História A Little Crush - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Demi Lovato, Selena Gomez
Personagens Demi Lovato, Selena Gomez
Tags Camren, Demi, Lesbian For Demi, Lesbian For Selena, Selena, Semi
Visualizações 212
Palavras 2.180
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 5 - Nós não podemos


 

P.O.V Selena Gomez

Acordei na manhã seguinte com uma dor de cabeça horrível, meus olhos estavam pesados, minha boca seca, e sentia o que sobrou da minha maquiagem começar a irritar meu rosto. Abri os olhos lentamente e suspirei em alívio por estar pelo menos na minha casa, tentei mexer meu corpo e senti um ao meu lado.

Ah não Selena, você prometeu para dona Mandy que não ia trazer garotas para cá quando ela estivesse em casa. Mas pelo menos é a Alexia...aESPERA O QUE? 

Minha cabeça deu um nó, e passei os olhos pelo quarto, só então notando nossas roupas espalhadas pelo mesmo. Ok, eu to de calcinha e sutiã, nada demais aconteceu, mas se tivesse acontecido eu nem ia reclamar. 

- Que porra aconteceu aqui? - perguntei em um tom alto assustando a garota ao lado.

- Que merda, Selena. - colocou o travesseiro no rosto - cala a boca e volta a dormir pelo amor de Deus.

- Lexi, são duas horas da tarde, precisamos levantar. - disse passando a mão pelo rosto - O que eu fiz ontem?

- Você não lembra? - tirou o travesseiro e eu neguei - Na real eu não sei, você saiu de algum lugar correndo e bufando de raiva depois bebeu o triplo, e quando era umas quatro horas da manhã você ia sair com duas garotas e eu não deixei, te trouxe pra cá e você chorou até dormir no meu colo, porque estava apaixonada.

- Foi uma noite produtiva, pelo menos não fiz muita merda.

- Selena, eu tô morrendo de fome. - ri - é sério!

- Tá bom, eu só vou tomar um banho, pode usar o banheiro do quarto ao lado.

[...]

Desci as escadas sem Alexia, pois aparentemente toda fome dela passou e depois do banho ela deitou e dormiu no outro quarto mesmo. Ouvi várias vozes vindas da cozinha e estranhei, não sabia que as meninas dormiriam aqui.

- Boa tarde, Sel. - Lauren foi a primeira a me saudar, com um sorriso tenso no rosto.

- Bom di... O que esse filho da puta tá fazendo aqui? - disse olhando para Lucas, sentado ao lado da Lovato. Só pode ser brincadeira com a minha cara.

- Vim tomar café com a minha namorada. - respondeu com um sorrisinho vitorioso. NAMORADA???

*flashback on*

- Demi...

- Fala. - disse enquanto passava o batom no canto dos lábios, caralho que vontade de beijar essa boca. Amanhã ela nem vai lembrar certo?

Me aproximei dela e tirei o batom de suas mãos, olhei em seus olhos e em seguida seus lábios.

- O que você ta fazendo? - perguntou confusa. Mas também se aproximou.

- O mesmo que você. - e a beijei.

Seus lábios tinham gosto de vodka, assim como todo o sabor de sua boca, pedi passagem com a língua e ela cedeu, o beijo era feroz, sua mão arranhava minha nuca e a outra estava em minha cintura, enquanto minhas mãos estavam espalhadas pelo seu cabelo. A encostei na pia e desci minha mão até sua bunda.

- Selena, não! - me afastou pelos ombros - eu não posso ok? Eu nem tenho moral pra dizer que sou hétero depois desse beijo, mas eu estou com o Lucas e é dele que eu gosto.

* flashback off*


Caralho eu beijei a Demi, socorro, alguém me segura, porra.

- Não me interessa, sai da minha casa agora! 

- Como é? - perguntou incrédulo.

- Você não é surdo, SAI. - ninguém tinha coragem de se meter, meu rosto devia estar tão vermelho, que poderia ser cômico.

- O que é isso, Sel? - Demi me olhou confusa - o Lucas está aqui comigo e eu gostaria que ele fizesse parte do nosso grupo.

Ri em escárnio.

- Na minha própria casa - ri -Só por cima do meu cadáver. - revirei os olhos - Se você tá tão incomodada, vai com ele, desde que ele esteja fora da minha casa não me importa quem vá junto.

Bipolar
Impulsiva
Grossa
arrogante
sarcástica
irônica


- Não, melhor... aproveitem o café da manhã, tô fora. - peguei as chaves do carro no chaveiro que estava perto da geladeira.

- Mas a casa é sua. - Camila disse.

- Não preciso dizer para ficarem a vontade né? - gritei enquanto ia em direção a garagem.

Transbordada em sentimentos

Eu era uma merda, definitivamente.

Entrei no carro e bati a porta, sentia meu coração acelerado, meus olhos cheios de lágrimas, minhas mãos tremiam enquanto apertava o controle para abrir o portão. Eu estava a beira de uma crise e o que mais doía era o meu coração.

- Selena, abre o carro. - Era Emeraude, que se manteve calada durante todo meu show. Neguei - por favor.

- fala - abaixei apenas o vidro.

- Desce do carro. - neguei - Selena, você não vai sair assim. - girei a chave.

- Quer apostar? 

- Selena desce sai dessa merda e para de ser infantil. - ouvi a voz de Demi.

- INFANTIL? - gritei enquanto saia do carro batendo a porta. Agora sim eu me irritei. - SE EU SOU INFANTIL VOCÊ É A PORRA DE UMA FILHA DA PUTA!

- O QUE EU TE FIZ? - gritou também.

Você se aproximou e eu me apaixonei de verdade - quis gritar.

- Você trouxe ele - fiz careta - para a minha casa.

- Ele tá comigo, você vai ter que se acostumar.

- Na minha própria casa? Você é a maior cara de pau, principalmente depois de...

- De que? De você ter me beijado? Ou você esqueceu igual faz com todas? - começou a ficar vermelha - foi só uma diversão ou você apostou para ver se ia conseguir pegar a garota nova?

- Você só pode estar louca. - disse incrédula - você sabe que eu não sou assim, eu nem sabia se você lembraria e se lembrasse minha preocupação ia ser você me tratar mal.

- Eu nunca te trataria mal por causa de um beijo. - ela deu um leve sorriso.

- Mas geralmente você é grossa comigo por qualquer coisa.

- Eu faço isso para você não se apaixonar por mim, não que eu tenha um super ego e ache que todo mundo que me olhar vai gostar - riu - mas eu já passei por isso uma vez e não foi legal.

- Isso é muito irônico.

- O que? - me olhou confusa.

- Você me falar tudo isso e eu ainda querer te beijar. - fiquei bem próxima a ela, podia sentir seu nervosismo.

- Nós não podemos e você sabe. - disse mas não se afastou.

- Já se resolve....opa - me afastei rapidamente e comecei a corar enquanto Lauren nos encarava maliciosa.

No meio da gritaria, quando foi que a Eme saiu?

- Eu ainda quero aquele garoto fora daqui - resmunguei - vou dar uma volta, preciso relaxar. - entrei no carro já dando partida e apertando o botão para fechar o portão em seguida.

[...]

- Selena Marie Gomez - fodeu - por que você não avisou que sua avó estava vindo?

- E como eu ia saber? Aquela velha nunca me...Oi vovó - sorri.

- Quem é velha, Gomez?

- A mamãe.

- COMO É SELENA? - mamãe gritou indignada - eu to com tudo em cima ok?

- O que vocês ainda fazem aqui? - perguntei para as meninas sentadas no canto da sala rindo.

- Só vamos embora mais tarde, sua mãe pediu pizza. - Lauren disse enquanto tomava coca- cola.

- E a Alexia? 

- Ela foi embora de tarde depois da tia Amanda encher a coitada de comida e perguntas.

- Quem é Alexia? É sua namorada, Selena? - vovó perguntou.

- Não, é apenas uma amiga.

- Amiga...sei - riu - na sua época eu também tinha tantos "amigos", aiai grandes orgasmos, mas não conta para o seu avô.

- Informação demais mamãe. - minha mãe disse a mais velha.

- Ué Amanda, todo mundo transa, ou você não ? A Selena foi feita como? Com seus dedos? - a essa altura todas nós riamos tanto que meu estômago chegava a doer.

- Ela está na seca vovó, coitada. - zoei e a abracei pelos ombros.

- Ah é? - me olhou vingativa - Mamãe você sabia que a Selena e a Demi estão namorando? - engasguei com a saliva, e comecei a tossir.

- AI MEU DEUS - se levantou de vez - por que você não falou antes sua inútil? - me deu um tapa no braço, depois foi até Demi a abraçando forte e falando algo em seu ouvido que não consegui escutar - pelo menos alguém nessa família tem bom gosto. - Demi corou.

- Vovó, ela não é minha namorada. - disse sem graça.

- Como não? E esses olhinhos apaixonados? - estreitou os olhos - não tente me enganar, dê um beijo na sua garota, agora. - disse séria.

- Mas ela... - me olhou feio e eu desisti de tentar explicar.

- Só um beijinho não vai matar ninguém - Emeraude Toubia eu te odeio.

Me aproximei cautelosa e deixei um beijo em sua bochecha.

- Um beijo de verdade. - cantarolou.

- Vó, ela não é minha...- fui interrompida por Demetria que virou meu rosto pra si e me deu um selinho. 

Vovó bateu palminhas.

- Não era bem o que eu esperava, mas aceito. - olha só que velha folgada.

- Bom, nós já vamos embora porque amanhã iremos almoçar na casa da mãe da Lolo. - Camila disse e se levantou com Lauren que ainda estava pasma com a cena. Até eu estava, não era ela que não podia me beijar por estar com outro? A hétero?

Camren deram um beijo de despedida em cada pessoa da sala e foram embora, logo em seguida Eme subiu alegando que estava cansada demais.

- Tchau meus amores, eu e Demi vamos subir, porque eu estou morta. - nem esperei resposta e sai puxando a morena pelas escadas.

- GEMAM BAIXO! - vovó gritou e eu ouvi a risada da minha mãe e em seguida um " deixe elas mamãe".

Eu amo essa família. Minha mãe nunca se importou com minha orientação sexual, sempre disse " não importa de quem você gosta ou o que você faz e sim quem você é, e você sempre vai ser a minha menininha" e a minha vó, como deu para ver não é muito diferente e meu avô é igual, acho que por essa conexão que estão juntos até hoje.

- Sua vó é meio louquinha - Demi disse quando chegamos ao meu quarto.

- Toda família é. - tranquei a porta e me joguei ao seu lado na cama.

Riu.

- Vamos assistir um filme? - assenti - Eu escolho.

- Vai procurando ai, só vou tomar um banho. 

P.O.V Narrador.

A cabeça de Selena já não estava uma completa confusão, enquanto rodava pela cidade pensava em como conciliar uma grande amizade e um amor platônico, sim, era um amor platônico porque ela não iria ser correspondida ou iria? Então ela decidiu deixar acontecer, parou de pensar, não vai forçar a barra e nem ficar em cima, mas se tiver uma esperança para ela lutar ai a história vai ser diferente.

Já com Demetria, bom...a morena estava com a mente em 200V, mas o que a deixava mais confusa era a situação em que ela ficava quando a outra morena estava próxima, desde a primeira vez quis roubar sua atenção para si, mas percebeu o quão errado era e deciciu não deixa - lá se apaixonar. Manteve a amizade intacta, até o beijo, um beijo que pode ter sido a pequena esperança que Selena buscava e que deixou Demi curiosa, com vontade de mais, ela sentia uma vontade imensa de um sexo louco quando estava perto da Gomez, seu único medo era dar a abertura e não gostar.


Já no banheiro, Selena pensava no gesto de "carinho" que elas trocaram na parte de baixo da casa e em como foi algo involuntário. Terminou seu banho, saiu do banheiro e foi para seu closet não se importando em fechar a porta, colocou uma calcinha preta e vestiu uma camisa enorme com seu desenho favorito na frente " bob esponja". Estava acostumada a dormir daquela maneira e Demi sabia, a única coisa que a mais alta não sabia era que aquele traje ia causar um grande desfonforto um algum lugar do seu corpo.

- Se você quiser pode tomar banho e pegar uma roupa minha, deve ter calcinhas novas na gaveta mas eu acho que vai ficar pequena na sua...bom...é..hum...você sabe. - Demi gargalhou.

- Deve ter roupas minhas ai, certo? -.Selena assentiu.

- Nós iremos assistir " Azul é a cor mais quente"? - Gomez sorriu sozinha, pois a outra morena já estava no banho mas conseguiu ouvir.

- SIM, FIQUEI CURIOSA.

Será que as coisas vão realmente esquentar? Mas em outra cor?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...