1. Spirit Fanfics >
  2. A lenda das alcateias >
  3. Lua de sangue

História A lenda das alcateias - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Não me abandone depois desse capítulo.
Tem muitas coisas para serem reveladas.
Tenham uma boa noite e uma ótima leitura.
O capítulo não está explicando muita coisa, as vocês tem que prestar atenção nas ações das meninas.

Capítulo 14 - Lua de sangue


Fanfic / Fanfiction A lenda das alcateias - Capítulo 14 - Lua de sangue


A Lua tinha acabado de atingir seu ponto mais alto. As pessoas olhavam para mesma admirandos a beleza, sua cor estava mais vermelha que o normal, seu brilho doía nos olhos mas era suportável.

Miyeon, Minnie, Yuqi e Soyeon, estavam, olhando para a lua tudo parecia normal, até que as meninas começaram a ficar tontas, elas escutavam zumbidos, gritos, choros, barulhos de ferro se chocando, e novamente o mesma frase ecoa no ouvido das quatro.

"Está começando se preparem".

Depois disso ela caíram ali mesmo.


Dentro da sala

 Shuhua e Soojin estavam caídas no chão, tudo que a meninas sentiram elas sentiram ate  mais forte. Elas estavam caídas desacordadas e se debatendo. As imagens que passavam na cabeça das duas eram mais claras do que passava nas cabeças das outras. Ela viram: corpos, sangue, pessoas correndo com espadas, lobos, pessoas se transformando em lobos e a lua que estava exatamente igual a hoje.


Elas acordaram em uma casa, não tão desconhecida pelas  meninas. Quando elas abriram os olhos, ela levaram rápido e gritando. Elas ainda conseguiam ouvir o zumbido ensurdecedor, a visão delas ainda estava embaçadas e incomodada com a luz que entravam pelas janelas.

Elas ficaram desacordada por uma semana, só que pra elas pareciam segundos. Sete pessoas rodearam as meninas.

-Elas acordaram. - A voz fez com que as meninas colocassem as mãos nos ouvidos.

- onde estamos? E porque parece que eu estou me curando de um porre dos grandes?.- pergunta Yuqi. A voz da menina sai meia rouca.

-Vocês estão na casa da Mina, e vocês estão desacordado a uma semana deve ser por isso que estão com muita dor de cabeça. - Fala a mãe de Yuqi com um voz preocupada.

-está brincado? Eu só tô desacordada a uns dois segundo, e alguém me dá um remédio para dor de cabeça por favor. - Fala Yuqi, tentando se levantar, só que estava muito franca e sentou de novo.

-Ela não está brincando vocês estão dormindo a uma semana, mas para vocês foi segundos. Agora eu quero que me conte oque aconteceu depois que vocês saíram de perto de mim? - Pergunta Mina distribuindo água e remédios para as meninas.

-Professora, eu não sei oque aconteceu eu e as meninas fomos comprar comidas quando olhamos para a lua, eu comecei a escutar uns zumbidos, pessoas gritando, choros e ferros se chocando, tinha umas imagens só que eu não consegui ver elas estavam muito distorcidas. Depois e não me lembro de nada. Fala Yuqi tomando o remédio.

-Shuhua, Soojin vocês não estavam com as meninas, vocês estavam caídas no chão da sala e se debatendo, oque vocês viram? - Pergunta Mina sentando perto das meninas.

-Eu vi a mesma coisa que a Yuqi, só que as imagens estavam melhor de ver, tinha árvores, pessoas e um cara falando do meu lado. "Está começando preparem-se", depois não me lembro de nada. - Fala Soojin levantando. -Onde é o banheiro por favor?. Soojin pergunta gentilmente.

-Segunda porta a direita, à aproveitem e tome banho meninas ou vocês querem tomar banho na piscina?. - 

Mina quando ouvi que Soojin falou, ficou assustada ela sabia que coisas ruim estavam por vim.

-Com certeza banho na piscina, tô querendo isso desde da primeira vez que vi ela. - Fala Miyeon, levantado com um sorriso enorme no rosto.

As meninas foram para piscina e se jogaram de roupa e tudo, elas estavam feliz e brincando. 

Dentro da casa a tensão,  pairava no ar todas sabiam oque estavam por vim. Um pergunta se fazia presente na casa.

"Como você sabe sobre a profecia?" as mães das meninas conversavam na sala.

-É meio difícil de explicar, mas quanto menos saber sobre mim melhor, digamos que eu nasci pra isso, mas isso não vem ao caso. Como vocês não perceberam oque elas eram, ela tem cheiro de lodo, vocês trouxeram elas para o canto mais errado, aqui elas não estão seguras mas agora vocês não podem tira-las daqui. Escutem com atenção elas tem que começar com o treinamento o mais rápido possível. - Mina fala seria, e lógico sem tirar os olhos de Chaeyoung, alguma naquela mulher à atraía, mas ela não sabia porque.

-Então você está nos dizendo que nossas filhas, são a droga da profecia e que elas tem que ser alguém que nós nem sabemos como controlar. - Fala a Jisoo ( mãe da Miyeon) que estava meio alterada.

-Parece que sim, quando é o aniversários delas? Se a lua fez isso com elas imagina quando ela apagarem as velinhas. -Fala Mina.

-Gente tá tendo a reunião das coroas aqui, Mãe eu estou com fome. Fala Minnie passando a mão na barriga.

-Me respeite menina, eu vou pedir pizza e umas besteiras. - Fala Jihyo( mãe de Minnie).

-Professora não tem ovos não?, para fazer farofa é que nós passamos uma semana dormindo então não tem como esperar um pizza. -Fala Minnie olhando para a professora.

-Tem, avisa as meninas que eu vou fazer. - Mina se levanta e vai até a cozinha, Minnie volta e fica esperando.


Na cozinha.

-Nossa que linda sua cozinha. 

-Ahhh. - Mina coloca a mao no coração depois do susto, já que a mesma estava de Costa.

-Desculpa não queria assusta-lá. - Fala Chaeyoung parada na porta.- Eu vim te ajudar as outras estão pedindo comidas.

-Obrigada, mais eu não preciso de ajuda, e obrigada pelo elogio. - Fala Mina pegando a frigideira e colocando no fogão.

-Precisa sim. - Chaeyoung vai até a professora. Mina pega uma colhe e coloca na Manteiga e para sair a manteiga ela bate na frigideira e é repriendida por Chaeyoung.

-Mina!! Não é assim que faz. - Ela chega perto de Mina pega na mao dela levanta a colhe. - É assim, se você fizer isso vai acabar com a frigideira. - Ela balança a colhe e assim o resto da manteiga cai na frigeira, ela se afasta e senta na cadeira .

-Claro mamãe. - Mina fala em forma sarcástica e fez as duas rirem.

-Desculpa é hábito, a Shuhua vive fazendo isso.  - Chaeyoung fala, olhando o jeito que Mina fritava os ovos.

-Não precisa se desculpar, é legal ser repriendida por alguém que gosta. Me passa o sal por favor está aí nessa vasilha de morango. - Mina aponta para a vasilha que está próxima a mulher.

-Que fofo, não sabia que você gostava desses tipo de coisas. -  Ela leva até a mulher que por reflexo rápido virou  e sem querer bateu no sal que quase caiu só Chaeyoung segurou.

-Obrigada e você não sabe muita coisa sobre mim. - Mina colocou sal e farinha de farofa. - Vou levar para as meninas você pode pegar os copos tem refrigerante no bar lá na piscina. -Ela saiu ando e logo foi acompanhada por Chaeyoung com os copos descartável.

-Meninas aqui. - As meninas saíram mais rápido do que eu carros de fórmula um.

-Obrigada professora você é a melhor. - Minnei fala com a boca cheia de farofa, Mina notou que Shuhua estava quieta e não estava comendo e foi ver.

-Shuhua oque foi, porque você não tá ali com aquelas leoas? - Mina senta na beira da piscina.

-Nada, eu não tô com fome. - Shuhua manda um sorrisos forçado.

- Eu sei que voce não tá bem da para ver nos seus olhos e também não tem como uma pessoa passar uma semana dormindo e não sentir fome, Fala oque foi? - Mina sabia como convencer uma pessoa falar.

-Não é nada importante é só que eu tô pensando nas coisas que eu vi e ouvi esta tudo errado, as imagem que eu vi e do mesmo jeito da história que você contou tudo era do mesmo jeito. Mais   uma coisa me chamou a atenção, no meio  daquilo tudo no fundo tinha uma montanha e a lua estava em cima dela era muito lindo so que tinha uma espécie de lobo preto no meio dela. Eu fiquei olhando, ele veio até onde eu tava e colocou a pata no meu braço e apareceu uma marca no meu braço. É muito estranho a gente ficar uma semana dormindo sem ter nada, acho que vou comer senao não vai sobrar nada. -Shuhua e levante e vai até as meninas.


Mina fica passando e repassando as palavras de Shuhua na cabeça, tudo parecia um filme de ficção científica por mais que ela soubesse oque ia acontecer não sabia que aí abalar tanto ela. A mesma ficou olhando para a água na piscina que balançava.

Seus pensamentos foram interrompido por uma voz doce, que era gostosa de ouvir.

-Mina!! Mina. - Ela passa a mão no rosto da mesma.

-Humm? Oi? Desculpa Chaeyoung, eu estava no mundo da lua. -Ela olha para a mulher em na sua frente.

-Eu percebi, eu vim te avisar que a pizza chegou se você não for logo as menina vão comer até a caixa que a pizza veio. 

-Eu não tô com fome, deixa elas comerem devem estar morrendo de fome. - Chaeyoung senta do lado dela e as duas ficam olhando para a água o silêncio entre elas acabou quando Chaeyoung faz uma pergunta um tanto duvidosa.

-Você é realmente formada em matemática? - Mina riu, mas logo respondeu.

-Sim, Senhora Chaeyoung eu sou formada. E você oque faz da vida? além de deixar para lá. - Mina aí falar uma coisa que aí deixar as duas com vergonha.

-Eu sou arquiteta, mais agora meu único trabalho é a Shuhua, e termina oque você aí falar. 

As mulheres foram interrompidas com as meninas pulando na piscina, e com isso elas ficaram toda molhada.

-Meninas. - Chaeyoung se levanta muito rápido 

-Bora mãe, vem ja tá toda molhada mesmo. Shuhua estende a mão para a mulher.

-Você sabe que eu não sei nadar.

-Vem tia não é fundo e se você se afogar tem a professora para te salvar né?. - Miyeon da um piscadinha para a professor.


Mina ja estava com roupa de banho, então tratou de tirar a parte de cima. Todas a encararam, o corpo dela era perfeito, ela anda até a piscina que nem um pinguim.

-Vem não é fundo, e como disse a Miyeon eu não vou deixar você se afogar. 

Depois de muita inexistência Chaeyoung entra na piscina e fica sentada na escada. Mina sentou do lado dela e elas ficaram conversando sobre assuntos aleatório, de vez em quando seus olhos se encontrava e se encaravam. As meninas não deixaram de perceber a tensão que rolava ali, então elas decidiram deixar elas sozinha e Shuhua tinha que falar com Soojin, já que a menina não falou uma palavra se quer desde do suporto beijo.

-Soojin eu posso falar com você? -As meninas estranharam elas, não haviam se falado nem ao menos se olhando.

-Claro. - Soojin estava bem desconfortável com aquela situação. Ela foram para um lado da casa que não tinham ninguém.


-Shuhua me desculpe eu não posso fazer isso, eu ainda fico insegura você entende né, eu quero um tempo para digerir isso tudo, me desculpe não deveria ter te beijado. -Porra Soojin, que droga que você fez agora? Acabou de perde tudo

-Tudo bem eu entendo e respeito, mas não fala que não deveria ter me beijado, isso me fez sentir que eu não te mereço. - Shuhua estava quase chorando, ela pensou que Soojin gostava dela, agora seu coração estava em mil pedaços, a dor que tomava o corpo dela estava destruindo tudo dentro de se. Shuhua estava tão e chão que não conseguia olhar para cara dela, as lágrimas que caiam, ela se sentiu traída por se mesma, de ter sido idiota e se apaixonado por uma pessoa que não podia ter, e agora cá estamos de novo sofrendo por alguém que nos machucou

- não Fala assim eu te... - Ela não conseguiu terminar logo saio correndo e Shuhua vendo aquela situação sentou no chão e chorou.

"Porque eu acabo perdendo tudo que amo?".

Shuhua ficou ali chorando por uns 30 minutos até que Miyeon acha ela.


-Shuhua por que você está chorando, alguém fez alguma coisa com você? Shuhua oque foi? Não chorar princesa. - Miyeon levantou a cabeça de Shuhua e enxugou as lágrimas da mesma. - Princesa oque foi? Oque a Soojin fez.

-Ela não fez nada, além de não confiar em mim, eu sou completamente apaixonada por aquela mísera e ela...ela. - Shuhua não teimou a frase e logo voltou a chorar.

-Ah meu vou matar ela. - Miyeon se levanta só que é puxada para baixo de novo.

-Deixa ela, tenho que da um tempo para ela pensar se realmente gosta de mim ou eu só fui mais uma na lista dela. Miyeon me diz oque eu fiz para sofrer tanto, porque eu nunca fico com que eu amo?.  -Shuhua se desmancha em lágrimas

Como Miyeon é impulsiva não ia deixar barato.

"Mais que porra Soojin, eu sei que tu é apaixonada por ela. Que ação infantil é essa, só porque alguém te magoou... não que dizer que todo mundo vai, a Shuhua não é brinquedo para você usar e jogar fora não. Para pra pensar. Você vai perder a pessoa que você ama, por um medinho por uma coisa que te aconteceu anos atrás? ". Miyeon descarregou todas essa palavras em cima da menina e nem ligou se iria ou não machucar.

Com a gritaria que Miyeon fez no meio da casa, todo mundo escutou. Miyeon não ligou se as mães estavam ali, estava com tanta raiva que nem se importou. A menina foi tirada da sala por Minnie a força.

Soojin saio correndo para fora da casa Yuqi foi atrás junto com Soyeon. Mina e Chaeyoung foram atrás de Shuhua e não a encontram em canto nem um da casa elas saíram pela rutontasda de Shuhua.

É!!!Parace que tem alguém brincado com as meninas.

" está começado se preparam"



Notas Finais


Eita!!! Quem será?
Olha eu achei meio suspeito esse beijo.
Será que foi real ou um sonho?
Vocês vão descobrir nos próximos capítulos.
Até quarta.
Porra Soojin. Oque acharam da atitude da Soojin? Será que Shuhua vai perdoá-la?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...