1. Spirit Fanfics >
  2. A Jornada >
  3. Cap. 20

História A Jornada - Capítulo 20


Escrita por:


Capítulo 20 - Cap. 20


Fanfic / Fanfiction A Jornada - Capítulo 20 - Cap. 20

Observei Natasha sair de casa sem reação e fiquei ali parado em choque, eu literalmente não imaginava que ela teria essa reação e agiria dessa forma.
Peguei meu telefone e liguei para Brendon, que levou alguns minutos pra me atender.
-Oii Steve, tudo bem? - ele perguntou empolgado-
-Na verdade não está como eu gostaria...- Falei pensativo- Quero que faça um favor para mim...
-Natasha tá bem? - ele perguntou preocupado-
-Sim, bom eu acho pelo menos né. É que ela acabou de terminar o que a gente nem tinha começado...- Falei respirando fundo- Amanhã quando ver ela, pergunta como ela está...
- Que? Como assim ela terminou com você? - ele falou chocado- O que aconteceu?
-É uma longa história Brendon...- Falei revirando os olhos- Com certeza ela vai tocar no assunto com você e vai te explicar...Só me fala como ela vai estar. - Falei desanimado-
-Tudo bem...Eu vou ver ela amanhã mesmo de qualquer jeito. - ele falou preocupado- Mas cara, fica bem, Acho que vai ser algo temporário, Ela gosta muito de você...-Brendon falou antes de desligar-
Assim que ele desligou o telefone, meus olhos se encheram de lágrimas e joguei meu celular na mesa de centro respirando fundo.

...

-NO DIA SEGUINTE-

Eu estava preparando alguns bolinhos para quando os rapazes chegassem, quando a campainha toca e eu estranho por ainda faltava um bom tempo para eles chegarem.
Vou até a porta limpando minhas mãos em um guardanapo e abro a porta ficando surpresa ao ver Alex ali me olhando sorridente.
-Veio cedo, aconteceu alguma coisa? -perguntei o cumprimentando sorrindo-
- Não, Só quis vir mais cedo para bater um papo mesmo...- ele deu de ombros entrando- Você está bem? - ele me olhou-
-Estou sim e você? - olhei ele fechando a porta e voltei para a cozinha-
- Eu estou bem também. - ele falou me seguindo- O que está preparando de bom? - ele falou olhando o que eu estava fazendo-
-Alguns bolinhos...-sorri minimamente para ele-
-Você fala que não sabe cozinhar bem, mas está totalmente errada sabia. - ele falou enquanto pegava um avental-
- Eu aprendi a cozinhar o pouco que sei na marra...- olhei ele que sorriu-
- Ah pelo menos aprendeu...- Ele deu de ombros começando a me ajudar- Pensei que Steve estaria aqui...- Ele me olhou e eu respirei fundo-
- Eu e ele não estamos mais juntos. -sorri minimamente-
-Que? - ele me olhou sério- O que ele te fez Natasha? - ele me virou de frente pra ele sério-
-Alex, Steve não me fez nada, foi só um conflito com a família dele. Deixa isso pra lá...- Falei desviando o olhar e me virando novamente-
-Natasha, você vai me contar isso. - ele me virou novamente-
Respirei fundo e me encostei no balcão da pia cruzando os braços.
-O pai do Steve não gostava da gente juntos...Eles discutiram por que Steve não quis se afastar, e eu decidi me afastar para que ele não ficasse brigado com o pai. - Falei pensativa e olhei para Alex que me olhava desconfiado- É sério...
-Mas por que ele não gostava de você? - ele perguntou sem acreditar ainda-
-Steve e eu temos objetivos diferentes Alex, a hora que ele fosse pra Nova Iorque eu e ele iríamos sofrer. -dei de ombros- Ele só não queria que Steve ficasse abalado...-Alex revirou os olhos-
-Então você decidiu se afastar? - Ele me olhou preocupado e eu assenti- E como você está? - Ele perguntou me abraçando de lado-
-Eu sinto a falta dele, estávamos muito ligados...Mas vai passar. -dei de ombros- Logo ele se muda também.
-Pelo menos ele não te enganou por 1 ano...-Alex falou sério- E outra, você é incrível! Logo encontra um rapaz sério e que seja pra você...- ele me olhou sorrindo minimamente-
-Tava pensando em falar com Tom...- Falei pensativa e Alex me largou sério me fazendo gargalhar-
-Vai tomar no cu heim Natasha. Se tu voltar com aquele cara eu juro que não olho mais na tua cara...- ele apontou sério pra mim enquanto eu gargalhava-
Abracei Alex lhe dando um beijo na bochecha e segurei seu rosto sorrindo.
- Eu não vou voltar pro Tom, eu e ele já demos o que tinha que dar. - Falei olhando pra ele que assentiu me olhando sério- Agora me ajuda a fazer os bolinhos...-voltei para o balcão-

...

Alex tinha acabado de sair da casa de Natasha e eu me virei sério para ela que me olhou estranhando.
-Steve me ligou ontem desesperado por que você decidiu terminar com ele, vai falar pra mim ou quer levar um sermão antes? -cruzei meus braços vendo ela revirar os olhos-
-Levar sermão por que? Mesmo que não tivesse acontecido nada na família dele, eu teria a escolha de terminar com ele mesmo assim...- ela deu de ombros-
-O que aconteceu na família dele? - olhei ela curioso-
-O pai dele não gosta de mim Brendon. -ela deu de ombros- Pediu para Steve se afastar por que acha que quando ele fosse para Nova Iorque, iríamos ficar abalados. E Steve não quis, e por isso discutiram feio que não estavam nem se falando...- ela Falou pensativa- Não quero que ele fique brigado com o pai, eu entendo ele e sei que não é fácil, então eu mesma decidi me afastar. - ela me olhou-
-Como assim você entende como é ficar brigada com os pais? -olhei ela sério que me olhou espantada-
-Meu caso é diferente Brendon, não importa. - ela negou ficando séria- Mas enfim, não quero que ele fique brigado por minha culpa ainda mais sabendo que ele está aqui de passagem...
-Natasha, qual é o problema de você contar o que houve entre você e sua família pra mim? - olhei ela sério-
-O problema é que eu não quero contar Brendon! - ela me olhou séria- Você ainda não entendeu que é pessoal? - ela se levantou- Pode ir embora já se quiser...- ela falou subindo as escadas-
Me sentei no sofá por alguns minutos trampando meu rosto e respirei fundo. Peguei meu telefone discando o número de Alex e respirei fundo.
-Pode vir aqui acalmar a Natasha? Você sabe fazer isso melhor do que ninguém...- Falei pensativo-

...

-Natasha? - Falei batendo na porta delicadamente-
-O que quer Alex? -ela falou com a voz chorosa-
-Vou entrar e espero que não esteja pelada...- Falei abrindo a porta lentamente e observei ela deitada na cama com o rosto todo inchado- Natasha eu juro que eu vou te matar...-coloquei as mãos na cintura-
-Tudo culpa do Brendon, Alex...- ela falou cruzando os braços-
-Você me disse que estava bem...-caminhei até ela-
-Mas eu estava...- ela falou voltando a chorar-
-Okay, não precisa chorar de novo. - Falei abraçando ela deitando ao seu lado- Depois Brendon vai vir aqui para te pedir desculpas, mas antes preciso que você se acalme e para de chorar...- Falei acariciando seu cabelo- Ele só queria te entender, mas eu conversei com ele e entrei em um consenso, que só vamos querer saber o que se passa por trás de tudo disso quando você estiver pronta para falar sobre...E se isso não acontecer, está tudo bem, tem segredos que é melhor guardar com a gente mesmo. - Falei abraçando ela fortemente enquanto ela se acalmava-
Natasha ficou um bom tempo abraçada comigo até se acalmar, e então ela se ajeitou e eu olhei ela atentamente.
-Quando eu tinha 17 anos, e eu ainda morava com meus pai, último ano do ensino médio eu estava toda naquela pressão de escolha de faculdade, meus pais estavam com pensamentos econômicos e eu estava envolvida com um rapaz do coral. - ela respirou fundo- Tudo começou quando eu contei que eu iria fazer a faculdade de licenciatura em história, meus pais surtaram comigo, por que meus pais tinham planos que eu tomasse a frente da filial que fica na Europa, para que eles pudessem abrir outra em outro continente. - Ela falou pensativa- E o pior não foi minha mãe me agredir...- Ela falou e eu olhei ela sério- Foi eles acusarem meu amigo do coral e companheiro do grupo de história, no último ano eles me mudaram de escola por esse motivo para ver se eu mudava de ideia, mas isso não aconteceu. E eu também não me afastei do meu amigo, a gente se encontrava escondido, até mesmo algumas semanas depois que conclui o ensino médio e quando minha mãe descobriu, ela me expulsou de casa. - ela me olhou com os olhos cheios de lágrimas- Eu não vim pra Los Angeles por que queria dependência Alex, é por que eu fui expulsa mesmo...- ela voltou a chorar e eu a abracei calado-
Beijei seu rosto e fiquei olhando pro ar, chocado com que Natasha havia acabado de me contar.
-Ela te agrediu por isso? - olhei ela preocupado e ela assentiu secando as lágrimas-
-Sim, ela foi a única que me agrediu mas meu irmão e meu pai, me humilharam verbalmente até não terem mais adjetivos para isso. - ela respirou fundo- Por isso que não converso com a minha mãe, e por mais que ela tenha feito isso comigo, às vezes eu sinto de falta que faça o papel de mãe pra mim entende...- ela falou cabisbaixa- Mas eu também não consigo relevar o que ela fez comigo...- ela me olhou séria- Meu pai me pediu desculpas de algum tempo, e eu perdoei ele, mas a nossa relação não é a mesma de antes. - ela deu de ombros- Eu terminei com Steve por que perdi um rapaz que eu considerava e ainda perdi minha mãe e meu irmão, ele ainda pode encontrar outra pessoa, mas ninguém poderá substituir o pai dele...- ela me olhou e eu assenti pensativo-
- Eu acho que você está certa Natasha...- falei segurando sua mão- Acho que você fez uma boa escolha...-sorri minimamente pra ela- Quer ir tomar um banho, eu vou pedir uma pizza para gente, o que acha? - olhei ela supondo-
-Acho que seria uma boa...- ela sorriu sem graça-
-Vai lá se arrumar, vou pedir nossa pizza...- falei me levantando-
Observei Nat ir tomar um banho e sai de seu quarto fechando a porta, e quando desci as escadas encontrei Brendon no telefone.
- Não, mas ela está bem sim...-Brendon falou e parou ao me ver-
-Dá isso pra mim...-fui até ele com a mão esticada-
-Alex sai daqui! -Brendon tentou correr de mim-
Pulei em cima dele e peguei o telefone saindo de cima de Brendon ajeitando minha camisa.
-Steve, é o seguinte, sei que está mal, mas se Natasha continuar pra você quem vai ficar mal é ela e eu acho que tanto eu quanto você não gostaria de ver ela mal não é mesmo? Então deixe as coisas do jeito que estão, passar bem...- falei sem esperar respostas e desliguei jogando o celular pra Brendon-
-O QUE VOCÊ ESTÁ FAZENDO? - Brendon me olhou incrédulo-
-Você não sabe nem um A do princípio pelo qual Natasha fez isso Brendon. - olhei ele sério- Acredita em mim que cada um vai superar o que tem pra superar...- falei e fui para a cozinha- 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...