História A Língua Do Amor .JenSoo. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink
Personagens Jennie, Jisoo
Tags Jensoo
Visualizações 78
Palavras 1.062
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tentei fazer uma coisa fofa mas não sei se deu certo ;-;

Boa leitura raposinhas

Capítulo 1 - Capítulo Único



 -JÁ CHEGA JISOO!
 -CHEGA O QUE?
 -DESSA HISTÓRIA RIDÍCULA ENTRE VOCÊ E AQUELA ÔMEGA DESPREZÍVEL!
 -NÃO FALE ASSIM DELA, E NÃO FALE ASSIM COMIGO! VOCÊ SÓ FINGE SE IMPORTAR COMIGO POR CAUSA QUE EU FIQUEI NA ELITE DA SELEÇÃO DO PRÍNCIPE JIMIN! VOCÊ NÃO SE IMPORTAVA COM QUEM EU IRIA FICAR, ENTÃO VOLTE A NÃO SE IMPORTAR!
 -É DIFERENTE AGORA!
 -DIFERENTE? SÓ PORQUE A CHAEYOUNG ESTÁ MARCADA E NÃO VAI FAZER MAIS SEUS DESEJOS, QUE SÃO PARA O "BEM" DA FAMÍLIA? JÁ QUE VOCÊ SÓ PENSA NO ORGULHO DA FAMÍLIA KIM PARK!
 -MAS É INCOMPREENCIVEL COMO VOCÊ UMA BETA DE FAMÍLIA RICA PODE ESCOLHER UMA ÔMEGA MUDA E INÚTIL!
 -JENNIE NÃO É INÚTIL!!
 -PARA MIM É! EU NÃO ACEITO ÔMEGAS DEFEITUOSAS NA MINHA CASA!
 -ENTÃO EU E ELA IREMOS EMBORA AMANHÃ MESMO! - grito logo subindo para o quarto que eu dividia com Jennie.
 Entro no quarto estressada e batendo a porta, caminho para a cama e me jogo nela. Logo sinto mãozinhas macias me cutucando, levanto um pouco meu corpo e vejo que Jennie estava me cutucando.
 - O que foi amor? - sorrio fraco.
 -Você tem certeza? Não quero atrapalhar sua vida. - "diz" mexendo suas mãos. 
 -Certeza de que? - questiono ela me sentando na cama.
 -Sobre irmos embora. Eu ouvi você e seu appa gritando. - fez uma feição meio preocupada.
 -Claro que tenho meu amor! - sorrio - Nós vamos para Busan, morarmos em uma casa que minha avó deixou para mim.
 -Ok, devo arrumar minhas coisas? 
 -Se você quiser pode começar a arrumar suas coisas. Vou tomar um banho, ok? - digo me levantando da cama quando vejo ela assentir.
 Vou para o banheiro do quarto e preparo um banho, e começo a me despir. Entro na banheira e suspiro, tentando relaxar um pouco. Jennie, minha noiva, era uma ômega muda, tudo o que as cordas vocais dela eram capazes de reproduzir é: suspiros, gemidos e murmúrios. Meu pai não aprovava nossa união por esse fato simples, se ela não fosse muda eu garanto que ele estaria mimando ela com fez com Lalisa, esposa da minha irmã. Mas eu não me importo com o fato dela ser muda, eu amo ela assim mesmo, do jeito que ela é, desde o dia em que a encontrei pela primeira vez na seleção, cujo nos duas participamos.
 
 Alguns minutos se passaram e pude ouvir a porta do banheiro ser aberta. Olho para o lado e vejo Jennie fechando a porta que estava atrás dela, vestindo um roupão fino. 
 - Aconteceu algo amor? - pergunto vendo ela negar com a cabeça logo em seguida.
 Ela se aproxima um pouco e tira o roupão, pendurando ele em um gancho que havia no banheiro e começar a entrar na banheira.
 -Senta no meu colo bebê. - proponho. 
 Ele um pouco envergonhada se senta no meu colo, com as pernas viradas para o lado esquerdo do meu corpo apoiando as costas na banheira. Passo meus braços ao redor de sua cintura, repousando meu queixo no seu ombro. 
 -Você tem certeza de tudo isso Jisoo? Eu não quero atrapalhar a sua vida. - mexeu suas mãozinhas na minha direção. 
 -Você nunca atrapalhou minha vida, pelo contrario, você melhorou ela e agora não vai ser agora, nem nunca, que você vai atrapalhar.
 -Eu te amo Jisoo.
 -Também te amo Jennie. - beijo carinhosamente seus lábios. 
 .
 .
 .
 -Hey, Jeh, chegamos amor. - balanço levemente o ombro da ômega.
 Vejo ela abrir seus olhos, e me olhar profundamente enquanto sorri abertamente. Saímos do carro e pegamos nossas mala, logo entrando dentro da casa. A casa era mobiliada e bastante espaçosa com três quartos, um deles era o quarto principal que continha uma suíte; uma cozinha grande, uma sala e dois banheiros, um no andar de baixo e outro no superior.

 .
 .
 
 -Terminamos de arrumar as coisas o que acha de comermos fora minha pequena? - sugiro para Jennie, que estava sentada ao meu lado no sofá.
 -Claro! Vou me banhar. - assinto logo subindo com ela para o quarto. 
 Vou em direção ao guarda-roupa enquanto ela vai em direção do banheiro.
 

 -Vamos Jennie! - chamo pela ômega que terminava de se arrumar na andar superior.
 Logo escuto alguns passos descendo a escada, então avisto ela usando um vestido rodado florido que vai até seus joelhos, o mesmo do dia em que nos conhecemos.

 Flashback on
  Estava entrando no salão principal da palácio quando avisto uma menina um pouco mais afastada das demais, estava sentada em uma poltrona, ela continha uma postura perfeita e usava um vestido rodado florido. Me aproximo dela sentado ao seu lado.
 -Olá, sou Kim Jisoo. - comprimento ela educadamente.
 -Jennie Kim. - ele fala em libras.
 -Bom Jennie, você acredita em amor a primeira vista ou vou ter que passar aqui de novo? - sorrio enquanto observo ela corar.
 Flashback off
 -Você está linda amor! - me aproximo dela pegando em sua mão e dando um selinho em seus lábios.
 Ela sorri enquanto a puxo delicadamente para fora de casa.

 .
 .
 Estavamos sentadas em um banco da praça que fica ao lado do restaurante.
 -Sabe Jichu, eu queria um dia ter um filhote. 
 -E quem disse que não podemos ter? Depois quem sabe do nosso casamento passarmos no orfanato da cidade. - vejo os olhos dela se encherem de felicidade e um sorriso enorme nascer em seus lábios.

Cinco anos depois.

 -Jih... pode ir lá em cima arrumar o Taehyung enquanto eu termino aqui?
 -Claro! - subo as escadas e vou em direção ao quarto do meu pequeno.
 -Tae? - abro a porta e o vejo brincando com seus bonecos no chão do quarto.
 -Jih-Omma! - ele levanta e vem em minha direção - Quando vamos para o piquenique? - ele pergunta animado.
 -Daqui a pouco, mas temos que trocar você primeiro. - sorrio e vou em direção ao guarda-roupa - Com qual camisa você quer ir?
 -Homem de ferro!
 -Ok!
 eu e Jennie nos casamos a quatro anos e depois de algum tempo adotamos Taehyung quando ele tinha dois anos. 
 Somos muito felizes e estamos pensando em adotar mais uma criança, mas dessa vez uma menina. As vezes eu penso em agradecer o meu appa por ter praticamente me expulsado junto com Jennie, pos talvez eu não teria encontrado a língua do verdadeiro amor ao lado de Jennie.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...