1. Spirit Fanfics >
  2. A Irmã de Hannah Baker. >
  3. Parque.

História A Irmã de Hannah Baker. - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 2 - Parque.


Fanfic / Fanfiction A Irmã de Hannah Baker. - Capítulo 2 - Parque.

Emma pov. 

Acordei com uma puta dor de cabeça, olhei em volta com a mão na testa e me levantei. Eu reconhecia aquele lugar... era o meu quarto.

— Merda... — sussurro e a porta do quarto se abre, minha mãe... ela para imediatamente, me olhando com os olhos arregalados e marejados.

— ANDY!! ELA ACORDOU!! — ouço passos rápidos na escada e meu pai entra no meu quarto, ambos sorriem e vêm até mim, sentando na cama e me abraçando — Minha pequena... minha linda menininha. — falou com a voz embargada, enquanto acaricia meus cabelos — Te procuramos por toda parte.

— E acharam... — falei, os abraçando de volta e então, eu lembro do acontecido — Cadê ela? Cadê a Hannah? — me afasto deles e me levanto — Cadê ela? — vou até o seu quarto e entro bruscamente, a cama estava arrumada, mas nada da decoração havia mudado — CADÊ ELA?? — gritei aos prantos, eu realmente havia perdido a minha irmã.

— Se acalme... por favor... — disse Olivia, minha mãe.

— Ela não morreu... não, não, não, não. Ela não pode fazer isso comigo. — falei passando as mãos pelos meus cabelos e arrancando alguns fios.

Meu pai vêm rapidamente até mim e segura meus braços, chorando também.

— Pare com isso! Sua irmã se foi, ela morreu! — ele me chacoalhava aos prantos e eu o encaro com o rosto molhado — Morreu... — olho para eles, ambos estavam acabados, pálidos e com olheiras visíveis.

— P-pai... — o chamo soluçando — Mãe... — limpo as lágrimas — Eu vou dar orgulho à vocês, eu irei achá-la.

Desço correndo as escadas e saio de casa. Eu podia ouvir os gritos deles atrás de mim, mas dei de ombros, corri como uma louca pelas ruas... gritando pelo o nome de Hannah. 

— Ela vai estar lá. — falei correndo e indo em direção ao pequeno parque que frequentávamos quando pequenas.

Parei de correr quando cheguei no parque, olhei em volta e não avistei ninguém, apenas um menino distante sentado no banco, com um machucado na testa e fones no ouvido. Ele parecia escutar alguma fita.

— Hannah!! — falei quase chorando novamente e olhando em volta — Eu estou aqui!! Por favor, apareça!! — andei pelo parque — Por favor... — vou até o brinquedo.

Gritei um palavrão e soquei o brinquedo, eu o socava ao ponto de amassar o brinquedo.

— Ei... — ouço a voz do menino mas dou de ombros, e então, sinto um mão segurar o meu pulso — Por que está fazendo isso? Você está bem? — ele olha para a minha mão repleta de sangue. 

— Eu... perdi ela... — falei aos prantos.

— Quem? — ele pergunta com uma expressão confusa, eu nem pensei na hora, apenas o abracei e chorei dolorosomente.

— A minha irmã... — sinto seus músculos ficarem tensos e logo ele me abraçar de volta, acariciando minhas costas. 

A dor da perda é uma dor horrível, meu coração doía e parecia que eu ia morrer. Talvez a morte seria menos dolorosa, do que a culpa que estava dentro de mim. 


Notas Finais


Sei que demorei, mas finalmente atualizei. ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...