História A história de Kelleny. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Agressão Infantil, Drama, Magia, Mutilação, Suícidio, Violencia
Visualizações 6
Palavras 448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olaaa meus amores
Mais um cap para vocês!!!
Bjuss

Capítulo 5 - Cap 5


Kelleny on ainda

Eu não sei o que me fez beijar ele,  eu não sinto nada quando penso nele,  tipo nada mesmo! Nem de desejo, paixão,  literalmente nada... Alias, eu nem me lembro de como parei na boca dele... 

"Será que é... NÃO, não tem como ser isso,  na verdade não pode ser isso"

Me Afasto de Arubynn, ele estava com um sorrido bobo na cara.  

- Wooo! - Estranho... Ele não perece feliz, nem surpreso... Ele parece... Pensativo - Engraçado,  sua boca tem um gosto estranho... 

- Oxi! Não é menta?  - Agora quem ta pensativa sou eu!  Eu escovi os dentes depois que comemos. 

- Não.  Nem um pouco... Estranho...  você escovou os dentes...  - Ele fala mais pra ele do que pra mim - Tipo... Me lembra um gosto de cinzas... 

- Cinzas!?!? 

-uhumm

- Que porra você está falando Arubynn? 

- Eu não sei eu só sinto esse gosto...  Mas...  Mudando de assunto... Serio?  Você quer ser minha namorada? 

"Eu falei isso??  Desde quando?? "

- Merda! Merda! Merda!!  -  Penso alto

- O que?  Voce não quer namorar comigo?  - Ele parecia... Triste? 

- Nao!!  Não é isso!! É que eu tinha que já era pra mim estar em casa agora...  - Minto pra ele

- Ataa.  Kkkkk...  Bem, OK então. Próxima parada: a casa do meu amor! 

Ficando conversando no caminho sobre um livro que eu descobri que ele lê: Trono de Vidro. 

Esse ano lançou o vol 6,mas ainda não li, pois estou relendo a coleção inteira de novo, hoje estou no inicio do vol 2. 

Quando chegando na minha casa,  Arubynn me ajudou a levar as compras ate a sala (porque eu não deixei ele ir até o meu quarto), nos despedimos com um selinho. 

Coloquei as roupas novas junto com as pilhas de roupas que já tenho (ss, não tenho armário), depois que eu guardei tudo, fui no banho,  entro na benheira. Logo me lembro de Arubynn... 

- Será que é muita maldade o que estou fazendo com ele?  - eu me pergunto 

" Claro que não" aquela voz não... Por que toda vez que ela aparece ela traz um frio desgraçado junto? 

- Me deixe em paz

"Por que? "

- Por que o seu lugar não é aquii - falo grossa

"Claro que é,  sempre foi,  você não pode mudar o que você é... Lembre-se do que su... "

- Calada! - Ela se foi... E o frio juntosaio do 

Saio da banheira, me seco e coloco uma roupa leve para dormi. 
































Quando saio do banheir,  meu pai está na minha frente só de calça...  Aposto que está sem a roupa intima... Já sei onde isso vai chegar e começo a me tremer toda, fazendo ele sorrir... 


Notas Finais


OMG!!
Gente desculpa se o cap ficou muito pequeno, amanha prometo que vou fazer um maior!
Como assim ela não se lembra de suas palavras??
Por que sua boca tem gosto de cinzas??
Alias não é só Arubynn que sente esse gosto, o pai de Kelleny também sente, o que esta acontecendo??
Kelleny não terá uma noite de sono essa noite, o que podemos esperar para o próximo cap??
Bjuss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...