História A imperfeição mais perfeita - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note
Personagens Anthony Rester, Beyond Birthday, Halle Lidner, Hideki Ide, Jealous, Kanzo Mogi, L Lawliet, Light Yagami, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Misa Amane, Nate "Near" River, Raito Yagami, Rem, Ryuuku, Sachiko Yagami, Sayu Yagami, Shuichi Aizawa, Soichiro Yagami, Stephen Gevanni, Teru Mikami, Touta Matsuda, Watari
Tags Beyond X Near, L X Light, Lawliet, Light, Light X L, Matt X Mello, Mello X Near, Yaoi
Visualizações 352
Palavras 1.218
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus queridos, esse capítulo é o retorno dos nossos amados LightxL, finalmente!!! Estava anciosa pra postar.
Quero agradecer a todos que estão fazendo parte do grupo no whats, vcs são uns amores, estou ganhando muitos amigos :3
Espero que gostem do capitulo

Capítulo 17 - A volta


Fanfic / Fanfiction A imperfeição mais perfeita - Capítulo 17 - A volta

Cap.16 A volta

Pov's Lawliet

Depois daquela noite incrível, Light e eu ficamos mais próximos, bem mais próximos, e para os curiosos, não tivemos mas nenhuma relação sexual. Chegou o fim das competições, e claro que ganhamos, juntando duas mentes geniais só daria uma pontuação perfeita... Resumindo, arrumamos nossas coisas pra voltar, segundo o diretor ia ter uma recepção pra gente, ou resumindo, pro Light, ninguém quer me ver, só querem ver o aluno modelo da escola...

-Light-Ryuki diz deitado na cama, ele é muito engraçado, muito inconveniente, mas legal-Quando a gente voltar, podemos chamar o Lawliet-kun pra ir lá no seu quarto

-Que?!-Light diz arregalando os olhos, coro

-Sim, sabe Lawliet-kun, você tem alguma fantasia sexual, porque o Light tem muitas!

Será que aquele grupo das "loucas por Light" tinha verdade, por que não queimei aquelas fantasias junto com aquelas outras porras? O Ryuki ficou falando por mais alguns, e logo chegou o momento de voltar, voltar pra vida em que eu sou o excluído e Light é um deus, vivemos em planetas diferentes, galáxias.

A viagem foi calma, Ryuki foi conosco, passei a viagem interira escutando conversas dele e de Light, era uma mais engraçada que a outra, gente eu adorei o Ryuki, sério, ele é muito foda. Em algumas horas chegamos no aeroporto, o diretor nos levou pra escola, sim chegamos num dia da semana. Imagina o tanto de gente idolatrando o Light lá?!

Finalmente chegamos na escola, e fomos pro pátio central, onde ocorre os eventos mais importantes, claro que a escola ter ganhado uma competição nacional é bem importante. Entramos, como previ, tinha muita gente lá gritando pelo Light, me senti até um pouco tímido nesse momento, porra ninguém gosta de mim, só que um sorriso se forma no meu rosto quando vejo no canto mais afastado Mello, Near, Matt e BB, gritando, deve ser pra mim, ou não? Sei lá, não duvido nada que seja pro Light. Subimos no palanque, nossa como tem gente!

-Bom dia alunos!-o diretor começou-Nessa semana houve as competições nacionais, e graças ao incrível talento dos gênios da nossa escola conseguimos vencer com uma pontuação perfeita!-houve uma gritaria gigante

Vejo Light revirar os olhos, ele detesta tudo aquilo, dava pra perceber de longe, dá até pena, poxa deve ser triste não poder mostrar seu verdadeiro eu, pior ainda, tentar ser perfeito, sendo que a perfeição não existe. O diretor continua seu discurso e depois passa o microfone pra Light, óbvio que queriam ver ele discursando também.

-Bom dia a todos!-ele diz tentando parecer animado, todos gritaram, um até rasgou a camisa e no peito tinha o nome "Light Yagami" tatuado, estranho!-Foi um prazer poder participar de tais competições, mostrando a perfeição da nossa escola no meio de tantas, quero agradecer aos alunos que estiveram nos apoiando-mais alguns minutos de blá, blá, blá que eu não escutei, só olhei pra boca dele, que se mexia de maneira sensual, foco Lawliet!

Depois que o Yagami parou de falar um monte de professor quis falar, disfarçadamente Light fala ao diretor e depois se vira pra mim, fazendo sinal pra que o segui-se, não entendi mas fui.

-O que foi Light-kun?-pergunto enquanto seguia ele por um corredor

Light não diz nada, grosso o que custa responder? Ele entra no banheiro, só eu que não tô entendo porra nenhuma? Sou surpreendido por uma coisa: Light me joga contra a parede me beijando ferozmente.Paramos por falta de ar, olho surpreso e corado pro rapaz de cabelos castanhos na minha frente

-Light-kun o que é isso?

-Ai Lawliet me segurei tanto pra não fazer isso antes-ele disse modendo o lábio inferior

-E por que se segurou?-pergunto na maneira mais sensual que consegui

Com isso Light praticamente pula em cima de mim e começa a chupar meu pescoço, passo minha mão por todo o seu peitoral, ele dava lambidas e mordidas leves o que me fez arrepiar

-Light-kun, aqui não... Estamos no... banheiro da escola...-disse gemendo

-Eu não ligo, prefiro ficar com você-ele disse sorrindo

Light volta a me olhar sedutor se aproximando mais ainda, ele começa a desabotoar minha calça e baixa ela até os pés, ele pega no cós da minha cueca e baixa também até metade das coxas, agora que vim perceber como essa parede é gelada.

-Desculpe não ter um lubrificante aqui comigo-ele diz, coro com isso

-Não precisa-dei uma de Mello, não é?

Light dá um tapa na minha bunda e solto um gemido, ele baixa sua calça e sua cueca também, começa a passar seu membro pela minha bunda, gemo. Yagami coloca meu braço por trás das costa e segura meu pulso com firmeza

-Empina que vou penetrar-ele diz e obedeço

Light começa devagar, me seguro pra não soltar um grito, era muito volume dentro de mim, no início dá um desconforto gigante, mas depois vai se tornando prazer, luxúria, amor...

-Pode mexer-digo gemendo, já acostumado com ele dentro de mim, é legal dizer "ele dentro de mim"

Light começa com os movimentos, suas estocadas me levaram a loucura, que delícia, ele lambe meu lóbulo me dando mais prazer. Meus gemidos ficaram maiores, Light também ofegava, ele acertou meu ponto frágil várias vezes, chego no meu orgasmo com um gemido alto.

Ele sai de mim, ainda não tinha chegado no ápice de seu prazer, faltava pouco, me ajoelho e começo a chupá-lo com intensidade

-Ahh que delicia Lawl...-ele não termina de falar, simplesmente se desfaz na minha boca

Engulo, era até gostoso, um gosto diferente, não se compara ao doce, não se compara a nada que já experimentei

-Gostei do seu gosto Light-kun-digo limpando o canto da minha boca que estava suja

-E eu gostei de você Lawliet-ele diz levantando suas roupas

Logo me levanto, mancando um pouco, ele me ajuda a levantar, dessa vez sem maldade gente, e ajeito as minhas roupas. Ele me puxa pra um selinho rápido e mais calmo.

-Precisamos voltar?-pergunto me jogando em seus braços e apoiando minha cabeça em seu peitoral

-Não, disse ao diretor que precisava arrumar umas coisas-ele pensa em tudo mesmo-Agora eu só quero aproveitar nosso tempo juntos

-Light-kun, o que acharia se começamos a namorar?-pergunto

Bem, segundo o que vejo nos filmes, pra namorar tem que se gostar, e 79% das pessoas que se gostam transam. A reação dele já era esperada

-Não me leve a mal Lawliet, eu amo ficar com você, seu corpo e seu jeito me passam um sentimento único, mas você sabe como as pessoas são...-ele fala apertando mais ainda no abraço

-Compreendo-digo-Você tem sua vida perfeita e eu não posso fazer parte dela

Ele olha pros lados e me beija com carinho

-Me desculpe Lawliet, você sabe que não trocaria esses momentos com você por nada, mas não posso arriscar

Me solto de seus braços e começo a sair do banheiro meio manco, é ele prefere se enganar do que viver feliz. Sinto uma mão segurando meu braço, me viro e sou puxado pra um beijo, seguro no cabelo dele com carinho, nossas línguas entraram em sintonia, ele pode sentir um pouco o gosto de seu gozo... No meio do beijo escutamos passos vindo em nossa direção, uma sombra começa a se formar, Light me solta e corre pro banheiro.

Assim que ele entra um cara passa, nem olha pra mim, assim que passa bato na porta e ele sai

-Vai ser sempre assim Light-kun?-pergunto

Yagami apenas me lança um olhar triste, essa já era a resposta, nos gostamos muito, muito mesmo, mas só pelo simples fato dele não conseguir se desprender desse seu "mundo perfeito" nunca poderá se assumir comigo...


Notas Finais


Light vai querer deixar tudo de lado e ficar com o L? Gostaram do lemon no banheiro? Vai ter mais?
Lembrando, quem quiser fazer parte do grupo é só mandar seus números por mensagem, com o DDD.
Espero q estejam gostando da minha fic!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...