História A Jornada do Guaraná Antarctica. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Alface, Crack Fic, Dolly, Guarana, Refrigerantes
Visualizações 26
Palavras 311
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção, Luta, Policial, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie pessoal!

Eis aqui a minha primeira fanfic com erros de português propositais.

Ela é muito louca então espero que gostem!

Capítulo 1 - Cordão de coca cola


Fanfic / Fanfiction A Jornada do Guaraná Antarctica. - Capítulo 1 - Cordão de coca cola

Depois que eu saí de casa, ou melhor, fui expulso porque eu disse que era bolacha e não biscoito, eu fui direto pra ruazinha mais sinistra da cidade e quando eu passei por um beco uma figura verde pulou em cima de mim. Eu fiquei morrendo de medo de ser um assaltante porque eu to tão quebrado que da última vez que fui assaltado o ladrão disse "passa a grana", eu disse que era um estudante e ele respondeu "Poxa cara, sabia não, toma ai pro ônibus" e me deu 2 conto.

Mas no lugar de ser o assaltante, era o Dolly. Eu tinha conhecido esse trafican... digo vendedor humilde de alface em uma propaganda do Guaraná que ele precisava aparecer e jogar o microfone pra mim, mas meio que acertou a minha cabeça e ele saiu correndo. Não sei como mas ele fez de alguma forma usar desodorante em alfaces ser proibido em uma praça pública.

-Oi guaraná!!! Topa comer uns alface?

-Não, eu to ocupado procurando um rumo na vida.

-Quer trafi... digo, vender alfaces comigo?

-Sou alérgico a alfaces, mano.

-Ah ta, então vem comigo pra vender as nossas arte nos camelô da praia.

-Bora!

Aí nós fomos correndo feito 2 malucos até a praia pra vender uns cordão de tampa de coca cola e todo mundo ficou olhando pra gente correndo feito louco, aí os polícia achou que tínhamos assaltado uma loja de alfaces e ligou a sirene atrás da gente e quando o Dolly percebeu ele me mandou me esconder na moita, aí ele pegou um microfone sla de onde e jogou pros policiais, mas ele acertou a cabeça do policial que desmaiou e bateu no hidrante.

E foi assim que o Dolly conseguiu fazer o prefeito proibir microfones na praia, mas nós ficamos vendendo cordões de tampa de coca cola falsificados do Paraguai até anoitecer.


Notas Finais


Comprem cordões de tampa de coca cola falsificados! Guaraná aprova.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...