História A Insanidade da Rejeição - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Original, Romance, Vingança
Visualizações 5
Palavras 1.162
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Muito tempo sem escrever nada e nem postar aqui ...
Mas estouro com algumas idéias .. espero que gostem ..
Comentem para insentivar os escritores ;)

Capítulo 1 - O Começo


"Todo mundo tem um pouco de insanidade,um louco acorrentado que luta todo os dias para se soltar.

Só que o meu,ele não está mas acorrentado,ele está ao meu lado, sussurrando ao meu ouvido, opinando em minhas decisões,se isso é perigoso ? Não para mim HAHAHA !"


Não sei descrever esse sentimentoto, não posso dizer que é ódio, pois esse é um sentimento muito forte,e nunca senti antes, podemos definir em nojo, repulsa.Mas esse sentimento é profundo e não vai passar apenas com o tempo, apenas com desculpas.

Sinto que minha alma foi ferida por suas mentiras,uma ferida que ainda sangra,ainda dói profundamente,e feridas assim nunca se curam completamente.Mas elas podem cicatrizar,a dor vai sumir,mas só há um jeito disso acontecer.Com a última batida de seu coração vem o alívio para meu sofrimento,sua respiração parar fará de uma vez, a felicidade retornar, estarei novamente inteiro.

Preciso buscar pela cura das minhas dores,e ela virá pelo sangue daquela que causou,como eu sofri ela também terá que sofrer, só que sentirá na pele tudo que me causou.

"Finalmente o dia chegou,tinha esperado anos por isso,o dia que iria reencontrar ela,aquela que sabia os segredos do meu interior e os usou contra mim,eu fiz dela especial e ela usou minhas fraquezas para me quebrar.Quem diria que iria encontrar ela naquela mesa de bar com mais algumas amigas,como sempre ela estava linda,mas eu não podia fazer nada ali,tinha que esperar.

Continuei observando ela por mais um tempo, descobri,sua rotina,seus horários,todos os amigos novos .

Até que chegou o dia,ela iria viajar, passar uma semana fora da cidade,uma viajem que infelizmente, não chegaria ao se destino final, pois ela teria um encontro com o passado.

Há levei para uma cabana no meio da floresta,que eu mesmo havia construído,era simples por fora de madeira,mas havia um porão escondido, feito totalmente aprova de som ,era o lugar perfeito.

Há prendi em uma cadeira, pernas e mãos acorrentadas,tirei a venda de seus olhos,me sentei em uma cadeira a sua frente e joguei um copo de água em sei rosto.

-Hora de acordar Melissa .

Ela abriu os olhos atordoada olhando para os lados tentando descobrir onde estava,o quarto era escuro,não dava para ver quase nada ,a única luz que tinha era de um pequeno abajur que liguei ao fundo para ela ver um pouco o meu rosto.

-Quem é você,o que estou fazendo aqui ?

-Não reconhece a minha voz? Foram tantos momentos juntos, e não se lembra nem da minha voz ?

-Você? O que ainda quer de mim? Já terminamos a muito tempo Leo.

-Você acabou com tudo e comigo, achou que as coisas acabariam assim ?

-Jà passaram-se anos,tudo acabou naquela época,pare de viver no passado e me solta.

-Não, não acabou naquela época, porque a dor continua me consumindo todo esse tempo,não consigo esquecer o que aconteceu no passado pois ela sempre presente. Você me magoou,me machucou.

-Também fui machucada.

-Não importa.

-Claro que importa, você está sendo egoísta, pensando apenas no que você sentiu.

-Sim estou sendo egoísta, pois na época não pensaram em como eu me sentiria. Você pensou apenas em você lá,e agora estou pensando só em mim, não me julgue quando já fez o mesmo.

-O que você está falando não faz sentido.

-Há mas vai fazer sentido.

-Por que me trouxe até aqui ?

-Isso não é óbvio minha querida ?

-Esta me assustando,me solta.

-Suas escolhas te trouxeram até aqui,seu destino foi selado na noite em que me trais-te, naquele dia uma parte de mim morreu,por isso hoje uma parte de você também deve morrer.

-Vai me matar por causa do que já aconteceu ?

-Não,vou te torturar pelas coisas que já senti.

-Isso não faz sentido, você está louco.

-Acha que me chamar de louco ajuda? Se engana Melissa, há muito abracei a loucura,pois ela foi a única que ficou ao meu lado quando você se foi.

-Me deixa ir embora!

-Cala a boca Vadia,nos próximos dias não quero mais escutar a sua voz, somente os seus gritos de dor .

Amordacei ela de volta e a deixei lá,tinha coisas que precisava fazer,tinha uma festa para acontecer pela noite,e isso requer preparativos...

Voltei para casa ao anoitecer,mas não sozinho.

-Me mata de uma vez se é isso o que quer.

-Isso seria fácil de mais, você vai morrer querida, mas antes precisa sofrer,por isso trouxe esses caras aqui .

Atrás de mim naquele quarto aprova de sons tinham 5 homens mascarados.

-Vai mandar eles fazerem o trabalho sujo Leo ?

-Não,vou deixar eles estruparem uma vadiazinha,usarem ela como quiserem.

-Isso é doentio.

-Não,isso não é nada ainda,mas não posso entregar você assim para elas, antas você passaram por uma pequena operação cirúrgica.

O processo cirúrgico era apenas arrancar os dentes,para ela não morder nada no processo,isso não demorou muito. Depois que terminei a deixei desacordada e nua .

-Podem começar a foder a vadia meus colegas !

-Mas ela está desacordado,isso não é desumano ?

-Desde quando se importa com isso ? E não precisa se preocupar em alguns minutos ela já estará acordada.

Com o desejo de ter um novo brinquedos sexual vivo,logo eles começaram a se despir e ir em direção a ela.

Não vou negar,de início cena me deixou atordoado, ela logo acordou mesmo, com aqueles homens a penetrando,na boca, no cu, não tinha diferença para eles,via as lágrimas escorrendo de seus olhos,e isso a me dar prazer, eles revezavam entre eles, e um por um foram possuindo ela, aquilo durou horas, quando estavam satisfeitos se vestiram e foram embora.

Ela estava caída no chão, lágrimas, sangue, e sêmen se misturavam pelo seu corpo nu.

-Isso foi apenas o começo, tente sobreviver até o final, e talvez saia daqui viva HAHAHA.

Lógico que aquilo era uma mentira,ela nunca sairia viva,mas precisava dar a ela uma esperança, para ela sobreviver mais tempo.

Na manhã seguinte fui ver como ela estava. Que cena nojenta,aquela porra toda tinha secado com o sangue em seu corpo e tinha um cheiro horrível, para o meu bem levei ela para cima e dei-lhe um banho.

-Por que está fazendo isso ?

Sua fala tinha sido prejudicada pela falta dos dentes,mas ela ainda conseguia falar com um pouco de esforço.

-Porque estava parecendo uma puta bêbada, defendo, e isso estava me dando nojo, achei melhor te deixar tomar um banho antes de continuarmos.

-Não,por que está fazendo isso comigo? A coisa de ontem não se parece em nada com você.

-Realmente aqui não se parece comido, só queria te ferir, te humilhar como mulher, te quebrar assim como você fez comigo.

Nesse momento ela arregalou os olhos, poderia ver em seu rosto o medo esculpido e um pouco de descrença no que eu falava.

-Mas não se preocupe querida, o que está por vir, vai se parecer muito comigo. Vai se parecer com os anjos que tive durante esses anos, vai ser mágico o que vai acontecer. Aquilo de ontem foi apenas uma pequena amostra.


Notas Finais


Se gostarem comentem e favoritem ...
Se não gostarem paciência, não posso agradar a todos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...