História A Luz da Minha Vida - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Debrah, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Priya, Rosalya, Violette
Visualizações 10
Palavras 382
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vou tentar continuar postando todo o dia, esse ep fala de mutilação e depressão, se você se impressiona é melhor não ler essa fic, por que ela falara muito disso, espero que gostem, BEIJOS

Capítulo 2 - O pior dia pt.1


Fanfic / Fanfiction A Luz da Minha Vida - Capítulo 2 - O pior dia pt.1


Entrei na escola, ela é realmente muito grande, eu com certeza vou me perder e provavelmente demorar para me acostumar.
Logo que entrei ja ouvi os comentarios de sempre, como eu sou meio depressiva, vivo de capuz, ninguem ve meu rosto, nao tenho rede sociais, entao vivia ouvindo: "Que garota estranha!";"Como ela pode ser tao feia"; e coisas parecidas, por eu nao mostrar meu rosto as pessoas costumavam me chamar de feia.
Sempre fui muito sensivel, por isso, logo que ouvi as pessoas comecei a chorar, como sempre, entrei no predio, ate entao eu tava no patio, entrei em uma sala que parecia vazia, notei que tinha uma placa dizendo qual era a turma daquela sala, vi que era a minha, ainda bem, sentei em uma cadeira no fundo da sala, e demanchei em lagrimas. Tomei um susto enorme quando ouvi uma voz masculina dizendo:
-Voce ta bem ?" - Eu gelei, ninguem nunca perguntou se eu estava bem, eu apenas assenti com a cabeca e disse que nao era nada, e ele respondeu: 
????- Se nao fosse nada, voce nao estaria chorando, qual é o seu nome ?
Alyne- Por que voce se importa ?
????- Que garota estranha, eu so queria te ajudar! - Ele saiu da sala antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, como eu posso ser tao idiota, um garoto fala comigo, se preocupa e eu nem olho pra ele, bom, agora ja foi.
O sinal tocou, e a aula comecou, ninguem notou que eu estava la nem mesmo o professor, a aula foi de boa, quando a aula acabou e corri para o refeitorio, peguei meu almoco e me sentei sozinha, como sempre, todos dizem que mudar de cidade é mudar de vida, mas parecia tudo igual, tinha os nerds, os populares, as patricinhas, e muitos outros grupos, so mudava o cenario, mas enfim, eu estava almocando quando vieram umas meninas e ficaram me zuando, e a unica coisa que eu fiz, foi abaixar a cabeca e chorar, eu nem terminei meu almoco, corri para o banheiro, que eu so sabia aonde era por que era do lado da minha sala, entrei na primeira cabine aberta, tirei uma lamina do meu moletom e comecei a fazer a unica coisa que eu parecia saber fazer, me cortar!
 


Notas Finais


Gente, eu sei que esse capitulos n sao muito grandes mas é porque essa é minha primeira sabe, com o tempo, eles vao ficando maiores okk? Espero q tenham gostado, BEIJOS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...