1. Spirit Fanfics >
  2. A loba e o vampiro >
  3. Ventos cortantes

História A loba e o vampiro - Capítulo 26


Escrita por:


Capítulo 26 - Ventos cortantes


Não demorou pra que a kitsune tentasse me atacar por trás, então, dependi dos meus reflexos pra poder desviar do ataque, esquivando pro lado, agarrando o braço dela, e a dando um soco, fazendo ela se afastar um pouco, então, ela olhou pra mim, e sorriu.

???: Bom jogo, loba, pena que eu não sou fácil de derrubar, caso o contrário, talvez você tivesse uma chance.

Então, ela voltou pra dentro da tempestade, fazendo com que eu a perdesse de vista em meio a tempestade, mas ao longe, podia-se ver uma cena bem chamativa, uma luz, como se fosse fogo no meio da tempestade...

Creio que a fada não tem ideias tão geniais, afinal, embora seja arriscado atacar em meio ao fogo, isso deixa sua localização exposta, então não é lá uma atitude  muito genial, especialmente com a situação em que se encontra, considerando a dificuldade de visão, e que isso só chama mais atenção, então, eu olhei pro Nicolas, e então, sorri.

Lila: Acho que vamos ter que lidar com algo complicado...agora vamos.

Então, começamos a andar de forma lenta, afinal, é necessário tomar cuidado com a situação que nos encontramos, um erro e ela pode atacar por trás, causando em um ataque furtivo, podendo me deixar com problemas bem complexos, como feridas bem dolorosas, fora problemas envolvendo os troféus que poderiam ser exigidos dos derrotados, e ela não me parece normal.

Então, prefiro ficar viva e evitar perder partes do meu corpo por causa de troféus, então, olhei pro meu braço.

Lila: Se prepara que talvez precise da sua ajuda, afinal, você detecta calor corporal.

Então, ela colocou a cabeça pra fora, e olhou pra mim.

???: Entendido.

Então, ela ficou com a cabeça levantada, e então, continuei, mas com cuidado, então, recebo um recado da minha parasita.

???: Movimentação à direita com alguns metros de distância.

Então, eu olhei pra direção que ela indicou, e então, noto uma movimentação, então, olhei pra ela.

Lila: Como se encontra o calor corporal?

Depois de uma checada rápida, ela se virou pra mim.

???: Tem dois, o de baixo tem cerca de 37o.

Vamos ver...com um cavalo de fogo e um tigre glacial, isso indica que é mais provável ser o Rafael, então, decidi arriscar.

Lila: Olá?

Então, em resposta, consigo ver um vulto, mas assim que ele se aproximou e consegui ver melhor, percebi que se tratava da minha dupla, então, eu sorri.

Lila: Olha só quem resolveu dar as caras, foi difícil encontrar vocês por aqui.

Então, ele sorriu.

Rafael: É, parece que isso vai dar trabalho, afinal, estamos lidando com uma tempestade de areia.

Então, ela se escondeu novamente  no meu braço, enquanto eu, olhei pra eles.

Lila: Ok, o melhor a se fazer, é protegermos a retaguarda uns dos outros, essa kitsune parece saber sobre ataque rápido, então, o melhor a se fazer, é ficarmos de olho e garantir que os ataques, caso não possam ser evitados, ao menos evitar o dano máximo, entenderam?

Rafael/Lily: Sim!

Então, agora estávamos um de costas pro outro, afinal, são meus aliados, não vejo o motivo de quererem me atacar por trás, afinal, nessa rodada, podemos nos ajudar com os adversários, depois pode até causar problemas, mas agora, o melhor a fazer, é permanecermos na parceria pois é mais vantagem que desvantagem.

Bom, estava muito quieto, e isso normalmente não significa “local seguro”, normalmente, significa só “está muito quieto”, por isso, estamos tomando cuidado, a qualquer momento pode acontecer um ataque surpresa, podendo causar problemas.

Mas então, somos surpreendidos por um som, parecia que uma lâmina havia atingido alguém, e logo em seguida, um grito, não demorou pra formarmos teorias do que poderia ter acontecido, pois, após andarmos um pouco, acabamos encontrando um braço, pelo aspecto do mesmo, parecia ser o do dragão, motivo? Bom, ele é o único com escamas no braço.

Agora eu me encontro com um leve cagaço, mas fora isso, tá tudo bem, então, estávamos andando com mais cautela, sabe-se lá quais os truques na manga, afinal, achamos apenas o braço dele até agora, ele pode até estar morto, afinal, sem os devidos cuidados, com um braço faltando, o sangramento pode ser fatal.

Depois de andarmos bastante, a areia começou a abaixar, e então, acabamos encontrando o tigre da era glacial, o mesmo olhava pra o dragão, que se encontrava no chão, em pânico, então, o tigre se encontrava quieto, e o dragão fez algo que eu gentilmente batizei de “suicídio”, pois ele, no desespero, virou as costas pro tigre, e como o esperado, ele o atacou por trás.

Primeiro, ele agarrou o mesmo pelo pescoço, porém, o dragão foi salvo pela pele dele, mas isso não o impediu de gritar de dor, então não pense que isso foi o suficiente, pois o tigre o levantou no ar, o jogando contra a parede da arena, então, ele desmaiou, e creio que teria morrido se alguém não aproveitasse pra puxá-lo pra fora.

Agora, temos que lidar com o tigre dele, e montada num javali, isso complica um pouco, visto que em teoria, eles são presa e predador, e bom, embora um javali tenha uma pele bem resistente, as presas do tigre não é algo que se pode brincar...bom, o jeito vai ser evitar ataque direto.

Não demorou pra que o tigre rosnasse, e bom, isso acabou intimidando um pouco o Nicolas, mas o mesmo permanecia firme, e então, começamos a fazer movimentos circulares, tentando procurar uma brecha, então, ele atacou primeiro, enquanto isso, eu peguei uma adaga, e quando ele veio por cima de mim, eu o atingi, não foi um golpe letal, só pra que ele não viesse me atacar.

Nesse momento, riscaram o nome do dragão e do tigre, afinal, ambos não se encontravam em posição de lutar, bom, o Rafael e a Lily haviam derrubado a fada e seu cavalo, agora, só faltava uma: a kitsune, então, eu olhei pra ela.

???: Foi divertido, agora...minha vez de brincar.

Então, as rajadas ficaram mais fortes, ao ponto de cortar algumas partes da arena, ou seja, creio que vai ser complicado passar sem machucados por esses ventos...

 

*Continua...*

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...