História A little sadder - Zoróscopo - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Inspirado na música "My R", não sei a quem pertence

AVISO: AS CENAS QUE ESTÃO NESTA HISTÓRIA NÃO DEVEM SER REPETIDAS;
A TRADUÇÃO DA LETRA SERÁ LEVEMENTE MODIFICADA;
AS PARTES DA MÚSICA ESTARÃO EM NEGRITO;
OBRIGADA PELA ATENÇÃO.

...

Capítulo 5 - Please ... leave me


Fanfic / Fanfiction A little sadder - Zoróscopo - Capítulo 5 - Please ... leave me

Virgem on

     Depois de mais um dia, fui descansar. Eu resolvi não falar pro' Owen o que aconteceu hoje de manhã, e finalmente fui dormir.

(de novo) sonho on

"     Hoje é meu primeiro dia de aula no primeiro ano! Minha mãe disse que seria especial e eu sei que vai ser. Espero ter muitos amigos!!

_ Bom dia! Eu me chamo Bruna, sou a professora de vocês! - ela era uma mulher alta e morena, os olhos dela são cor de mel e o cabelo é preto

Eu fiquei fazendo meus deveres no meu caderno, mas ninguém falava comigo e eu nem sei porque. Minha turma foi pro' pátio pra' lanchar, eu pequei meu lanche e também fui, eu sentei em um banco perto de uma árvore mas ninguém sentou perto; enquanto eu comia meu sanduíche, apareceram três meninos, acho que do quinto ano

_ Ei! Qual seu lanche? - o menino mais alto estava quase gritando comigo ...

_ S-sanduíche ... - eu to com medo

_ Passa o lanche! - o menino do lado dele tirou o lanche da minha mão depois que falou

_ Você parece até as meninas, não faz nada! Hahaha! - chegou um outro menino, o grupinho ficou rindo de mim

_ Eita, o Rafa, ele vai chora! - um menino moreno falou

_ Nah, deixa. Desse jeito ele vai parecer uma criança do maternal! Hahahahahaha! - eles ficavam acompanhando o menino mais alto, ele parecia ser forte

_ O que está havendo aqui?! - chegou um moço alto, era ruivo, a pele era meio bronzeada

_ Ggrrrrr, você meteu a gente em encrenca! - o mais alto olhou pra' mim

_ M-mas eu não fiz n-nada! - eu não sei porque ele ta falando isso!!!

_ Saiam de perto do garoto! Ou vocês vão pra' diretoria! - e eles saíram correndo, eu acabei chorando. O moço se abaixou e perguntou - Está tudo bem? Eles bateram em você?

_ N-não ... - ele falou para eu lavar meu rosto

 

anos mais tarde - quinta série

 

_ Já disse pra me deixarem em paz! - eu fui encurralado em uma parede, de novo ...

_ Mas você sempre nos mete em confusão, idiota! - o "Rafa" me deu um soco forte na barriga, obviamente eu caí de joelhos

_ Oh Rafa, ele tem um cabelo muito grande né? Por que não testamos nossas técnicas nele? - o Luke falou pegando uma tesoura

_ Ainda não, é melhor só brincarmos de boxe por enquanto. - e começou o espancamento, eles chutavam minhas costas, minhas pernas, acho que o meu corpo inteiro

_ P-para ... - eu não aguento mais, quanto mais eu falo mais eles batem até que o sinal toca

_ A diversão acabou 'manos', vão bora. - eles finalmente foram ...

"P-Por que?" - Eu me levanto mas minhas costas doem, o pior é que agora é Educação Física

 

E isso vai se repetindo e piorando ... até que no III Ensino Médio eu decido

 

" Cá estou, subindo pela última vez essas escadas que dão pro terraço da escola ... não dá mais." - eu abri a porta

 

Assim que eu estava prestes a tirar meus sapatos, na cobertura lá eu vejo

Uma garota com cabelo trançado aqui antes de mim, apesar de mim, eu vou e grito

_ Ei! Não faça isso por favor!! - ela olhou pra' mim

 

"Espere um pouco o que eu acabei de dizer?

Eu não me importaria menos de qualquer maneira

Para ser honesto, fiquei um tanto chateado

Esta foi uma oportunidade perdida

 

A garota com cabelo trançado me contou seus problemas

Você provavelmente já ouviu isso tudo antes

"_ Eu realmente pensei que ele poderia ser o único

Mas então ele me disse que ele estava feito".

 

_ Pelo amor de Deus, por favor! Você está falando sério? Eu apenas não posso acreditar

Isso por algum motivo estúpido que você chegou aqui antes de mim

Você está chateada porque não pode ter o que queria? - ela ficou assim por isso?!

 

Você tem sorte de nunca ter roubado nada!

 

"_ Estou me sentindo melhor, obrigada por ouvir. " - ela passou por mim

A menina com cabelo trançado então desapareceu

 

dia seguinte

 

" Tudo bem, hoje é o dia!" - ou então eu pensei

Assim que tirei meus sapatos

Havia apenas um garoto baixo, como pode ser

Apesar de mim mesmo, vou e grito

 

O pequeno garoto me contou seus problemas

Você provavelmente já ouviu tudo isso antes

"_ Todo mundo me ignora, todos roubam

Eu não me encaixo com ninguém aqui!"

 

_ Pelo amor de Deus, por favor! Você está falando sério? Eu apenas não posso acreditar

Isso por algum motivo estúpido que você chegou aqui antes de mim

Porque, mesmo assim, você ainda ama todos em casa

Sempre há jantar esperando na mesa, você sabe! - meus pais viajaram por causa do trabalho ... preferi ficar sozinho do que com meus avôs

 

"_ Estou com fome. " - disse o garoto quando ele

Derramou uma lágrima

O menino baixo como pode então desaparecer

 

" E-ele pulou ..."

 

E assim, havia alguém todos os dias

Eu escutei seu conto

Fiz com que eles se afastassem

 

E, no entanto, não havia ninguém que

Faria isso por mim, de jeito nenhum

Solte toda essa dor

 

Pela primeira vez, vejo

Alguém com as mesmas dores que eu

Tendo feito isso uma e outra vez

Ela usava um cardigan amarelo

 

"_ Eu só quero parar as cicatrizes que crescem

Toda vez que eu vou pra casa

É por isso que eu vim aqui em vez disso. "

Foi o que a garota no cardigan disse

Espere um pouco o que eu acabei de dizer?

Eu não me importaria menos de qualquer maneira

Mas no momento apenas gritei

Algo que eu poderia não acreditar

 

_ Ei, não faça isso por favor.

 

O que fazer?

Eu não posso parar essa garota, isso é novo

Por uma vez, acho que mordi mais do que posso mastigar

 

Mas mesmo assim, por favor, vá embora, então consigo ver - nesse momento caí de joelhos

Sua expressão é lamentável é demais pra mim!

"_ Eu acho que hoje não é o meu dia. "

Ela desviou o olhar de mim e então ela desapareceu

 

Apenas ouvi a porta fechar . . .

 

em outro dia

 

Não há ninguém aqui hoje, acho que é a hora

É só eu e eu

Não há ninguém que possa interferir

Ninguém para entrar no meu caminho aqui

 

Tirando meu cardigan amarelo

Sentir o vento passar

Este pequeno garoto, baixo como pode ser

Vai pular agora e ser livre

 

_ Virgem! - eu olhei para trás e ... tia Simone? (professora do quinto ano)

_ O que faz aqui? - ela não era de passear muito no colégio

_ Eu que te pergunto isso. - ela se aproximou - Você ia ...

_ ... Sim tia, eu ia.

_ Você sabe que devemos contar pros seus responsáveis ou alguém maior de idade?

_ Sim, eu sei ... por favor, só dessa vez, não conte ...

_ Desculpa Virgem ... - ela se dirigiu pra porta

_ Ei, não faça isso, por favor ... - eu segurei levemente em sua blusa

.

  ..

    ...

         silêncio, o vento veio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

_ Apenas desta vez ,Virgem. Espero que isso não se repita. - ela me abraçou quando terminou de falar

_ ... Sim senhora.

 

depois de terminar o colégio ... meus pais decidiram que eu deveria passar mais tempo com meus avós ...

 

_ Que lindo ele está!! Cresceu bastante desde a última visita. - minha vó veio até mim ... eu só quero que ela se afaste, mas tenho que fingir gostar desses ... idiotas

_ Obrigado vó! - eu a abraço. Que vontade de vomitar, o perfume dela e a presença me dão nojo junto com esse fingimento de todos esses que meus pais chamam de família

     Depois de eles conversarem, eles me deixaram ali pra passar uma semana ... assim que o carro sumiu de minha vista, eu sabia que eu não era mais um parente, e sim um escravo

_ Maravilha, agora vai preparar o almoço! - meu "tio" me dá um empurrão em direção a cozinha

     Durante a semana, eu virei a empregada deles, fiquei no menor quarto que parecia uma sela com apenas uma janela, sem banheiro. E eu aina tinha que aguentar os barulhos extremamente desconfortantes do quarto do lado, o dos meus tios ... durante toda a semana, noites mal dormidas, cheiro de merda, duas pessoas ... esquece isso, sem celular por não ter internet, e ainda ter que mentir que eu me meti em uma briga por algum bandido ter invadido a casa deles pra explicar os hematomas. Quando cheguei em casa tomei um banho e coloquei todas as roupas que usei pra lavar

 

O pior é que eu vou me mudar pra um lugar que eu nem sei por um emprego que meus pais viram, mas eu realmente tenho que sair de casa porque 

 

.

 

.

 

.

é o único jeito desse inferno ter trégua

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As últimas coisas que lembro é dos meus pais e do Owen dando tchau enquanto eu ia embora ..."

 

sonho off

 

 

     Eu levante de forma rápida e chorando, eu tremia com medo de todos que me fizeram sofrer estarem por perto

_ ... Uma da manhã ...? - falo como um sussurro, já sei que não conseguirei dormir hoje

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CONTINUA      .  .  .


Notas Finais


Hoje eu fiquei inspirada!
espero que tenham gostado
desculpa por erros ortográficos

(talvez a capa demore pra aparecer, ok?)

inté!
:3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...