História A loucura da Bryan - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 2
Palavras 600
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Drogas, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - Primeiro surto


_ Renata? Você está bem ? Vamos ,temos que ir antes que a Bryan chegue - o garoto a levantou e começou a puxa-la paralizada.

_ como assim? M-me solta - Bryan começou a se debater o que fez o garoto parar.

_ Renata?

_ Que? Quem é Renata? Quem é você? Onde eu to? - Bryan estava desesperada.

_ Oh não , a Bryan já chegou - a garoto guaxinim fez uma expressão triste e começou a puxar a garota novamente , só que dessa vez com mais força ,ele parecia bravo - que droga , por que você já se foi Renata?!

_ Eu não entendo , me solta!

_ Para de se debater!

Bryan ficou calada e parou de lutar contra ,quando percebeu estava no corredor , ele parou até em frente a um quarto é empurrou-la pra dentro com um pouco de força ,o que a fez cair no chão.

_ Desculpa - o garoto então fechou a porta e trancou.

Num piscar de olhos ,o garoto sumiu , e então tudo ficou mais claro ,o piso já não era mais de madeira ,estava tudo como antes e sim ela estava dentro do quarto. A porta de um dos banheiros se abriu e o senhor Houldy saiu de lá.

_ Bryan? Por que está no chão querida?

_ N-nada.

Bryan estava tremula , seus rosto palido e respirando com dificuldade , aos olhos de Houldy era obvio que ela estava tendo um surto.

_ Não podemos deixar que eles te vejam assim - concluiu Houldy que a ajudou a levantar e levou ela até o banheiro para jogar água no rosto dela - você precisa se acalmar garota - Bryan ia começar a gritar porém o velho colocou a mão sobre a boca dela - Bryan você tem que se acalmar , se eles virem você nesse estado vão de fazer tratamento de choque.

Houldy a arrastou até sua cama e ficou a segurando junto a cama pedindo para ela se acalmar.

_ Rei , veja se há alguém no corredor - o velho pediu a seu "amigo" que aos olhos dele disse que não - ai meu pai amado.

§

Alex tinha vários papels em mãos ,tinha poucos pacientes mas os que tinham eram psicopatas só teve exeção da sua nova paciente Bryan Sonzy. Sentiu duas mãos delicadas começarem a fazer massagem em suas costas.

_ Pelo visto hoje o dia foi cansativo.

_ Todos os dias são cansativos ,Dianna.

Dianna se sentou na cadeira do outro lado da mesa de Alex sorrindo. O seu sorriso era lindo , qualquer um se encantaria por aquele sorriso , que logo diminuiu e se tranformou em uma expressão de dúvida.

_ Sabe Alex - a garota começou a brincar com a tampa de uma caneta em quanto falava - eu ouvi um rumor vindo dos pacientes de que uma das mulheres que é paciente sua deu em cima de você.

_ Pois é , você ouviu certo , foram efeitos dos remédios , ela não fazia idéia do que taça fazendo ,ela tentou … - Alex parou de falar quando tomou conciencia de com quem que estava falando.

_ Ela tentou … - Dianna o incentivou a continuar a fala.

_ Não foi nada demais.

_ Se você diz tudo bem então - Dianna não insistiu e o médico sorriu surpreso e a garota sorriu de volta

Estava feliz com a mudança de Dianna , era nitida a mudança dela , um grande peso havia saido de suas costas quando ela mudou desse jeito…



















Mas ….








Lá no fundo , bem no fundo do seu coração ,ele não estava tão feliz assim…







Porque ele sabia que a Dianna de antigamente continuava lá.


Notas Finais


Capítulo bem pequeno eu sei ,mas como esse é o segundo do dia 😅...
Obrigada por lerem e desculpem os erros💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...