História A little dreamer in trouble (Imagine BTS) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Ficção, Magia, Romance, Universo Alternativo
Visualizações 24
Palavras 699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem, desde já, desculpem os erros.

Lembrando:

Terças
Sextas
e
Domingos

Capítulo 4 - Capítulo 3 - Adeus casa..


Assim que amanhece, eu levanto rapidamente, percebendo que mal dormi pela ansiedade. Eram 6h00 da manhã e eu mal havia conseguido pregar os olhos.

Estava agora num.banho quentinho e demorado, pensativa, enquanto ficava nem cheirosinha.

Meu gato estava na porta do boxe, pegando água na patinha e lambendo-a, aquilo era a coisa mais adorável de se ver.

Assim que termino meu banho, me seco e visto uma calça jeans e uma blusa moletom, calço minhas botas e faço um penteado em meus cabelos.


– Vamos, temos uma longa viagem pela frente, meu amor! –sorri, enquanto pegava meu pequeno gato no colo e minha mochila nas costas.


Desci as escadas e peguei um saco de ração, coloquei na bolsa, junto de mais uma garrafa d'água.

Precisava estar bem preparada, era minha primeira viagem para tão longe, de acordo com o gps de meu celular, o qual eu já havia marcado com as cordenadas que estavam na carta de meu appa.

Saí de casa, com meu gato na mochila também, as vezes ele colocava a cabeça de fora, era fofo.


...


Demorou um tempo até que chegássemos na estação de trem mais próxima, mas enfim chegamos e eu peguei o trem mais rápido que tinha, com destino à Seoul.


– Vai ser legal, não é pequeno..? –meu gato apenas mia na mochila.– Nós nunca fomos para Seoul...


Sorrio feliz, ajeitando minha mochila ao meu lado naquele banco do trem, suspiro, fitando a janela.

Como não havia dormido quase nada, vi uma boa oportunidade e então me encostei no vidro e adormeci, com mil pensamentos na cabeça.


...


Acordo com o apitar do trem, avisando que havíamos chegado em Seoul, meu coração batia acelerado e eu só pensava em uma coisa.


Finalmente conhecerei Seoul.


Sai do trem com minha mochila nas costas, meu gato estava adormecido em minha bolsa, o que era uma cena bem fofa.

Fui em direção à saída da estação, e quando cheguei...


– Uau... –meus olhos brilhavam em ver a enorme e bela Seoul.


Apenas segui em frente, seguindo meu gps, indo em direção ao porto, porém no caminho, paro em uma lanchonete, faminta, vou até o balcão e peço dois sanduíches e um suco de maracujá natural, pondo na conta de meu appa, que também era a minha.

Pego meu pedido após estar pronto e saio, indo até as mesas ali fora, suspiro, me sento em uma das cadeiras e ponho meu lanche na mesa.


– Hora de comer meu gordão..


Sorrio, abro minha mochila e tiro meu gato dali, ele mia, preguiçoso, logo se sentando ali no chão ao meu lado, pego um pouco de sua ração e ponho ali no chão, ele começa a comer e também.

Quando terminamos de comer, eu nem mesmo espero, apenas ponho meu pequeno na bolsa e volto a andar, em direção ao porto, aproveitando para admirar Seoul.


...


Chegamos no porto e eu procuro com algum barco que esteja consíderavelmente bom. Avisto um e caminho até o senhor que estava ali sentado em um banquinho.


– Ahn.. bom dia, o senhor sabe quem é o dono do barco..? –digo após cutucar ele.


Ele me olha e sorri.


– Sou eu mesmo, senhorita, o que deseja? –ele diz gentil e se levanta, me cumprimentando direito.

– Quanto você cobra? –digo meio sem jeito, nunca havia ido tão longe, muito menos viajado de barco.


– Bom, o destino da viagem é Taiwan, e o preço é 437.022,24 won..


Suspiro e assinto, pego minha carteira na bolsa e pago o preço, sobrando apenas mais uns 500.000 won para mim.


– Quando o barco sai?


Guardo minha carteira novamente.


– Daqui à dez minutos.. mas já pode entrar se preferir...


Assinto e sorrio gentil, saindo e indo até o barco, entrando, indo até as cabines, entro em uma e deixo minha mochila ali, fecho a porta e suspiro, tirando meu bichano da mochila.


– Nossa, ainda falta tanto..


Digo após verificar o destino no meu gps, que era por acaso, bem longe, nas Bahamas.

Suspiro, fitando a janela, logo fitando meu gatinho.


– Estamos oficialmente prestes a saie da Coréia, pequeno...


Ele se senta ali e me olha, miando para mim, suspiro, olho pela janela, fitando o mar.


– Até breve, doce lar...



Continua.. talvez...


Notas Finais


Sinto que está flopando esta fanfic ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...