História A louca do Mercado. - Jeon Jungkook. - BTS. - Capítulo 8


Escrita por:

Visualizações 625
Palavras 526
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


TWITTER: @itstaeworld
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~X~~~~~~~~~~~~~~
EU VOLTEI MEUS AMORES
MAMA voltará sim :v
vamos pra mais um capítulo?
BOA LEITURA!
~Moon

Capítulo 8 - Maknae Travesso.


Fanfic / Fanfiction A louca do Mercado. - Jeon Jungkook. - BTS. - Capítulo 8 - Maknae Travesso.

                                                 ANTERIORMENTE:

- — Aah...é você! — digo ao ver Jungkook.

- — SeokJin Hyung fez um bolo, vim te trazer um pedaço! — ele dita. pego o prato em sua mão.

- — agradece ele por mim! — digo, fechando a porta. — peguei um garfo & comecei á comer o bolo á minha frente. — mas quando eu fui deitar para dormir...algo começou a acontecer em meu estômago. — uma vontade enorme de usar o banheiro me consumiu. resumindo, eu usei aquele vaso por 2 HORAS.

                                                                                                                                  10:00

- eu iria me vingar daquele moleque insolente. — coloquei três gotas de viagra em seu suco. se ele pensa que pode fazer suas travessuras infantis comigo, está muito, muito enganado!. e lá estava meu alvo, sentando naquela murreta, enquanto cantava olhando o horizonte. entreguei seu suco & o mesmo tomou rapidinho.

- e não demorou muito, para ele ficar cochichando com seus Hyungs.

- eu contia o riso, até ele se tocar.

- — S/N! — Ele grita por meu nome, no meio das gravações.

- foi você quem quis guerra, Maknae!.

                                                             Página de __

- naquele momento, eu apenas sorri ladino. — ele não podia fazer nada, absolutamente NADA contra mim. bom...pelo menos não em público. — Ele pediu o casaco que Jimin Oppa usava, para esconder o 'volume' que o viagra causou em seu 'amiguinho'. — ele me lançou um olhar mortal, e revidei com um sorriso sarcástico. — estava á caminhar pela praia, onde eles iriam gravar um 'vlog' de viagem. sem ser Bon Voyage.

- Jungkook ainda com o casaco de Jimin, estava á gravar seu G.C.F. Enquanto os meninos faziam poses, e tentavam, TENTAVAM agir normalmente. estava escutando uma das minhas cantoras favoritas: Camila Cabello. o sol se escondia no mar, e o idiota, vulgo Jungkook, sentou-se comigo em uma rocha. ele fechou os olhos & sentira a brisa gélida em sua face.

- — quem é você, garota?! — ele pergunta.

- — sou apenas uma garota qualquer, que Nasceu no Texas, e que morou em Los Angeles, mudou-se para o País de seus pais, apenas para conhecer a cultura. com seus 25 anos, sofreu muito, muito mesmo. deixou os pais em Los Angeles, para seguir seu sonho: ser uma fotografa famosa. & que ama, ama Camila Cabello, Feliz?! — o rapaz me encara com os olhos esbugalhados.

- — vi algumas fotos suas...e vi que você namorava uma-

- — garota?!

- — S-Sim! — Jungkook responde tímido.

- sorrio com suas bochechinhas avermelhadas.

- — ela tinha apenas 18 anos, e sua mãe dizia que era uma fase. e ela superou...

- — e você não, aposto!

- — você é um garotinho esperto! — digo.

- — Garotinho?! — ele sorri travesso.

- — olha...me desculpe pelas brincadeiras! — ditei.

- — tudo bem! — ele dita sorrindo.

- — S-Sério?! — pergunto arregalando os olhos.

- — Sim! — ele responde.

                                                                                                              23:40

- quando eu abro a porta do meu dormitório, me deparei com uma bagunça IMENSA em meu quarto. corri para o banheiro, e minha Banheira estava CHEIA, CHEIA de LEITE DE BANANA. naquele momento, eu estava á explodir de raiva.

- havia um bilhete, encima do balcão do banheiro.

'' você não achou que eu iria aceitar suas desculpas, achou?!'' — MAKNAE TRAVESSO.

- eu iria esganar aquele..aquele...AQUELE MALUCO POR LEITE DE BANANA!.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...