História A little crazy - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Akashi Seijuro, Aomine Daiki, Kagami Taiga, Kise Ryouta, Kuroko Tetsuya, Midorima Shintarou, Momoi Satsuki, Murasakibara Atsushi, Takao Kazunari
Tags Aokise, Kagakuro, Midotaka, Murakashi
Visualizações 156
Palavras 1.396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oieeee

Obrigada a todos que comentaram e favoritaram! Agradeço muito mesmo ^-^ me deixa muito feliz ler e responder os vossos comentários e ver a notificação que favoritaram a fanfic.

LEITORES FANTASMAS APAREÇAM ONEGAI

Boa leitura ^-^

Capítulo 5 - Mãe?


Fanfic / Fanfiction A little crazy - Capítulo 5 - Mãe?

Akashi Pov.

ESTOU NARRANDO DE NOVO!

Enfim...

Estava deitado na minha cama tirando a minha cesta da tarde quando o barulho constante e irritante de alguém batendo na porta me acordou.

- Atsushi, abre essa merda de porta para eu não matar quem quer que esteja do outro lado.- falei e ouvi o roxeado se levantar da sua cama e ir abrir a porta.

- MURA-CHAN! VOCE ESTA VIVO!!!- ouvi uma voz gritar e quando olhei vi um garoto se atirar nos braços do Atsushi.

- SE COMAM NOUTRO LADO PORRA! ESTOU TENTANDO DORMIR! COMO QUEREM QUE MINHA PELE FIQUE PERFEITA SE EU NAO DORMIR?- gritei me levantando só de boxer e os dois ficaram a olhar para mim.

- VOCÊ É O DEMÓNIO QUE O SHIN-CHAN FALOU?- ele disse e... Pera o q?

- O que é que o Shintarou falou?- disse com minha voz demoníaca e vi ele tremer.

Não esperei mais e sai do meu quarto vendo todos olharem para mim por estar só de boxer, fazer o que se sou lindo?

Cheguei ao quarto onde o Shintarou devia estar mas o filho da puta não estava lá.

- Shin-chan foi para o exterior alegando que precisava apanhar ar.- falou o mesmo garoto que tinha interrompido meu sono, se não fosse amigo do Atsushi ele já estaria morto.

Não respondi, apenas me dirigi para o meu quarto e peguei uma capa de veludo vermelha e a coloquei no ombros para depois sair, como rei que sou.

- SHINTAROU! É HOJE QUE VOCE MORRE!- falei vendo o esverdeado lendo um livro debaixo da árvore.

- QUE QUE TU TA FAZENDO SEU RETARDADO?- se levantou se afastando de mim.

- VIM TRATAR PESSOALMENTE DO SEU FUNERAL!- gritei.

- SAI DAQUI SEU DOENTE! - ele começou a correr e eu comecei a correr atrás dele.

- SHIN-CHAAAAN- gritou o mesmo garoto que começou a correr atrás de mim.

- Ue, Takaocchin, não te metas!- falou o gigante e começou a correr atrás dele tbm.

Agora imaginem a cena, um garoto de cabelo verde que corria com um bule de chá na mão e com uma expressão assustada, atrás dele estava eu com uma expressão psicótica, apenas de cueca e uma capa de veludo, atrás de mim um garoto que gritava 'SHIN-CHAAAAN' e atrás dele um garoto de cabelo roxo gigante que tinha uma cara de aborrecido enquanto comia um pirulito. Não chamamos nada a atenção, sintam a ironia.

Após uma hora a correr eu comecei a ouvir gritos e quando olhei Shintarou estava parado com dois seguranças ao seu lado.

- QUE PORRA É ESSA? EU QUE VOU MATAR ELE SEUS FDP!- falei chegando perto e eles me olharam torto.

- SHIN-CHAAAAN, SHIN-CH- o que tá acontecendo aqui?- diz chegando perto de nós.

- finalmente pararam!- disse o roxeado chegando perto de nós.

- Vocês vão para a diretoria, AGORA!- disse um segurança que percebi ser um segurança do internato.

Ele segurou nosso braço e quando ia reclamar eu vi uma silhueta conhecida por mim.

-espera... Eu conheço aquele loiro.... FILHO!- Gritei vendo os 4 garotos um pouco longe se virarem para trás e o loiro arregalar os olhos.

- MAE!- assim que gritou todos pararam inclusive os seguranças.

- MAE?- Gritaram os 5 que estavam comigo e os 3 que estavam com ele.

Akashi Off.

[Um tempo antes...]

Aomine Pov.

Vocês devem estar a se perguntar onde eu tou, certo? Simples...

- VOCE TEM QUE ME DEIXAR MUDAR DE QUARTO!- gritei junto com o ruivo.

- Pq?- perguntou o diretor.

- PQ ELE É IGUAL A MIM!- respondemos.

- PARA DE FALAR O QUE EU DIGO! PARA! PARA! PARAAA!- dissemos ao mesmo tempo, porra, já estou a ficar irritado.

- Chega! Eu já disse não, e quando digo não é não! Vão, tenho mais coisas para tratar!- respondeu e nos expulsou de la, AFF.

Saí dali sem deixar ele dizer algo e comecei a andar pelo colégio, precisava encontrar algum gatinho uke para pegar, foi então que, atrás da escola eu encontrei um loirinho e, caralho, que bunda, que pernas gostosas, puta que pariu!

Tá, primeiro dia de aula, a maioria do povo está no seu quarto e apenas algumas pessoas estão cá fora mas, porra, que garoto é aquele?

Me aproximei dele e vi que ele parecia procurar alguém, não liguei para esse promonor e decidi investir.

- Ei gato, és assim tão gostoso ou estás fantasiado de lasanha?- falei e ele olhou para trás e, caralho, que olhos dourados são aqueles?

- O que?- perguntou.

- Gato, acreditas no amor á primeira vista?- perguntei me aproximando.

- nao- respondeu semicerrando os olhos.

- Então deixa eu passar de novo.- dei o meu sorriso que encanta qualquer um mas ele riu?! Como assim ele riu?!

- VOCE É MUITO RUIM NISSO HAHAHAHAHA- ele riu e, puta que pariu, alguém já disse a este garoto que o sorriso dele é lindo?

- Tsc, Daiki Aomine!- me apresentei e ele parou de rir sorrindo para mim, não garoto, não sorri que se não eu vou te estrupar aqui mesmo.

- Ryouta Kise!- falou, nos sentamos num banco lá e não perdi a oportunidade.

- Sabes qual o hotel mais bonito do mundo? Hotel sorriso!- falei e ele logo revirou os olhos, acho que já se cansou das minhas cantadas.

Aomine Off.

Kise Pov.

Meu Deus, tirem este garoto de perto de mim! Que cantada muito ruim! No início tinha piada mas agora...

- Você é areia fofinha da praia? Pq eu acho que tem pegada.- alguém faça ele parar por favor...

- KISE-KUUN!- ouvi gritarem por mim e quando vejo...

- KUROKOCCHI!-grito e corro até ele vendo que Kagamicchi tbm lá estava e percebo que estou sendo seguido por Aominecchi.

Kise Off.

Kuroko Pov.

Após eu e Kise- kun termos saído do quarto demos, no máximo, 3 passos e já nos perdemos um do outro. Sério gente, como eu não reparei? A escola tá praticamente vazia nos corredores, só tem algumas pessoas nos exterior, como isto foi acontecer?

- Oie azulado, tá perdido?- falou uma voz atrás de mim e quando vi era um ruivo muito alto.

- Isso é alguma tentativa de cantada?- perguntei.

- Não, eu só quero ajudar e não tenho mais nada para fazer!- respondeu, Tsc, eu convivi com o Aomine-kun, sei todos esses truques.

- Claro, depois você me leva para a sala do zelador e me estrupa, eu sei o seu esquema!- falei fazendo ele arregalar os olhos.

- Aqui tem sala do zelador? Nossa, não falta nada em?... O que eu tava a tentar dizer é que eu não vou estrupar você, que absurdo!- falou mas eu apenas ignorei e sai para o exterior com ele me seguindo.

- Sou Taiga Kagami, vai me dizer seu nome?- parei e olhei para trás.

- Tetsuya Kuroko!- respondi e ele sorriu.

- Bonito nome!

- Essa cantada não resulta comigo!

- NAO É UMA CANTADA!- ignorei ele ao chegar perto de trás da escola e ver uma silhueta loira e uma azulada, espera... Kise-kun e...Aomine-kun?

- KISE-KUUN!- gritei e ele me olhou, logo sorriu e começou a correr até mim junto do Aomine-kun.

- KUROKOCCHI!- gritou e eu corri até ele e o ruivo me seguiu, pq ele me seguiu?

- Kise-kun, pq está com o Aomine-kun?- perguntei.

- Você o conhece?- os três perguntaram ao mesmo tempo.

- Sim, Kise-kun é meu parceiro de dormitório e Aomine-kun é meu e ex-namorado!- falei vendo Kise suspirar.

- Já entendi o pq você dizer que ele é ruim com cantadas!- ele falou, coitado, nem quero imaginar o que passou.

- Como assim?- intreferiu o ruivo.

- Haaa, Kagamicchi, não queira saber!- o loiro disse me deixando confuso.

- De onde vocês se conhecem?- perguntei junto ao Aomine-kun.

- Haaa, Kagamicchi é o meu ex, aquele que eu falei que é bom de cama, lembra Kurokocchi, você tava todo interessado e tals!- falou me fazendo corar.

- Então quem queria ir para a sala do zelador comigo era você em?!- o ruivo disse e eu corei ainda mais, Kise-kun maldito.

Antes que alguém dissesse algo ouvimos uma voz.

- FILHO!- nos viramos e vemos um ruivo só de cueca e uma capa vermelha nas costas, mas o que nos deixou mais confusos foi a frase do loiro sedução.

- MAE!

- MAE?- dissemos eu, Aomine-kun e Kagami-kun mais dois seguranças que estavam com o ruivo e outros 3 garotos estranhos.

Que história é essa de mae?


Notas Finais


Oieeee

Então, quem estava à espera que o Akashi e o Kise tivessem uma relação de "mãe e filho"? Ksksksksksks

O que acharam da maneira como os nossos casais Aokise e Kagakuro se conheceram?

Takao é uma gracinha não é?

Akashi divando só de cueca kskskskkssksks

Eu não era para estar a postar hoje mas depois pensei, semana que vem provavelmente não irei conseguir postar nenhum extra (o capítulo de domingo sempre terá) e amanhã é sexta feira, pq não postar?

Eu espero que tenham dado muita risada ^-^

Próximo capítulo: As bichas uniram forças

Kisses de brigadeiro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...