1. Spirit Fanfics >
  2. A Life Full Of Clichês With You? >
  3. Cap.6 Your Presence

História A Life Full Of Clichês With You? - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Cap.6 Your Presence


Fanfic / Fanfiction A Life Full Of Clichês With You? - Capítulo 6 - Cap.6 Your Presence

P.O.V Adora


Tenho certeza que essa ideia da Marceline de me deixar trancada em quarto com a Catra não foi uma das melhores, a Felina deve me odiar nessa momento. Deveria afogar Marceline nessa banheira agora, mas não quero ter assassinato na lista criminal, eu sequer quero uma lista criminal. Voltei minha atenção para minha amiga desfalecida na banheira, me pergunto o quanto ela bebeu para chegar nesse ponto.

_ Acho melhor levar ela para o hospital. Da última vez que ela apagou ela ficou bem mal.- falei um pouco alto para Lance ouvir já que o mesmo estava buscando alguma coisa para Marceline vestir.

_ Vamos da um banho nela primeiro. Talvez nem precise de ir pro hospital. Não quero incomodar o pai da Allura com isso de novo.- disse entrado no banheiro com algumas toalhas.-Ela não devia beber tanto, nem idade tem.- riu tirando a camisa, ficando apenas de calça.- Vou pegar uma calça sua.-acenei.

Ele ligou o chuveiro no gelado fazendo com que caísse água fria diretamente tá cabeça da menor. A mesma acordou desesperada.

_ MAS QUE PORRA E ESSA!- gritou tentando se levantar sem sucesso. Comecei a rir enquanto Lance a segurava.

_ Foi inventar de beber agora aguenta.- disse o moreno fazendo-a se sentar. - Você quer ficar de roupa mesmo?- Marceline suspiro começando a tirar a roupa ensopada, mas parou ainda na camisa que agarrou em sua cabeça.

_ Adora! Me ajuda.- disse com dificuldade. Me aproximei da mesma e a ajudando a tirar a roupa, a deixando apenas de roupa íntima, o que me fez corar.

Tentava equilibrar "vampira" que começou a sair da banheira falando que estava enjoada, a levei até o vaso sanitário e a mesma começou a vomitar tudo que tinha bebido. Lance segurou o cabelo da mesma e eu logo me lembrei que tinha uma festa para tomar conta, bati na minha testas em sinal de reprovação.

_ Lance, fica com ela aí um pouco, tenho que terminar essa festa antes que aconteça mais merda.- falei com um pouco de preocupação. O mesmo acenou deitando Marceline no seu colo assim que a mesma apagou novamente.

Sai do quarto e desci para sala me deparando com algumas pessoas ainda presente. Alguém tinha abaixando o som, o que era ótimo.

_ HEY GENTE! A festa acabou! Bora pra casa!- gritei no meio da sala, em quanto batia palmas.

Algumas pessoas que ainda estavam acordadas saíram do local. Comecei a acorda as outras, umas ainda estavam bem e outras não, então decidi subir para o quarto para ver se Marceline tinha melhorado. Assim que cheguei no mesmo vi a ''vampira'' apagada na cama de calcinha e uma camisa minha, que parecia um pouco grande na mesma. Lance saiu do banheiro com um pano de chão e um balde em mãos, e com cara de nojo.

_ Acho que ela te deu um pouco de trabalho.- falei rindo.

_ Já até me acostumei.- falou suspirando.- Ela passou a beber muito depois da morte da mãe dela.- disse jogando o pano dentro do balde.- Vou tomar um banho também.- disse indo até meu closet.

_ Eu vou ver como as coisas tão com a Glimmer.- o mesmo acenou e eu sai do quarto. Entrei no quarto ao lado vendo como estava as coisas e me surpreendi ao ver Scorpia ainda aqui, ouvindo K-pop junto a Glimmer.

_ Você não foi com a Catra?_ perguntei a Scorpia. A mesma negou._ Ela mora aqui perto?

_ Não. Ela mora na Zona do medo.

_ Isso não é do outro lado da cidade?- perguntei.

_ É...- finalmente pareceu que caiu a fixa para a platinada.- Ah que droga! Eu deixei ela ir sozinha. Vou atrás dela agora!- falou saindo do quarto e descendo as escadas. Talvez Scorpia não fosse a pessoa mais esperta que eu conhecesse, mas e uma boa amiga.

Voltei meu olhar para Glimmer, que já estava sentada no chão com olhos fechados balaçando de um lado para o outro. Me aproximei da mesma colocando minha mão em seu ombro e a balançando, a mesma mal abria os olhos.

_ Acho melhor você tomar um banho, ou dormir, já tá tarde e temos que arrumar a casa daqui a pouco.- ela fez o sinal de "ok" com a mão e se deitou no chão.- Na cama Glimmer!- a mesma já tinha apagado. Suspirei sentindo uma leve dor de cabeça.

Decidi por fim tomar um banho no meu quarto, então me dirigi ao mesmo. Assim que entrei no quarto pude ver Lence e marceline deitados na minha cama, um de frente para o outro. O moreno passava a mão lentamente no cabelo da " vampira", que dormia calmamente.

_ Ain que fofos. - falei com um sorriso. Lence me tacou uma almofada, que desviei facilmente.

_ Fala baixo!- sussurrou irritado. Sorri e fui pegar uma roupa no closet, logo depois indo para o banheiro.

Tomei um banho demorado tirando todo suor e estres do corpo. Quando sai vi que Lance já dormia ao lado da mais nova. sai do quarto fazendo o minimo de barulho possível e fui ao quarto de Glimmer, conferindo que a mesma dormia, agora em sua cama. desci para a sala, que agora não tinha quase ninguém, o que me aliviou, porém meu sossego foi interrompido por um alarme de carro que vinha da rua, corri em direção a porta de entrada, a abri olhando para o carro que fazia tal som, vendo Scorpia sentada no chão ao lado do carro. Me aproximei da mesma.

_ Scorpia? que faz aqui ainda?- perguntei surpresa. A mesma me olhou com os olhos cheios de água.

_ Eu não tava achando minhas chaves, e qua-ando achei eu dei-ixei cair. - soluçou em meio as palavras. - agora eu acionei o alarme. - voltou a chorar.

_ Calma. eu vou te ajudar. - liguei a luz do meu celular ajudando-a a caçar as chaves. Não demorei para achar-las perto do pneu, logo desliguei o alarme. - são essas né? - perguntei com a chaves em mãos.

_ Siiim! obrigado Adora! - disse me abraçando quase nos derrubando.

_ Opa. Você acha que ta em condições pra dirigir?- perguntei preocupada.

_ E claro.- virou para a porta tentando abrir a mesma, sem sucesso.

_ Acho melhor você entrar, eu encontro a Felina.- falei guiando-a para casa. 

_ Certeza?

_ Sim. Toma. - entreguei suas chaves. - vê se não perde de novo em?

Me dirigir em direção da garagem para pegar os capacetes e minha moto. logo dei partida e fui em direção a zona do medo, pelo possíveis caminhos que que Felina poderia ter seguido, o que não demorou muito. Ao longe, em uma rua quase sem nem movimento, vi a latina sentada no meio-fio de cabeça baixa com as mãos na mesma. estacionei a moto não tão distante dela e fui em sua direção, ela levantou a cabeça com um olhar distante, me perguntei o que ela deveria ter em mente para ter tal olhar em sua face. Me aproximei e coloquei a mão em seu ombro, o que a fez se assustar e dar um grito.

_ Adora?- me olhou en duvida- O que faz aqui?

.

                                  .

                                                                        .

Assim que Catra entrou em casa, fiquei alguns segundos encarando a porta com uma sensação boa por saber que ela estava segura em casa. Logo percebi que o sol estava prestes a nascer, deia partida na moto e sai de la rapidamente, teria muito trabalho pela frente ainda. 

Chegando em casa, subi diretamente para meu quarto para descansar um pouco, só lembrando que minha cama estava ocupada no momento em que abrir a porta. Decidi então me deitar em um puff grande que tinha no quarto, ao lado de minha estante de livros. me ajeitei no mesmo desconfortavelmente e fechei ou olhos, logo a imagem de felina me veio a cabeça. 

Felina. esse apelido e tão nostálgico, sempre gostei dele, combina tanto com ela. Não só dele e claro, sempre amei sua personalidade, sua coragem , seus abraços e seus olhos, que são lindos de mais para ter somente uma cor, teve que roubar a beleza de duas cores. Pensando neles eu sentia ela presente ali no quarto, era como se como antes ela estivesse deitada ao meu lado novamente. Depois de não muito tempo eu peguei no sono.


Notas Finais


Aqui está mais um capítulo prontinho hehe.


Isso é tudo pessoal!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...