História A Life For Gabriela - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Drama, Escola, Família, Tragedia
Visualizações 4
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lírica, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aqui estou eu mais uma vez com uma história kklk
Essa história vai ter um pouco sobre minha vida, não exatamente tudo. Na verdade, muita coisa aí foi tudo inventado na cuca kklk
Enfim, espero que vocês gostem.
Boa leitura
Xoxo 😘😘

Capítulo 1 - Loneliness





Pi… Pi... Pi… Pi…

-Gabriela?

Pi... Pi… Pi… Pi…

- Abra os olhos, querida.

Eu ouvia uma voz que se encontrava longe, ou pelomenos era isso que parecia ser; a voz de alguém me chamando e algo fazendo um barulho irritante. 'Abra os olhos', apreciava a ideia, mas minhas pálpebras pesavam mais do que qualquer coisa.

- Vamos, está quase conseguindo.

A voz parecia mais animada com o meu possivel ‘progresso’, tentei abrir os olhos novamente, com muita dificuldade, minhas pálpebras foram sedendo. Uma forte luz, fora a primeira coisa que meus olhos receberam, o que fizeram os fechar, só que dessa vez com uma careta.

- Abra os olhos.

A voz continuava, já estava começando a me irritar com ela, após muito custo, consegui abrir meus olhos. A luz fora penetrando nas minhas córneas e pupilas, pude ver e por alguns segundos estudar aonde eu estava.

Era um quarto branco, com uma janela juntamente com a cortina e a porta, olhei para os um dos lados e vi a máquina que fazia o barulho irritante, vi alguns outros equipamentos também. Olhei para o meu outro lado e finalmente vi quem estava ao meu lado.

Era uma mulher, com a aparência de ter quase 40 anos, não devia passar de 1,75, tinha cabelos cor de caramelo e seus olhos eram pretos. Vestia uma roupa totalmente branca, um jaleco e uma prancheta se encontrava em suas mãos.

- Está de volta, isso é bom, senhorita Santos. - falou anotando algo em um dos papéis que ela possuía.

- Aonde? - as palavras estavam difíceis de sair, tudo doía.

- Hun? Disse algo criança?

- Aonde… estou? - fora a o conjunto de palavras mais difíceis que tinha pronunciado até aquele dia.

- Você está no hospital querida.

- Por que? - como havia parado ali?

- Não se lembra?

Balancei negativamente a cabeça.

- Descanse primeiro, você precisa descansar. - falou tentando mudar de assunto. Queria fazê-la me dizer qual o motivo de eu estar ali, mas estava fraca demais para fazer tal coisa.

Cada parte do meu corpo doía, mas havia um lugar diferente, na verdade, estava sentindo falta de algo.

Com muito esforço, abaixei a cabeça, e com o resto das forças, lentamente movi minha mão no cobertor, retirando-o.

Uma lágrima solitária caiu, eu queria gritar e chorar, mas era como se eu já tivesse feito isso e nada tivesse sido resolvido.

- Minhas... pernas.

Falei com a voz falha e entristecida.

- Sinto muito, elas estavam em estado gravíssimo, tivemos que amputa-las, caso contrário, você teria morrido. Descanse.

Sua última palavra saiu autoritária. Eu não ligara muito, eu estava ocupada demais tentando imaginar o porquê de tudo aquilo estar acontecendo.

Não lembrava o motivo de estar ali, muito menos como era o meu estado grave quando chegara no hospital.

Em um instante, nada mais importava, só queria fechar os olhos e dormir para sempre. Sentia um vazio dentro de si, eu não tinha nenhuma memória do que acontecera, mas sabia que havia perdido algo.

Fechei os olhos e as lágrimas caíram, talvez pelas dores que sentia, talvez pelo sentimento de se sentir morta por dentro, talvez pela minhas pernas. Só queria que tudo parasse, desejou estar morta literalmente, talvez não estaria com aquele maldito sentimento de total solidão. 


Notas Finais


O capítulo tá pequeno, prometo que o próximo vai ser maior. Não se esqueçam, se gostou favorite e comente, também aceito sermões kklk
Vejo vcs no próximo capítulo
Xoxo 😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...