História A Imperatriz - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Anna Heartfilia, Gajeel Redfox, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Ashley, Lucy Heartfilia, Natsu Dragion, Natsu Dragneel, Rogue Cheney, Sting Eucliffe
Tags Gajeelevy, Nalu
Visualizações 129
Palavras 2.332
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - Negociação


De manha

estava conversando com levy.

_levy-chan, não aguento mais...natsu sempre vindo aqui esta me deixando maluca e o pior é quando estou tenho pensamentos indecente- disse lucy sensível e levy deu um sorriso.

_ fica calma minha senhora, voce esta gravida.- disse levy e lucy escuta uma barulheira la fora.

_o que é agora.-disse lucy brava e saiu do palácio quando viu o happy e quatro servos carregando umas caixas. Eles viram Lucy e se ajoelharam.

_saudação a vossa alteza.- disseram os servos e lucy fez um sinal para eles levantarem.

_ happy, o que você quer dizer com isso?- perguntou lucy apontando para as caixas confusa.- ponha-me fora e mude a imperatriz?- questionou com ironia

_minha senhora, o imperador preocupa-se com seu estado durante a gravidez, assim ele quer se mudar para cá e acompanhar você. - disse com um sorriso .- Aqui estão seus pertences.- disse  e lucy arregalou os olhos.

_o que!!!- gritou lucy confusa.- o natsu vai se mudar para cá?.- questionou e chegou perto de harry que estava com alguns livros.- eu me recuso!- disse brava e derrubo os livros no chão.- não, não, não  .- disse e correu para entrada do palácio impedindo que ele entrasse.- eu estou resistindo fortemente...voces estão proibido de dar um passo- disse firme.

_mas minha senhora...- happy interrompido.

_cala a boca.- gritou lucy.- voces se atreve a irrita a imperatriz gravida.- disse e eles se ajoelhara.

_perdão sua alteza.- disseram juntos.

_leve isso da onde que trouxeram.- disse lucy seria e eles confirmara.

eles foram embora e lucy voltou para dentro depois se sentou no sofa.  

_minha senhora, fica calma.- disse levy e lucy concordou.

o tempo passou e lucy durante este tempo estava muito pensativa. 

_eu entendi.- disse lucy do nada e levy a olha confusa

_ o que você entendeu, minha senhora?- questionou levy curiosa.- quando você estava comendo, eu poderia dizer que sua mente não estava aqui.- disse e lucy dar um sorriso.

_eu tenho uma ideia para parar natsu de me irritar.- disse lucy empolgada e levy a olha

_ minha senhora, eu realmente não entendo...o imperador quer trata-la bem. Porque você está resistindo?- perguntou levy  e lucy a olhou estranho

_você não me conhece? Como eu poderia dormir com ele.- disse lucy revirando os olhos.

­­_mas marido e mulher sempre dormem juntos.- disse levy sem entender- isso é natural.- disse e lucy faz uma careta feia.

­­­­­_quem disse que o marido e a esposa devem dormir juntos?- perguntou lucy irritada.-  ou voce quer que minha pureza acabe.- disse e levy deu um sorriso

"minha senhora é tão teimosa"- pensou levy

_ então, minha senhora, que solução você tem para impedir que sua majestade procure por você?- perguntou levy e lucy deu um sorriso de aprontando

~~~

Período da tarde

Sala estar do palácio

Lucy estava sentada no chão junto com as outras esposas de natsu conversando.

_ vocês talvez tenham discutido sobre isso em particular.- disse lucy e elas a olharam.- que o imperador realmente decidiu morar em meu palácio e viver por um longo tempo.- disse.- mas! Um país tem suas leis e uma família tem suas regras... Como a imperatriz, sou a senhora dos palácios interiores ...eu não deveria ocupar o imperador.- disse seria.- assim, rejeitei seu favor.- disse elegante e elas ficara confusa.

_sua senhora alteza, o que você esta dizendo?- perguntou cana- você está gravida agora, sua majestade deveria passar mais tempo com você.- disse cana com um sorriso.

_isso é certo.- disseram as outras e lucy deu um sorriso

_mesmo ficando juntos, sua majestade não vai gasta muito tempo com você.- disse flare com deboche e olhando para cana.

_cala a boca, quem é ciumenta como você?- disse cana brava e lucy deu um sorriso pequeno.

_meninas, eu posso entender o seu mau humor neste palácio.- disse lucy olhando para flare e as outras.- assim, eu gostaria de definir sobre a reorganização dos palácios internos...eu fiz um plano, irmãs , eu preciso que vocês me deem conselhos.- disse mesteriosa

_minha senhora, diga-nos.- disseram juntas e lucy deu um sorriso

_este plano será para satisfazer todas voces...ele é chamado dormir com imperador por vezes.- disse lucy empolgada e elas ficara surpresa.- significa que o imperador tem que seguir um cronograma que cada uma de vocês irá dormir com ele por vezes.- disse com um sorriso malicioso para elas e elas deram sorriso envergonhadas

_minha senhora,  isso não é permite ter uma parte de suas bênçãos?- disse cana e lucy deu um sorriso concordando 

_ mas minha senhora,  eu realmente não entendo por que você esta fazendo isso?- perguntou irene  e lucy deu um sorriso pequeno.

“só quero manter ocupado, para ter um tempo comigo mesmo”.- pensou a loira.

_só estou pensando nas minha querida irmãs.- disse lucy com um sorriso carinhoso

_irene, você está perguntando por que minha senhora é tão generosa, que ela está disposta a compartilha a atenção do imperador com você?- disse minerva com deboche

_o que voce vai fazer se ele dar me dá.- disse irene nervosa e minerva da um sorriso fraco

_ meninas fica clama.- disse lucy.- se vocês pode realmente obter a atenção do imperador isso dependeria de sua própria capacidade ou sedução.- disse lucy .- mas creio que vocês tem alguma habilidade para obter o favor de sua alteza? certo? – questionou e elas ficaram pensativa.

"eu entendo que natsu e um pouco dificil, mas será que elas não tem nada..."- pensou lucy as olhando.- "parece que vou ter que dar alguma ideia"- pensou e se levantou.

_hmm... atualmente estamos em guerra com Alvarez. - disse lucy e elas a olharam.-   nosso país não é realmente muito rico... O imperador tem se preocupado sobre isso diariamente.- disse.- se vocês poder fazer sua alteza feliz e esquece seus problemas, então ele estaria mais em paz para chama-la para acompanha-lo á noite.- disse.

_ mas, minha senhora,  nós não sabemos como lutar batalhas.- disse cana seria e as outras concordaram.

_mas você deve fazer sua alteza feliz.- disse lucy seria.- neste mundo, há muito coisa que o dinheiro não pode compra, mas o dinheiro pode deixa dividas, que não pode ser compradas.- disse com um sorriso inocente.- por que vocês não distribui o dinheiro então?- disse lucy e elas ficara confusa.

_senhora, o quer dizer?- perguntou cana confusa e lucy revirou os olhos

_ dinheiro!.- disse lucy impaciente.- agora a situação é urgente...estamos apenas faltando fundos militares... você só precisa ajudar o imperador passar por esse tempos difíceis .- disse e ela entenderam.– uma vez que ele é feliz, ele fará qualquer coisa para satisfazê-las...como dar noites de prazeres- disse com um sorriso malicioso e elas ficaram vermelhas

_ minha senhora, será que esta presilha de cabelo pode ser parte da minha doação.- disse cana colocando a presilha de ouro da mesa.- eu ainda tenho um monte de joias no meu salão.- disse  e lucy deu um sorriso.

_voce entende rapido.- disse lucy orgulhosa e cana sorriso

_ vou pega-los.- disse cana se levantado

_ minha senhora, eu irei também obter o meu.- disse flare empolgada.

_eu também.- disseram irene e Minerva

As quatro se levantaram para busca as joias

_pare!- gritou Lucy e elas param depois a olharam.- ainda não terminei de falar.- disse  com um sorriso.- voltem, fiquem quietas.- disse e elas voltaram.- atenção!- gritou e elas ficaram em estatuas. - estou anunciando  que a primeira reunião do palácio interior terminou com êxito .- disse empolgada e batendo palma

as senhoras do palacio foram reunir seus tesouros depois levaram para lucy.

Noite

Lucy estava no seu quarto olhando para os dois baús de joias e levy ao lado do bau.

_minha senhora, eu realmente não entendo.- disse levy pegando nas joias.- se você quiser se revezar para dormir com sua majestade, então se revezem dormindo ... Por que você precisa das joias para doar?- disse confusa e olhou para lucy.- oh! Se sua alteza descobrir, ele ficaria bravo.- disse  a olhando e lucy dar um sorriso pequeno

_tenho medo que ele fique louco.- disse lucy com um sorriso pequeno.- é por isso que eu planejei isso.- disse e pegou um colar

_eu não entendo de novamente... Minha senhora, ele não precisa destes ouros ou joias.- disse levy e lucy a olhou.

_não é o valor do presente...- disse lucy soltando o colar.-  o ponto é se sua majestade receber estes presentes das outras senhoras, então eu tenho certeza que ele terá que pagar sua bondade.- disse com um sorriso pequeno.- ao fazer isso, vai o tornar impossível de rejeitar as senhoras...com certeza será difícil de rejeitar.- disse pensativa.

_entendo.- disse levy e lucy suspirou.

“espero que dê tudo certo...natsu me perdoa por esta de vendendo.”- pensou lucy com um sorriso de canto.

Depois dessa conversa lucy foi dormir.

Dia seguinte

Natsu estava vendo uns documentos oficial do pátrio do palácio quando ver lucy vindo e uns servos carregando dois baús.

_venha, veja isso.- disse lucy guiando os servos.- cuidado há degraus aqui...cuidado.- disse os guiando ate chega. ela parou em uns metros de onde estava natsu.

_lucy está aqui para ver sua alteza.- disse lucy se curvando depois se a prumou.- coloque para baixo.- disse e os servo colocaram no chão.- agora abra...depois todos podem sair.- disse e eles abriram depois foram embora.

agora só estava lucy, natsu e o eunuco happy.

_isso é?- perguntou natsu olhando para os baus e lucy deu um sorriso.

_agora estamos meio apertados em orçamentos devido a guerra com Alvarez, as senhoras no palácio sabe que você foi incomodado por problemas todas as noites.- disse lucy gentilmente.- doaram 2 caixas completas destas joias e dinheiro como doação para o orçamento militar.- disse e natsu estava um pouco surpreso.- não é muito...mas sua majestade, é apenas o nosso pequeno meio de ajudar.- disse com um sorriso simples.

_as agradeça em meu nome.- disse natsu agradecido e lucy deu um sorriso.

_voce acha que apenas uma palavra de agradecimento será suficiente?- questionou lucy seria e natsu a olhou estranho

_ se não o que então?- perguntou natsu curioso e lucy deu um sorriso de lado

_ não é como você não soubesse que essas concubinas querem.- disse lucy calmamente e olhou para ele com uma certa malicias.- sua alteza. Elas têm apenas um pequeno desejo.- disse de uma maneira inocente.-  voce não vai faze-las felizes?- questionou.

_hm...se esse é o caso, por que você não retorna e vá para elas em vez disso?- disse natsu seco

Lucy pegou um colar de pérolas e colocou na mesa de natsu depois se sentou ao lado.

_ eles não podem ser devolvidos...eu já concordei com elas.- disse lucy olhando para o natsu.- então, eu estou aqui para discutir com você sobre se revezar para dormir com você.- disse e natsu arregala os olhos.

_revezar para dormir comigo?- questionou natsu pasmo e lucy deu um sorriso pequeno.

_sua alteza, eu sei que você é um homem muito controlado, mas neste palácio interior, só há algumas que realmente tem o status .- disse lucy mexendo na sua barriga grande.- vamos apenas organizá-las assim cada uma pode te servi por um dia...então vamos ter alguns dias de descanso.- disse com um sorriso e natsu estava plasmo com aquela conversa louca.- vamos fazer desta coisa, um tipo de sistema.- disse

_ quem permitiu que você fizesse isto?- perguntou natsu ríspido e lucy fiz uma carinha triste.

_é por que eu compreendo suas necessidades, assim, eu pensei neste plano maravilhoso.- disse Lucy triste.- só estou pensado em você.- disse com um sorriso pequeno inocente e natsu deu um sorriso de lado 

_ você está preocupada comigo?- questionou natsu ironiacamente e lucy tirou um pouco do seu sorriso.- eu acho que você me vendeu.- disse e lucy deu um sorriso nervoso

“droga...natsu devia esta feliz que estou permitindo fica com outras...não é toda mulher que aceita isso.”- pensou Lucy irritada

_ estou apenas fazendo isso de boas intenções.- disse lucy magoada e natsu suspira..- poucos dias atrás, você quase cometeu o ato proibido de cuidar de apenas uma pessoa.- disse seria.- agora, podemos remediar essa situação e também resolver o problema do orçamento militar.- disse simples e natsu ainda estava serio.- qual quer homem ficaria feliz com este plano.- disse e natsu negou.

“eu não so qualquer homem.”- pensou natsu e olhou bem para ela.

_ luce.- chamou natsu gentilmente e lucy deu um sorriso.- o que quer que você faz, deve haver um limite.- disse serio mais também gentil e lucy tira o sorriso.-  tenha cuidado de não ser capaz de lidar com a situação.- disse e lucy suspirou.

_se sua majestade não vai concordar, então a situação de fato tornar-se  difícil de manusear.- disse lucy emburrada.- há um provérbio quando você deve a alguém, você tem que concordar com o seu pedido.- disse emburrada e natsu ficou com raiva.

_isso é culpa sua!.- disse natsu irritado e lucy pega na mão dele carinhosamente. Natsu olhou para mão dela depois a olhou.

_sua alteza.- disse lucy com uma voz manhosa.- eu sinto que essas concubinas também estão em um estado triste.- disse magoada- elas continuaram indo para meu palácio para algumas coisas miseráveis.- disse.- estou gravida...como eu poderia aguenta?- disse meio irritada e natsu se sentiu mal pela a loira.- um nó precisa ser desatado por aquele que fez isso.- disse e segurou a mão de natsu com mais força.- apenas concorde comigo.- disse com uma carinha fofa que natsu foi irresistível de nega.

_ok... vendo que você está gravida, não vou discutir com você.- disse natsu gentil e lucy deu um sorriso bonito.- vou ouvir você.- disse com um sorriso pequeno

_ isso é ótimo...vou dizer a elas.- disse lucy feliz e  deu um beijo no rosto dele.- obrigada sua majestade.- disse empolgada e se levantou com um pouco de dificuldade por causa da barriga.- ja estou indo.- disse e saiu 

Natsu ficou a olhando indo embora.

“o que eu não faço por ela...”- pensou natsu cansado    


Notas Finais


ate a proxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...