História A Irmã mais nova de Rosalie Hale - Capítulo 95


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Personagens Alice Cullen, Angela Weber, Bella Swan, Billy Black, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Jacob Black, Jasper Hale, Rosalie Hale, Seth Clearwater
Tags Bruxa, Irmaderosalie, Novacullen
Visualizações 154
Palavras 1.324
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Magia, Misticismo, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 95 - Novidades e queda de braço


Charlie a recém tinha ido embora. 

- Edward, eu consegui! - Bella comemorou. 

- Conseguiu. Você foi inacreditável. Toda aquela preocupação em ser uma recém-criada, e você simplesmente pulou essa fase. - Edward disse.

- Não tenho certeza nem se ela é mesmo uma vampira, quem dirá recém-criada. - Emmett disse. - Ela é mansa demais. 

Bella rosnou.

- Ahhhh, que medo! - Emmett disse.

Renesmee, que estava no colo de Bella, ficou confusa, então levantou o braço e encostou sua mão no rosto de Bella. 

- Charlie vai voltar amanhã. - Bella disse.

- Ótimo. - Emmett disse.

- Não é inteligente, Emmett. - Edward disse.

- O que quer dizer? - Emmett perguntou. 

- Não acha que é meio idiota antagonizar com a vampira mais forte da casa? - Edward disse.

Emmett riu.

- Francamente! - ele disse.

- Bella, você se lembra de alguns meses atrás, quando lhe pedi para fazer um favor depois que fosse imortal? - Edward perguntou. 

- Ah! - Bella lembrou.

- O que foi? - Emmett perguntou. 

- De verdade? - Bella perguntou a Edward.

- Confie em mim. - Edward disse.

- Emmett, o que acha de uma pequena aposta? - Bella perguntou.

Me levantei ao ouvir a palavra aposta. 

- Excelente. Vamos lá. - Emmett disse. - A não ser que esteja com muito medo...

- Essa eu quero ver... - eu disse, me virei para Emmett. - Foi bom te conhecer maninho.

Emmett olhou para mim de cara feia vendo que eu estava torcendo para Bella. 

- Você. Eu. Queda-de-braço. Mesa de jantar. Agora. - Bella disse.

O sorriso de Emmett aumentou.

- Hã... Bella, acho que Esme gosta muito dessa mesa. É uma antiguidade. - Alice disse.

- Obrigada. - Esme sussurrou.

- Tudo bem. Por aqui, Bella. - Emmett disse.

Bella me entregou Nessie. 

Todos fomos até a parte dos fundos de casa onde tinha uma pedra de granito. 

- Ok, Emmett. Se eu vencer, você não pode dizer nem mais uma palavra sobre minha vida sexual a ninguém, nem mesmo a Rose. Nada de alusões, nem insinuações... nada. - Bella disse.

- Fechado. Seu eu vencer, isso vai ficar pior. - Emmett disse.

Emmett percebeu o nervosismo de Bella e sorriu maliciosamente. 

- Vai desistir tão fácil, maninha? Não há muita ferocidade em você, não é? Aposto que o chalé não tem nem um arranhão. - Emmett disse. - Edward lhe contou quantas casas eu e Rose destruímos? 

Bella parou de sorrir e agarrou a mão de Emmett.

- Um, dois... - Bella contou.

- Três. - Emmett terminou. 

Mas nada aconteceu. Emmett tentava derrubar a mão de Bella, sem sucesso. Bella parecia nem se esforçar. Depois de certo tempo ela começou a empurrar a mão de Emmett. Ele rosnou para ela.

- Fique de boca fechada. - Bella disse, e esmagou a mão de Emmett na pedra. 

Edward, Jake e eu rimos. Emmett chutou o pedaço da pedra que havia quebrado. 

- Revanche. Amanhã. - Emmett disse. 

- Não vai diminuir assim tão rápido. Talvez você devesse esperar um mês. - Bella disse.

Emmett rosnou.

- Amanhã. - ele disse.

- Ei, se isso vai deixar você feliz, irmãozão. - Bella disse.

Não tínhamo visto que Nessie também estava rindo de tudo.

- Ela riu? - Bella perguntou.

- Sim. - eu disse.

- Quem não está rindo? - Jake disse, brincando. 

- Não me diga que você não extravasou um pouco na primeira vez, cachorro. - Edward disse, brincando. 

- É diferente. Era para Bella ser adulta. Casada, mãe, essas coisas. Não devia ter mais dignidade? - Jake disse.

Nessie tocou o rosto de Edward, que estava perto de mim.

- O que ela quer? - eu e Bella perguntamos. 

- Menos dignidade. Ela estava se divertindo tanto quanto eu vendo você brincar. - Edward disse. 

- Eu sou divertida? - Bella perguntou para Ness, que estendeu os braços para Bella. - Quer tentar? 

Ness abriu um sorriso maior ainda e pegou a pedra das mãos de Bella. 

Pouco tempo depois o sol começou a nascer. Bella ficou observando sua pele de vampira brilhar com o sol. Nessie comparou sua pele , que brilhava bem levemente, mas não seria anormal para os humanos, à pele de sua mãe e encostou sua mãozinha no rosto de Bella. 

- Você é a mais bonita. - Bella disse.

- Não sei se posso concordar com isso. - Edward disse.

Esme, que já estava em casa, foi até a janela do meu quarto que dava para os fundos da casa, onde estávamos, e me chamou.

- Vi, sua amiga quer falar com você! - Esme disse com o telefone na mão. 

Corri até em casa e peguei o telefone que Esme estava segurando. 

- Alô! - eu disse, não sabia qual das minhas amigas podia ser.

- Violet! É a Sarah! - ela disse.

- Sarah, quanto tempo! - eu disse. 

- Se não se importa, Embry e eu voltamos ontem para Forks e já encontrei as meninas, menos você, podemos dar uma passada na sua casa? 

- É claro! - eu disse.

- Estamos indo, então! 

A ligação desligou. 

- Sarah e Embry estão vindo para cá. - eu disse.

- Que bom! Vamos esperar por eles então! - Esme disse. 

Quando desci a escada até a sala Jake, que tinha ouvido a conversa, estava de pé perto da escada. 

- Legal, Embry está vindo para cá? - ele perguntou. 

- Sim, voltaram de Vegas ontem. - eu disse.

- Maneiro. - Jake disse. 

Esperamos um pouco na sala e então Sarah e Embry chegaram. Esme foi abrir a porta para eles.

- Que bom ver você de novo Sarah! - Esme disse, a cumprimentando. - Você deve ser Embry, muito prazer. 

Embry cumprimentou Esme e os dois entraram na sala. Quando vi Sarah, corri até ela e a abracei forte. 

- Oi, Embry! - eu disse, cumprimentando ele. 

- E aí, Rochester. - ele disse.

Depois Jake e Embry se abraçaram. Depois de todos se cumprimentarem, nos sentamos no sofá.

- E então, como foi Vegas? - eu perguntei. 

- Ótimo! Nos casamos em uma daquelas capelas e ficamos em um daqueles hotéis famosos! - Sarah disse. 

- Sabe como dizem, o que acontece em Vegas, fica em Vegas. - Embry brincou. 

Nós rimos. 

- Mas, tem uma coisa que trouxemos junto que não poderá ficar em Vegas. - Sarah disse.

Fiquei pensativa. O que poderia ser? 

Então, percebi Sarah passando a mão em sua barriga. 

- Sarah! Não acredito! - eu gritei. 

- Pois é! Quatro semanas! Contei para as meninas ontem! - Sarah disse.

- Quem diria, Embry com um pirralho! - Jake disse. 

Embry sorriu. 

- Na verdade, não é um pirralho... - Embry disse.

- Me diga que a criança é humana! - eu disse, brincando, mas também meio receosa. 

- Bom, pode ser um lobisomem... - Embry disse. 

- Não se preocupe, Vi. Mas não foi isso que Embry quis dizer... - Sarah disse. 

- O que ele quis dizer? - eu perguntei, curiosa. 

- Quis dizer que provavelmente vai ser uma pirralha. - Embry disse.

- Sarah, uma menina! Que maravilha! - eu disse, a abraçando. 

Pensei no filho que Sarah teve há muito tempo atrás, Henry.

- É... sabe, na verdade ainda não dá para saber, mas sabe como é intuição de bruxa... - Sarah disse. 

- E já pensou em algum nome? - eu perguntei. 

- Já. Mary Alice. - Sarah disse.

Alice apareceu na sala assim que ouviu o nome.

- Mary Alice! Meu nome quando humana era Mary Alice! - Alice disse, feliz.

- É uma homenagem, na verdade. Mary era o nome da minha mãe e Alice da minha tia. - Sarah disse.

A mãe e a tia de Sarah haviam sido enforcadas em Salem quando Sarah era apenas um bebê.  

- Mary Alice Parker Call. - Embry disse. 


Notas Finais


Desculpem por não postar há algum tempo! Os capítulos das outras fanfics saem nesse final de semana! Espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...