História A madness of love - Jikook- - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bissexualidade, Bts, Chanbaek, Comedia, Exo, Hentai, Jikook, Jimin, Kpop, Lisa, Mutilação, Romance, Suícidio, Vkook, Yuri
Visualizações 134
Palavras 1.155
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiis, tudo bem com vuxeis?



Enjoy !

Capítulo 3 - '' I never jest, Jimin. ''


A casa de Jungkook era longe de tudo. Ela era preta, com um muro enorme e com as janelas fechadas. 

Talvez a mãe dele gostasse de privacidade, né?

-Jeon...Posso te perguntar uma coisa ?-perguntei com um pouco de medo.

-Claro, o que quer saber?-disse tirando o cinto.

Tirei meu cinto e abri a porta, ele fez a mesma coisa.

-Por que sua casa é tão distante e ''contra vizinhos'' *risos* ?

-Ahn... é que eu gosto de privacidade.

-Ah ta, entendi.

Autora's POV

Jimin seguiu Jungkook até a entrada da casa. Por dentro não era tão assustadora assim, era até que arrumada e bem aconchegante.

-Quer café?-perguntou Jungkook indo para a cozinha.

-Quero sim, por favor-respondeu Jimin olhando a casa toda.

-É diferente de sua casa,né ?-o fitou- Seu café é com adoçante, né?

-Sim, mas de um jeito bom.-Jimin fez uma pausa e ficou perplexo.- C-como sabe ?

-Anh...É que eu também gosto com adoçante...-mentiu- Mas gostou da minha casa ?

Naquele momento Jimin não sabia o que fazer, queria sair correndo daquela casa naquele exato momento. Viu Jungkook se aproximar com o café, e naquele momento várias desculpas passaram pela cabeça de Jimin, como: ''É já está tarde...'', ''Não avisei meus pais..'' ou até mesmo ''Estou com medo, você sabia que eu gostava de adoçante no café ! ''. Mas, nenhuma dessas seria boa o suficiente. Ele estava com muito medo de Jungkook naquele momento.

-É... Jungkook eu preciso ir...eu não avisei meus pais, e sabe como são os pais...-Jimin disse rápido, já pegando sua mochila no sofá e indo em direção a porta, mas foi impedido.

-Ah amor, agora que começou a festa você quer ir embora ?-Jungkook tirou a mochila da mão de Jimin, e trancou a porta e escondeu a chave. Pegou o menor pelo braço com uma certa força e o levou em direção a escada.

-J-jungkook, por favor me solta eu não estou brincando. Eu quero ir embora-Jimin se debatia, mas sabia que era em vão.

-Eu nunca brinco, Jimin.-Jungkook disse com a sua voz grossa que fez Jimin começar a chorar e se debater mais ainda.

Jungkook o levou escada á cima, e o colocou dentro de um quarto minúsculo que tinha apenas uma porta, que Jimin julgava ser o banheiro um guarda-roupa velho de madeira, e uma cama no centro. O quarto era escuro e Jimin foi tacado em cima da cama, enquanto Jungkook trancava a porta.

-Jungkook, por favor eu quero ir embora. Estou com medo-Jimin soluçava de tanto chorar.

-Meu amor...você finalmente é meu, e não vou deixar você ir embora.

-Eu não sou seu amor,Jeon Jungkook ! Eu não quero ser seu amor ! Me deixe ir embora.-Jimin se levantou da cama e foi pra cima de Jungkook.

Jimin socava, batia e chutava o maior, que não tinha reação nenhuma, o que fazia o menor ter mais raiva ainda e bater com toda sua força.

Jeon permaneceu parado até Jimin ficar cansado e ajoelhar no chão e começar a chorar. O que o menor queria era estar na sua escola de boas, ouvindo suas músicas. Ele sabia que devia ter acreditado em sua intuição.

-Por favor, me deixe sair.-sua voz era como um sussuro, não tinha mas voz nem para falar.

-Jimin, você é meu. Não vou deixar você voltar para um lugar que você odeia.-Jungkook ficou na altura de Jimin e arrumou seu cabelo.

Jimin tirou a mão de Jungkook de seu cabelo e soltou um sussurro quase inaudível : ''Não toque em mim.'' Jungkook retirou as mãos do cabelo de Jimin e deu um passo para trás. Abriu a porta e fitou Park que permanecia imóvel, e saiu.

 

Quebra de tempo

Jungook's POV

Eu finalmente estava com Jimin o amor da minha vida. Pena que o mesmo não entende que ele é meu, ele é meu desde o dia que eu o vi. 

O mesmo pediu tanto para ir embora, mas não deixarei ele ir e voltar aquela vida ridícula dele.

O deixarei no quarto até ele entender que eu o amo.

Jimin's POV

Parei de chorar depois de muito tempo. Estava com muito medo de Jungkook, ainda mais depois que ele me apertou daquela forma.

Fui ver o que era aquela porta, e sim, era um banheiro, pequeno, mas era.

Procurei alguma coisa dentro daquele armário enorme. Encontrei uma toalha e uma blusa branca de manga comprida. Procurei uma calça, mas foi em vão, apenas achei uma box branca.

Fui em direção ao banheiro coloquei as coisas em cima do vaso, olhei dentro do box, e vi que tinha o mesmo shampoo, condicionador, sabonete, SIMPLESMENTE TUDO O QUE EU USO !

Tomei um banho rápido, Jungkook poderia entrar a qualquer momento e me pegar desprevenido.

Me vesti rápido, e quando sai tomei um susto.

Jungkook, parado na porta com os braços cruzados me olhando.

-Meu Deus que susto !-coloquei a mão no coração que batia rápido.-Você é um pervetido !

-Ah, por você eu sou tudo,amor-disse se aproximando.

-Estava ai desde quando ?-me sentei na cama.

-Desde da hora que você entrou no chuveiro.

-Eu não acredito ! Eu tenho direito a privacidade !-cruzei meus braços.

-Ah, confesso que fiquei com ciúmes.

-Ciúmes do que ?

-Da água...

-Tá zuando ?-perguntei inconformado.

-Não baby, ela pode tocar esse corpo maravilhoso que eu queria tanto. Eu fiquei com ciúmes de não poder te tocar.

-Estranho !

-Estranho que você beijou !- me mostrou a língua.

Jungkook's POV

Me aproximei de Jimin, que foi indo para trás, ataquei aqueles lábios molhados dele. Faria ele meu hoje, nem que eu tenha que matar alguém

O mesmo me correspondeu prontamente, senti aquela língua quentinha e macia brincando com a minha, fez eu ficar muito excitado.

O menor largou o beijo, e levantou da cama e encostou na parede e me chamou com o dedo mindinho.

O encostei na parede e andamos o quarto todo nos beijando.

Jimin's POV

Tive uma brilhante ideia enquanto beijava Kook, verifiquei  se a porta estava aberta e agi.

Dei uma cabeçada em Jungkook, que aprendi com meu tio que é do exército ( valeu tio ! ), Jeon caiu no chão. 

Corri para a porta e desci as escadas, tinha que fugir antes que ele levantasse. Fui em direção a porta, mas estava trancada. Procurei várias coisas que pudesse me ajudar, mas não encontrei nada. 

Até que vi um pé-de-cabra em baixo do sofá, quando fui pegar. Me senti ser puxado pela cintura. Droga deu tudo errado.

-Onde pensa que vai,hm?-me pegou no colo e me levou para o quarto de novo.

-Vou fugir de você seu monstro !

Jungkook me tacou na cama e pegou uma corda.

-O que vai fazer com isso?-perguntei com medo.

-Te amarrar, pra você nunca mais fugir de mim.

Ele pegou meus dois braços e os levantou até a altura da cabeceira, ele ia amarrar os dois, mas só amarrou o esquerdo.

-


Notas Finais


Bye !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...