História A historia de carly shay em um internato - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Cara olha eu aq denovo que emocionante

Acho que to gostando do rumo da historia

Nao tenho muito oq escreve, boa leitura

Capítulo 3 - Fredwardo


-Sam - falo de braços  cruzados 

-Oi?

- Voce sabe que ja passo das 7 e meia?

- E dai? - se virou para mim com um short extremamente curto e um croped com a lateral da cabeca trancada

- E dai que estamos atrasadas - me levantei com meu vestido azul quase no joelho e um tenis

- Ah minha piranhazinha, ninguem se importa com isso não-  disse sorrindo puchando a minha buchecha - Alem do fred mas ele nao conta, vamos?

Concordei com um acenar de cabeca e saimos do quarto, a mais de meia hora atrás tocou o toque de recolher, entao eu estava meio nervosa nunca tinha feito isso. O corredor estava meio vazio

- Onde é essa festa? - perguntei baixinho atras dela

- Bom, é perto do internato, é tipo um lugar onde as pessoas gardavam coisas, so que a gente ageito para dar festas, entendeu? - ela parecia meio embolada na hora de explica

- Poha, vocês sao loucos - falo sorrindo

- Bom, chegamos - estavamos na area onde eu conheci a sam

- Finalmente PUTA QUE PARIU SENHOR AMADO- fred apareceu juntando as maos

- Calma ta cedo ainda, cade o uber? - sam colocou o braco em volta do meu pescoco

- Eu chamei faz pouco tempo, ja que eu sabia q voce ia se atrasa

- Hum, eae carly como foi com o diretor?

- Ah não foi muito legal, ele nao parava de falar que ele é gay e como o mundo é homofobico e depois ele comeco a falar das aulas e tambem disse que eu estou nas aulas extras, especiais, sei la

- Caralho, você é uma nerd tambem - falou os dois  so que o fred estava com um sorriso no rosto que logo foi desmanchado por um tapa

- Eu tenho nojo de vocês-  a sam disse mostrando a língua  - E bom ta afim de quicar em algum garoto?

- Quicar nao, que disser talvez, mas tem um brad...

- Ah o pao que voce conheceu na lanchonete, é amiga nao foi seu dia de sorte ele é assexual - disse fazendo um biquinho - Oh gay vai demora muito?

- Eu ja disse que nao sou gay e ja ta chegando, ja podemos sair- falou enquanto mexia no celular

- Entao vamos, me sigam garotas- disse indo ate um muro meio quebrado o que facilitava pular

- Mas e o porteiro? - perguntei baicho mas so levei " shiiii" dos dois

Pulamos ele, e vimos um carro na rua e fomos correndo ate ele

- Eae seu Sérgio, tranquilo

- Tranquilo Fredwardo - disse o senhor com um sorriso nos labios

Eu e a sam ficamos rindo no fundo, Fredwardo

- Me chame de fred, bom podemos ir?

- Claro Fredwardo - e logo carro ganho velocidade

E o carro fico em silencio, mas claro a sam quebro a poha do silencio

- Sabe, eu acjo muito estranho como que todo mundo fica quieto em carros

- Eh...

- Fodasse...

- Querem balinha?

- Ah eu quero senhor Sérgio - peguei uma bala e logo comecei a escuta uma musica

- UHUL! estamos chegando caralhooo- a sam comeca a gritar batendo no vidro - Desculpa Sergio nada pessoal, UHUL!

paramos e fomos ate uma porta de um saguao, oque nao faz sentido ja que é aberto

- Nomes? - perguntou um menino bem baixo e ruivo com muitas sardas - Ah samantha e fredwardo - mudou a cara para um sorriso e bateram a mao

- Samantha - fiquei rindo e o fred fico rindo junto - Fredwardo é bem pior

- Quem é essa?

- É a carly shay, é nova e esta com a gente - a sam respondeu um um sorrisso

- Você é irma do Spencer? Caralho - ele tava bem animado

- Sim eu so, você conhece ele? - perguntei finjindo interesse, mas ate que ele é bonito em

- Ah sim, todo mundo conhece o Spencer, ele era do terceiro ano passado, saudades...

- Voce nunca nem falo com ele, caralho, se sabe dele por que ele era rei do terceiro - sam fala batendo na testa do garoto

- Rei? Que poha é essa?- perguntei rindo

- Caralho a gente não te explico isso - fred fala com cara de absmado - Depois a gente te explica certinho, por que agora eu quero pega algumas garotas, valeu pro ces - e ele sumiu pela porta junto com o ruivo q foi chamado por alguem

- Entra gata- e entramos, esta lotado, tem muitas luzes coloridas e gente dancando e se pegando e fazendo outras coisas, a sam me levou para um barzinho, que o barmen é o mesmo cara estranho da lanchonete da escola- Ele faz parte do culto da costela, eu não te falei sobre ne? Tenho que te mostrar mais coisas 


- Na verdade eu ja conheco - comentei 

- Legal, a Melany deve te ti mostrado 

- Ela mesmo 

- Aceita suco tang com whisky? 

- Claro - falei pegando o copo e bebendo, caralho isso é uma merda 

E apareceu a mesma loura de antes a identica a vanessa, eu chuto que são gêmeas, a sam se dispediu de mim falando que tem que resolver algo importante, claro samantha voce é cheia de compromissos importantes 

Me levantei de la ja que ja tinha acabado a bebida e fui para a pista e encontrei o amor da minha vida, muito melhor que brad, ele olhava pra mim e eu olhava pra ele, jesus como eu to molhada



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...