História A luz - Romance gay - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 24
Palavras 1.029
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


esperemos que gostem este capitulo saiu bem cedo pois ja tinha os dois priemeiros prontos
a capa é o Zac

Capítulo 2 - Rapaz problemático


Fanfic / Fanfiction A luz - Romance gay - Capítulo 2 - Rapaz problemático

Estacionei o carro no parque de estacionamento havia uma zona para professores e contínuos e outra para os alunos. Estacionei o carro agarrei a minha mala e sai de dentro do meu carro, quando sai de dentro dele tinha imensas pessoas olhando para mim eu  tranquei o carro e fui em direcção a escola um pouco envergonhado. Eu entrei na escola ainda bem tímido e fui até a recepção da escola apanhar o meu horário, depois de apanhar o meu horário o toque soou e eu fiquei um pouco aflito. Comecei a andar bem depressa a procura da sala , até que finalmente encontrei o pavilhão , subi as escadas do mesmo e andei pelo corredor ate encontrar a sala , a porta estava fechada eu bati na mesma e uma senhora já de idade de cabelos brancos e baixa que usava óculos abriu a porta

Professora- atrasado, já no primeiro dia

Felipe-desculpe

Professora- entra miúdo- eu entrei  na sala e tive de ficar a frente de todos e a professora disse- para que fique claro eu não tolero atrasos menino

Felipe- Felipe Blanco

Professora- va pode se sentar – eu me sentei na segunda mesa da primeira fila a mesa não tinha ninguém por isso fiquei feliz por ficar  sozinho , a professora logo começou a falar sobre a matéria quando foi interrompida por um rapaz alto morenos de cabelos raspados e olhos verdes ele tinha imensas tatuagens pelos braços ele entrou na sala e foi logo se sentar no fim da sala- senhor Zac Davis atrasado logo no 1º dia de aulas

Zac- senhora Luísa vicente , a reclamas de novo

Professora- cada ano mas problemático

Zac- cada ano mais velha e gaga- eu nunca tinha visto duas pessoas falando assim- teve saudades minhas

Professora-sim ainda bem que voltou 1 ano sem o ver ai infelizmente terminou

Zac- digo o mesmo dona L- eles pareciam ate amigos o que era engraçado , o primeiro dia de aulas até que correu bem descobri que o tal de zac era mais velho do que eu ele tinha 20 anos , e aparentemente chumbou 1 ano e perdeu outro nem sei porque mas também não quis descobrir quando as aulas terminaram sai da escola e fui ate ao estacionamento mas quando cheguei perto de o meu carro um rapaz alto loiro estava aos beijos com uma miúda de cabelos castanhos  quase deitados em cima do meu carro por mais que eu não quisesse ser indelicado tive de os interromper

Felipe-  desculpem- eles simplesmente me ignoraram – desculpem mas – eles nem sequer se moviam eu fiquei chateado e tentei mais umas 3 vezes até que resolvi ligar o carro com o comando aquilo os assustou e os mesmo se afastaram do carro – desculpem ter interrompido  mas eu não vos tinha visto ai

Miúda- espera este carro não é seu

Felipe- não é meu

Rapaz- olha amor

Miúda- que estúpido –ela logo se foi embora chateada eu me aproximei do meu carro e o rapaz me impediu de entrar

Felipe- desculpa mas eu tenho de entrar no meu carro

Rapaz-  bolas cara tu tinhas de vir dizer que o carro era o teu

Felipe- desculpa mas eu tenho de ir buscar a minha irmã a escola e por isso tinha de levar o meu carro

Rapaz- bolas agora aquela gata já não vai querer nada mais comigo

Felipe- melhor para ti ela era claramente interesseira de certeza arranjas alguém melhor agora tenho de ir

Rapaz- eu também tenho de ir buscar meu irmão mais novo

Felipe- eles estuda onde

Rapaz- escola de rainha Rosilene

Felipe- a minha irmã também estuda la se quiseres  eu te levo lá

Rapaz- asserio era muito bom afinal não tenho carro

Felipe- entra- entramos os dois dentro do carro e fomos em direcção a escola dos nossos irmãos

Rapaz- já agora chamo-me Mateus e tu

Felipe- sou o Felipe

Mateus- eu sei somos da mesma turma tu sentas-te a minha frente

Felipe- pois é es o rapaz do chocolate quente

Mateus- uau já tenho uma alcunha tipo do chocolate quente

Felipe- tu entornaste chocolate quente em cima de um professor isso nunca iram se esquecer

Mateus- espero que se esqueçam se não  vou tirar negativa matemática sem sequer tentar- os dois começamos a rir e ficamos o caminho todo falando de diversos assuntos. Quando chegamos a escola dos nossos irmãos ele saiu foi buscar o irmão e foi-se embora se despedindo de mim e o irmão dele se despediu da minha irmã .

Felipe- de onde conheces aquele rapaz

Sofia- somos da mesma turma

Felipe- que coincidência , o irmão dele é da minha turma

Sofia- ele foi o único que falou comigo

Felipe- ele também olha que coincidência- nos fomos para casa ter com a tonia e quando la chegamos tivemos uma bela surpresa a nossa mãe estava em casa – pensei que so vinhas amanha

Mãe- era suposto mas felizmente consegui me despachar mais cedo e pude chegar ainda hoje , como correu a escola –logo Sofia contou tudo da sua escola eu apenas  disse que correu bem e que conhecei o Mateus e logo minha mãe levou isso para outro lado- ele é giro

Felipe- mãe  sério , eu o conheci  hoje

Mãe- foi so uma pergunta

Felipe- há mãe eu não quero ninguém por um bom tempo

Mãe- ainda tas magoado por culpa dele

Felipe- não quero falar disso

Mãe- ok filho- infelizmente para mim o ano passado não foi o melhor  na realidade foi o pior , a única coisa de bom que aconteceu fui eu dizer a minha mãe que era gay e ela aceitar muito bem o resto foi uma merda sem fim espero que este ano seja melhor . eu fui para o meu quarto dormir mas quando fechei os olhos me lembrei daquele rapaz de hoje de manha o tal de zac não sei porque mas algo nele me chamava muito a atenção e eu fiquei pensando nele  nem sei ao certo o porque mas sabia que algo nele me encantou , mas ao mesmo tempo uma terrível sensação de medo eu estava com medo de tudo se repetir de novo 


Notas Finais


esperemos que tenham gostado e digam-nos o que acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...