História A Maçã de Eve - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Seiji Komori, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Drama
Visualizações 102
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Harem, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui estou eu •-•
E não, não quis colocar o título em inglês.
Aproveite o capítulo.

Capítulo 8 - Soro da Verdade


Local: Mansão Sakamaki, Quarto de Hóspedes

– Yawn … … Que sono … … – Finalmente termino todas as tarefas de casa. Mas não consegui as resolver tão focada como sempre … Aqueles quatro garotos, roubaram a atenção de minha mente.

Ontem, não foi sequer tocado neste assunto, mas hoje quando chegamos em casa, eles me questionaram por um tempo, o que me fez pensar ainda mais.

Os meninos Sakamaki começaram a falar sobre o pai, e sobre tudo que ele poderia ser capaz, ou algum tipo de ligação. Mas logo após, focaram no real assunto.

Flashback

– Todos, vamos voltar à base original desta discussão. A história do seu objetivo.

– … … O “objetivo” desses caras … …? Tem alguma coisa a ver com a nossa linhagem … …? – Kanato-kun indaga, meio confuso.

– Eu pensei durante a noite … … o verdadeiro propósito deles poderia estar escondido em outra coisa… …

– Hah? O que você quer dizer … …?

– Fufu … … É a Bitch-chan, certo?

– Eh!?

– Haa … … Laito, você fala imediatamente se uma mulher estiver envolvida.

– Posso tomar isso como complemento?

– Estou enojado. … … Bem, você está em contato direto. – Reiji olha fixamente para mim.

– Eu!?

– Sim. Isso estaria correto. Você esteve diretamente envolvida com eles ontem, não foi?

– Mesmo se eu estivesse envolvida … … – Eles estavam me chamando de Eve por algum motivo ... ... essa discussão está ficando cada vez mais difícil de seguir ... ...

– Talvez, eu tenho uma conexão com vocês desde que eu moro na sua casa?

– Eu pensei sobre isso. Contudo… … Se tivessem que focar em nós, não entenderia porque seria agora, nem antes.

– Parece ser assim … … Não foi antes de você vir para esta casa. – Subaru diz em um tom como se eu tivesse feito algo de errado.

– Bem … … Isso é verdade. Já se passaram vários anos desde que fomos focados.– Shuu-san diz se aproximando de mim.

– Droga … … mas, por que eu … …?

– É isso mesmo … … você está sendo alvo porque … … seu sangue é extremamente delicioso. – Kanato diz abraçando Teddy firmemente.

– Meu sangue … …!? Isso novamente!?

– Bem, quando você dá uma olhada … … não é o seu sangue o melhor?

– Isso é uma pergunta meio idiota para fazer a mim, Ayato-kun.

– Bem, com toda a probabilidade, é esse o objetivo deles.

– Isso é … … Obter meu sangue para algo?

– Certamente que sim

 […]

Fim do Flashback

Depois da conclusão do objetivo dos quatro, Shuu-san mencionou para que alguém ficasse em guarda sobre mim. Como de costume, Ayato-kun se ofereceu para isso, causando as mesmas discussões de sempre, que somente ele fica responsável sobre mim.

De qualquer forma, eles conseguiram se acalmar e aceitaram Ayato-kun como meu “Guarda”.

– Por que isso se torna tão problemático? – Eu me sento na cama, fechando os olhos para os descansar um momento.

– Yo, Chichinashi!

– Ayato-kun … … O que faz em pé esta hora?

– Tch, não importa. Apenas beba isso! – Ele estende uma garrafa para mim, com um líquido dentro, que não posso ver sua cor pelo vidro marrom escuro. Típico de xaropes … … ou até mesmo venenos.

– Que gosto tem isso?

– A-ah! Isso não importa! Beba logo! – Ele diz praticamente enfiando a garrafa em minha boca, me fazendo beber aquele líquido, sem gosto nenhum.

– Isso é cruel, Ayato-kun … … – De alguma forma, me sinto mais leve.

– Tch … … Eu não me importo … … Ao menos você bebeu tudo … …

– Ei, Ayato-kun … … Você irá me beijar? – Mas que diabos é isto!? Eu não queria ter dito isto!

– Hah?

– M-me desculpe! Não foi minha intenção dizer isto! … … Mas quando olho para Ayato-kun, meu coração começa a fazer Doki Doki sem parar. Me faz querer te abraçar fortemente.

– Haha … … Realmente, este soro da verdade funciona … …

– Soro da verdade!? – Então é isso que Ayato-kun me fez beber!? Sinceramente, achei que ele faria algo melhor do que isso!

– É, mas tirando isso, você quer que eu lhe beije, não é?

– Sim, eu quero que você me beije … …

– Haha, sem problemas … … – Ayato me agarra pela cintura e me beija suavemente.

– Ahaha … … Tão fofo … … Seu cabelo vermelho me faz querer te apertar … …

– Hah!? O que está dizendo!?

– AH! MERDA! AYATO, POR QUAL MOTIVO VOCÊ ME FEZ BEBER AQUILO!?

– Shiyori? É realmente você?

– Não me faça perguntas dessa forma, apenas continue me beijando … … – AH, VAMOS SHIYORI! PARE DE SER INÚTIL!

– As vezes, ser honesta não é tão ruim … … – Ele desce beijos pelo meu pescoço, me fazendo soltar um gemido.

– Haha … … Ayato-kun … … Devia ser assim mais vezes … … – Eu odeio minha vida … …

– Agora, o que você quer que eu faça a seguir?

– Sugue meu sangue … … Por favor … …

– Você dizendo que não gosta quando eu perfuro minhas presas em você, mesmo estando óbvio … … Você é uma péssima mentirosa … … – Ayato diz sussurrando em meu ouvido me fazendo ficar com o rosto vermelho, logo após isso, ele morde o lóbulo de minha orelha.

– Eu estou tão feliz … …

– Meus beijos, minhas presas … … Você é realmente desesperada por isso … …

– Ah … … Chegue cada vez mais perto de mim, Ayato-kun … … – Eu estou perdendo o controle do meu corpo … … Eu apenas queria bater minha cabeça na parede para perder a consciência e não passar por isto … …

– Tudo bem … … Eu irei lhe beijar quantas vezes você quiser … … – Ele rouba meus lábios com um beijo mais intenso que os passados, me deitando na cama. Eu … … acabo envolvendo meus braços em volta de seu pescoço.

Após um breve tempo, ele desce até meu ombro e morde, sugando meu sangue lentamente.

– Ah … … Por favor … … mais … …

– Heh, você é realmente assertiva …

– Merda … … isso tudo por causa daquela droga … …

– Haha, você finalmente mostra sua real personalidade … … e seus reais pensamentos … … – Eu já desisto de tentar resistir, apenas me entrego e começo a perder a consciência.

“Minha real personalidade e pensamento” … … Talvez, nem eu mesma sabia disto sobre mim … … 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...