História A liberdade que procuramos - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Abandono, Luta, Morte, Sobrevivencia
Visualizações 4
Palavras 660
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Tudo mudou ...


Fanfic / Fanfiction A liberdade que procuramos - Capítulo 5 - Tudo mudou ...

1 mês depois no hospital ....

- então ela já pode ir pra casa? 

-sim 

-que maravilha, mas o que ela tinha? 

-bom... nada de grave, ela apenas não se deu bem com o remédio, isso sempre acontece 

-é ela nunca se deu bem com vacinas  

-a senhora não precisa se preucupar ela logo logo vai estar a todo vapor 

-sim obrigada 

\\\

-já podemos ir tia?

-sim querida 

-ótimo eu não estava mais aguentando ficar aqui 

Saímos de lá eu estava super animada eu queria muito conversar com as meninas e os meninos, chegamos em casa e a Star como sempre nos recebeu, minha tia foi fazer o almoço enquanto eu conversava com a Star até que eu decide tomar um banho pra poder almoçar uns minutos depois eu sai do banheiro e enquanto eu estava me arrumando as luzes comecaram a piscar 

-estranho Star! Star?  

Não obtive resposta bate na telinha mas nada e então a luz foi embora droga eu rapidamente fui atrás de uma lanterna e abre as cortinas do meu quarto tinha luz nas outras casas por que só não tinha em casa desce as escadas e quase trombei com minha tia 

- ai você me deu um susto 

-só não tem luz aqui! 

- o que?  

Então as janelas foram quebradas e por reflexo nos abaixamos e logo uma cortina de fumaça invadiu a sala e em seguida a cosinha minha tia começou a tossir , mas estranhamente eu não sentia nada  

-TIA! precisamos sair daqui 

Eu comecei a tentar arrasta-lá  pro lado de fora mas fomos surpreendidas por varias pessoas que entraram com roupas pretas e máscaras 

-peguem a garota! 

- não tia ...

Eles foram até ela 

- já está morrendo 

- acabe com o sofrimento dela 

- NÃO TIA 

Me seguraram e saíram me puxando para fora 

-NÃO ME SOLTEM TIAAAAA 

Já lá fora sendo segurada eu ouvi um tiro e tudo perdeu o sentido pra mim parecia que tudo estava em câmera lenta, tudo longe, eu perdi minhas forças e então deixei que eles me levassem 

-senhor já pegamos todos...sim ninguém viu ...claro estamos indo! Vamos sair! 

Então eu olhei e percebi que varias outras crianças estavam ali e o helicóptero decolou vi a casa que horas atrás minha tia estava sorrindo pra mim lágrimas era só isso que eu fazia chorar, pois não tive forças para ajudá-la 


Na base próxima .......

-preparem tudo senhores, eles estão chegando 

-sim senhor 

Estava uma tremenda correria quando o helicóptero chegou todos foram obrigados a sair e um pequeno grupo eles formaram Safira foi a ultima a sair logo se juntou ao grupo , vários murmúrios ela pode ouvir deles 

- quero ir pra casa ....

- eu tô com medo ....

-o que vão fazer com a gente 

E logo uma foz se fez presente fazendo eles se acalmarem um pouco 

-calma gente, estamos juntos nessa não estamos! 

-é sim 

- vamos sair daqui logo logo isso eu tenho certeza 

A garota que falava estava determinada a ajudar todos a ir pra casa e com certeza ela era a mais velha do grupo 

-silêncio 

Um soldado falou autoritário e todos congelaram ali , logo eles olharam para frente e viram um homem se aproximar deles 

- se acalmem meus queridinhos vocês estão a salvo agora, está é sua nova casa e nova vida, vão servir a um bem maior! 

A garota ficou na frente dos outros mais novos e disse revoltada 

-nós não queremos ficar aqui, queremos nossas vidas antigas! 

- bom isso não será possível 

Ele começou a andar ao nosso redor 

-claro porque vocês a destruíram! 

Ele paroi de andar e olhou pra ela 

-gostei, ela se destacará bem no treinamento, podem levá-los 

E ele saiu, rapidamente fomos conduzidos para um corredor,mas a garota tentou ir na direção dele mas foi impedida  e levada aos berros e ficamos numa sala completamente branca e com apenas uma cama para cada um tudo parecia ser planejado a tempos .....




Notas Finais


Como eu vi ....
Eu lendo e rindo da história que eu escrevi
- você não me ama!
- que mentira porreta
-só tô sofrendo
-calma minha filha vai ficar tudo bem
Dou um abraço nela
- depois de um tempão kkkkk
-ah mais vem aqui sua ......
-corta
Até a próxima lembrem cigarro da câncer não fumem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...