História A Imperatriz - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Anna Heartfilia, Gajeel Redfox, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Ashley, Lucy Heartfilia, Natsu Dragion, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe
Tags Gajeelevy, Nalu
Visualizações 65
Palavras 2.013
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 28 - Verdades


Natsu estava no seu escritório real e o sting estava a sua frente.

_sua alteza, por que me chamou?- perguntou sting e natsu estava escrevendo alguns relatórios oficiais .

_você não está ocupado ultimamente, certo? –perguntou natsu sem para de fazer sua coisa.

_embora não haja grandes problemas, mas houve um monte de coisas irritantes para cuidar.- disse sting.- como as diferentes plantas a serem plantadas no jardim real ou como o que os vegetais serão comprados para a temporada, se eles estarão vindo do jardim do sul ou o do jardim oeste, estes ainda estão aguardando minha decisão.- disse sting 

_parece que, o seu dia é geralmente muito livre.- disse natsu concentrado.

_estas não são algumas tarefas fáceis...quando mais elas são pequenas, o mais elas precisa ser focadas...tenho medo que eu possa ter perdido algum.- disse sting e natsu fechou o relatório depois olhou para sting serio.

 _estes são apenas pequenas coisas, como pode causar dificuldade ?- perguntou natsu e sting fica calado.- você não sente que você esta cheio de habilidade, mas não tem uma saída para elas?- perguntou

_ eu não tenho essa intenção.- disse sting serio.

_como este é o caso, eu vou dar-lhe uma tarefa onde você pode mostra suas habilidades.- disse natsu serio.- eu me perguntou se você esta disposto.- disse

_a missão que você esta me dando, eu definitivamente vou dar o meu tudo.- disse sting

Natsu fica o observando por uns segundos.

"vamos ver ate onde ele pode ir."- pensou natsu

_ no palácio you lan, a consorte lisanna supostamente perdeu uma pintura... vá e investigar a situação lá.- disse natsu serio

_como ordenar, sua alteza.- disse sting e levantou-se para ir embora,Natsu olhou para direção dele.

"estou vendo que isso vai ser um pouco cansativo."- pensou natsu e suspirou

----

a noite chegou e como natsu deu uma tarefa importante para sting, ordenou rogue investiga o palácio de lucy como a primeira suspeita de lisanna. Rogue procurou por todo cômodo do palácio, o ultimo cômodo que faltava era o quarto da lucy, ele entrou sem fazer barulho para não acordar a loira que dormia tranquilamente....ele começou a procurar no guarda-roupas, gavetas e por ultimo num armário pequeno, nesse  armário pequeno acabou encontrando o retrato de lisanna...ele devolveu no mesmo lugar e saiu, mas ele não percebeu que estava sendo vigiado por um espião escondido.

O espião entrou no quarto da loira discretamente e viu ser ainda o retrato estava no lugar, ao ver saiu imediato. O  espião foi para o palácio you lan...sting não sabia que aquilo foi tudo uma armação de lisanna para incriminar lucy. ela não pensava nas consequência, ela só queria outra vez ter o coração de natsu e se isso fosse preciso fazer de tudo...não se importava o que ia acontecer.

Natsu também colocou alguém de confiança para investiga lucy e lisanna, no final descobriu que tudo foi armação de lisanna para prejudicar lucy, agora estava esperando como lucy e sting ia resolver este problema.

dia seguinte.

Lucy estava com levy no jardim conversando quando viu sting e rogue vindo na sua direção.

_oh! este dois melhores de amigos vieram aqui juntos hoje.- disse lucy ao vê-los e levy olhou para tras.

os dois chegara deram reverencia para lucy depois levy deu espaço para eles se sentarem

_que coincidência vocês aqui juntos.- disse lucy com um sorriso fraco e rogue deu um sorriso.

_minha senhora.- chamou sting e lucy o olhou.- eu me perguntou se voce tem algum interesse em desenhos.- perguntou e lucy ficou algumas minutos pensando depois negou

_não... quando eu era jovem, a maça que eu desenhava parecia uma pera e o frango parecia um pato.- disse lucy decepcionado consigo mesmo e sting deu um sorriso fraco.- por que você está perguntando de repente isso?- perguntou curiosa.

_ a pintura da consorte lisanna esta no seu armário de remédio .- disse rogue e lucy olha surpresa.

_ absurdo!  Como isso poderia ser?- disse lucy brava.- sou uma pessoa que faz esse tipo de coisas?- perguntou furiosa e rogue nega   

_ o que ele disse pode ser a verdade.- disse sting e lucy o olhou confusa depois olhou para levy atras dela.

_levy, olha  no meu armário e veja se essa pintura está lá?- disse lucy seria e levy se foi.

_eu acredito  em  você, mas sua alteza ordenou uma investigação.- disse sting um pouco preocupado.- eu preciso aconselha-la.- disse serio e lucy suspirou.

Eles ficaram uns segundos calado quando vem levy gritado por lucy

_minha senhora! Há realmente uma pintura no seu armário.- disse levy nervosa e lucy mordeu o lábio inferior.

“quem pode ter colocado isso.”- pensou lucy seria.

_sobre como vamos lidar com isso, vou deixar tudo para voce, minha senhora.- disse sting serio e lucy o olhou.- eu não posso agir como se eu não soubesse não sobre isso.- disse e lucy suspirou.

_voce não precisa suporta esse fardo para mim. Eu vou suportar.- disse lucy seria.- quando esse tempo chegar, apenas seja direta...voce não precisa me proteger.- disse e se levantou- vamos encontra natsu agora e fala sobre isso.-disse

_ok.- disse e se levantou.

os dois fora se encontra com natsu no seu palacio.

Natsu estava sentado atrás da mesa, lucy no lado e sting estava na frente de natsu enquanto isso o retrato estava em cima da mesa.

_parece que a investigação que eu pedi °6 irmão fazer teve resultados.- disse natsu serio e olhando para os dois.

_para responder a vossa alteza, este desenho...-sting parou por um segundo e olhou para lucy, que fez sinal para ele continuar.-  foi realmente encontrado no palácio de jade da imperatriz.- disse e natsu olhou para lucy.

_ voce tem  alguma  coisa  a dizer?-questionou natsu a olhando e lucy estava seria.

_ eu odeio ser acusada por qualquer um.- disse lucy seria.-  Deixa-me dizer-lhe nenhum de voces tente me acusar falsamente.- disse.- este desenho foi definitivamente encontrado em meu palácio, mas não roubei .- disse firme

_ que evidencia voce tem?- perguntou natsu.

_eu não tenho nenhuma.- disse lucy e olhou bem para natsu.- mas eu tenho uma vida. Voce decide.- disse seria e natsu deu um sorriso bem descreto.

_voce foi rápida em quebrar o pote quebrado, mas como que vai acontecer ao lado de algo que já está quebrado para começa.- disse natsu serio e lucy continuo firme.- não me diga que você quer que eu  prove as sua inocência?- perguntou e lucy ficou calada.

"posso não ter muito confiaça no natsu, mas sei que ele é justo."- pensou lucy seria e natsu se levanta

 _principe sting, eu ordenei que voce investigasse isso.- disse natsu serio nquanto lucy e sting estava o olhando.- mas voce foi tao incompetente! Se meu espião ainda não me dissesse que alguém secretamente colocou a pintura ontem a noite no palácio de jade.- disse e lucy deu uma leve suspirada de alivo.-  voce não teria causado a imperatriz falsamente acusada e falsamente sendo culpada por mim?- perguntou.

_eu admito meu erro.- disse sting e baixou a cabeça envergonhado, lucy se levanta brava.

_ entao, alguém me enquadrou.- disse lucy brava para natsu.- diga-me quem é essa pessoa?! Eu vou puni-la severamente.- disse e natsu a olhou.

_ é a consorte lisanna.- disse natsu serio e lucy arregalou os olhos.

"o que? não posso acredita...eu realmente foi legal com ela, hoje em dia não podemos ser mais gentil"- pensou lucy.- "droga, se não fosse pelo o plano não a deixaria sair desta maneira."- pensou  

_devo ter ouvir errado?- questionou lucy.

_foi a consorte lisanna.- disse natsu serio e lucy respirou fundo.

_ ok... a verdade sobre o assunto já foi revelada, eu não perdi nada.- disse lucy seria.-   sua alteza, por favor não a culpe.- disse.

_como lidar com ela, isso é comigo.- disse natsu serio e lucy revirou os olhos.

_lidar com o que? Isso tudo não por causa de sua pintura?- questionou lucy brava e ele a olhou.- diga, voce não é um pintor, entao por que deixar pinturas onde quer que vá?-questionou com ironia. 

_ estou apenas praticando minhas habilidades de pinturas.- disse natsu um pouco envergonhada e lucy deu um sorriso de lado.

_ no futuro, independentemente de onde você vai, você apenas tem que esculpir na porta que ‘natsu esteve aqui’ já estará bom.- disse lucy com deboche e olhou bem para ele.-  você não precisa passar por todo esse problema de fazer um desenho.- disse brava.

_voce é chata.- disse natsu e lucy deu um sorriso pequeno.

_desculpa, majestade.- disse lucy com um sorriso e natsu deu um sorriso de lado

sting ao ver esta pequena briga entre os dois se sentiu triste ao perceber que quando está com lucy, ela não o trata assim irritada, brava mas e ao mesmo tempo é gentil como o natsu... ela sempre o trata educadamente e como amigo.

depois que eles terminara de conversar, lucy e sting foi embora, os dois estava voltando.

_ pensando nisso agora, natsu já sabe que consorte lisanna queria acusa-la...entao ele de libertamente  deixa-me investigar, por que sabia que eu não iria encontrar nada.- disse sting enquanto andava com lucy.- ele só quer provar que eu sou inutil.- disse e lucy olhou

_principe sting, não diga isso... Você foi a primeira pessoa  a correr para discutir isso comigo.- disse lucy seria.- eu sei  que voce está considerando meus sentimentos.- disse

_ com base neste incidente, parece que natsu quer provar que ele é o único em que voce pode confiar.- disse sting.-  e que eu não posso ser confiado em fazer nada.- disse triste e lucy suspira.

_ príncipe sting, desde que eu fiz uma promessa então vou honrar essa promessa.- disse lucy seria e eles param.

_você realmente pensa assim?- perguntou sting e lucy confirmou

_tudo nesse palácio é tudo sobre um motivo, tudo sobre esquemas. Eu tenho um amigo confiável..- disse lucy com um sorriso fraco e sting deu um sorriso fraco.- claro que vou confiar nele.- disse sincera.- agora, eu só espero que este incidente  não afetará o relacionamento entre sua alteza e consorte lisanna.- disse seria.- é mais beneficio para nós se seu relacionamento melhorar.- disse

 Sting concorda

_minha senhora, mesmo que este incidente já tenha terminado, voce deve ser extra cuidadosa no futuro.- disse sting preocupado e lucy concordou.

Sting foi embora e deixando lucy para tras. ela olhou para a trás na direção do palacio.

“ espero que nada der errado ...”-pensou lucy e foi embora para seu palácio, mas a caminho viu irene e as esposas de natsu sentado numa varada pequena. ela se aproximou delas

_ sobre o que vocês estão conversado? Vocês estão rindo tão felizes?- perguntou lucy e elas a olharam

_ minha senhora, venha e dê uma olhada agora.- disse flare e lucy se aproximou mais delas ate ver algum retratos na mesa.- Eles já pegaram seus desenhos para que todos possa desfrutar.- disse e lucy ficou curiosa

_eu realmente quero ver como esta pintura pornográfica parece.- disse lucy com um sorriso.

_ minha senhora, dê uma olhada no meu primeiro.- disse irene e mostro o desenho, lucy ao ver levou um susto.

"o que é isso?"- pensou lucy olhando para a pintura. na pintura tinha bola deformada com cabelos, olhos estranhos, boca sinistra e o corpo estranho

_é apenas isso que ele chama pintura?- perguntou lucy pasmo e elas sorriram confirmando.- dizendo-o agradavelmente, este é uma pintura abstrata ...dizendo mal, isso é realmente apenas um pedaço de merda.- disse decepcionada com a falta de talento de natsu

_veja o meu tambem.- disseram as outras e lucy olhou de cada uma

“entao o criador de caricaturas é ele?... eles realmente dar valou ao qualquer coisa que o imperador faz.”- pensou lucy decepcionada.-"ainda bem que ele é o imperador, por que se fosse um pintou não sobreviveria nesse mundo cruel."- pensou  

_coitada da consorte lisanna. Ela sempre o tratou como um tesouro.- disse lucy com pena.- ela realmente me faz sentir pena.- disse para si mesmo

lucy conversou com um pouco mais as a mulheres e depois volta para seu palacio


Notas Finais


ate a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...