1. Spirit Fanfics >
  2. A jornada de Ash >
  3. Captura Pokémon

História A jornada de Ash - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Captura Pokémon


Dentro da floresta Viridian, Ash descobre um Caterpie, e faz o possível pela sua segunda capturar Pokémon.

Ele colocou o boné para trás e lançou a Pokébola.– Cartepie, você é meu!– a Pokébola abriu e uma luz vermelha engoliu Caterpie.

– Legal! Eu conseguir! Eu peguei um Caterpie!

– Eu estou ficando tonta de apenas olhar para sua felicidade por causa de um inseto. Para com isso!– ele parou.

– Olha, dentro desta Pokébola está o Pokémon que capturei.– ele colocou a Pokébola na frente do rosto de Misty.

– Genial. Mas deixe longe de mim, ok?

– Você está com medo de um pequeno Caterpie, dentro de uma Pokébola?

– Insetos me dão arrepios. Deixa isso longe dede mim!

– Eu gosto de insetos. Eu adoro o meu novo Pokémon.– ele disse estregando a Pokébola.

– Acho que só um verme é capaz de amar outro.

– Muito engraçado. Pikachu, a gente tem um novo amigo.– Ash agacha e Pikachu cheira a pokebola.

– Pika. Pikachu!– o Pokémon elétrico sorriu de felicidade por ter mais um amigo.

– Oh, Pikachu. Que bom que você gostou dele. E de agora em diante, a gente vai pegar um bando de amigos. Caterpie, você ficará com nós.

– Ai...o que quer dizer...

– Cartepie, saia daí! Fearow, você também!

Assim, que Fearow e Caterpie sairam, Misty correu para esconder atrás de uma árvore.

– Não tem nada do que ter medo.– ele diz olhando na direção da Misty. – Vem, Caterpie.– ele agachou esticando o braço direito.– Suba no meu ombro.– Cartepie subiu.

– Caterpie.– ele fez carinho no Pokémon inseto.– Pikachu e Fearow fazem parte da nossa equipe, quero que você se de bem com eles.

– Fearow.

– Cartepie.

– Pikachu.

Os três se comprimentaram. Até ouvir Ash.

– Nosso objetivo é sair daqui, e derrotar o lider de ginásio da cidade de Pewter. – Ash diz com Pikachu no ombro esquerdo e Caterpie no direito.– Fearow, voe ao meu lado.

Misty saiu de trás da árvore e acelerou seus passos para seguir Ash. O medo a dominava, então ela não estava perto e nem muito longe.

– Ainda me seguindo, Misty? Eu vou comprar uma bicicleta nova.

– Hum... sei. Até, lá eu vou te seguir.– ela diz tentando disfarçar seu medo.

– Ok. Por que está muito longe?

– Nad...

– Medo do Caterpie?

– Na... Ah! Tire isso daqui!

Ash parou para olhar, o Caterpie estava lisando a perna de Misty com carinho.

– Por favor, Ash tira ele daqui.

– Caterpie, volta.– ele voltou, triste por Misty recusar ele. Pikachu tentou consolar ele, Fearow também tentou, ou ele acha. Cartepie achava que ele era apenas uma presa do Fearow.

********************************************

À noite chegou mais rápido do que eles esperavam. Ash pegou na sua mochila verde, comida para os Pokémon.

– Toma.– ele estendeu para Misty.

– Obrigada.

Ash sentou perto do seu saco de dormir, chamou os três Pokémon. Alguma parte durante o dia Ash observou que Fearow e Caterpie se encaravam, pronto para quem ia dar o primeiro ataque. Agora no começo da noite, eles começaram a ser mais amigos, com ajuda de Ash e Pikachu. Misty tirou os seus três Pokémon, os olhos de Ash brilharam por ver Pokémon diferentes, em uma velocidade anormal puxou sua Pokedéx.

–Staryu. O núcleo deste Pokémon aquático brilha em um arco-íris de sete cores, um núcleo que é valorizado por alguns como um tipo de joia.

Starmie. Seu núcleo central brilha com as sete cores do arco-íris. Algumas pessoas valorizam o núcleo como uma jóia.

Goldeen. Suas barbatanas dorsal, peitoral e de cauda agitam elegantemente na água. É por isso que é conhecido como o dançarino da água.

Após a Pokedéx acabar de registrar os Pokémons, ela estava esperando os seus pokemons aquáticos terminar sua alimentação. 

– Boa Noite, Ash.– ela recolheu os três.

– Boa noite, Misty.

Cada um foi para seu saco de dormir. Os três Pokémon, ainda acordados conversavam.

– Caterpie.

– Pikachu.

– Fearow.

Pikachu e Caterpie que estavam em cima do tronco, enquanto Fearow estava ao lado. Cartepie começou a contar a ambos que queria se tornar um Burtefree.

– Pikachu.

Pikachu disse que ao lado de Ash ele conseguiria. Ele prometeu isso a ele. Pikachu realmente confia em Ash.

Fearow contou a Cartepie seu início com Ash e Pikachu. Então, os três diante da lua fez sua promessa de ajudar Ash a se tornar um Mestre Pokémon– Pikachu contou o sonho de Ash.

Os raios de sol caim sobre o rosto de Ash, com alguns puxões de orelha do Pikachu, umas bicadas de Fearow, ele abriu os olhos.

– Ainda é cedo. Vamos, voltar a dor...

– Tira essa coisa de mim! Tira essa coisa nojenta daqui!

Ash olhou para os Pokémons com os olhos arregalhados.

Caterpie, Caterpie, ele pensou. Ele saiu do seu saco de dormi, procurando a Pokébola no cinto– ele não achou.

– Volta, Caterpie.– ele escutou o chamado do seu treinador, Ash que estendeu o braço, viu as lágrimas do Pokémon molhar o seu braço ao subir.

Isso deixou ele nervoso. Ninguém mexe com os seus amigos. Ele ama demais os Pokémons!

– Ufa... Cuida melhor dessa coisa nojenta! Seu idiota!

– Ei! O Caterpie tem sentimentos! Você tem que parar de agredir ele assim! Suas palavras machucam ele!

ambos estavam com o rosto muito perto.

– Se você não tivesse estragado minha bicicleta, eu estaria longe dessa floresta. Isso é culpa sua! Seu idiota!

– Eu já disse que vou te dar uma bicicleta nova! Não vou deixar você agredir mais o Cartepie!

Misty acabou percebendo que os rostos estavam perto demais, então ela se afastou, com o rosto vermelho.

– Se ele fosse como Pikachu. – Pikachu estava em seus braços.

– Vamos, Pikachu. Fearow, volta.– Ash colocou o boné e começou a andar, mais sentiu a falta do Pikachu, então resolveu olhar para trás vendo ele feliz com ela.– Traidor. Ei, cade o Caterpie?– Ash procurou ele no seu ombro. 

– Pikachu.– Pikachu chamou atenção de Ash, quando ele olhou para o Pokémon elétrico.

Ele estava com o dedo apontado para a Pokébola. Ash suspirou aliviado, ele pensou que Caterpie tinha fugido. No tronco que estava a Pokébola de Caterpie, passou um pidgeotto.

– Pidgeotto?– Ash apontou a Pokedéx para ele que estava na grama, procurando comida no solo.–Pidgeotto, uma forma evoluída do Pidgey. Ele está armado com garras afiadas e mergulha do céu para capturar suas presas. Pikachu, vamos.

Pikachu pulou dos braços de Misty, preparou para à batalha.

– Quitck atack! – ele foi para cima do Pidgeotto.

Pidgeotto levantou voô, desviando do ataque do Pikachu e revidando com um Quick attack.

– Pikachu, usa Thunder Shock! – o raio amarelo acertou Pidgeotto em cheio, fazendo ir para o chão. – Pokébola, vai!– a luz vermelha engoliu Pidgeotto, fazendo a Pokebola tremer no chão.– Vamos, vamos, fica quetinho aí. – ela parou. Ele conseguiu mais um Pokémon.– Isso aí!

– Ele capturou mais um... por um momento, eu achei que você ia usar o Cartepie. – Misty diz ao seu lado.

– Eu não ia por um tipo inseto com um tipo voador. Você acha que sou tão burro?

– Eu não sei. Talvez seja, talvez não. – ela provocou. – Um novato comete erros.

– Sim, mas eu ainda sei algumas coisas sobre vantagem dos Pokémon.

– Para um novato como você, se tornar um mestre Pokémon, vai precisar usar muito o seu cérebro.

– Cala boc...

Eles escutaram uma risada.

– Parece que nós encontramos de novo.

– Eu reconheço essa voz.– Ash diz olhando para eles.

– Para proteger o mundo da devastação...

– Unir todas as pessoas em nossa nação...

– Denunciar os males da verdade e do amor...

– Para estender nosso poder às estrelas...

– Eu sou Jessie!

– E eu sou James!

– Equipe Rocket, decolando na velocidade da luz!

– Renda-se agora ou prepare-se para lutar!

– Meowth! É isso aí.– ele diz surgindo entre James e Jessie.

– Estamos ocupado ago...

– Calado, garotinho. Estamos aqui pelo Pikachu.

– Pikachu, vamos da uma lição neles.

Jessie é James, lançaram suas Pokébolas, saindo seus respctivos Pokémons. Ekans e Koffing.

– Koffing, usa Sludge!– ele rapidamente vomitou um lodo marrom no olhos do Pikachu.

Ash vai rapidamente até Pikachu, pegando ele pelos os braços, e entregando a Misty.

– Eles podem tentar de tudo, mas seja lá o que aconteça, não deixe que fiquem com o Pikachu. Entendeu, Misty?

Ela demorou alguns segundo para responder.

– Ok.

"Pideotto esta com danos, não posso usá-lo" – Fearow e Cartepie, vão. – Ash lançou as duas Pokébolas, aparecendo os Pokémons.

– Koffing é a hora de lodo. Sludge!– lodo marrom vou em direção a Fearow.

– Evasiva, Fearow. Cartepie, use Tackle! Fearow desvia dos ataques de lodo do Koffing e o Cartepie foi para cima do Ekans.

– Ekans, use evasiva, depois ataque com Wrap!

Cartepie não acertou o Tackle, apenas viu o corpo de Ekans envolvendo o seu, é apertando forte.

– Carte...– Cartepie resmunga de dor; ele estava sendo esmagado pela dor do aperto.

– Cartepie, use String Shot, na cabeça de Ekans!

Fios brancos envolveu a cabeça do Pokémon. Ekans não cedeu, Ash falhou miseravelmente em ajudar o Cartepie a sair do Wrap.

– Koffing, use Sludge Bomb!

Koffing disparou oito globos grandes de sua boca.

– Cartepie use, String Short no Koffing! Fearow, evasiva dos globos e contra-atacar usando Drill Run!

O corpo esférico de Koffing foi todo envolvido com fios brancos e Fearow desviou rapidamente dos globos, é começou a girar o seu corpo como uma broca.

– Depois de acertar vai direto para Ekans usando o Peck.

– Koffing. – Koffing foi acertado, o deixando fora de combate.

Fearow começou a bicar o Pokémon várias vezes. Ekans resistia as bicadas violenta do fearow, enquanto Cartepie é apertado mais forte.

– Ekans...solte agora!– os olhos de Jessie encheram de lágrimas, com a dor do seu Pokémon

Ele cedeu ao comando de sua treinadora.

Ekans estava machucado...mas Ash não teria piedade de terminar com essa batalha.

– Caterpie, use Tackle com força total!

Caterpie acertou em cheio o Pokémon.

– Ekans.– o Pokémon estava com alguns machucados, assim com Koffing.

– Vou mostra como se faz. –a voz do Meowth foi ouvida, assim como suas garras afiadas.

– Cartepie, use String Shot. – fios brancos envolveu Meowth, fazendo virar uma bola de fios.

– Volte, Ekans.

– Volte, Koffing. Isso não terminou Piralho.

– isso mesmo.

Jessie pegou a bola de pelos Meothw, preparando para correr.

– Misty, manda a minha mochila.

– Aqui.– ela jogou.

Ash abriu ela; pegando algo dela.

– Toma.– jogou quatro poções para Jessie.

– Obrigado. – ela sussurrou baixinho.

Assim, eles foram embora. Ash colocou Caterpie sobre seu ombro direito, acariciou Fearow.

– Bom trabalho os dois. Ei, Misty, você deveria acariciar Caterpie como desculpa por dizer aquilo dele.– ele disse quando ela se aproximou com o Pikachu.

– N-ão. Acho q-ue não.– ela gaguejou.

– Você consegue, eu sei disso.

– Ok... você venceu. ela fechou os olhos, levou a mão tremendo na cabeça do Caterpie. Ela conseguiu acariciar ele.

– Caterpie.– o Pokémon inseto estava feliz, então ele pulou do ombro de Ash, caindo no solo. Ele utilizou String Shot, seu corpo brilhou em branco.

– Ele está evoluindo... Isso ai! Cartepie... não quero dizer Metapod.– O brilho acabou, mostrando seu corpo em forma de crescente.

Misty ficou feliz por Ash ver pela primeira vez uma evolução.

– Vamos, indo Ash.

– Ok.

Pikachu e Fearow que estava ao lado do Metapod, lembraram da noite, em que Caterpie contou a eles, sobre o sonho de virar um Burtefree, agora esse sonho estava quase completo.

– Vamos ir, Misty. Obrigado, Fearow. – ele voltou o Pokémon, pegou Metapod colocando em sua mochila.– Obrigado, Metapod. Vamos ir, Pikachu.

Pikachu subiu no ombro de Ash e foi até seu ouvido, dizendo algo ao seu treinador.

– Hum... entendi, então ele me seguiu.

– O que foi te seguiu?

– Rattata.

– Rattata?

– Encontrei no meu primeiro dia. Sai da ir Rattata.

Assim o Pokémon saiu de trás de uma árvore.

– Rattata.– encarou Ash, ele quer uma batalha contra o treinador.

– Pika. Pikachu.– Pikachu diz novamente em seu ouvido.

– O que o rattata quer? Você entendeu o Pikachu?

– Claro que entendo o Pikachu! Você esta bem, Pikachu?

– Pikachu. – pulou para o campo de batalha.

– Isso que o Rattata que Misty, uma batalha Pokémon!

– Quick Attack, Pikachu!

Ambos Pokémons chocaram um com outro deixando uma trilha branca. Eles se afastaram, mas Rattata voltou com ataque Bite, Pikachu se esquivou, mas no segundo ataque acabou sendo mordido pelas presas violentamente afiadas, o Pokémon terminou com um Tackle.

Os gemidos de dor do Pikachu, foram ouvidos. Rattata foi de novo para acima golpeando com a cauda –Tail whip.

– Pika... Pikachu. – O Pokémon levantou.– Você esta bem?– o Pokémon acenou com a cabeça. – Thunder Shock!

O corpo do Pikachu brilhou em amarelo, depois liberando um raio amarelo na direção do Rattata. Rattata desviou.

– Quick Attack! – Rattata foi acertado com sucesso.– Use, Thunder Wave!– Pikachu liberou um fluxo de eletricidade na direção de Rattata.

Rattata levantou, quando ia usar o próximo ataque, seu corpo ficou paralisado.

– O seu ataque funcionou Pikachu. Vamos terminar isso, com Thunder Shock!

O corpo de Pikachu brilhou em amarelo, saltando um raio amarelo.

– Rattata.– o Pokémon desmaiou.– Pokébola, vai!– Ash colocou o boné para atrás, lançou a Pokébola que abriu saindo uma luz vermelha, engolindo o Pokémon.– Fica na Pokébola.

Ela tremeu três vezes, antes de parar, sinalizando a captura.

– Isso ai! – ele correu na direção do Pikachu, jogando ele para cima.

Misty olhava atenta a felicidade dele por capturar um novo Pokémon. " Acho que não somos tão diferente. Ele ama capturar Pokémon e fazer amizades, o mesmo vale para mim, só que com os Pokémons aquáticos. Eu nunca conheci ninguém como ele. Ele realmente ama os Pokémons."

Seus pensamentos se foram agora que ela olhava com mais atenção para Ash, que tirou todos os Pokémons da Pokébola. Ele estava dando comida para os Pokémons, cuidando das feridas.

– Ei, Misty, arrumei comida de Pokémon para os seus.

Um sorriso apareceu em seus lábios.– Estou indo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...