História A lenda resurge: O novo relâmpago dourado - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Chomaru Akimichi, Chouji Akimichi, Danzou Shimura, Darui, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Gyuuki, Hana Inuzuka, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ibiki Morino, Inari, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Juugo, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Karui, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Koharu Utatane, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Mangetsu Houzuki, Mebuki Haruno, Mei, Moegi, Muta Aburame, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Omoi, Oonoki, Orochimaru, Personagens Originais, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Samui, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Udon, Yamato
Tags Hentai, Narusamui, Naruto, Universo Naruto
Visualizações 148
Palavras 2.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Naruto e Samui


Fanfic / Fanfiction A lenda resurge: O novo relâmpago dourado - Capítulo 5 - Naruto e Samui

Após Sasuke partir, Sakura seguiu até a casa de Naruto, onde provavelmente ele estaria agora. Pesar do tempo que passou com o amigo, não conversou direito com ele, e queria tirar as próprias conclusões sobre o “novo Naruto".

Mas antes precisaria deixar essas comprar em sua casa, eram legumes e carne, se demorasse muito, provavelmente estragariam.

...

Após deixar os dois amigos a sós e seguiu ate sua velha casa. Após dois anos, imaginava a sujeira que estaria nela. Limpeza nunca foi seu forte, mas hoje com uma mente madura entendia que precisava deixar a casa em condições habitáveis.

Se lembrou de muito tempo atrás, quando a casa parecia que uma tempestade passava por ali diariamente. Mais parecia que um bicho vivia ali do que uma pessoa. Sorriu com esse pensamento.

Ao entrar em sua mordia, constatou que a casa estava como esperava; suja. Fez alguns clones e enquanto eles ajeitavam a casa, foi ate o banheiro. Durante o relaxante banho, estranhamente ao fechar os olhos, a silhueta de um mulher veio a sua mente, que aos poucos foi “criando" uma imagem, revelando ser uma bela e atraente loira de cabelos curto.

Perdido em seus próprios pensamentos, perdeu a noção do tempo, só voltando a si quando escutou baterem na porta e um dos clones atender. Se enxugou e vestiu-se rapidamente e deixou o quarto.

-Ele é o real. – disse o clone apontando para o verdadeiro que saía do quarto. Toda a casa já havia sido toda limpa pouco antes da chegada dela e agora, todos os clones se dissiparam.

-Sakura chan, aconteceu alguma coisa? – perguntou Naruto preocupado, afinal haviam se visto a meia hora atrás.

-Não. Apenas queria conversar melhor com um velho amigo, ou está muito ocupado? – respondeu a garota, sorridente.

-Claro que não- respondeu o amigo sorrindo de volta – vamos dar uma volta pela vila. – Sakura assentiu e ele vestiu sua jaqueta e deixaram o apartamento dele. Antes de sair, Sakura notou uma fotografia em uma cômoda ao lado da por do quarto. Na foto, provavelmente tirada pouco antes dele voltar a Konoha, estava ele e uma mulher de cabelos loiros. Os dois sorriam e pareciam íntimos.

-Como estão os outros? – perguntou Naruto quebrando o breve silêncio.

-Alguns progrediram bastante. O Neji virou capitão da anbu, o Shino foi promovido a jounnin, o Shikamaru pouco tempo depois da guerra assumiu a liderança do clã Nara. O Shino ainda vemos por ai, os outros dois é difícil. E quanto aos outros, continuam os mesmos.

Naruto colocou as duas mãos atrás da cabeça e abriu um largo sorriso.

-E você, como foi seu treino com o raikage? – perguntou a kunoichi.

-Melhor impossível. Aprendi muita coisa e conheci melhor várias pessoas. – respondeu o loiro de modo sereno. Sakura sorriu de modo malicioso, o encarando da mesma forma. – O que foi?

-Quando você diz “conheci melhor algumas pessoas" você fala daquela loira na fotografia ao seu lado? - perguntou a rosada. O loiro a encarou brevemente, se fazendo de desentendido, mas logo percebeu que negar não era a melhor opção. O loiro desviou o olhar para o “nada" e sorriu involuntariamente.

-Sim. No primeiro momento que a vi, antes da guerra, achei que não passava de um mulher arrogante. Hoje eu vejo que julguei errado.

-Se ela causa alguma reação em você, talvez deva dizer antes que seja tarde.

(N/A: Não sei a idade correta dela e tô com preguiça de pesquisar, colocarei a idade dela aqui como sendo 22, para não ficar uma diferença muito alto. 3 a mais que Naruto.)

...

Dois dias haviam se passado desde que Naruto havia retornado para Konoha. Não demorou para que a notícia do retorno dele ter se espalhado pela vila, para alegria e tranquilidade do povo. Apesar da vila ter vários ninjas capazes e fortes, nenhum chegava a sequer ter metade da força dele. Ele esta ali causava uma sensação a mais de paz e segurança.

Mas nem para todos as coisas eram uma maravilha. Nas ultimas duas noites não havia dormido direito, confuso e angustiado. E o motivo disso tudo era ela.

Naruto observava a vila do corredor de fora do prédio onde vivia desde pequeno. Já devia passar das nove da noite, e o movimento na vila ainda não parou, embora menor que durante o dia.

O laço que criou com ela que antes era pura amizade, foi se tornando algo maior e nem sequer percebeu antes. Não poderia continuar daquela forma. Decidido a resolver aquilo, ele entrou em seu apartamento e vestiu a jaqueta que havia deixado sobre o sofá.

Fitou brevemente o retrato sobre o cômodo, ao seu lado havia uma kunai comum com uma marcação especial em seu cabo. Após isso sumiu após os selos, deixando no ar o “tradicional" risco dourado.

Vila da nuvem

Após relatar ao raikage sobre a missão, o time liderado por Samui deixou seu escritório, e ela os dispersou. A loira seguiu caminhando pelas ruas quase vazias da vila, por coincidência seguiu pela rua onde ficava a pequena casa onde Naruto ficou hospedado. Notou um movimento suspeito e sem hesitar foi averiguar.

A porta não ficava trancada, e no momento que a puxou para abri-la, deu de cara com uma figura conhecida seus batimentos aumentarem. A distância que os separavam, era o mínimo possível.

Passado a surpresa inicial, a loira toma a palavra, sem desviar o olhar daquelas orbes azuis e sorriso que a encantava.

-Sentiu saudade, Uzumaki? – provocou a loira sorrindo de forma sedutora.

-E por qual outro motivo eu estaria aqui? – retrucou Naruto a surpreendendo. A mesma logo voltou a sorrir e mais uma vez surpreendeu-se ao sentir suas mãos em sua cintura. Surpresa agradável, vale dizer. – A dois dias não tenho conseguido dormir direito. Quando fecho os olhos, tudo que me vem em minha mente...é você.

A loira arregalou os olhos diante a inesperada revelação dele, logo sorrindo.

-Idiota. Por que demorou tanto?

-E isso importa agora? – retrucou o loiro.

-Pensando bem, não. Deixei essa passar.

Ambos deram uma risada mantendo os olhares fixos sobre cada um. O silêncio e a falta de ação de ambos chegava a ser angustiante. Era evidente em seus olhares que ansiava por um contato maior. Foi então que ele lembrou de um conselho do amigo, o jinchuurikin do Hachibi.

Se uma mulher demonstrar que sente algo por você, é lógico que ela vai esperar que você a beije.

Foi um conselho sério, tanto que não falou como se cantasse rap. Foi isso que o loiro fez, segurou firme em sua cintura e selou os lábios que esperava por aquilo. Segundos, minutos. Não importa, Não naquele momento.

A loira passou seus braços em volta de seu pescoço, aprofundando ainda mais o beijo, e por consequência prensando os fartos seios no peito dele. O corpo do loiro reagiu, e involuntariamente deslizou as mãos até a bunda dela. Samui soltou um gemido abafado pelo beijo, não se mostrando contrária.

Cessaram o beijo quando a falta de ar falou mais alto. Os dois permaneceram juntos, trocando olhares, sem trocar uma única palavra, ate então. O silêncio foi quebrado por uma risada vinda por parte da loira.

-Qual motivo da graça -perguntou Naruto.

-Ate alguns anos atrás, te beijar jamais passaria por minha cabeça. – respondeu a loira – mas tudo começou a mudar após aquela missão...- continuou a falar de modo pensativo – devo admitir que te conhecer melhor, tornou minha vida melhor.

-Devo dizer quase o mesmo. Após vê-la pela primeira vez, após o ataque de Pain, achava que não passava de uma mulher arrogante. Acho que nos precipitamos ao julgar um ao outro. – admitiu Naruto e os dois riram.

Samui tomou a iniciativa dessa vez e o beijou, passando os braços em torno de seu pescoço, sendo prontamente correspondida por ele. Ao faltar-lhes novamente o ar, se viram obrigados a se separar.

A loira levou as mãos ate as costas e o loiro se surpreendeu ao ver seu colete deslizar e cair no chão. A loira um a um foi abrindo os botões de sua blusa, revelando por baixo a malha ninja, e por baixo mais nada, senso possível ter uma boa noção daqueles seios bem fartos.

Após tirar as duas peças de cima, se aproximou do loiro que estava extasiado diante a maravilhosa visão a sua frente. O volume em sua calça já era visível e pareceu surpreendê-la.

...

Os primeiros raios de sol adentra a pequena residência pelas frestas da persiana, diretamente no rosto de Naruto. Dormir na não era mais uma opção. Antes de abrir por completo seus olhos, sente um peso extra sobre o peito, ao enfim abrir os olhos, vê a bela loira dormindo, apenas com a parte de cima cobrindo da cintura para baixo.

Ah, a noite passada. Como não lembrar do que ocorreu na noite anterior. Sorriu ao relembra-la. Apesar do incômodo do sol bem na sua cara, permaneceu deitado, procurando não se mexer demais para não acorda-la. Ainda estava cedo, portanto não teria problema, afinal não sabia quando surgiria um missão para ele.

Não demorou muito para que ela também acordasse. Seus olhos ao encontrar com os deles, involuntariamente lembrou-se da noite anterior. Sorriu o ter a certeza de que não havia passado de um mero sonho.

-Se eu não o visse aqui, acharia que tudo não passou de um mero e bom, sonho. -falou a loira, um pouco sonolenta.

-Eu ainda não tenho certeza se é real. A única forma de confirmar seria repetindo a dose da noite passada. – afirmou Naruto com malicia expressa em seu sorriso. A loira despertou por completo, retribuindo o sorriso, dando a entender que concordava com a solução dita por ele.

-De repente acho que também preciso ter certeza de que foi real. – falou a loira sorrindo maliciosa para ele.

Naruto girou, passando a ficar por cima dela e após uma longa troca de olhares, ele a beijou, sendo correspondido prontamente. Samui correspondia o beijo de forma voraz e luxuosa. Indo a loucura sentindo seus beijos percorrerem por todo seu pescoço e chegar ate um dos volumosos seios. Em resposta arranhou as costas do loiro com força.

...

Para lamento de ambos, ele precisou retornar de volta a Konoha. Nunca se sabe quando vai ter a presença solicitada pelo hokage, ou qualquer outro motivo. Em um piscar de olhos se viu novamente em sua sala, se dirigindo logo até seu banheiro para depois preparar algo para comer.

Ao sair do banho, ao olhar em sua despensa constatou que a mesma estava vazia e precisava fazer compras. Bom, já que era necessário, se vestiu e deixou a casa.

Enquanto isso no escritório do hokage, a movimentação que ocorria ali naquele momento indicava a situação era importante. Além do hokage, estava presente os dois conselheiros da vila e mais duas pessoas de fora da vila, em pé em frente a mesa do kage. Um homem alto, de cabelos negros, curto e desgrenhado de físico avantajado e o outro, uma garota. Estatura baixa, cabelos ruivos ate o ombro, corpo que certamente chamava atenção, embora sua postura fosse de alguém que sabia se virar diante a situações difíceis, por exemplo, brigas.

-Nosso país certamente ficará satisfeito com esse acordo de comércio com o país do fogo. Takashi sama esta ansioso por voltarmos com o acordo assinado.- afirmou o homem.

-No caminho para cá tivemos um contratempo com meia dúzia de bandidos, nada que pudéssemos resolver. Mas achamos que na volta poderá ocorrer de nos depararmos com ninjas. – foi a vez da mulher se pronunciar – Nosso país durante muito tempo foi fechado para qualquer tipo de acordo com outros países, e ainda existe algumas pessoas próximas a Takashi sama que ainda pensa assim.

-Entendo – falou Kakashi entendo que havia necessidade de haver escolta. O acordo só teria validade quando retornasse para as mãos do daimyo do país em questão – Não se preocupe quanto a isso, mandei escolta com vocês. – garantiu Kakashi, oz tranquilizando.

...

Tendo comprando tudo que julgou que era necessário, Naruto retornou ao seu apartamento. Organizou as compras na despensa e enfim tomaria seu café. Torradas, leite e frutas.

Assim que terminou percebeu o aparecimento repentino de um Anbu logo atrás dele.

-O hokage sama solicita sua presença imediata em seu escritório – tendo dito aquilo, desapareceu da mesma forma que apareceu.

Para ganhar tempo toda vez que fosse chamado por ele, Naruto deixou uma marcação especial na sala, tendo utilizado o hiraishin para se locomover até lá, surprendendo aos presentes, com exceção de Kakashi, claro.

Um dos conselheiros certamente iria falar algo, mas Kakashi se adiantou e tomou a palavra.

-Senhores, ele os escoltarao de volta ate o país de vocês. – anunciou Kakashi. A mulher o analisou, imaginando se um bastaria.

-Hokage sama, me perdoe por questiona-lo, mas apenas ele basta? – perguntou a mulher. O hokage sorriu por baixo por aquela mulher não saber de quem se tratava.

-Pode confiar que sim, o Naruto dará conta de qualquer eventual ameaça que apareça. – Afirmou Kakashi para espanto dos dois. O nome do jovem loiro já era famoso em todos os cantos do planeta.


Notas Finais


A ideia inicial era fazer hentaina historia, mas desistir. Ja não tenho criatividade para hentais.

Vale ressaltar que nessa historia vemos um naruto mais maduro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...