História À irmã do meu melhor amigo - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade Colorida, Escola, Hentai, Irmãos Ruivos, Morena, Preconceito, Yuri
Visualizações 33
Palavras 646
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Literatura Feminina, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura à todos,percebi um aumento de leitores ultimamente... Isso me agrada muito ^^

Capítulo 21 - À doença de Fernando


Fanfic / Fanfiction À irmã do meu melhor amigo - Capítulo 21 - À doença de Fernando

—>Fernando On

Acabava de vim do hospital, estava em meu escritório em casa mesmo, fiquei próximo à janela com as mãos para trás, fecho os olhos um pouco pensativo, esse tempo todo,eu temia ir no hospital, mas do agora percebo que foi um erro temer,agora eu estava doente e tinha pouco tempo de vida logo agora que eu estava começando uma vida nova. Ouço a porta ser aberta,me viro e vejo Nina com uma cara péssima...

Fernando:O que vou Nina?

Nina:O seu filho,ele descobriu sobre eu e Bell, agora está ameaçando eu para contar para todos...eu não tenho nenhuma carta na manga.

Fernando:Eu posso te dar essa carta que tanto você precisa,se me prometer algo...

Nina:hmm....diga

Fernando: Prometa que vai cuidar da sua mãe, do Gabriel e junto com Gabriel cuidar da empresa sei o quanto ambos juntos são capazes...

Nina:hmm...me diga que carta é essa? Bom,eu vou me esforça à ajudar o sr. no que precisar dentro da empresa

Fernando:hmm...obrigado

Ela ia entender melhor quando eu entregasse , abro uma gaveta e tiro um envelope , levanto o mesmo e entrego à ela, vejo sua feição mudar após abrir o envelope e ler o mesmo. Ela aperta à carta com ternura e me olha com certa pena, ela vem até eu e me dar um abraço e logo se afasta.

Nina:Além disso,eu preciso que você converse firme com ele...e...transe com à minha mãe com camisinha sempre, pretende contar à ela né? Aliás segundo Gabriel ninguém pode menti nessa família...

Fernando:Quando você contar à ele,e ele vir conversar comigo....eu contarei à todos...mas cuidará de tudo né?

Nina:Você não está pedindo uma ajuda,está pedindo para eu Gabriel liderá à empresa... Tem certeza ?

Fernando:Eu tenho certeza...cuidem do patrimônio, eu vou iniciar um tratamento para retardar à doença... O vice- presidente da empresa vai cuidar da mesma por um tempo.

Nina:Tudo vai ficar bem...

Fernando Of—>

—>Nina On

Algumas horas depois,chamo Gabriel no meu quarto, estava próxima à janela e com o envelope em mãos o vento balançava meu cabelos e um sorriso fraco eu mostrava em meus lábios, me viro a pós perceber que ele tinha chegado. Para revelar esse segredo,eu me vesti muito bem mais do que o normal mais algo discreto obviamente.

Nina:Oi Gabriel...

Gabriel:Toda linda assim,não está tentando me comprar né? Seu tempo está acabando Nina...

Nina:Eu te falei, que você não é oponente...e vai se arrepender de ter ameaçado eu e à Bell

Gabriel: vou é ? Achou alguma carta especial ?

Nina:Aham...veja por si só

Entrego o envelope à ele, cruzo os braços e incaro ele que abria o envelope lentamente e começa a ler e ficar surpreso,totalmente paralisado como eu disse que iria ficar com quem mexer com Bell ,seus olhos começam à encher de lágrimas. Encosto a costa na parede e observo suas feições, eu não podia está fria agora, mas ele merece...não podia brincar com à minha vida isso incluía Bell.

Nina:Seu pai está no escritório dele....

Foi só eu dizer isso que ele saiu do transe e correu com desespero, abriu à porta do escritório de seu pai, que de início ficou surpreso, mas logo respirou firme e sentou-se na cadeira vendo o filho ali em plantos não era tão fácil.

Fernando:Como à Nina diz,tudo vai ficar bem...não precisa ficar assim, eu quero que deixe as meninas em paz, pode fazer isso?

Gabriel:Posso pai...

Fernando:Depois que eu for, você vai cuidar de tudo aqui né, enquanto isso cuide de mim ein?

Gabriel:Pai eu vou cuidar de tudo e de você.

Luci:O que foi Gabriel,te vir gritando e correndo...

Fernando: Querida...

Então Fernando explica tudo à minha mãe, essa que já viu seu mundo acabar sem antes os problemas realmente começar ,mas ela estaria ali ao lado dele por ele, por ela e por Gabriel eram uma família agora e estava tudo bem. O tempo ia passando e Fernando estava cada vez pior, ia no médico mas já não estava adiantando muita coisa,chama seu advogado para resolver como vai ficar seus patrimônio.


Notas Finais


Perdão por qualquer erro de português, próximo capítulo sai sexta,mas se amanhã ter mais de 10 visualização eu mandarei mais um capítulo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...