História A história de um anjo e um demônio. - Capítulo 4


Escrita por:

Visualizações 2
Palavras 1.578
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Um passado perdido...talvez.


Fanfic / Fanfiction A história de um anjo e um demônio. - Capítulo 4 - Um passado perdido...talvez.

Ao amanhecer vi que Gustavo já não estava mais na cama levantei coloquei uma roupa casual e fui para a sala/cozinha lá vi Miya preparando alguma coisa para nós tomar de café.

Gustavo: boom dia Princesa!

Rafaela: bom dia onde estamos?

Miya: que bom que perguntou Rafaela, estamos chegando perto do clã dos gigantes!

Rafaela: appa passou a noite inteira andando?

Miya: e ainda está andando!

Gustavo: se junte a nós e tome café.

No clã dos anjos...

Nani: ELA FEZ O QUE???

Sariel: ela saiu em uma jornada com a Miya uma arqueira lunar, Guinevere irmã do Gustavo, Gustavo foi também, Harith uma mago híbrido, Chang'e discípula do dragão e Shin assassino primo da Fanny a assassina lendária.

Nani: mandem os outros guerreiros celestiais irem atrás deles, mas para que clã eles foram?

Sariel: não sei, mas eles foram para o sul!

Nani: clã dos feiticeiros 1 semana luz daqui até lá, vão mas vocês vão chegar depois deles tragam ela a força e se eles impedirem matem eles!

Sariel: entendido minha rainha!

Sariel e os outros arcanjos lendários saíram atrás da Rafaela.

Com a Rafaela...

Rafaela: o que tem de café?

Miya: tem suas variadas frutas que você trouxe, tem leite de amêndoas que Chang'e conseguiu com o grande dragão, tem doce do amanhecer!

Rafaela: vou ficar com o doce do amanhecer!

Gustavo: doce logo de manhã?

Rafaela: nós celestiais precisamos de doce para o nosso organismo funcionar melhor Gustavo!

Gustavo: entendi amor!

Rafaela: a-amor?

Gustavo: sim mesmo que ainda não tenha suas memórias continua sendo meu amor!

Logo o appa parou.

Miya: chegamos no clã dos gigantes! Desçam e explorem ao fim de tarde voltem para o appa e tente não arrumar confusão!

Assentimos com a cabeça saímos do appa eu e Gustavo resolvemos dar uma volta juntos só nós dois!

Gustavo: a gente vinha direto aqui!

Rafaela: parece que era bem legal!

Chegamos a um lugar onde havia vários gigantes um deles chegou e nos cumprimentou.

Sun: um prazer ver o casal que mudou os clãs e mostrou que o amor vence qualquer diferença.

Gustavo: suun! Um prazer lhe ver de novo, ah então a Rafaela teve as memórias roubadas e estamos em busca delas!

Sun: Rafaela! Eu espero de coração que consiga de volta elas!

Rafaela: obrigada....s-sun!

Sun: sabe, vocês dois mostraram quanta coisa boa o amor pode fazer, um exemplo lindo! Eu me lembro do dia em que um gigante queria te matar e Gustavo com sua ira e seu poder te protegeu a qualquer custo!

Rafaela: puxa Gustavo, é verdade?

Gustavo: sim!

Sun: a uns 500 anos atrás você e Gustavo fugiram para bem longo, foram para o limite disseram que iam construir seu próprio clã onde ninguém seria proibido de amar quem queria e que haveria paz, mas sua mãe gananciosa pelo seu poder almejava ele e queria ele só para ela, você enfurecida decidiu matar sua mãe mas Artur seu pai não deixou pois seria uma grande desgraça ao clã dos anjos com seu amor perdido pelo Gustavo e o mesmo vale para ele Alice queria lhe acolher e criar como filha dela pois ela queria apenas seu bem de verdade nós fomos aliados da Alice mas sua mãe com Deus nos impõe sobre as ordens dela e assim viramos aliados dela, Alice foi contra a guerra Santa mas sua mãe queria ver mortes e sangue e condenou Alice a rainha do clã dos demônios sendo que sua mãe é a verdadeira vilã e Alice é a verdadeira heroína. Com tudo sua mãe a castigou por ser rude e má Alice é sua tia mas não se preocupe Gustavo não é filho de sangue de Alice apenas adotado, no meio dessa confusão sua mãe mandou o mais poderoso feiticeiro apagar todas as suas lembranças de 1.000 anos de puro amor e felicidade então Gowther manipulou suas lembranças as aprisionando no grande vale do clã dos feiticeiros, ele as manipulou também para que você achasse que amava Sariel sendo que na verdade sempre amou Gustavo, óbvio que não acabou por aí Gustavo não ia deixar claro...

Gustavo pro um momento interrompeu Sun.

Gustavo: Sun, pode deixar essa parte eu conto!

Sun: como quiser jovem apaixonado!

Gustavo: por minha vez não já deixar barato o que sua mãe fez então eu quase matei sua mãe só de raiva mas na ira de liberar meu poder uma maga chamada Merlin que mora com o Gowther aprisionou meu poder na esfera Amber onde só você poderia libertar aquele poder, passei 16 anos engolindo o fato de você estar com outro então eu ia me vingar mas acabamos nessa jornada em busca de suas lembranças, sua mãe uma hora dessa deve já ter mandando seu "noivo" e os outros 3 lendários arcanjos atrás de nós mas a vantagem que estamos é de um dia e meio mais ou menos! Nesses 1.000 anos de amor vivemos dias inesquecíveis onde tudo parecia bom e agradável você era minha deusa, era meu amor, era o meu tudo, mas Nani acabou com esse amor por ambição de seu poder que pode destruir todo nosso continente de uma só vez mas o seu poder não se desenvolve por algum fator então ela começou a almejar o meu poder pois o seu não se desenvolvia por que você havia aprisionado ele em algum lugar que só você sabe e me disse que mesmo que conseguisse libertar seu poder daria ele para mim, então meu poder passou a ser mais alto que o seu se eu me descontrolar um segundo se quer eu posso destruir parte do globo terrestre onde criamos para viver!

Rafaela: não sei como reajo a tudo isso!

Dizia chocado de boca aberta com tudo que havia ouvido ali as histórias a que Sun e Gustavo contavam sobre mim e Gustavo eram inacreditáveis.

Sun: teve uma vez que por sua vez sua mãe queria bater no Gustavo e você o protegeu então você foi castigada por ela e ela te bateu de chicote no outro dia você apareceu na fronteira toda machucada e pingava sangue do seu corpo e você gemia e chorava até que Gustavo apareceu na fornteira e te viu daquele jeito ele não hesitou e destruiu todo seu reino sua mãe foi machucada ao seu nível ele olhou então bem para o rosto se sua mãe e disse "machuque ela mais uma vez e eu te mato" e você chorando negava então com a magia se todos os anjos eles curaram você e sua mãe, Gustavo teve um controle absurdo do poder para não machucar ninguém além de sua mãe mas para destruir o reino todo!

Rafaela: eu fui a amada do Gustavo.

Gustavo: e ainda é, você ainda é minha deusa eu venho te esperando longos e dolorosos 16 anos.

Abismada com aquilo tudo era muita informação de uma só vez ao entardecer voltamos para o appa ali estavam todos nós esperando entramos para jantar.

Miya: e aí? Como foi o passeio de vocês?

Rafaela: foi bom eu soube de muita coisa do meu passado no qual ainda não me lembro!

Guinevere: calma Rafaela você vai se lembrar!

Rafaela: assim espero Guinevere, assim espero!

Via a expressão que Miya fazia ao saber que estava próximo deu lembrar de tudo, era uma expressão de tristeza e decepção, ao acabar de jantar lavamos tudo e fui para fora me deitei a um tipo de tapete grande e de veludo que ficava do lado de fora logo vi Harith sentar do meu lado.

Harith: tem sorte!

Rafaela: sorte de que?

Harith: de ter Gustavo ao seu lado, deixa eu lhe contar a história dele, ele no passado era líder de uma tropa perversa e má do clã dos demônios, Gustavo não conseguia amar ninguém mas aí ele conehceu Miya minha irmã que tem mais de 2.000 anos e ele tem 3.000 mas era amor de amigo entende? Mas Miya via ele como seu grande amor mas daí quando ela soube que vocês estavam namorando ela ficou com ódio no olhar, Gustavo se importa apenas com Miya, Guinevere e você mas por você ele daria a própria vida dele.

Rafaela: aah não sei Harith está tudo tão estranho!

Quando senti uma mão tocar meu ombro era Gustavo ele se sentou do meu lado e Harith saiu então ele se deitou em meu colo olhando para baixo ele enrolava uma mecha do meu cabelo em seu dedo indicador.

Gustavo: tão linda, tão angelical!

Rafaela: Miya te ama né?

Gustavo: sim, mas eu amo é você!

Sorri de canto e corei então ali deitamos, mas o vento frio daquela noite só me fazia tremer mas não dormir senti Gustavo me pegar no colo e me levar para dentro para esquentar a mim logo fomos dormir ao amanhecer ele ainda estava na cama me levantei ao tirar meu pijama ele acordou.

Gustavo: bo....

Rafaela: aaaah olha por outro lado!

Gritei tapando meu corpo apesar de estar de calcinha e sutiã ele corou e virou teu rosto entaot coloquei de pressa meu vestido.

Rafaela: pronto!

Gustavo: você é linda!

Corei e sorri fechado então coloquei duas meias minhas que iam até o joelho e calcei meu sapatinho preferido de saltinho ao ir na sala/cozinha vimos apenas Chang'e e Harith acordados.

Chang'e: bom dia Rafaela, bom dia Gustavo!

Rafaela: bom dia Chang'e, bom dia Harith!

Ele apenas sorriu me sentei para tomar café, Gustavo então preparou um bom café logo todos acordaram ficamos aquele dia todo voando o próximo clã a nossa espera era o clã das fadas ficava uns ia inteiro de voar do clã dos gigantes não tinha chão firme para a gente parar chegamos no clã das fadas de noite aproveitamos para dormir.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...