História A Jornada de Nate - Fryed - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas, Mitologia Egípcia, Mitologia Grega, Mitologia Nórdica
Personagens Personagens Originais
Tags Addewid, Fryed, Nate
Visualizações 7
Palavras 1.049
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


As coisas vão ficar mais interessantes. Espero que gostem!

Capítulo 2 - O Mistério nos Esgotos


Fanfic / Fanfiction A Jornada de Nate - Fryed - Capítulo 2 - O Mistério nos Esgotos

 Eu estava andando pela cidade enquanto pensava como mostrar aos cidadãos sobre a minha existência, até que ouvi sussurros de um grupo de pessoas, não ouvi muita coisa, porém:

 

-Ei, vocês souberam do outro desaparecimento?

-Sim! Já é o terceiro só essa semana!

-E pelo que eu saiba, já foram 23 pessoas, 19 delas eram crianças, e as outras eram adolescentes.

-Que terrível! Pena que os guardas do país só se importam com dinheiro, e eles não vão ganhar nada caso nos ajudem.

-Já que não temos nada, né?

-É, realmente, que pena.

Resolvi buscar mais informações sobre esses tais desaparecimentos. Depois de um tempo reunindo informações, descobri que, todas as vítimas eram raptadas perto dos esgotos, então deduzi que estivessem lá, outra coisa foi que, ao capturar um adolescente, ele (ou ela) captura 5 crianças, então, seguindo a lógica, a próxima vítima seria uma criança, todas as 5 desaparecidas tem 6, 7, 8, 9 e 10 anos, e nessa nova "horda" de sequestros, só faltava a criança de 9 anos, eu precisava ser rápido, caso eu não seja, haverá outra vítima. Após longas horas de pesquisa ouvindo as conversas sobre esses sequestros, tive muitas informações que me ajudariam a pegar quem ou o que estivesse por trás disso, existe uma ordem de crianças sequestradas, da primeira criança sequestrada, era A, da segunda era E, da terceira, I, da quarta, O, e da quinta, U; então era uma criança de nove anos cujo nome começa com a letra U. Dois garotos e duas garotas, já foram três garotos e uma garota, então era uma menina de 9 anos que a primeira letra do nome é U, sorte a minha que não tem muitos nomes que começam com a letra U neste país, vai ser fácil.

Ao localizar a criança, descobri que o nome dela é Uketashi, nome bonito, no país de Jaikan isso significa receber, e ela vai receber de mim, a salvação.

Fiquei a observando durante horas, até que, um pouco depois, ela foi comprar algo sozinha, mas depois que fez a compra, alguém saiu do esgoto que estava próximo dela e a capturou; eu corri até lá, consegui entrar, mas a escuridão não me deixava ver nada, até que eu pego um orbe de luz que ganhei da Vivian, uma velha amiga. Ao usá-lo, vejo uma sombra se esgueirando por entre as passagens do esgoto, ao alcançá-la, virei o rosto dela para mim, e vi quem era, e era um dos adolescentes que haviam sido raptados, eu me acalmei, e falei:

-Ei, o que está fazendo aqui?

-Eu estava tentando fugir, até que te vi e fiquei com medo.

-Jovem, eu te dou duas escolhas, a primeira, você vai para a saída e fica livre, ou a segunda, onde você me ajuda a libertar os outros, qual você escolhe?

-Eu... Eu.....

Um segundo depois eu vejo o jovem correndo até a saída, me senti decepcionado.

Enquanto eu andava pelos esgotos, ouvi um barulho de alguém correndo, segui o som e encontrei Uketashi, a garotinha, mas junto dela estava uma mulher que aparentava ter 21 anos, ela jogou a criança no chão e sacou uma espada para me desafiar, e claro, eu aceitei. A luta foi rápida, ela era habilidosa, mas minha habilidade era superior, eu fui até a criança e falei:

-Uketashi, você acaba de receber de mim a liberdade, pode ir, e eu prometo que mais ninguém desse esgoto vai te machucar, agora vá!

A criança correu até a saída, mesmo sendo uma criança, ela conseguiu se lembrar do caminho que levava até a saída, fiquei impressionado.

Enquanto eu buscava o esconderijo inimigo, ouvi alguém correndo atrás de mim, quando olhei, já estava na minha cola com uma faca a meio centímetro da minha pupíla, consegui desviar por um triz, fiquei assustado por uns segundos, até que voltei ao normal e peguei minhas adagas para o combate, mas após eu ter feito isso, ele guardou a faca e falou que queria conversar comigo, eu suspeitei, mas depois aceitei.

-Quem é você? Pergunta Nate

-Você não precisa do meu nome. Responde o desconhecido enquanto se escondia nas sombras.

-Mesmo assim, é falta de educação não responder a minha pergunta.

-Eu nunca fui educado, por qual motivo eu seria agora? Fala com um tom sarcástico.

-Por qual motivo? Porque você pode precisar de um médico, eu apenas quero seu nome. Responde Nate com um olhar frio.

-Nossa, você é insistente, mas também é bem rápido, poucas pessoas conseguiriam se esquivar daquela faca.

-Obrigado, eu acho.

-Olha só! Parece que você também tem educação. Bem, não importa, eu tenho que ir.

-Ei! Se não vai me dar um nome, me dê um motivo, o que está fazendo aqui? Pergunta Nate com pressa.

-Um motivo? Bem, eu estou tentando encontrar Uketashi, preparei uma cela especialmente pra ela. Responde com um tom arrogante, enfurecendo Nate.

Nate parte pra cima dele, mas, misteriosamente, ele desaparece nas sombras.

Depois de mais umas horas vagando pelos caminhos do esgoto, Nate cansa e decide ir para a saída para continuar no dia seguinte. Mas quando Nate encontra a saída, ele ouve atrás dele várias crianças correndo, e eram as sequestradas, ele pensa rapidamente em como deixar tudo aquilo mais chamativo... Na verdade, foi bem simples, ele simplesmente saiu primeiro e gritou pra todos ouvirem: Eu resgatei as crianças!!! Ele ganhou um pouco de fama ao fazer isso. Mas quando foi procurar Uketashi pela cidade, não a encontrou.

Como Nate não conseguia encontrá-la, decidiu procurar um dos sequestradores. Quando deu noite, Nate encontra um dos sequestradores e briga com ele, Nate tinha que admitir, seu oponente era habilidoso, mas como sempre, mais fraco do que ele, ao vencer a briga, Nate o leva para um beco próximo de poucas pessoas e o tortura até revelar onde fica seu real esconderijo, demorou, mas ele falou. Quando Nate chega lá, encontra Uketashi e seu sequestrador, escondido novamente nas sombras, Nate joga um orb de luz branca nele e parte para cima com suas katanas Mikyatsu, katanas místicas; mesmo com sua habilidade, não conseguia acertar o inimigo, parecia que nada funcionava, até que Nate joga um orb de luz negra e deixa seu oponente mais fraco, percebe que é a hora perfeita e perfura seu estômago com a katana.


Notas Finais


No próximo capítulo, saberemos o que acontece com Nate. Derrotar o vilão não será tão simples.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...