História A Maçã de Eve - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Drama
Visualizações 80
Palavras 843
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 12 - Atitude


Local: Parque

Passei horas e horas me mexendo em minha cama. Cobrindo e descobrindo minha cabeça com as cobertas. Mesmo assim, não consegui pegar no sono e dormir, como de costume.

Eu precisava sair um pouco para esfriar minha cabeça, aquela atmosfera de tensão estava me incomodando.

Esperei o sol nascer e saí da mansão em direção ao parque, que demasiado cedo, estaria vazio. Seria um bom local para descansar minha mente.

Eu apenas me sento em um banco do parque, olhando para o cenário e seus elementos em volta.

– Haa … … – Eu dei um longo suspiro. Era como se aquele suspiro, junto do ar que saía de meus pulmões, também saísse minhas preocupações com Ayato-kun.

Mas ainda restava aquele sentimento … … O sentimento daquelas palavras que ele me disse outro dia.

Flashback

– E ela é importante? Ela não é nada para mim!

Fim do Flashback

– Guh … … – Novamente, eu sinto meu coração doer em meu peito. – Por … … Que? – Atrás de mim, pude ouvir passos se aproximando de mim. – Q-quem é!?

– Sou eu … … – Eu olho para trás e era Ruki-kun.

– Ah …

– Por favor, não seja idiota. Vampiros também podem sair de dia.

– Por favor, vá embora!

– Haha. Isso é ousado. Antes que a ousadia torne-se fatal para você, seja obediente.

– … … … …

– Você não é párea para um vampiro, sabe muito bem disso.

– … … O que você quer desta vez?

– Eu não tenho negócios com você, apenas quero que veja isso … … – Ele estende o jornal desta manhã para mim, em uma página que o título estava escrito: “Estudante feminina do ensino médio, é atacada por um garoto.”

Ayato-kun … Fez isso?

– Bem, acho que você já percebeu … …

– Por que me mostrou isto?

– Porque você é lamentável.

– … … … …

– Seu sangue é certamente especial. Portanto, eu nunca posso deixar você ser morta … … Mas … … Seu único valor como ser, é seu sangue, como gado … certo?

– … … Gado … …

– Você está satisfeito com sua situação atual?

– Obviamente que não! Eu … …

– Isso pode ser assim … … talvez porque você é a Eve.

– Eve? – Novamente, esse mesmo tipo de coisa sobre “Eve”. Eu não consigo entender.

– Seu corpo e mente, ambos estão sendo reduzidos ao do gado … … e só vai piorar. Você pode evitar uma história ruim assim. Apenas seja obediente e venha comigo.

– Ir … … Com você?

– Se você permanecer com ele, a felicidade em um verdadeiro significado não chegará até você.

– … … – Isso de alguma forma, é verdade. Eu não quero apenas ser uma mera isca. Quero ser importante para Ayato-kun. Mas, ele não consegue enxergar isso … … Isso apenas me machuca mais ainda …

– Você precisa ouvir mais de uma vez? Agora venha comigo. – Quando ele diz isso … … se eu for com ele, o que acontecerá com Ayato-kun e os outros … …

E … … Eu não acho que posso fazer o que eu quiser, eu sinto que não seria certo eu ir …

Isso porque Ayato-kun está me controlando … …

– Eu não vou …

– Por quê?

– Porque … …

– Com o único valor sendo seu sangue, você não pode admitir para si mesmo que você é como gado?

– Eu não sou um gado! Isso é … … Apenas porque eu não posso confiar em você!

– … … Heh, eu vejo. Sua cabeça parece ser um pouco sensata. Eu certamente não mereço a sua confiança, porque eu sou um vampiro do mesmo homem.

– Eh?

– Mas … Se eu chupar seu sangue, qual seria a razão para reclamar? – Ele me aproxima de si, segurando minha cintura, logo em seguida mordendo meu pescoço.

– N-não! Ah … … Me deixe ir!

– Ngh … … vou libertar você. Logo depois que eu sinto o sabor do seu sangue.

– Kh … … Pare!

– … … Como está, tendo seu sangue tomado por outro homem?

– Guh … … Isso é … … – Eu não deveria reclamar … … Aliás, eu não sou nada para Ayato-kun. Ele mesmo disse isso.

– Hehe… … Seu sangue ainda é de primeira classe … … depois de tudo. – Eu … … Deveria ter algum tipo de reação? … … Não posso simplesmente lhe dar um tapa em seu rosto, apenas pioraria minha situação.

– Hm? Parou de resistir? … … Ora, você é um gado realmente fácil de conquistar.

– … … Ei, Ruki-kun … …

– O que?

– Me deixe … … pensar um pouco sobre ir com você … …

– Hmph, finalmente tomou uma atitude. Você é uma mulher de duas faces. Mas da mesma forma, é realmente interessante … …

– … … – Rainheart-sensei e Ruki-kun, de alguma forma, abriram meus olhos e vi o que Ayato-kun realmente pensava sobre mim.

Eu não quero mais ser isca dele.

Eu não quero ser controlada por ele.

Não quero ser seu brinquedo, que logo após cansar de brincar, o joga fora.

Desta vez … …

Eu tomarei uma atitude.

Uma atitude, talvez não tão boa,

Mas que fará ele pensar duas vezes.

Antes de me ferir novamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...