História A história de Eldarya - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Erika, Ezarel
Tags Ação, Aventura, Romance
Visualizações 20
Palavras 2.953
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E ai gente!?!!
Espero que vcs todos estegam bem! Pq sabe...eu fiquei doente por isso não postei esse cap mais cedo, DESCULPA!!!
Boa Leitura, bjs docinhos!

Capítulo 27 - Uma doce voz muda tudo...


Sai do laboratório animada, não tenho muito o que fazer já que eu não tenho bagagem...

Acho que vou falar com a Alajéa, talvez ela me empreste alguma coisa...péssima idéia, talvez ela empreste algo pior que esse conjunto colado...mas até que minhas curvas ficaram bem assim...droga! Eu comecei a gostar essa roupa!

Lydia- *suspiro*

Eu fui para a sala das portas procurar a Alajéa, mas em vez disso avistei o Valkyrion entrando na forja

Lydia- Valkyrion!

Eu fui até ele, talvez ele saiba onde a Alajéa se meteu

Valkyrion- sim?

Parece que ele não é de falar muito

Lydia- você...viu a Alajéa por ai? Eu gostaria de falar com ela

Valkyrion- a última vez que a vi ela estava perto dos aros

Lydia- sério? Valeu Valky você é o melhor

Valkyrion- d-de nada...

Eu sai do QG em direção aos aros, no caminho vi o Mery brincado com o seu cryslam

Lydia- oi Mery

Mery- hã? Quem é você?

Nossa...eu acho que o Mery nunca me viu assim...

Lydia- s-sou eu...a senhorita Lydia...

Mery- ah! A escrava do senhor Ezarel! Você está muito diferente

Lydia- isso mesmo, eu mudei por que... ESCREVA??! Que disse isso para você?!

Mery- o senhor Ezarel, ele disse que você sempre obedece ele

Ludia- aquele elfo maldito..! Deixa pra lá, depois eu resolvo isso

Mery- por que você mudou?

Lydia- isso? Eu sou uma faery como você, descobri meu poder esses dias ai fiquei assim

Me abaixei para falar com ele

Mery- sério?! Então você vai morar aqui?

Lydia- bem...ainda não sei...

Ele segurou a minha mão

Mery- bom... se você resolver ficar, pode conhecer o meu quarto!

Lydia- isso seria ótimo

Eel olhou para os lados

Mery- já é tarde, hora de alimentar a açúcar

Lydia- se cuida tá?

Eu me levantei e baguncei os cabelos dele

Mery- tá!

Ele saiu correndo e rindo com o seu mascote

Lydia- ele é um bom garoto...

Eu sai andando até os aros, ao longe pude ver a Alajéa conversando com a coelha Ykhar

Lydia- Oi gente

Ykhar- olá Lydia

Alajéa- miga! E ae? Quais são as novidades?!

Lydia- bem... eu vou sair em missão com o Ezarel

Alajéa- missão? Hmmmm...haha

Lydia- hã?

Ykhar- missão? Para onde?

Lydia- vamos procurar os itens de uma lista na floresta, a Ewelein não pode ir, então eu e o Ezarel vamos

Ykhar- procurar itens? Boa missão para você

Lydia- obrigada, eu estou muito ansiosa com isso

Alajéa- ainda mais porque o Ez vai haha

Lydia- nada disso! Eu que insisti pra ir se não ele nem deixava

Ykhar- hmmm...acho que eu tenho a coisa certa para você

Lydia-o que? 

Ela vasculhou dentro de uma bolsa que trazia consigo

Ykhar- aqui

Era uma pequena bolsa pequena de colocar na cintura

Lydia- hm?

Ykhar- é para por o que você coletar, pode ser bem útil

Lydia- obrigada ykhar!

Eu peguei a bolsa

Alajéa- hahahahaha!

Ykhar- qual é a graça Alajéa?

Alajéa- olha?

Ela apontou para trás de mim, quando me virei vi o Ezarel vindo em minha direção

Lydia- ah...é ele...

Alajéa- boa sorte no encontro, ops, na missão

Lydia- Alajéa!

Ykhar- ah! Agora entendi hahaha

Eu fiquei vermelha

Ludia- p-parem com isso! Eu e o Ezarel vamos apenas em mais uma missão qualquer!

Ezarel- infelizmente! E dá próxima vez eu anúncio a Miiko que "alguém" não está cumprindo o seu dever...

Lydia- pelo menos eu ganhei uma missão

Ezarel- é! E eu mais trabalho em vão

Ele cruzou os braços

Alajéa- tome cuidado Ez, lembre-se do que a Miiko disse, tome conta da Lydia, não podemos perdê-la de vista

Ykhar- tenho certeza que será uma missão bem sucedida

Ezarel- não se preocupem, eu amarro ela caso a mesma tente fugir de novo

Lydia- ei! Eu não sou um cachorro sabia?!

Ezarel- senta Lydia, rola, deita

Lydia- idiota...

Ezarel- boa menina haha

Ele fez um carinho na minha cabeça

Eu corei depois disso, por que? O que tem de errado com o meu corpo?!

Alajéa- hhmm... haha

Ykhar- bpa sorte na missão gente.. hihi

Lydia- parem!

Ezarel- hã? O que é isso?

Alajéa- nada não chefinho

Ezarel- vanos logo Lydia, eu não tenho o dia todo

Lydia- s-sim!

Saimos do refúgio e fomos para o meio da floresta, não sei porque mas eu estou sentindo um frio na barriga, nervosismo ou medo? Acho que os dois...

Lydia- e-e então...por onde começamos?

Ezarel- bem... -ele pegou a lista do bolso- o primeiro item da lista é seiva de carvalho

Lydia- isso é fácil

Ezarel- é, o problema são os perigos que podemos enfrentar atrás disso...

Lydia- p-p-p-perigos?

Ezarel- isso mesmo...

Lydia- como o que?

Ezarel- tudo, black dogs, tormentos, ninfas, gobilins...e mais uns outros

Lydia- droga...

Ezarel- deixa de reclamar, vamos!

Continuamos nossa jornada até pegarmos quase todos os itens da lista, por sorte não vimos nenhum perigo

Ezarel- próximo item são pérolas arco-iris

Lydia- uau, parecem lindas

Ezarel- pode se dizer que sim... por sorte estamos perto da cachoeira de pérolas, vamos lá

Lydia- sim

Logo chegamos a tal cachoeira, era mesmo linda como um diamante ao sol

Ezarel- chegamos

Lydia- finalmente...meus pés estão me matando!

Ezarel- hmmm...acho que podemos parar para descansar aqui

Lydia- perfeito

Eu cheguei perto de uma grande pedra na beira do rio, tirei minhas botas e coloquei os pés na água

Ezarel- o que você está fazendo? Isso não são férias sabia?

Lydia- não é fácil andar por ai com esse saltp sabia? Esse sapato está acabando comigo

Ezarel- como quiser

Ele sentou-se em um tronco e tirou de sua bolsa um pedaço de pão

Ezarel- quer? Eu tenho bastante, tem mel também

Lydia- não obrigada, eu estou bem

Ezarel- tem certeza? Você só comeu aquela droga de maçã hoje cedo

Lydia- tenho sim, eu soquero banhar meus pés

A água fria batia neles é tão suave e relaxante...

Olhei para a água e vi umas pedrinhas brilhantes no fundo da água

Lydia- ei Ezarel

Ezarel- o que é?

Ele falou de boca cheia, esse devorador de mel...

Lydia- o que é isso no fundo da água?

Ezarel- o que?

Lydia- pedras brilhantes, são pequenas e bonitas

Ezarel- pedras arco-iris, é um item da lista, pegueas e vamos embora

Lydia- está bem

Eu me levantei ficando dentro da água, arregacei um pouco a calça para apanhar as pedrinhas

Lydia- quantas eu pego?

Ezarel- quanto puder, eu não quero que o estoque acabe rápido para que façamos isso outra vez

Lydia- tá

Eu peguei mesmo um monte, coloquei tudo dentro da minha bolsa e fui sair so rio

Ezarel- cuidado para não cair

Lydia- eu sei andar tá? Não sou um bebe

Quando falei escorreguei um pouco e quase cai na água

Lydia- ops haha

Ezarel- *suspiro* ai você...

Ezarel estendeu sua mão para me ajudar

Lydia- eu não preciso de ajuda

Ezarel- pega logo e sai dai Idiota!

Lydia- hum!

Eu segurei a mão dele como ele mesmo mandou, sair da água ficou mais fácil, porém eu escorreguei outra vez

Lydia- aah!

Ezarel- Lydia!

O Ezarel me puxou para que não caisse na água, por sorte deu certo 

Ezarel- aah!

Lydia- essa não!

Mas ainda assim eu caí por cima dele

*truf*

Ezarel- ai,ai...

Lydia- ow...

Pelo menos ele amorteceu minha queda

Lydia- a-ah...

Se não fosse pelo fato do meu rosto estar próximo ao dele...

Ezarel- L-Lydia...

Lydia- s-sinto muito...e-eu...

Fiquei olhando aqueles olhos beilhantes dele...tão lindos e profundos...

Ezarel- Lydia sai de cima de mim... agora!

Lydia- a-ah...m-me desculpe!

Sai de cima dele...o deu em mim? Por que eu agi desse jeito?

Ezarel- vamos logo, temos mais um item pra pegar ainda

Lydia- espera ai!

Eu coloquei minhas botas as pressas e segui o Ezarel que saiu andando sem me esperar

Lydia- qual é o último item?

Ezarel- cogumelos luminosos

Lydia- o que é isso?

Ezarel- deduza

Lydia- eh...cogumelos...que brilham no escuro?

Ezarel- isso mesmo

Ufa acertei...

Ezarel- o problema é o lugar onde podemos encontrar isso...

Lydia- onde?

Ezarel- em uma caverna aqui perto... o problema é que ela abriga alguns seres indesejados

Lydia- oh...e agora?

Ezarel- bem...quem não arrisca não petisca, vamos atrás deles

Lydia- eu temia que você dissesse isso...

Nós fomos então a tal caverna, não parecia nada agradável de início...pelo contrário, era horrível! Escura, barulhenta

Lydia- é-é melhor voltarmos...

Ezarel- nada disso, estavamos aqui vamos entrar!

Eu engoli a seco

Lydia- t-tem certeza..?

Ezarel- ue, não foi você que quis vir junto? Anda logo, vem!

Lydia- ei!

Ele me pegou pelo pulso como é seu costume e me arrastou caverna a dentro, por sorte os tais cogumelos luminosos iluminam muito bem o lugar, tornando a caverna um show de luzes

Lydia- uau...

Ezarel- hum, dá pro gasto

Ezarel foi logo pegando alguns cogumelos azuis

Lydia- ei, tem de outras cores também

Eu me aproximei de um cor de rosa

Ezarel- mas alguns deles tem veneno, como esse ai que você quer pegar

Lydia- ah! Perdão...

Ezarel- porque você não senta e fica bem quietinha em?

Lydia- tá

O problema e o lugar para sentar né?

??- hihihihi

Lydia- ah! Você ouviu isso?

Eu fiquei olhando ao redor, ouvi uma voz suave de uma menina rindo... isso não e normal

Ezarel- ouvi o que?

Lydia- uma risada...

Ezarel levantou após pegar alguns cogumelos e tentou ouvir

Ezarel- eu não ouvi nada

Lydia- mas...mas...

Ezarel- você deve estar ficando louca isso sim

Lydia- eu não sou louca!

De quem é essa voz? Eu sinto que já ouvi ela antes em meus sonhos...

Me encostei perto a uma parede e fiauei olhando para a saída da caverna

??- ei você...hahahaha

Eu vi uma sombra passar de um lado para o outro

Lydia- ah! Viu isso Ezarel?! Ezarel?

Ele estsva muito distante de mim para ouvir...bem, eu não posso simplesmente ficar aqui sem fazer nada, vou agora mesmo procurar essa menina

Lydia- *sussuro* eu volto depois Ezarel...

Sai da caverna em direção a onde a sombra foi

Lydia- onde estará?

??- hahaha, ei você!

Eu vi novamente aquela menina passar dentr umas árvores

Lydia- espere!

Eu segui ela por floresta a dentro

Quem é essa menina? Por que sinto que a conheço de algum lugar?

Continuei correndo atrás dela, preciso encontrá-la!

_________________________________

Quebra de tempo

_________________________________

Depois de um tempo caminhando eu me cansei, não sabia mais porque eu estava me sacrificando para encontrar aqurla menina da voz...

Lydia- aff...eu desisto! Quero voltar!

Olhei para trás de mim mas...

Lydia- essa não...

Eu me perdi...me perdi mesmo

Lydia- droga... AAAAH!! ALGUÉM ME AJUDEEEE!!

Olhei ao redor assustada, nunca deveria ter ido tão longe

Lydia- Onde eu estava com a cabeça? Eu deveria ter ficado com o Ezarel! Droga, droga! Eu preciso sair daqui em primeiro lugar...mas como? Eu nem sei onde estou...

Ouvi arbustos balançando e galhos quebrando

Lydia- ah! U-um black dog...não... não pode ser!

*tum, tum!*

Passos?

*crec*

Um som mais alto...

Lydia- hmmm...AAAAAAH!

Dai correndo desesperada em rumo a não sei onde, mas nada é melhor do que viver!

Lydia- socorro! Alguém me ajude!

Vi algo grande e escuro pular por cima das árvores a cima de mim então corri mais rápido

Lydoa- AAAH! EZAREL!!

Tropecei em uma pedra e cai de cara no chão

Lydia- Aaaiii!

Vendo aquilo correr atrás de mim, levantei desesperada e corri

Lydia- não posso morrer...não posso!

Essa coisa parece mesmo um black dog...

Lydia- socorro!

Aquelo, seja lá o que for, pulou por cima de mim e me agarrou forte, paramos de correr e agora eu me debatia para me livrar dele

Lydia- solte-me! Solte-me! Solte-me!

??- fique quieta, eu não vou machucá-la

Lydia- me larga! Eu não quero morrer!

??- eu já disse que não vou te fazer mal idiota! Pare de de debater!

Lydia- nunca! AAAAH SOCORRO!

??- cala a boca!

Lydia- hmm!

Ele tapou minha boca com a mão, não pude fazer mais nada, estava sendo segurada contra ele e com a boca tapada...

Lydia- hm! Hm, hm!

Ele encostou seus lábios próximo a minha orelha direita

??- eu solto você se prometer ficar quieta e não correr

Lydia- h-m..! Hm!

Não posso fazer mais nada a não ser obedece-lo

Assenti a cabeça e ele começou a folgar as mãos, tanto a que segurava meu corpo contra o dele quanto a mão sobre minha boca

Quando me libertei me afastei daquele estranho e quando olhei para ele...

Lydia- Ashkore?

Ashkore- em carne o osso

(Lydia OFF)

(Ezarel ON)

Depois que eu terminei de colher os cogumelos voltei para onde a Lydia estava

Ezarel- Lydia vamos eu já...hã?!

Ou pelo menos ela deveria estar

Ezarel- Lydia? LYDIA!! 

A única coisa que eu ouvi foi o eco a minha própria voz

Ezarel- tcs, aquela idiota sumiu de novo! Eu preciso encontrá-la... eu preciso salvar a Lydia...e quando achar eu vou...! Droga!

Sai da caverna e passei a correr

Ezarel- não importa onde, eu vou encontrar a Lydia, ela é fraca e... uma idiota que não faz nada direito! Se machucaria até mesmo dormindo...não posso deixar que ela se machuque...

Ouvi um grito ao longe, parecia ser a voz da Lydia...

Ezarel- talvez tenha apenas se perdido...ou...b-black dogs...droga Lydia, por que você não me escuta?!

Continuei correndo em direção de onde vinham os gritos

Lydia- EZAREL!!

Ezarel- ah...ela...ela gritou o meu nome...

Depois de ouvir sua voz meu corpo ardeu em chamas, eu preciso dela ao meu lado...não sei porque mais preciso...

Ezarel- não se preocupe Lydia...eu vou salvar você..!

Aquela idiota me dá mesmo muito trabalho mas...por algum motivo... eu me preocupo com ela e quero ve-la sorrir...

(Ezarel OFF)

(Lydia ON)

Ashkore- e você quem é?

Ele não me reconhece? E mesmo assim tentou me atacar?! Isso é o que?! O território dele?!

Lydia- ah...faz sentido você não lembrar, eu mudei muito não foi?

Ashkore- se eu me lembrasse não perguntaria, não é?

Porém ele continua o mesmo

Lydia- sou eu...

Eu me aproximei dele

Lydia- a Lydia, lembra? A não mais humana de antes haha

Ashkore- humana? Hmm...não pode ser! Pelo Oráculo!

Ele pareceu confuso

Lydia- eu sei, também demorei a aceitar, mas eu já me acostumei com isso

Ashkore- pensei que fosse uma espiã!

Lydia- e eu pensei que você fosse um black dog

Ashkore- você estava correndo!

Lydia- você estava correndo atrás de mim!

Ashkore- idiota! Eu mandei você ir embora! Mandei você voltar para o seu mundo! Olha o que eles fizeram com você! Droga, droga! Eu avisei!

Lydia- Ashkore...o que foi? Ghm!

Ele me pegou pelo pescoço e me encostou a uma árvore

Lydia- i-isso dói...não consigo...respirar...

Ele me soltou e eu cai no chão

Lydia- *cof, cof, cof* ah...p-porque?

Ashkore- idiota! Eles revelaram seu poder...agora você está em perigo constante! 

Lydia- mas...eu...

Ashkore- a partir de hoje eu não vou mais proteger você, você não me ouviu então não merece minha proteção, está sozinha no mundo e talvez morra por sua desobediência

Lydia- o-o que?

Ezarel- LYDIA!!

Lydia- ah! O Ezarel..!

Ashkore- e lá vem aquele elfo outra vez...não importa, de hoje em diante eu não vou mais salvar você dos seus riscos! Você irá morrer fácil nesse mundo!

Lydia- p-por que? Eu não entendo...

Meus olhos encheram de lágrimas...

Ashkore- *suspiro* me desculpe por isso...mas eu não posso ficar parado aem fazer nada...adeus Lydia, até nunca talvez...

Lydia- Ashkore!

Ele pulou alto pelas árvores e sumiu dentre as folhas...

Lydia- Ashkore...por que? Por que ele quer que eu morra? Ele quer tanto assim me ver longe daqui? Por que ele não quer que eu fique nesse mundo?

Segurei meus joelhos e passei a chorar e soluçar...

Lydia- eu não quero morrer...quero apenas saber quem eu sou de verdade...*snif*

??- Lydia... eu te encontrei, finalmente


Olhei para frente e vi o Ezarel, ele parecia preocupado e furioso

Ezarel- Lydia?! O que houve?!

Ele veio até mim e se abaixou ao meu lado

Lydia- n-nada...e-eu estou bem... *snif*

Ele colocou sua mão nas minhas costas

Ezarel- tem certeza? Quer falar sobre isso?

Lydia- e-eu...eu não quero morrer... p-por favor me perdoe por fugir... *snif* 

Ezarel- idiota...ninguém vai matar você

Lydia- oh Ezarel! Eu fiquei com tanto medo!

Eu me joguei nos braços dele e nós nos levantamos

Ezarel- shhh...calma...agora está tudo bem...

Com uma mão ele segurava-me contra ele, com a outra mão Ezarel fazia um carinho na minha cabeça para me acalmar...

Lydia- d-desculpe...estou sujando suas roupas...

Ezarel- deixe de se desculpar, chore o quanto quiser...

Ele secou uma de minhas lágrimas com o dedo

Lydia- s-sim...

Eu corei na hora mas pelo menos parei de chorar, continuamos abraçados por um bom tempo e logo entardesceu

Ezarel- v-vamos? Já é tarde...

Lydia- sim...

O Ezarel afastou-se de mim meio vermelho, ele fica lindo quando foca corado...q-quer dizer...esquece!

Fomos então caminhando lado a lado de volta para o QG, durante o percurso tinha hora que o Ezarel me olhava e as vezes desviava o olhar

Chegamos enfim a entrada so QG, mas antes de entrarmos o Ezarel parou e ficou em ftente ao portão me impedindo de entrar

Lydia- hã? O que foi?

Ezarel- o que você estava fazendo n omeio da floresta?

Lydia- não foi nada...eu...

Ele e olhou serio

Lydia- está bem... eu estava procurando a pessoa daquela voz que ouvi...

Ele ceuzou os braços

Ezarel- hum, que estranho

Não quero que o Ezarel descubra sobre o Ashkore... ele pode ser um intruso mas eu confio nele, pelo menos... confiava...

Ezarel- por que você acredita tanto nessa "voz"?

Lydia- eu ouço ela nos meus sonhos as vezes... queria saber quem é

Ezarel- hmmm...entendo, se quer tanto assim saber a quem pertence a voz dos seus sonhos, por que não pergunta a ela durante o sono?

Lydia- hã?

Ezarel- tente descobrir de quem pertence a voz, talvez seja alguém pedindo a sua ajuda ou apenas uma fada te pregando uma pessa

Lydia- fadas? Não acho que seja uma fada mas...eu vou tentar

O Ezarel é chato mas as vezes ele sabe me animar

Sorri para ele feliz

Ezarel- ah e...mais uma coisa

Lydia- o que?

Ele se aproximou de mim e bagunçou os meus cabelos

Ezarel- não corte seu cabelo... ele fica muito mais lindo assim

Lydia- você acha?

Ezarel- uhum...

Lydia- obrigada...

Nós nos olhanos no olhos profundamente, a lua logo apareceu, era como se as estrelas estivessem brilhando mais... os olhos dele... o rosto dele... isso é tão..fofo! 

Mas porém...

Lydia- eu sei! Eu não vou cortar meu cabelo, além disso o Leiftan falou que meu cabelo fica lindo longo (^w^)

(Altr- Lydia estraga prazeres...)

Ezarel- hã?!

Eu estraguei o nosso momento emocional, que pena

Ezarel- quem disse isso?

Lydia- o Leiftan! Ele foi muito gentil comigo! 

Ezarel- não fale esse nome... 

Lydia- por que?

Ezarel- porque não!

Ciúmes? Não! O Ezarel não é esse tipo de homem

Lydia- por que? Ele foi muiro legal comigo, diferente de você que e um chato

Ezarel- cala a boca e entra logo nesse refúgio!

Lydia- não!

Ezarel- vai logo!

Lydia- Kyaaa!

Ele me colocou pra dentro, foi o caminho todo magoado e eu cantando, por fim chegamos ao quartel

Ezarel- *cochicho* idiota mas fofa...

Lydia- o que disse?

Ezarel- nada, boa noite

Lydia- boa noite...

Estranho...



Notas Finais


Fim por hora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...