1. Spirit Fanfics >
  2. A Implacavel >
  3. Apenas sua

História A Implacavel - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


LeiamEesperoQueGostem :)

Capítulo 19 - Apenas sua


Fanfic / Fanfiction A Implacavel - Capítulo 19 - Apenas sua

Camila e Willy caminhavam à procura de algo para se alimentarem junto aos outros. Os outros haviam Ficado juntos em grupo. Todos estavam com fome, sentiam seus estômagos seco, e a sede tomava conta.

— Então, como você sabe tanto sobre essas coisas...

Camila se referia ao homem, que sabia muito o que fazer em uma situação dessas.

— Digamos, que quando era mais novo, era do exército. Foi uma época difícil, mas que me ensinou muito do que sei hoje.

Camila sorriu, meio cansada, do tanto que andava.

— Imagino...

Fala andando.

— E você, O que faz?

— Bom... eu... Eu sou agente do FBI.

Fala parando de andar, tentando acalmar sua respiração.

— Opa, aqui temos alguém importante.

O homem sorriu, sua testa brilhando devido ao suor.

— Não é para tanto.

Rir, fazendo um coque mal feito em seu cabelo.

— Claro que é... Olha!

O homem para de rir e fala, apontando para alguns cachos de banana que havia ali. Camila olha com seu semblante um pouco alegre. Olhos brilhando. Camila adorava banana.

— Vamos, Pare de olhar boba e me ajude aqui!

Camila vai apresada ajudar o homem, que era bem mais alto e forte.

— Eu te ajudo à subir.

Camila assente.

Depois de alguns minutos, Camila e Willy apareceram com semblantes animados. Todos os olharam, encontrando enorme cachos de banana em suas mãos.

— Chegamos! E olha o que encontramos...

Camila falava, mas é interrompida por uma mulher, que aparentava ser "refinada demais".

— Só encontraram isso para comermos? Não tinha algo melhor?

— Por que não foi conosco? Talvez assim junto das bananas, encontraríamos um vinho tinto, quem sabe.

Camila ironiza.

A mulher fecha a cara imediatamente, e nada fala mais. Escutam alguém chamar um pouco longe e se viram, era um dos rapazes que estava no voo. O homem trazia cocos na mão? Camila franze as sobrancelhas, se fazendo a pergunta.

O garota, que aparentava ter seus vinte e poucos anos, finalmente chega, mesmo cansado. Camila o ajuda.

— Onde encontrou?

Pergunta baixo.

— Eu estava indo procurar vocês, já que estavam demorando, então no caminho que passava encontrei, felizmente.

— Bom rapaz.

Fala bagunçando os cabelos do garoto, que sorriu por ter ajudado em algo.

— Já temos algo para comer e matar a sede...

Willy falava.

— Quantos insetos!

Lauren reclama passando as mãos pelos os braços.

— Você vai ter que se acostumar com isso, por enquanto, até sermos encontrados.

Willy fala tentando quebrar um coco.

— Ahrg! Que droga! Não era para eu estar aqui, não era!

Fala andando de um lado para o outro. Camila revira os olhos e ignora Lauren.

Ja era noite, Camila e Willy e o garoto dos cocos haviam ajudado a acender uma fogueira, devido ao frio e o escuro que fazia. Algumas das pessoas estavam deitadas olhando o céu, outras estavam sentadas olhando para a fogueira, algumas conversavam.

Camila se deita ao lado de Lauren, que estava sentada. A olha admirando a beleza da mulher, a mesma parecia tão calma, olhos verdes clarinhos, fazendo o fogo da fogueira refletia.

— Por que tanto me olha?

Fala baixo, sem olhar para Camila.

— Sabe, às vezes me pergunto por que você é assim, mas eu gosto do seu jeito, nem sempre, mas eu gosto. Sei que essa é sua marca registrada.

Brinca, dando um sorriso de lado. Lauren deita ao lado de Camila, olhando para o céu.

— Você é tão idiota.

Fala revirando os olhos e sorrindo, soltando uma risadinha baixa.

— Os seus olhos são lindos.

Camila fala com um sorriso de lado.

— Os seus também. Tem um brilho que os torna especial.

Lauren fala. Camila sorrir. Lauren, quando estava dessa forma, mais tranquila, longe de seus afazeres, a mesma era como se esquecesse da sua outra personalidade. Essa Lauren era a mesma que Camila falava quando contava de sua irmã.

Camila nota que Lauren estava passando os próprios braços em seu corpo, devido ao frio. Camila percebendo que ela não estava tão confortável, fala:

— Quer que eu abrace você...

Pergunta hesitante. Lauren à olha por um tempo, mas logo assente. Deita a cabeça no peito de Camila, ficando com metade do corpo em cima do de Camila. A Latina estava parada sem se mexer, vendo Lauren se ajeitar no abraço, mas logo à abraça, passando os dedos delicadamente nas costa da morena.

— Assim está melhor?

Pergunta, fazendo um leve carinho nos cabelos de Lauren.

— Bem melhor.

Disse abafado, se aconchegando melhor. Camila sentiu seus pelos arrepiar.

— A-ah, que bom... É-é... Boa noite.

Fala meio atrapalhada com as palavras, se chamando de "Idiota" mentalmente. Escuta Lauren bocejar. Camila fecha os olhos com força, logo os abrindo.

"Camila, puta merda, eu hein! Essa mulher mexe com você mais do que qualquer coisa!"

Discuti em pensamento.

(...)

Camila abria os olhos com um pouco de dificuldade, a claridade era presente. Olha para baixo, encontrando o rosto de Lauren próximo ao seu. No momento, se segurou, já que a vontade que tinha era de beijar aqueles lábios, que estavam tão próximo, mas não fez.

— Lauren.

Tenta acordar a morena.

— Hmm...

Se abraça mais forte a Camila, que sorriu com o ato.

— Lauren, vamos, temos que nos levantar.

— Não quero.

Fala de olhos fechados, de forma preguiçosa.

— Vou te deixar aí.

— Argh! Ok, vamos!

Fala com uma feição meio chateada. Camila apenas rir e levanta.

"E lá vamos nós, novamente".

— Então, você vem comigo?

Lauren assente.

Camila

Havia algumas pessoas ali. Não vou mentir, não é confortável dormi aqui, não sei nem como Lauren não falou nada em relação a isso. Outras pessoas reclamavam após acordar.

Escuto Lauren falar comigo e a olho, vendo aqueles lindos olhos verde.

— Vamos, Camila.

Desperto, pego na mão da morena, que olha para nossas mãos juntas.

— É para você não se perder de mim.

Andávamos, mas como sempre Lauren não parava de reclamar, ou perguntar se já estávamos chegando, o que já estava me dando nos nervos.

— Já estamos chegando.

Reviro os olhos.

Lauren para de falar assim que vê o que estava à nossa frente, um lindo rio com uma cocheira. Ela olhava maravilhada, o que era lindo.

— Que bom que gostou.

Falo com um sorriso de orelha a orelha, a olhando.

— Camila, é lindo.

— Eu sei...

Começo a tirar minhas roupas, Lauren me olha.

— O que estar fazendo?

— Tirando minhas roupas para ir tomar banho.

Lauren não conseguia forma uma palavra sequer devido a nudez da latina à sua frente. Camila entra na água e sorrir.

— Você não vem? Está muito boa.

Camila nadava, mas quando para de nadar, olha para onde a morena estava, ver uma cena que fez quase o seu amiguinho dar sinal. Camila engole em seco quando ver Lauren se aproximar totalmente despida.

Lauren entra na água, as duas se olhavam nos olhos sem desviar os olhares. Lauren para em frente a Camila, que estava fascinada.

— Eu pensei que você não fosse entrar...

Fala baixo a olhando nos olhos. Lauren desvia o olhar, sentindo à água em seu corpo a confortá-la.

— Sabe, eu nunca nadei dessa forma.

Fala e solta uma baixa risada.

— E o que estar achando?

Fala se aproximando mais da morena.

— Maravilhoso.

Fala mexendo com a água, de forma encantada. Camila estava achando linda à cena.

— Você é linda.

Fala sem perceber. Lauren à olha, Camila cora.

"Merda, Camila. Não seja tão trouxa! Essa não é você."

Se repreende mentalmente.

Lauren sorrir para Camila, que franze as sobrancelhas. Às duas já estavam uma perto da outra, Lauren se aproxima mais um pouco chegando a ficar quase colado com a Latina.

— Você também é linda, Camila.

Camila não acreditava que Lauren estava falando aquilo com um sorriso simples. Morde os lábios olhando para os lábios de Lauren.

— Eu quero beijar você. – Fala em um sussurro, próximo aos lábios da latina.

Os rostos das duas estavam próximos, encostando os narizes, sentindo a respiração uma da outra. Os lábios se juntando delicadamente, em sincronia perfeita. Lauren passa os braços ao redor do pescoço de Camila, que a abraça pela à cintura. Camila pede passagem com a língua, Lauren aceita de bom grado. Passa os dedos delicadamente pela à nuca de Camila, que a aperta em seus braços. Morde o lábio inferior de Camila encerrando com um selinho. Encostam as testas, sentindo as respirações. Camila abre os olhos e sorrir, e dá um beijo no nariz da morena. Lauren sorrir sentindo suas bochechas ficarem vermelhas, o que deixou Camila surpresa. Esconde o rosto no pescoço da Latina à abraçando.

— Lauren...

É interrompida pelo um selinho demorado. Camila fecha os olhos ainda surpresa pela à súbita atitude de Lauren.

— Eu... – Camila rir, e fecha os olhos com um sorriso bobo. — Desculpa, é que eu... você...

— Não precisa dizer nada. – Sorrir, fazendo carinho na nuca de Camila. – Só iremos aproveitar esse momento enquanto podermos, ok?

— Você é tão confusa, Lauren. – Faz uma careta, franzindo o nariz, o que fez Lauren rir.

Lauren puxa Camila pela à nuca, a beijando e invadindo com a língua. Camila sorrir entre o beijo e aperta à cintura de Lauren a trazendo para ficar mais colado, Lauren arfou assim que se separou.

— Eu estou pouco me importando quem nos ver, só quero que você me chupe... – Morde o lábio inferior de Camila, a fazendo soltar um baixo gemido de olhos fechados.

— Lauren...

— Por favor. Só faça Camila.

Pede com a testa colada junta a de Camila.

Camila a olha nos olhos fraquejando, ao ver aqueles olhos verdes a fitando de forma intensa e com desejo. Não era um simples olhar.

Não mesmo.

— Me faça se sentir única, é a única coisa que peço. Me faça se sentir apenas sua. – Fala sem desviar os olhares.

Camila sente seu coração bater de forma descontrolado a invadindo uma sensação complemente nova e maravilhosa.


Notas Finais


Oi gostosas! Só passando pra dizer que, provável eu não atualizar rápido essa estória, mas estarei fazendo o que posso. 2 Bjs <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...