1. Spirit Fanfics >
  2. A Liga: Guerra entre 2 Terras (ArrowVerse's Fanwork) >
  3. CROSSOVER: Parte II

História A Liga: Guerra entre 2 Terras (ArrowVerse's Fanwork) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - CROSSOVER: Parte II


Após toda a Liga regressar à caverna Barry não viu Oliver e logo percebeu que ele tinha ido buscar ajuda. Perto dele estavam Kara, Clark, Bruce, Hal e o Nuclear… encaravam os seus colegas feitos de prisioneiros na base de operações do Batman.

E então estavam lá os causadores de tudo isso que eram a Atómica (Rhonda Pineda), Rede (Ciborgue) e, novamente, Flash Reverso (Barry Allen).

Nesse exato momento e sem palavras ditas apareceu Oliver e os seus maiores assassinos como Talia al Ghul, Al Murtazaq (Slade Wilson), Al Tirsana (Roy Harper) e Al Shaqiqa (Thea Queen).

Flash: Demoraste, cabeça do demónio.

Talia: Está a começar a dar-lhe umas crises da meia idade, velocista.

Ra’s al Ghul: Ok. Flash e Supergirl, encarem e libertem a equipa; Superman e Lanterna Verde, abrandar os dois kryptonianos que deverão chegar; Batman e Al Murtazaq, força total no robô; Nuclear e Al Tirsana, abrandar o Flash Reverso; Talia e Al Shaqiqa, esperem e ataquem com força total no Coruja; a Atómica é minha!

Após ouvirem às ordens do seu líder todos fizeram o pedido.

Barry e Kara passaram com bastante facilidade pelos oponentes para libertarem os seus colegas: Mulher Maravilha (Diana Prince), Aquaman (Arthur Cury), Caçador de Marte (J’onn J’onzz), Canário Branco (Sara Lance), Canário Negro (Laurel Lance), Vibe (Cisco Ramon), Asa Noturna (Dick Grayson) e Nyssa al Ghul.

Supergirl: Estão todos bem? Nyssa, estás bem?

Todos assentiram acalmando a heroína, inclusive a esposa de Oliver.

Flash: Tudo bem mas como… Diana, Arthur e J’onn… como eles vos pararam?

Caçador de Marte: Eu não sei, Barry. Uma substância, talvez, ou aquela… Atómica.

Aquaman: Isso faria sentido, J’onn.

Mulher Maravilha: Foi ela e o teu doppelgänger, Barry. Eles sabem que podiam nos derrotar com um velocista se nós não tivéssemos com o nosso por perto.

Barry bufou pesadamente e culpou-se pois era completamente lógica que eles foram com o próprio nariz contra a armadilha.

Asa Noturna: Allen, e o Wally?

Flash: Ele está demasiado longe, Dick. Ele não é rápido o suficiente.

Supergirl: Barr, provavelmente é a nossa única opção… tu não podes estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Flash (sussurrando): Ai… o Joe vai matar-me. Tudo bem.

Barry rapidamente ligou e pediu a Wally que chegasse às coordenadas pedidas, ele o fez surpreendentemente mais rápido do que ele esperava.

Enquanto isso, Kara ajudou as três restantes mulheres a se libertarem melhor.

Supergirl: Sara e Laurel, conseguem ajudar o Bruce contra aquele robô?

Canário Branco: Tu sabes que sim, loirinha.

Kara ficou vermelha com aquele apelido criado por Sara, ela nunca se deu bem com apelidos desses.

Canário Negro: Ignora-a, Kara.

E assim as duas Canários foram até ao Batman e ao antigo Exterminador.

Flash: Tudo bem, pessoal, o plano é o seguinte… Supergirl e Caçador de Marte vão auxiliar o Superman e Lanterna Verde, Asa Noturna vais combater aquele robô junto do Batman e do Slade, o Wally e eu vamos contra o meu doppelgänger, Mulher Maravilha e Aquaman com força total naquela Coruja. Ainda quero o Vibe e a Nyssa na Torre de Vigilância… lembraste, Cisco?

Vibe (gritando): Finalmente!!

Foi mandado calar no segundo a seguir mas Cisco estava visivelmente fascinado e Nyssa nem um pouco.

O plano então foi posto em prática… os velocistas estavam em voltas elétricas.

Kid Flash: Então o teu doppelgänger é o Reverso? Isso é tão estranho…

Flash: Na Terra deles, aparentemente, matou o Thawne quando ganhou os seus poderes.

Quando Wally ia responder ele foi apanhado por um homem num uniforme amarelo.

Flash Reverso-3: Fascinante, não é, Wallace?

Flash Reverso-3: Tu eras, também, o Flash na minha terra. Tive que te matar, só não guardes rancor.

E quando o doppelgänger do herói velocista, o Flash, começou a vibrar a sua mão e prestes a atravessá-la pelo peito de West ele foi impedido por Allen que lhe deu uma série de socos velozes, eletrificados e poderosos.

Flash Reverso-3: É mais do que óbvio, Barry. Só um Barry Allen pode derrotar um Barry Allen, nem que seja até às morte.

Flash Reverso-3: E ambos sabemos quem sairá daqui vivo com a sua kryptoniana.

Flash: Então ambos concordamos que eu sobrevivo com a minha Kara?

O Reverso começou a se irritar e correu o máximo que pode até Barry, no entanto, foi impedido por alguém vestido de negro… o Flash Negro, a morte de todos os velocistas.

Flash e FR-3 (gritando): Zolomon?

Flash Negro: Barry Allen, o Flash Reverso da Terra-3, finalmente será punido pelo mau uso excessivo da SpeedForce. Venha comigo e ainda poderá haver esperança…

O homem a quem Zolomon se referia tentou o assassinar mas não teve sucesso porque, no final de contas, Hunter Zolomon já estava morte e cumpria a sua eterna penitência para com a fonte dos poderes dos velocistas.

E num flash tanto o homem de amarelo como o homem de negro desapareceram.

Kid Flash: Tão rapidamente fácil?

Flash: Kid, cala-te.

Al Tirsana: Mas ele até que tem razão, Barry…

Até o Nuclear concordava, enquanto isso, nos céus havia um embate extraordinário.

Supergirl (gritando): Rendam-se, não tem nada a ganhar com este caos!

Super-Mulher: Oh Kara…

A Super-Mulher passou de postura provocativa para postura de pura tristeza e Kara achou por bem saber o que se tinha passado.

Super-Mulher (sussurrando): Impossível, não. Não ele.

Supergirl: Kara, o que aconteceu?

Super-Mulher (gritando): O que aconteceu? O Barry. O meu Barry foi-se, o amor da minha vida, e sabes o pior? Ele ia ser pai!

Kara não podia acreditar no que ouvia, não era o Barry dela mas ela conseguia partilhar aquela dor porque se tivesse sido com ela, ela sabia. Ela não se controlaria.

Ultraman: O que se passou, prima?

Ultraman (para Supergirl): O que é que lhe fizeste?

Super-Mulher: Deixa-a, Kal. O Barry foi levado, eu não ouço o coração dele bater, pelo menos não nesta dimensão.

O Ultraman a pegou e voou para cima, um portal se abriu, mas antes se direcionou para os outros dois kryptonianos.

Ultraman: Eu e a Kara nos retiramos, sem o nosso real líder não faz sentido continuar… os outros não eram tão leais a ele.

Ambas as Kara largaram uma lágrima e num ápice os dois kryptonianos da Terra-3 desapareceram.

Nesse exato momento, Bruce, Dick e Slade combatiam contra um robô apelidado de “Rede”.

Batmam: Asa Noturna ataca pela retaguarda, o Wilson e eu o deixamos ocupado.

Al Murtazaq: Ok Morcego, vamos lá.

Bruce e Slade, então, atacar o Rede frontalmente enquanto Dick saltou com um mortal por cima do oponente. Como o adversário precisava de tempo para analisar o estilo de luta dos seus oponentes foi o tempo necessário para Grayson usar os seus dois bastões eletrificados para queimar os programas do Rede.

Asa Noturna: O programa queimou, Batman.

Num lado oposto da caverna encontravam-se a enfrentar o Coruja, a Talia al Ghul, a Al Shaqiqa, a Mulher Maravilha e o Aquaman.

Diana decidiu que ela e Arthur iriam combater o Coruja mais frontalmente enquanto Talia e Thea iriam tentar dificultar a vida do adversário com flechas à distância.

Antes da princesa amazona e do rei de Atlântida se virarem contra o Wayne da Terra-3 a própria princesa abriu a boca.

Mulher Maravilha: Tu ouviste o Flash, Arthur. Atacar não letalmente.

O Aquaman assentiu, e então, logo os dois foram para cima… atacando o oponente.

Arthur com o seu tridente tentava neutralizar o homem, enquanto, Diana com ajuda do seu laço agarrava o adversário que conseguia bloquear os ataques mas não um feito com uma combinação entre o tridente e o escudo da Mulher Maravilha.

O Tridente do rei da Atlântida ricocheteou no escudo o que fez com que o Coruja fosse preso na parede atrás de si.

Aquaman (sorrindo): Queen, só faltas tu!

Ra’s al Ghul (gritando): Não esperava ser o último. Vamos terminar com isto.

Oliver durante todo esse tempo, ele não deu tudo de si porque durante a luta notou que a sua Nyssa estava completamente ilesa e dessa forma ficou mais descansado. Ele durante o combate descobriu que o seu doppelgänger e a Atómica tinham um caso bastante sujo, Rhonda Pineda agia como uma prostituta pessoal para o Oliver Queen da sua Terra e por essas aparências quase estupidamente iguais… a mulher tentou a sua sorte com este Oliver Queen da Terra primária, não deu muito certo porque agora ela estava a se arrastar por uma perna quase partida.

Atómica (gemendo de dor): Eu adoro quando te fazes de difícil, bebé.

Ra’s al Ghul (irritado): Eu já te disse. Eu. Não sou. O teu. Oliver Queen.

E de seguida assassinou a mulher só deixando os restos mortais cobertos de sangue sem se saber se o assassinato foi lento ou rápido, se foi com uma espada ou uma faca comum.

Barry foi o primeiro a chegar perto de Oliver e assustou-se não pelo assassinato mas pela apresentação do corpo sem vida de Rhonda Pineda. A seguir do velocista chegaram os restantes da Liga e aliados.

Barry: Tu sabes que ela ficou em péssimo estado, não sabes?

Oliver: Pior do que eu queria, mas só leva o Coruja para a ARGUS e diz à Waller que eu depois passo lá.

Barry rapidamente saiu de lá num raio pegando Thomas Wayne Jr. pelo caminho.

O Flash rapidamente acabou por voltar à caverna mas lá já só estavam Oliver, Nyssa, Bruce, Dick e Kara. O velocista estranhou muito, e muito.

Kara: Ok já que o meu homem voltou é a minha deixa para ir…

Oliver e Nyssa (gritando): NÃOOOOOO!

Barry e a heroína kryptoniana estranharam e encolheram os ombros para quererem saber o que os dois queriam dizer com aquela reação.

Oliver: Nós gostávamos que vocês os dois sejam os padrinhos da criança que virá…

Kara (gritando): SIMMMMMMM!

Barry a olhou com um olhar que a fazia perceber que tinha exagerado e então a loira ficou envergonhada pelo seu grito.

Barry: Oh vá lá, bebé. Não chores.

Barry (para Oliver): Nós aceitamos, Ollie, será uma honra.

Kara: Eu amo-te tanto, Barr!!

Oliver e Nyssa reviraram os olhos mas acabaram por rir, Bruce e Dick pareciam já não estar lá, Barry beijou Kara apaixonadamente.

Oliver: Ok, pombinhos. Ide lá para a vossa vidinha de casal e nos deixem porque também iremos à nossa.

Barry pegou na kryptoniana e a levou com super velocidade até ao apartamento de Central City, os dois entraram a se beijar e não pararam até se sentarem no sofá.

Kara esteve durante dois minutos a olhar para o namorado e então Barry apercebeu e a olhou com os olhos cor de esmeralda.

Kara: O Dick já sabe sobre a Donna?

Barry: Eles são melhores amigos desde sempre, aposto que sabe.

Barry: Querida, achas que um dia vamos ser pais? Achas que eu seria um bom pai?

Kara se sentou, então, no colo de Allen e o beijou e desceu para acariciar o pescoço sorrindo.

Kara: Tu, meu amor, serias o melhor pai.

E passaram horas a acariciarem-se um ao outro até sua chegou ao ponto em que adormeceram no sofá colados um ao outro…

O FIM

(A SAGA CONTINUA NAS 2ª TEMPORADAS DE “DEATH AND BLOOD – ARROW” E “LIGHTNING ROD – FLASH AND SUPERGIRL” A ESTREIA DA 1ª TEMPORADA DE “THE WING RISE – NIGHTWING”)


Notas Finais


Aqui termina o primeiro grande evento, fiquem atentos pois em breve irão começar o "Ano 2" deste meu universo... muitas novidades virão... 😉


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...