História A Hot Cold Love - Imagine Jeon Jungkook - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 21
Palavras 783
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


A parti desse capítulo a escrita muda, estejam cientes...

Capítulo 7 - 7- Não revisado


Duas horas tinham se passado depois do ocorrido, mas deixei tudo no lugar, se meu irmão suspeita de alguma coisa pode me matar e dessa vez não literalmente. Tomei um banho e agora estava na sala jogando, era o jogo preferido de Jungkook, ele sempre jogava comigo quando tinha tempo mas agora, agora tudo são apenas lembranças remoendo em minha cabeça. Ouvi um barulho alto da porta sendo aberta revelando meu irmão junto a uma mulher, eles estavam se beijando ou melhor praticamente se comendo no meio da sala, aquilo era nojento, o som dos lábios se chocando faziam meus ouvidos sangrarem, ela é provavelmente mais uma vitima que ele ira comer e matar se não uma puta fixa, bufei vendo os dois subirem as escadas aquilo me deixou estranha de alguma forma que não sabia explicar,minutos se passaram e escutei gritos de dor e nem ousei ver o que era, pois já sabia muito bem,ele desceu as escadas logo depois com a blusa ensaguentada puxando a mulher morta pelos cabelos, era terrível ver uma cena dessas que para ele era normal,ele chutou a porta do porão ainda a puxando, horas se passaram e ele ainda não tinha saído de lá então somente continuei jogando meu jogo como se nada tivesse acontecido.

A porta é aberta revelando Jungkook sem camisa completamente suado, seus cabelos grudados e seu abdomem definido me chamaram atenção, me contive para não morde os lábios, aquilo me entregaria, mas depois fiquei com nojo de mim mesma imaginando por pensar em coisas assim com ele meu irmão, mesmo que tenha me beijado e deixado claro que me ver com outros olhos eu não o vejo assim ou pelo menos é desse jeito que quero pensar.Ele me olhou e rapidamente abaixei o olhar voltando a televisão, ouvi passos rápidos vindo até a mim, ele parou em meu lado e senti seu olhar descer pelo meu corpo observando cada pedaço descoberto pelo curto pijama.

Jungkook- Vem, vamos limpar essa bagunça bonequinha.-disse sério com as mãos na cintura e o olhei sem acreditar.

-Você trás uma puta, come ela, a esfaqueia e ainda quer que eu limpe tudo para você.-falei indignada.

Jungkook- Fale direito comigo, se não quer que eu faça o mesmo que fiz com ela com você sugiro me obedecer.-sorriu torto me vendo arregalar os olhos.

-Ótimo então me mate!-falei. sem pensar e ele riu revirando os olhos.

Jungkook- Não posso te matar, você é minha bonequinha de tortura...Eu só posso te tortura.-suas palavras me fizeram tremer de medo. Jungkook- Então se não fizer o que estou mandando aquele chicote adorara fazer uma visita ao seu corpo.-ditou rude depois dando um sorriso malvado, pegou pelo meu braço me jogando no chão.-gemi de dor e ele riu pegando um pano na cozinha jogando em cima de mim. Jungkook- Quero esse chão brilhando bonequinha.

[...]

Estava toda dolorida depois de ter que limpar o sangue daquela vagabunda, fiquei sem nada para fazer então recebi uma mensagem e pensei ser de minhas amigas, mas não, era o tal anonimo.

Mensagem on

-Parece que você acabou dando uma de tal Cinderela, não é mesmo pequena? Mas logo logo esse inferno irar acabar eu te garanto.(Desconhecido)

-O que? Como sabe o que estava acontecendo aqui?

-Meus segredos para todos são um mistério...Mas mudando de assunto você fica linda de azul principalmente nesse pijama.(Desconhecido) 

Mensagem off

Quando ele disse isso eu gelei, estava com um pijama e era azul, olhei para a janela e vi um cara me encarando, ele tinha mascara de lobo que tampava seus olhos, ria largamente me chamando, nessa hora eu não pensei direito então fui atrás dele, corri e pela janela e vi que ele tinha corrido para os fundos, antes estava em cima do murro. Desci rapidamente as escadas e passei por Jungkook, mas perdi ele de vista, quando o achei corri até ele que pulou o portão do vizinho correndo pela escura rua, corri até ele o mais rápido que pude, ele tirou uma arma do bolso e apontou para mim. 

???- Parece que a perseguição termina por aqui pequena.-sorriu e vi uma luz vermelha em meio toda escuridão daquela rua, isso me distraiu e ele saiu correndo desaparecendo no escuro, mais uma luz só que dessa vez verde, uma amarela, uma roxa e outra laranja, andei para trás pisando em um papel o peguei curiosa e sai dali rápido com medo do que poderia acontecer.

Cheguei em casa lendo o papel...

[Que a guerra comece]

Fiquei sem entender e entrei em casa que estava toda escura, Jungkook já foi dormi? Senti alguém atrás de mim e....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...