História A lenda do dragão - Capítulo 53


Escrita por:

Postado
Categorias As Crônicas De Gelo e Fogo (Game of Thrones)
Personagens Arya Stark, Cersei Lannister, Daenerys Targaryen, Jon Snow
Tags Arya Stark, Daenerys, Daenerys Targaryen, Danny&jon, Jon Snow, Jon&daenerys, Jon&danny, Jonerys, Jonsnow, Sansa, Sansa Stark, Tyrion, Tyrion Lannister, Varys
Visualizações 105
Palavras 4.083
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desde já desculpem os erros .



E aí pessoal , tudo bem ? Ante penúltimo capítulo desse prólogo , espero que gostem . Peço que leiam o capítulo anterior antes de ler esse para melhor compreensão .




Boa leitura !

Capítulo 53 - Prólogo - O retorno dos príncipes , Parte ll .


Fanfic / Fanfiction A lenda do dragão - Capítulo 53 - Prólogo - O retorno dos príncipes , Parte ll .

 

 

                                                     Jon 

 

 


Três dias haviam se passado desde que cheguei a Mereem , a verdade é que de tudo o que imaginei antes de chegar , nem chagava perto do que via a minha frente . Meus filhos haviam feito um excelente trabalho , eu não podia estar mais orgulhoso deles , principalmente porque isso queria dizer que eu poderia levá-los para casa , bom isso se Rhaegar desse sinais de que estava bem . Aparentemente o caso que ele vinha tendo com a tal mulher havia acabado assim que cheguei , isso era bom para meus planos de levá-los para casa , mas ao mesmo tempo o garoto estava cabisbaixo . 

 

Nesse tempo juntos depois de meses afastados , eu pude perceber que os anos me tornaram uma pessoa mais nostálgica , cada momento com meus dois filhos era único e eu finalmente pude entender o que meu pai , bom , na verdade meu tio Eddard sentia quando estava conosco . Treinamos juntos todos os dias , mais de uma vez , três somente nesse dia . Deveríamos estar exaustos , mas contrariando isso realmente cada momento como esse era de extrema satisfação , era leve e por mais que nossos corpos estivessem fadigados , nossa mente estava em paz . 

 

 

- Você realmente é muito rápido Rhaegar - Disse ainda olhando para aquelas orbes violetas iguais as de sua mãe , ele era muito mais Targaryen do que Stark , era um legítimo dragão real .

 

 

- Eu lhe disse que não seria nada fácil - Ele respondeu com o seu sorriso habitual e  confiança elevada .

 


- Porém sua autoconfiança é um perigo em batalhas reais , talvez em treinamentos lhe dê alguma vantagem , mas excesso de confiança é algo ruim .

 


- Só está dizendo isso por que ainda não conseguiu me derrubar .

 


- Ainda ? Bom .... - Como era fácil ver suas qualidades como guerreiro , era rápido e astuto , era forte e inteligente , porém para mim também era muito fácil ver seus defeitos , Rhaegar se parecia muito com o menino rebelde que um dia eu já fui - Você verá porque me chamam de dragão negro .

 

 


Alguns segundos depois o belo jovem de cabelos platinados estava no chão e com cara de espanto , mas ainda sim com um sorriso no canto da boca . Fui até ele e o ajudei a se levantar, em seguida coloquei a mão sobre seu ombro e o olhei bem .

 

 

- Você será um excelente guerreiro um dia meu filho , apenas não apresse as coisas e tente não colocar seus problemas nos treinamentos - Eu disse sério dessa vez , eu sabia que ele estava abalado e que deveria lhe dar apoia nessa hora .

 

 

- Mas .... Tudo bem , fico feliz que pelo menos eu perdi para alguém que respeito , seria pior perder para um qualquer .

 


Nos dois sorrimos , ele era mesmo um garoto encantador . Porém eu ainda tinha algo a testar nesse treinamento .

 

- Agora é a sua vez Aemon , me mostre que ainda é aplicado nos treinamentos - disse me virando para o outro jovem , esse um pouco mais forte e sério do que o irmão .

 


- Claro meu pai , será uma honra - Aemon era tão parecido comigo que as vezes isso me assustava , tive que me concentrar novamente em minha espada para que ele não percebesse minha confusão .

 

 

 

Aemon se posicionou a minha frente e eu fiz o mesmo , logo nossas espadas se chocaram e se iniciou nosso treinamento . Se Rhaegar era arrojado , se atacava com velocidade e força , Aemon era diferente . O meu primogênito era mais resguardado , ele analisava cada detalhe da batalha enquanto ainda estava disputando a própria . Ele era humilde e por mais que tivesse um porte físico de alguém forte , ainda sim demonstrava cautela , eu admitia que Aemon era tão inteligente quanto o irmão e nesse momento estudava meus movimentos cautelosamente enquanto preparava um contra-ataque , eu podia ver que ele já tinha algo em mente . 

 


- Até quando pretende me estudar ? Eu sei que você já tem um plano - Disse serio , isso pareceu dar resultado , pois notei que ele realmente já estava pronto para revidar , então pude ver aquele raro sorriso em seu rosto que ele dava apenas quando treinava ao meu lado , ele estava pronto .

 


- Astuto como sempre meu pai .

 

 

Aemon atacou o meu lado esquerdo , como destro que sou , o meu lado esquerdo teoricamente seria o meu mais fraco , porém eu treinei durante anos arduamente e pude melhorar cada vez mais meus pontos fracos , a pontos de que agora eu poderia facilmente usar a mão esquerda . Ao notar que eu me defendi muito bem isso assustou de primeira Aemon , pois ele não esperava que eu trocasse a espada de mãos e revidasse seu ataque , porém ele foi rápido em se defender e pensar em outra estratégia para me atacar . 


Dessa vez ele usou golpes consecutivos , atacando pelos dois lados e em uma velocidade bastante elevada . Eu apenas me defendia nesse momento , ele estava mesmo me pressionando e isso era algo novo para mim . Nesse momento eu tive um pensamento , será que estava ficando mesmo velho ? Será que os jovens já estavam me superando ? Bom , eu poderia ficar triste com esse pensamento se ele um dia realmente se concretizasse , mas ao ver meu filho demonstrando tanta tranquilidade contra um adversário difícil , eu apenas fiquei feliz .

 

 

- Está bom - Disse e ele parou , eu também parei - Por hoje já chega .

 

 

- Tem certeza ? Eu ainda posso .... - Aemon disse animado .

 


- Tenho sim , você está pronto Aemon , não tenho mais nada para lhe ensinar - fui até ele e toquei seu rosto , o tempo era mesmo ingrato , pois aquele bebê que um dia carreguei em meus braços hoje era um homem e já não era mais o meu pequeno filho , era hora de deixar ele crescer e ser quem nasceu para ser - Estou orgulhoso de vocês dois , não só por serem excelentes guerreiros , mas pelo grande trabalho que fizeram aqui e pelos homens que irão se tornar .

 


- Aemon é a pessoa a quem você deve agradecer meu pai , ele fez todo o trabalho duro - Disse Rhaegar se aproximando com um olhar de respeito ao irmão .

 


- Não , pelo menos não foi o que o seu irmão me disse - Olhei para Rhaegar , um jovem que ainda precisaria de meus conselhos , porém prestes a seguir seu próprio rumo assim como o irmão - Vocês dois fizeram isso juntos e devem se orgulhar disso assim como sua mãe e eu nos orgulhamos .

 


- Agradeço suas palavras majestade - Aemon sempre cortes .

 


- Bom , eu queria esperar até a noite , mas após isso eu não consigo mais esperar para falar - Olhei para os dois e sorri - Chegou a hora de irem para casa , os dois .

 

 

 

 


                                                 Daenerys .

 

 

 


Estava em meus aposentos quando escuto o som de batidas , logo Missandei aparece com algo em suas mãos e um grande sorriso no rosto . Eu não imaginava o motivo de sua felicidade , porém tinha certeza que logo descobriria .

 

 

- Minha amiga , você está com um largo sorriso nesta manhã , posso saber o motivo ? - Disse indo até ela .

 


- Claro que pode , aliás , acredito que o meu motivo de felicidade será o mesmo que o seu - Ela respondeu me encarando ainda sorrindo , o que será que ela tinha a dizer? .

 

- Pois então diga , não deixe essa sua velha rainha esperando .

 


- Isso chegou agora pouco , é para você - Ela me entregou um pequeno papel .

 


Após pegar o papel em minhas mãos eu pude entender porque Missandei estava tão feliz , eu então fiquei ainda mais feliz do que ela , era algo bom , não , era algo ótimo .


 

             "   Meu amor , venho lhe informar que os problemas parecem terem sido resolvidos mais rápido do que imaginei e que em breve estarei levando nossos filhos para Kingsland , eu sei que isso era o que você desejava a tanto tempo . Peço que tenha um pouco mais de paciência , devemos resolver algumas pendências ainda aqui , mas logo estaremos voltando para seus braços  , seu rei , seus filhos e nosso Viseryon que está gigantesco . Eu mau posso esperar para lhe ver , estou com tanta saudade que irei acelerar ao máximo as coisas aqui , eu te amo Dany . " 


                Ps : Não se esqueça de receber o navio que está para chegar .

                                                   Do seu Jon ! 

 

 

Meu coração se encheu de doçura com as palavras de Jon , ele estava voltando para casa e com nossos filhos , eu não poderia estar mais feliz , agora meu dia seria infinitamente melhor .

 

 

- Eles estão voltando Miss , meus filhos estão voltando para casa - disse já com lágrimas nos olhos , me tornei mesmo uma velha emotiva .

 

 

- Sim minha rainha , logo vossa grassa poderá abrasa-los o quanto quiser .

 


- Ainda bem , bom , agora estou ainda mais disposta para resolver minha obrigações .

 

 

 

Mas alguns dias se passaram e finalmente o navio que Jon havia dito chegou , eu pessoalmente fui até o porto para recebê-lo com o que ele havia trazido . Era um navio com certa imponência , havia soldados e pessoas bem vestidas , era algo importante . Logo um homem de meia idade se aproximou , chegou a minha frente e fez uma breve reverência .

 


- Majestade , me honra muito poder conhecê-la - Ele disse e eu retribui a cortesia. 

 

- A honra é minha meu lorde , pelo o que vejo o senhor deve ser lorde Velaryon , o rei havia me dito que estava por chegar - Olhei no rosto daquele homem e vi alguém do meu passado , alguém já havia morrido .

 


- Sim , como disse o rei me pediu para que viesse até Porto Real , imagino que vossa majestade já deva saber o motivo - Ele indagou e eu apenas confirmei .

 


- Sim , aonde eles estão ? .

 


- Olhe , lá estão os dois - Disse o homem apontando para as duas pessoas que desciam do navio em nossa direção , logo uma jovem de cabelos platinados e olhos violetas como os meus e um garoto uma pouco mais jovem , que deveria ter a idade de Rhaenys e de aparência muito semelhante à de Rhaegar se aproximaram até finalmente estarem a minha frente - Deixe me apresentá-los , esses são meus filhos Daeron e Daenys . 

 

 

- É um prazer conhecê-los , desejo que se sintam bem aqui e que o destino seja bom aos dois - Eu disse ainda surpresa com a aparência dos dois , ainda mais por Jon saber da existência deles .

 


- Agradecemos sua hospitalidade majestade , é uma enorme honra conhecer Daenerys Targaryen para mim e para meu irmão - A garota disse firme , porém respeitosa , eu podia ver que era alguém decidida .

 

 

- Que tal sairmos desse sol , está muito quente - Realmente estava - Vamos , irei levá-los pessoalmente até a fortaleza vermelha . 

 

 


                                                 
                                                       Rhaegar .

 


Jay estava ao meu lado , ele parecia um pouco triste por ter que ficar , porém eu não poderia levá-lo para Westeros , não quando ele era o único meio de sustento de sua família . Jay era um amigo fiel e que eu aprendi a respeitar , ele não estava comigo pelo meu título ou por qualquer interesse , ele estava ao meu lado pois me considerava seu melhor amigo e isso era algo que eu queria manter , porém teríamos que nos despedir por enquanto . 

 


- Sentirei sua falta amigo - Eu disse a ele .

 

- Eu também , mas infelizmente não posso lhe acompanhar dessa vez , meus país estão velhos demais para trabalhar e eu sou o único que levo algum ouro para casa .

 


- Eu sei , por isso mesmo que eu tenho algo para lhe dar - então eu lhe entrego um pequeno saco , ele abriu e viu que dentro haviam algumas moedas de ouro , não eram tantas quanto eu queria deixar , mas serviriam para ele por algum tempo .

 


- Rhaegar , não sei se posso aceitar - ele parecia incomodado em parecer alguém interesseiro .

 

- Não só vai como irá dizer a seus pais que quando eu puder irei mandar buscá-los , isso é uma promessa .

 


- Você é mesmo um bom amigo , obrigado - Ele me abrasou , eu apenas pude sorrir com seu ato , porém logo ele desfez o abraço - E quanto a ela ? . 

 

 

- Ela ? - Eu tentava não pensar sobre isso , mas Jay queria que eu tentasse algo antes de voltar para casa .

 


- Ela , você sabe de quem estou falando , não vai mesmo fazer algo ? .

 


- Não amigo , Malia tem razão em querer terminar o que tínhamos , eu sou um príncipe Targaryen e ela uma senhora de uma das cidades livres , por mais que eu queria ficar com ela , sei que não posso .

 


- Eu sinto muito , sei que você gosta dela .

 

- Gosto muito Jay , mas não era para acontecer - Pensar em Malia me deixava triste ,  então eu não queria fazer isso agora - Olha só , que tal uma última noite de diversão na cidade ? Não sei quando poderei voltar aqui , o que acha ? .

 

- Mas vocês não vão ao amanhecer , o rei ainda deve ficar mais algum tempo - disse ele surpreso , Jay tinha razão , meu pai ficaria com Aemon por mais algum tempo , para resolver as pendências finais , mas eu tinha outros planos . 

 

- Eu sei amigo , mas eu não - Olhei para ele e Jay finalmente entendeu - Como eu disse antes , que tal uma última noite de diversão pela cidade ? .

 


- Conte sempre comigo , vamos .

 

 

 

                                        Rhaenys .

 

 


Porque toda essa agitação ? Normalmente a fortaleza vermelha já era agitada ao natural , haviam muitas pessoas convivendo dentro desses muros , mas o que estava acontecendo nessa manhã era algo ainda mais agitado , todos estavam correndo de um lado para o outro , até mesmo minha mãe não estava em seus aposentos quando fui até ela . Havia algo acontecendo e eu apenas deseja descobrir , porém eu tinha que manter a promessa que fiz ao meu pai que seguiria treinando até que ele voltasse e assim nos dois poderíamos ter finalmente o nosso embate . Isso era algo que eu desejava todos os dias , queria medir a minha força contra o maior guerreiro da dinastia Targaryen . 

 

 

- Você está novamente pensativa , esteve longe a manhã toda - Arya disse me fazendo olhar em sua direção - Ainda preocupada com a sua mãe ? .

 


- Não é isso , é que eu percebi uma agitação anormal essa manhã , por acaso você sabe o que está acontecendo por aqui ? .

 


- Sei sim , um navio acaba de aportar vindo de Essos , a rainha Daenerys foi pessoalmente receber quem quer que esteja chegando - Arya franziu a sobrancelha , da mesma maneira que meu pai fazia - Acredito que deva ser algo bem importante para a rainha em pessoa se de ao trabalho de ir até o porto . 

 

 

- Você tem razão , o que será que pode ser ? .


 

 


Amanhã passou rapidamente e eu terminei meu treinamento com Arya , após fazer minha higiene fui ao encontro da rainha , eu estava cada vez mais gostando de passar um tempo com ela . Minha mãe era alguém a se admirar , não só pela beleza e inteligência , mas por tudo o que ela conquistou e pela maneira que ela trata a todos menos sendo essa pessoa grandiosa . Enquanto caminhava pelos corredores que ligavam a sala do trono , ouvi novamente a movimentação exagerada das servas , ainda sem entender muito bem o que acontecia segui até finalmente entrar na sala do trono e lá vi algo muito estranho . 

 

 

- Rhaenys , que bom que se juntou a nos - Minha mãe diz com um largo sorriso - venha minha filha , venha conhecer nossos convidados .

 


- oh sim - Digo e sigo até aquelas três pessoas . 

 

 


Meus olhos ainda não acreditavam que essas pessoas estavam mesmo ali , bem a minha frente . Uma garota que poderia facilmente se passar por filha de Daenerys Targaryen e um garoto que se parecia muito com Rhaegar quando era mais novo . Ao seu lado um homem meia idade , um pouco mais velho que meu pai , esse também tinha traços valiryanos como os de nossa família , bom , parte da família . 

 

 


- Essa é a princesa Rhaenys Targaryen , minha filha - Disse a rainha orgulhosa , minha mãe era muito animada quando o assunto eram os filhos - Esses são Daeron e Daenys Velaryon , são herdeiros desaparecidos de sua casa e agora estão sobre a proteção da coroa . 

 

 

- É prazer conhecê-la princesa Rhaenys , escutei coisas incríveis sobre você em Essos - Disse a garota olhando diretamente para mim , eu devo ter demorado para responder , pois nesse momento pensei que em um universo alternativo aquela a minha frente poderia ser eu , uma garota refinada de belos cabelos platinados e olhos violetas , porém estava feliz que não era o caso .

 


- Espero que sejam verdadeiras - Respondi firme como sempre , porém respeitosa , afinal minha mãe estava por perto e eu não queria ouvir nenhum sermão  .

 


- Tenho certeza que são , acredito que você e meu irmão possam se dar muito bem , Daeron é alguém que admira quem é bom com a espada , ele também é bastante habilidoso .

 

 


Tudo bem , agora eu estava mesmo impressionada , como ela sabia que eu tinha habilidades com espadas ? E porque essa garota parecia tão bem informada sobre a nossa família ? .

 

 

- Ficarei feliz em treinar com o seu irmão , se assim ele desejar - Disse e então olhei para o garoto , ele deveria ter a mesma idade do que eu , mas ao contrário da irmã , não estava nada animado em estar naquele lugar .

 

 

- Claro , será uma honra - Disse ele simples e meio cabisbaixo . 

 

 

- Bem , os servos irão levá-los até os seus aposentos , ao anoitecer iremos nos juntar para fazer o desjejum juntos - Minha mãe disse e logo os servos apareceram , em seguida os três saíram deixando nós duas a sós , então finalmente vi minha mãe deixar a máscara de rainha de lado e me olhar - Me diga Rhaenys , o que você achou desses dois ? .

 


- Desculpe , eu não compreendo - Fiquei surpresa pela pergunta - porque me pergunta isso ? .

 


- Porque você assim como seu pai consegue muito bem ler as pessoas , quero entender a visão do rei sobre esses dois e a sua é a mais parecida com a do Jon .

 

 

Eu ainda não sabia porque ela queria saber a minha opinião , mas a comparação com meu pai era algo que eu gostava .

 


- Eu não sei muito bem o que pensar ainda , a única coisa que me chamou a atenção foi o fato daquela garota saber coisas sobre nós , sobre mim .

 


- Eu também percebi isso , claramente eles sabem coisa sobre todos nós , mas como ? E porque Jon quis tanto que eu pessoalmente fosse recebê-los ? - Ela estava curiosa , aparentemente não entendia porque o rei havia feito o que fez .

 


- Meu pai deve ter seus motivos , ele sempre tem algo em mente - Era verdade , o rei não era homem de agir por impulso . 

 


- Tem razão Rhaenys , irei esperar até que Jon retorne e então irei ter uma conversa direta com ele .

 

- Voltar ? Meu pai já está voltando ? .

 


- Sim - Ela sorriu , estava feliz - seus irmãos irão voltar junto de seu pai , logo iremos estar todos reunidos novamente . 

 

 

O dia seguiu e como haviam prometido , a rainha se juntou ao seus convidados no desjejum . Eu estava cansada e não me juntei a eles , minha mãe reclamou , porém aceitou o meu pedido . Já era bem tarde quando senti fome e fui até o local aonde eram feitos os alimentos , normalmente um servo me levaria algo se assim desejasse , mas eu não queria incomodar ninguém , então fui pessoalmente até o local . 


Comi algo rápido , alguns pães e frutas , nada muito elaborado . Quando terminei decidi voltar para descansar , já estava no meio do caminho quando escuto o som de algo . Imediatamente paro e vou até aonde escutei o som , ao chegar fico procurando o que causava aquele som , só então percebi que havia alguém usando vestes brancas com uma espada em suas mãos . Ele estava em um dos jardins do castelo e nesse momento estava parado , como se estivesse totalmente concentrado . 


Finalmente eu pude me aproximar e ver quem era essa pessoa , era alguém que eu não imaginava encontrar . Seus cabelos platinados e seu ar de realeza deixavam claro que esse bem diante de meus olhos era Daeron Velaryon . Como se saísse de seu transe , ele começou a fazer movimentos de luta , mesmo que não houvesse ninguém para ele duelar . Era algo impressionante de se ver , seus movimentos eram elegante e limpos , mas eram fortes ao mesmo tempo . Seu estilo era muito parecido com o de Arya e isso me surpreendeu bastante . 

 


- Incrível - eu disse e então vi que ele parou , obviamente tinha me escutado - Droga .

 

 

Antes mesmo que ele pudesse vir até mim , eu me decidir por deixar o local , não queria parecesse curiosa . Mas a verdade que agora mais do que nunca eu estava curiosa , queria saber se aquele Daeron era tão bom quanto parecia . Nessa noite eu dormiria pensando sobre isso .

 

 

                                                   Aemom .

 


O rei acariciava Rhaegal , ele parecia gostar bastante daquilo . Eu apenas o encarava sabendo que ele estava incomodado com algo , mas o rei não era alguém que se abririam facilmente para mim , acredito que somente Rhaenys e a rainha conseguiam fazer com que meu pai falasse abertamente . 

 


- Eu fiz o que me pediu Aemom , espero que tenha certeza do que está fazendo - então era isso , ele finalmente me olhou e eu vi que ele estava pensativo .

 


- Eu sei meu pai , acredito que estamos fazendo a coisa certa .

 

 

- Irei confiar em seu julgamento - Ele disse e olhou novamente para os céus , local aonde Rhaegar havia partido com Viseryon a pouco tempo - Rhaegar sabe ? .

 

 

- Não , ele nem imagina .

 


- Melhor assim , ele não disse , mas eu sei que está abalado pela mulher que deixou para trás .

 


- Eu sei - Era verdade , fiquei surpreso por Rhaegar gostar tanto de Malia , logo ele que apenas se divertia com as mulheres , mas dessa vez era diferente - Estaremos voltando logo e penso que minha mãe irá perceber o que estamos fazendo , você já sabe o que irá fazer para convencê-la ? .

 


- Ainda não , mas se conheço bem Daenerys nesse momento ela já deve ter percebido - Meu pai colocou a mão sobre meu ombro como sempre fazia - Vamos voltar , amanhã terminaremos os relatórios junto dos líderes das cidades livres , então finalmente poderemos voltar para casa .

 


- Sim , confesso que estou saudoso de minha mãe e irmã , mau posso esperar para vê-las . 

 

 

- Eu também , vamos Aemon . 

 

Em alguns dias iríamos voltar para Westeros e pelo o que meu pai me disse , era chegada hora de me preparar de vez para um dia ser o herdeiro ao trono . A verdade é que eu não tinha pressa alguma para assumir a coroa , queria ficar ao lado de meu pai por muitos anos ainda se possível , mas acho que ele tinha outros planos .

 

 

 

Continua .........


Notas Finais


E aí , gostaram ?




Segunda parte do prólogo , acho que já dá para ter uma ideia do que vai rolar nos dois últimos capítulos . Rhaegar irá chegar antes que o pai e o irmão , como será a sua recepção ? E o que Aemon e Jon tem em segredo ? Daenerys já percebeu que Jon planeja algo , o que será que ela irá fazer a partir disso ? Rhaenys impressionada com Daeron , eles irão ter uma batalha amigável?




Comentem o que acharam desse capítulo , ATÉ O PRÓXIMO !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...