uma mãe maravilhosa comigo, e sempre foi assim, ela sempre me amou e sempre vai me amar. Com esses pensamento adormeci.


Notas Finais


Gente, tirando algumas dúvidas, de vez enquando eu vou escrever algumas falas de Harry Potter tá ? Mas as outras vezes eu vou mudar as falas e escrever o que vem na mente ok ? Beijinhos


Ate mais tarde


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...