História A ladra de café-Imagine Min Yoongi - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Imagine Bts, Imagine Suga, Imagine Yoongi
Visualizações 36
Palavras 943
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Dêem muito amor vou postar uma ou duas vezes por semana

Capítulo 1 - I-Era pra ser um dia normal


 Eu, sou uma intercambista, que nem sabe como, mas consegui uma vaga numa das faculdade mais concorridas da Coréia do Sul, faz três anos que estou aqui, três anos ralando para manter minha bolsa, três anos vivendo de café, meu favorito é o americano, café se tornou um vício!- paro de pensar em café, suspiro olhando o vagão passar rapidamente pelos trilhos, olho as pessoas quietas, indo para mais um dia sem fim de trabalho. 

Bem que eu deveria ter escutado minha amiga, "faz um curso antes, na Austrália" mas não, eu tive que simplesmente insistir para ter uma vida corrida assim, eu acordo as 5:30 e assim começa meu dia, eu tomo banho, café,  como um pãozinho doce na cafeteria aqui perto da faculdade, pego meu material, meu fone de ouvido e saio em direção à estação ferroviária, coloco meus fones, pego meu caderno de letras e um lápis, ao som de um rap, ou pop. -ao chegar na faculdade eu procuro minha sala, (que eu sempre esqueço onde fica) entro e me sento na primeira carteira, o professor espera uns minutos e logo começa sua aula o mesmo de sempre, que rotina chata....!

Se há algo que não me acostumei com a Coréia foi: quando professor pergunta algo, eles não dizem nada eu fico abismada vendo isso. -as aulas passam rapidamente e já era por volta das 13:00 eu havia ficado estudando um tempo a mais, pois eu estava pensando em coisas alheias na aula.

Suga narrando:

Quem diria, de ontem para hoje, eu fui dormir em um horário normal, estranho.... afinal eu costumo dormir várias vezes em pequenos períodos e a noite eu costumo escrever.-penso me sentando por um tempo no chão para beber um pouco de água, estavamos ensaiando Fire.

RM:Só mais um ensaio, e o manager disse que estamos liberados pelo resto do dia.-revirei os olhos. Eu preciso de férias, meu corpo anseia por isso, ou uma  boa noite de sexo, que foi? Eu sou um humano com desejos carnais também.

Prossegui em silêncio e voltei ao centro da sala, respirei fundo, e acalmei meus batimentos cardíacos, logo a música começa novamente, seguimos os passos com maestria sem falhar em nada, e eu achei que não lembrava os passos. Após a música terminar, suspirei cansado. Preciso  uma longa noite de sono! Eu preciso de outra coisa..... café! 

Após ir para a parte de trás do prédio eu, coloco minha blusa, touca e mascara, entro no carro, e saio discretamente até uma cafeteria que eu gosto bastante. Viro a direita, sigo reto por umas quadras viro a esquerda, e estaciono em frente a uma cafeteria conhecida, por perto sempre tem uma loja de conveniência C U é o nome. Desço do carro e entro no estabelecimento, me sento numa mesa e espero um tempo, a fila já havia diminuído, eu me levanto e peço meu Americano. Quando o café fica pronto, uma garota baixinha de cabelos escuros pega meu copo sem nem olhar na minha cara, a olho surpreso.

Narrando ladra de café.

Após chegar no local, e enfrentar aquela enorme fila, consegui pedir meu café, após me sentar e esperar uns cinco minutos, vejo o homem deixar um café no balcão, que assumi ser meu, pego o copo e sorrio. Sempre peço meu café morno. 

-ei! Esse café é meu, licença... -tenta pegar o café da minha mão mas eu desvio deixando o mascarado no vácuo.

-Não é não, é meu! Pedi antes!

-Não perguntei agora passa meu café!

-Mas o café é MEU!

-Seu um cacete que é! Eu só quero ir embora com meu copo de café, me devolve logo essa merda!

Coloco a mão direita na cintura o encarando debochada.

Narrando Suga:

Respiro fundo olhando para a garota baixinha que segurava o MEU copo de café, sorrio cinicamente vendo a pose dela.

-Eu não ligo para o que você quer, eu só quero poder ir embora tomar a merda do meu copo de café em paz!

-Poder ir embora você pode, mas não sem deixar o MEU copo de café!

Todos no local nos encarava enquanto ela me olhava com raiva, eu estava perdendo a paciência com ela, insolente...

-Tu quer o café?

-É eu quero o café!

-Então toma o seu café...-Ela num movimento rápido afastou uma cadeira e subiu em cima dela, sem nem imaginar que ela faria isso, ela tira a tampa e despeja o líquido em mim, consigo escutar burburinhos e risadas no local.

-SUA... SUA...!

-Se divirta com seu café!

Ela sai desfilando enquanto eu olho incrédulo pela porta por onde ela saiu, escuto risadas altas, respiro fundo irritado. Quem ela pensa que é? Aquela ladra de cafés!!!!

Sigo furioso para o carro, logo vejo ela passando para o outro lado da rua.

-TA GOSTOSO SEU CAFÉ?

Ela grita debochando de mim, eu me seguro para não fazer um escândalo,  entro no carro todo melado e soco o volante diversas vezes, eu ligo o carro e sigo para a empresa, sigo para os dormitórios e encontro eles lá, na sala em frente aos quartos. Lá vem o questionamento e as brincadeiras...

-Hyung não é por mal....mas você não acha que tomou o café errado?

Eles seguram as risadas após o que Taehyung falou, eu suspiro com raiva.

-Foi tudo culpa daquela ladra de cafés!!!!

-Ta, agora você pirou de vez mesmo....

Declarou Jin vendo minha expressão.

-A que se foda eu não tenho saco para ouvir isso!

Saio pisando pesado, entro no banheiro e tomo meu banho, após sair visto minha roupa, entro de debaixo das cobertas e durmo tentando esquecer aquela ladrazinha de quinta!

Narrando ladra de café:

Após chegar no meu dormitório rindo muito, eu me jogo na cama me lembrando da reação dele, minha bochecas doem e eu me forço a parar. Mas quem era ele? Quem será o maluco do café?....



Notas Finais


Desculpa estar meio curtinho, culpa da madruga


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...