1. Spirit Fanfics >
  2. A Irmã de Hannah Baker. >
  3. A caminho da escola.

História A Irmã de Hannah Baker. - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - A caminho da escola.


Fanfic / Fanfiction A Irmã de Hannah Baker. - Capítulo 4 - A caminho da escola.

Emma pov.

Dois dias se passaram e eu estava decidida a entrar na escola de Hannah, se eu não descobrir o que houve com ela, eu jamais irei me perdoar. 

Meu pai havia me matriculado na escola, eu começaria amanhã. Segunda-feira.

Eu não estava preparada para ir novamente a uma escola, afinal, eu havia largado uma e prometi a mim mesma que nunca voltaria a estudar. Para mim, a escola é um puta saco, as pessoas são podres, os professores, diretos e etc... foi um dos grandes motivos que eu fugi... o bullying.

(...)

Era mais ou menos umas 22:00 da noite, meu pai havia pedido para que eu fosse dormir,  eu estava deitada na cama que um dia foi minha, meu antigo quarto continuava o mesmo de antes. Com decorações rosas, desenhos de  borboletas na parede e uma cama confortável.

Fechei os olhos e impedi que meu cérebro me guiasse novamente para Hannah. Eu sei que não esqueceria isso e nem superaria tão fácil, mas eu preciso me manter firme por ela.

Dei um suspiro longo e minha visão começa a ficar escura, até eu apagar.

(...)

Acordei com batidas na porta e sentei na cama, já estava acostumada a acordar cedo.

— Entre. — falei e a porta se abriu, era a minha mãe.

Ela deu um sorriso tímido para mim e caminhou até mim, sentando-se na ponta da cama.

— Filha... — colocou suas mãos sobre as minhas — Você tem certeza de que quer fazer isso? — abaixei a cabeça.

— Sim, eu tenho. — ela olha para nossas mãos — Não fique triste, eu sei que fiquei ausente por muito tempo, mas não vou ir embora. — ela me encara — Não mais. — a puxo para um abraço.

Ela se levanta e me estende a mão, tiro o cobertor de cima de mim e pego na sua mão, me levantando.

— Não quer se atrasar no seu primeiro dia de aula, né? — ela diz com um sorriso, revirei os olhos e a empurrei até a porta.

— Quero ovos com bacon. — vejo a porta  e vou até o banheiro. 

Fico na frente do espelho e passo uma água no rosto, escovo meus dentes e penteio meu cabelo. 

Pego dois prendedores de cabelo e faço uma trança boxeadora.

E para a minha alegria (só que não), o dia estava chuvoso e fazia muito frio, então coloquei uma blusa grande preta e de manga longa, uma calça preta rasgada na parte dos joelhos e um tênis branco. 

Desci as escadas e fui de encontro com meus pais, na cozinha. 

— Animada para o seu primeiro dia? — perguntou meu pai e eu dei um sorriso amarelo — Aqui. Bacon com ovos. — ele os coloca em meu prato, estava nítido que os dois ainda estavam mal e como não estariam? Uma de suas filhas morreu.

— Você está de volta depois de 5 anos, não te faz ficar empolgada? — digo um “não” de boca cheia, minha mãe sempre foi otimista.

— É... a sua cara diz o contrário. — disse meu pai e eu solto um sorriso, comendo mais um pouco — Emma... — o encaro — Por favor, minha filha. Se comporte e não faça nada precipitado. Tente evitar confusões, não quero que você se machuque. — disse ele e eu assenti com a cabeça, sabendo que isso seria difícil.

— Vou tentar. — respondi prestando atenção na comida.

— Vamos... eu te levo. — disse meu pai.

Me levantei e peguei minha mochila preta, saímos de casa e fomos até a garagem, ele pega as chaves do carro e o destranca.

Entro no banco da frente e meu pai no do motorista, ele liga o carro e nos tira dali. Indo em direção a escola.

— Eu vou me segurar... — falei para ele, encostando minha cabeça na janela e olhando a estrada. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado e me perdoe por qualquer erro ortográfico.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...